[Eleições SCP 2011] Apoiavam uma espécie de "Pinto da Costa"?

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Trunks, já estás a misturar alhos com bogalhos, assim não.

No caso dos estudos até é uma boa comparação, visto que quem copiou ou fez cábulas foi com o intuito de garantir um bom resultado no teste. :whistle:

Ou só se tem princípios e valores morais para algumas coisas?  :inde:

Posso-te dizer com orgulho que nunca levei uma cábula para um teste e não foi por isso que tirei más notas!

Gosto muito dos meus valores morais e não quero passar a ver o meu clube como um antro de corrupção!

Eles que gozem os títulos deles, quero lá saber, são títulos manchados pela corrupção... prefiro não ter um título mas poder dizer de cabeça levantada que o meu clube não é corrupto!
"When I was 5 years old, my mother always told me that happiness was the key to life. When I went to school, they asked me what I wanted to be when I grew up. I wrote down "happy". They told me I didn’t understand the assignment. I told them they didn’t understand life." — John Lennon
Interessante … estou emocionado com tanta virgindade e pureza.
Há duas formas de se considerar Maquiavel: uma é como manual de aplicação, outra é como manual de prevenção. Sou, convictamente, apologista da segunda. Agora, para se prevenir é preciso antecipar e para se antecipar é preciso conhecer/pressupor dentro de determinada lógica de acontecimentos. Se pensam que isso se consegue com a vossa virgindade e pureza… bom, é melhor para por aqui.
« Última modificação: Fevereiro 14, 2011, 07:52 am por Alvar »
Tudo passa! Na noite de 23 para 24 de março de 2013 ficou provado que sim. VIVA O SPORTING CLUBE DE PORTUGAL!!! É NOSSO OUTRA VEZ!
No entanto fico bastante satisfeito por haver aqui muita gente que nunca copiou respostas de um colega ou cabulou na escola, deixou por pagar uma multa ou andou em transportes públicos sem pagar! :clap:



Obrigado  :angel:
JAMAIS. :naughty: :naughty: Em Português de Portugal.
.
Papas, Vales, Orelhas  estão muito bem onde estão.
QUERO    UM   SPORTING
CREDÍVEL  -  LIMPO  -  AMBICIOSO
JAMAIS. :naughty: :naughty: Em Português de Portugal.
.
Papas, Vales, Orelhas  estão muito bem onde estão.
mas esse prejudicou o próprio clube

Posso-te dizer com orgulho que nunca levei uma cábula para um teste e não foi por isso que tirei más notas!

Gosto muito dos meus valores morais e não quero passar a ver o meu clube como um antro de corrupção!

Eles que gozem os títulos deles, quero lá saber, são títulos manchados pela corrupção... prefiro não ter um título mas poder dizer de cabeça levantada que o meu clube não é corrupto!

 :arrow:
O Sporting Clube de Portugal não se resume a uma paixão por um símbolo desenhado numa camisola. É uma religião, uma ideologia, uma forma de vida!
A figura mais baixa e reles da história centenária do futebol português. Chulo, traficante, cobarde, assassino, etc. Longe com ele.

Quem compara isto a copiar nos testes, não está a ver bem a coisa.
Copiar no teste é como pedir ao avançado que simule um penalti quando não conseguir fazer nada com a bola. Isto é virar-se para o professor, oferecer-lhe dinheiro para tirar a nota mais alta e se o professor não achar muita piada, mandar os amigos dar-lhe porrada e ameaçar que se não portar bem vai deixar de ser professor porque o pai trabalha no ministério da educação

Editado pela moderação
« Última modificação: Fevereiro 15, 2011, 03:57 am por Winston Smith »
Gostava de ter um Pinto da Costa não pela corrupção ou pelas trafulhices que faz, mas sim pelo pulso firme e maneira como gere o clube. Se repararem nos Porcos anda sempre tudo na linha, há problemas com um jogador, ele é logo multado, não refila para a comunicação social e na maioria das vezes o caso é abafado. Enquanto no nosso clube, basta um jogador falar em tom mais alto no balneario, que no dia seguinte já é capa de jornal que há problemas no balneário. É certo que esta maneira como os Porcos abafam os casos certamente tem um dedo de influencías ou até de corrupção para com os directores dos meios de comunicação social, mas ainda assim é de louvar!
É esta a minha humilde opinião  :)
« Última modificação: Fevereiro 14, 2011, 15:24 pm por Scaldoni »
Abraço e Saudações Leoninas
Interessante … estou emocionado com tanta virgindade e pureza.
Há duas formas de se considerar Maquiavel: uma é como manual de aplicação, outra é como manual de prevenção. Sou, convictamente, apologista da segunda. Agora, para se prevenir é preciso antecipar e para se antecipar é preciso conhecer/pressupor dentro de determinada lógica de acontecimentos. Se pensam que isso se consegue com a vossa virgindade e pureza… bom, é melhor para por aqui.

Alto, concordando com a primera parte. Agora o caracter de prevençao e a sua importancia,muito explicita na obra de Maquiavel, nao pressupoe corrupçao, tao pouco se pode fazer a ponte (nunca de forma tao simples) a tempos actuais, na epoca o direito à guerra era principal e inquestionavel para qualquer Estado , sendo que a propria acçao remete para regras e costumes que agora nao se aplicam. Podemos fazer a ponte mas aplicando a ideia ao plano real actual....

Nao nego a necessdade de luta, nem vou eu aqui a apelar a anjinhos ou a passividades, isso ja nos fazemos....Quero um Sporting Interventivo, de acçao, que se mova pelos sitios certos e ganhe força nos locais necessarios. Mas nada disto pressupoe corrupçao, o que o Pinto da Costa faz (e ate seria um insulto aplicar aqui as ideias de Maquiavel) é aproveitar uma rede de prostituiçao, de drogas e os jogos da noite nortenha para controlar um terreno, que de outra forma, nao teria habilidade e engenho para controlar.e é isso mesmo que eu quero que o Sporting tenha, arte e engenho para controlar o terreno, nunca um presidente corrupto!
Desculpa Nuno, mas discordo no que respeita a Maquiavel. Posso reconhecer que não está explícita qualquer alusão à corrupção. Mas implícita, está, e como. Começa logo pela dedicatória a Lourenço de Médicis: “Aqueles que desejam alcançar o favor de um príncipe podem quase sempre começar por oferecer-lhe bens de mérito ou que sejam do seu gosto, como cavalos, armas, tecidos de ouro, pedras preciosas ou outros objectos dignos da sua grandeza.” Aqui, numa analogia aos tempos actuais poderíamos falar, por exemplo, de viagens ao Brasil e, por que não, de “frutas” e “cafés com leite”. Como deve saber, o príncipe é que governa e que decide, não é? Conceitua-o agora numa partida de futebol.

Um trecho que me parece muito actual: “… se dois príncipes poderosos, teus vizinhos, entram em guerra um contra o outro, há que ter em conta se o vencedor pode ou não causar-te prejuízos. Em qualquer caso, ser-te-á sempre útil tomar partido de um deles e intervir na contenda. Pois, se te mantiveres neutral, serás sempre presa do vencedor, com satisfação e alegria do vencido.” Por que razão lembro-me sempre do PC quando leio isso?  ::)

Já agora, para o nosso príncipe, ou futuro príncipe: “Obrigado o príncipe a saber utilizar os comportamentos dos animais, deve preferir os que são próprios do leão e da raposa, porque o primeiro não sabe defender-se das armadilhas e a segunda não pode defender-se dos lobos. É necessário, pois, ser raposa para conhecer as armadilhas, e leão para assustar os lobos.” Ok, aqui dou a mão a palmatória e reconheço esse escrito de Maquiavel como uma valioso contributo em termos de saber estar no futebol. Não? ;)
Tudo passa! Na noite de 23 para 24 de março de 2013 ficou provado que sim. VIVA O SPORTING CLUBE DE PORTUGAL!!! É NOSSO OUTRA VEZ!

Posso-te dizer com orgulho que nunca levei uma cábula para um teste e não foi por isso que tirei más notas!

Gosto muito dos meus valores morais e não quero passar a ver o meu clube como um antro de corrupção!

Eles que gozem os títulos deles, quero lá saber, são títulos manchados pela corrupção... prefiro não ter um título mas poder dizer de cabeça levantada que o meu clube não é corrupto!

 :arrow:
:arrow: :arrow: :arrow: Para tudo, menos na parte das cábulas :whistle: :mrgreen:
Não acho a alusão às cábulas uma boa comparação com o tema em questão. Semelhante sim seria um suborno ao professor para ter melhores notas. Comparações à parte, Corrupção? Nunca!
Ao ler alguns posts aqui colocados ate parece que pinto da costa inventou a corrupção no futebol portugues.

O corrupto mor do porto não inventou o jogo, limitou-se a jogar, teve a inteligencia e a manha de colocar um sistema corrupto e de favores, que ja existia antes dele e que vai continuar a existir depois, e colocou-o a seu favor.

Quem se lembra do que era o fc porto nos anos 70 e o que é agora, não pode deixar de reconhecer mérito à personagem pinto da costa.
Ao ler alguns posts aqui colocados ate parece que pinto da costa inventou a corrupção no futebol portugues.

O corrupto mor do porto não inventou o jogo, limitou-se a jogar, teve a inteligencia e a manha de colocar um sistema corrupto e de favores, que ja existia antes dele e que vai continuar a existir depois, e colocou-o a seu favor.

Quem se lembra do que era o fc porto nos anos 70 e o que é agora, não pode deixar de reconhecer mérito à personagem pinto da costa.
:arrow: :arrow:

O fócul porto nos anos 60 e 70 devia ser a chacota nacional....
E continuaria a ser a chacota se o tipo não fosse competente, porque o é.

Este tópico envergonha-nos.
Desculpa Nuno, mas discordo no que respeita a Maquiavel. Posso reconhecer que não está explícita qualquer alusão à corrupção. Mas implícita, está, e como. Começa logo pela dedicatória a Lourenço de Médicis: “Aqueles que desejam alcançar o favor de um príncipe podem quase sempre começar por oferecer-lhe bens de mérito ou que sejam do seu gosto, como cavalos, armas, tecidos de ouro, pedras preciosas ou outros objectos dignos da sua grandeza.” Aqui, numa analogia aos tempos actuais poderíamos falar, por exemplo, de viagens ao Brasil e, por que não, de “frutas” e “cafés com leite”. Como deve saber, o príncipe é que governa e que decide, não é? Conceitua-o agora numa partida de futebol.

Um trecho que me parece muito actual: “… se dois príncipes poderosos, teus vizinhos, entram em guerra um contra o outro, há que ter em conta se o vencedor pode ou não causar-te prejuízos. Em qualquer caso, ser-te-á sempre útil tomar partido de um deles e intervir na contenda. Pois, se te mantiveres neutral, serás sempre presa do vencedor, com satisfação e alegria do vencido.” Por que razão lembro-me sempre do PC quando leio isso?  ::)

Já agora, para o nosso príncipe, ou futuro príncipe: “Obrigado o príncipe a saber utilizar os comportamentos dos animais, deve preferir os que são próprios do leão e da raposa, porque o primeiro não sabe defender-se das armadilhas e a segunda não pode defender-se dos lobos. É necessário, pois, ser raposa para conhecer as armadilhas, e leão para assustar os lobos.” Ok, aqui dou a mão a palmatória e reconheço esse escrito de Maquiavel como uma valioso contributo em termos de saber estar no futebol. Não? ;)


eu compreendo bem a ponte que esta a ser feita, e respeito a tua opiniao...apenas nao concordo. Como disse no post anterior, é uma passagem dificl de fazer, sendo que as regras e as normas da epoca nao passam de forma directa para os tempos actuais, isso quando refere as partes das oferendas. A abertura, principalmente por estarmos perante uma Italia esquizoide e divdida (nao so a Italia mas como a propria definiçao Europeia), a estas acçoes esta inserida em determinado contexto.

Contudo, sou obrigado a dar a mao à Palmatoria (ate porque nunca tinha feito esse exercicio, de passar o Plano de Maquiavel, para o terreno futebolistico) e parar de abordar o tema de forma tao seria (é sempre assim que tendo a abordar Maquiavel), falta entao ser Raposa...mas falta, principalmente, saber ser Leao!
Este tópico não só nos envergonha como mete nojo.
Na minha opinião, claro.
O Sporting Clube de Portugal não se resume a uma paixão por um símbolo desenhado numa camisola. É uma religião, uma ideologia, uma forma de vida!
Nuno:

Se calhar, por culpa própria, diga-se, posso não ter me expressado bem antes. Não sou adepto da corrupção.
Mas no teu último parágrafo expressaste exactamente o que penso.
Um abraço. :beer:
Tudo passa! Na noite de 23 para 24 de março de 2013 ficou provado que sim. VIVA O SPORTING CLUBE DE PORTUGAL!!! É NOSSO OUTRA VEZ!