Wiki Sporting, a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal

Forum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal


Olá, Visitante. Por favor Entre ou Registe-se se ainda não for membro.
Outubro 31, 2014, 04:55

Entrar com nome de utilizador, password e duração da sessão

Anúncios:

Início Início  Ajuda Ajuda  Regras Regras  Pesquisa Pesquisa  Entrar Entrar  Registe-se Registe-se       Wiki Wiki  Links Links 
Fórum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal Universo Sporting Clube de Portugal Redacção Porta 10-A Tópico:

A uma só voz: Sporting

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
Páginas: « anterior 1 2 [3] Ir para o fundo Imprimir
Autor Tópico: A uma só voz: Sporting (Lida 8675 vezes)

Re: A uma só voz: Sporting , « Resposta #40 em: Outubro 30, 2013, 19:58 »



*
Iniciado

Mensagens: 104
Idade: 40
Localidade: Loures
Masculino


Estes tópicos vão ser sempre divididos entre 2 tipos de pessoas. Os frontais, honestos e directos e os restantes politicamente correctos, adeptos do "nim" e incapazes de partir um prato.

Como não sou capaz de me dirigir a pessoas da 2ª espécie sem ser de forma demasiado agressiva, apenas repito o que já disse em posts semelhantes, só quem não passou por elas é que tem discursos tão polidos.

ler, e passo a citar :

"rejubila com meia duzia de otários que elamearam o nome Sporting e por afinidade o meu " ou
"O caso Rui Mendes, não foi um assassinato, foi um infeliz acidente, não creio que quem o fez sequer tenha pensado nos consequências do acto que fez"

fazem-me pensar que estou a ler posts de alguém que, claramente, nunca foi ao campo do carnide, nem ao campo dos tripeiros ou a outro estádio que não o próprio sofá.



Meu caro,

Já fui a alguns estádios, não calhou ir ao Dragão, mas espero um dia lá poder ir e pelos vistos borrar-me às pernas abaixo. Quanto a pratos, não os costumo partir, até porque como trabalho, custa-me a partir a loiça pois é cara e a vida não está para brincadeiras.

Mas já parti algumas caras, mas bom, ninguém é perfeito! E sempre que o fiz, foi no um para um e nunca vinte para um, portanto no que toca a "selvajaria" também não sou santo, mas sempre soube que tinha feito mal e que deveria ter parado para pensar antes de agir.
Com a idade, e perto dos 40 e com filhos já não me revejo muito na resolução dos problemas pela via da força, até porque o mais certo é levar um murro na pinha de um jovem com metade da minha idade.

Concluindo, a idade muda a nossa forma de estar, lamento, não sou santo, mas também já não me revejo na resolução de tudo à marretada.

Um abraço e calma com a marreta.

Registado



Re: A uma só voz: Sporting , « Resposta #41 em: Outubro 30, 2013, 20:00 »



*
Júnior

Mensagens: 2336
Idade: 108
Localidade: Amora
Masculino


Eu compreendo quem esteja fora deste mundo claqueiro, seja difícil de entender e perceber certos aspectos que o assenza referiu, mas isto já é muitos anos e acumular de muita coisa, que faz-nos abrir os olhos e pensar de maneira diferente do comum ou melhor simples associado.
Registado


Feio mau e porco
Re: Re: A uma só voz: Sporting , « Resposta #42 em: Outubro 30, 2013, 21:24 »


No avatar!


Registado

Mensagens: 2


Não me parece q os "casuals" foram à procura de briga, foi mais numa atitude de "n temos medo de vocês, estamos aqui".

Antes das imagens n sei o q se passou, mas durante o directo eles n agridem ninguém.
 
Os tipos do clube da fruta defenderam-se como podiam e sabiam. Ao contrário certamente iríamos nos defender.

O que meteu nojo foi ouvir, ler comentários e notícias a vangloriar uma bailarina que batia por trás e fugia, e que teve direito a notícia por roubar um casaco.

Li um post de alguém q jogou hóquei e relatou o q se passa quando jogam lá. É realmente impressionante o que eles fazem, até em escalões de formação, para ganhar.
E tudo com apoio fanático dos adeptos, nem sei o que é pior, os dirigentes ou a massa associativa.

Mas não confudam portistas com portuenses, nem com minhotos. Digo isto pq? Pq n gosto de ouvir o "povo de m@#da, vocês são um povo de m#@da".

Somos Sporting Clube de Portugal, não somos só de Lisboa somos de Portugal.
Registado
Re: A uma só voz: Sporting , « Resposta #43 em: Outubro 31, 2013, 00:25 »


ex-ruitrind


*
Veterano

Mensagens: 41241
Idade: 48
Localidade: Senhora da Hora
Masculino


É sempre com enorme prazer e alegria que leio um texto de alguém que sei que é um Leão de verdade de alguém que semana após semana, está lá a sofrer e a lutar pelo nosso SPORTING.

Nem consigo encontrar palavras para te agradecer amigo Assenzaforzata.

A nossa luta tem sido enorme 33 anos de Roubo ao mais alto nível que tem que ser enfrentado pelo nosso Presidente são obra, mas continuo convicto que vamos conseguir, como sempre aqui disse será questão de tempo, se todos os Sportinguistas quiserem realmente o seu clube jamais será parado pela corja que ainda comanda o futebol corrupto Português.

O meu enorme obrigado pelo teu fantástico texto, concordo com ele na sua plenitude e o meu muito sincero obrigado também a todos os Sportinguistas que estiveram no Ladrão a apoiar o nosso Sporting Clube de Portugal.

Assenzaforzata! Bater Palmas Bater Palmas Bater Palmas Bater Palmas Bater Palmas Bater Palmas Bater Palmas

Registado

Re: A uma só voz: Sporting , « Resposta #44 em: Outubro 31, 2013, 09:08 »


ex-jdlf16


*
Juvenil

Mensagens: 900
Idade: 24
Localidade: Maidstone, Kent


Sou contra a violência no futebol, penso que é daquelas coisas que se tornaram até toleráveis e aceitáveis pelo mundo fora porque enfim, o clubismo e o futebol não se conseguem explicar, qualquer outro meio meio não invoca este ódio que sentimos por alguém que não apoia o mesmo clube que nós - uma escolha de vida que nem sequer é pensada, nascemos, aprendemos a falar, o nosso pai/avô/tia era de um clube e nós seguimos (nem sempre é o caso, mas a maioria é assim).

Com isto em mente, concordo com muito do que foi escrito pelo criador do tópico, é um reflexo do verdadeiro Sportinguismo que eu tanto tento defender, também ponho o Sporting e o bem-estar do clube acima de muitas coisas, é aquilo que não se consegue explicar e torna o futebol mágico, pelo que percebo o sentimento do post original.
« Última modificação: Outubro 31, 2013, 10:48 por jdlf16 » Registado
Re: A uma só voz: Sporting , « Resposta #45 em: Outubro 31, 2013, 10:05 »


SVPERBIA : HONORA : FIDELITAS


*
Veterano

Condecorações:Melhor Assinatura 2010


Mensagens: 15611
Idade: 27
Localidade: Vialonga [91.069]
Masculino

WWW

Fora de campo, uma vassoura verde e branca (e negra) varreu a alameda nortenha até ao túnel de vento, como sempre, ficam sempre alguns grãos de pó para trás mas no cômputo geral foi tudo bem varrido até às imagens que depois foram divulgadas pela comunicação social (escolhidas a dedo? Eu cá tenho a minha opinião..). Muitos insurgem-se contra «actos de violência gratuitos», pois eu cá digo que foi tudo menos violência gratuita. Quem andou anos e anos a levar com a violência física e verbal daqueles animais de estábulo, os famosos «ides sofrer como cães», as torturas que os Sportinguistas sofriam nas antigas Antas, o tratamento dos vergonhosos corpos policiais lá de cima sempre em conivência com os dirigentes portistas, os roubos de proporções incalculáveis de que fomos alvo durante mais de 30 anos a esta parte, tudo isto ficou pago, em parte, na tarde de ontem.
Podem vir-me dizer que quem acabou por pagar foram por ventura algumas pessoas inocentes, aceito, mas digo apenas que temos pena. É assim em todos os lugares do mundo, não será diferente em Portugal.
E convém não esquecer também, quem critica e quem acusa os Sportinguistas que varreram o Dragão de serem vândalos, criminosos, anti-desportistas e demais adjectivos, quando se deslocarem ao bacio azul e forem encurralados por meia dúzia de símios vão então lembrar-se que gostariam de ter ali, naquele momento, os vândalos e os anti-desportistas.
Honra seja feita a quem de direito! E daqui mando também o meu abraço e a minha saudação a quem defendeu o meu Sporting onde ele também deve ser defendido, na rua.

Assenzaforzata

Citei este paragrafo porque não concordo. Este paragrafo encita a violencia e rejubila com meia duzia de otários que elamearam o nome Sporting e por afinidade o meu. Descer a Alameda e estragar lojas, patrimonio público, património privado é um acto criminoso e penso que os idiais do Sporting não são esses. Repudiamos a regionalidade e a mediocridade de um clube mas aplaudimos atitudes de igual mediocridade. O caminho para sermos ouvidos não é esse. Fomos ao dragão e metemos medo porque 11 bravos leões lutam em cada campo por reconquistar o nome Sporting. Somos novamente ameaçadores porque temos capital humano capaz de nos próximos anos retirar as vitórias que esses senhores tem por garantido. Em vez de se falar na batalha no campo onde os nossos jogadores jogaram para ganhar mostrando valores para um futuro risonho vem estes arruaceiros retirar o mérito a quem de direito para denegrir a imagem e bom nome do Sporting. Tenho pena que, como mostra a grande maioria de comentários a este texto, os foristas se revejam nesta mentalidade provinciana. Espero que em Alvalade sejamos capazes de ser superiores a estes senhores e mostrarmos que são mais um clube como os outros que disputão a liga.

Queria só aqui deixar claro que isso é completamente mentira.

Quem quer cá vir deixar opiniões, concordando ou não, tem esse direito, agora inventar coisas e colocar mentiras destas como argumento é que não.
Registado

Re: A uma só voz: Sporting , « Resposta #46 em: Outubro 31, 2013, 11:18 »



*
Iniciado

Mensagens: 365



Fora de campo, uma vassoura verde e branca (e negra) varreu a alameda nortenha até ao túnel de vento, como sempre, ficam sempre alguns grãos de pó para trás mas no cômputo geral foi tudo bem varrido até às imagens que depois foram divulgadas pela comunicação social (escolhidas a dedo? Eu cá tenho a minha opinião..). Muitos insurgem-se contra «actos de violência gratuitos», pois eu cá digo que foi tudo menos violência gratuita. Quem andou anos e anos a levar com a violência física e verbal daqueles animais de estábulo, os famosos «ides sofrer como cães», as torturas que os Sportinguistas sofriam nas antigas Antas, o tratamento dos vergonhosos corpos policiais lá de cima sempre em conivência com os dirigentes portistas, os roubos de proporções incalculáveis de que fomos alvo durante mais de 30 anos a esta parte, tudo isto ficou pago, em parte, na tarde de ontem.
Podem vir-me dizer que quem acabou por pagar foram por ventura algumas pessoas inocentes, aceito, mas digo apenas que temos pena. É assim em todos os lugares do mundo, não será diferente em Portugal.
E convém não esquecer também, quem critica e quem acusa os Sportinguistas que varreram o Dragão de serem vândalos, criminosos, anti-desportistas e demais adjectivos, quando se deslocarem ao bacio azul e forem encurralados por meia dúzia de símios vão então lembrar-se que gostariam de ter ali, naquele momento, os vândalos e os anti-desportistas.
Honra seja feita a quem de direito! E daqui mando também o meu abraço e a minha saudação a quem defendeu o meu Sporting onde ele também deve ser defendido, na rua.

Assenzaforzata

Citei este paragrafo porque não concordo. Este paragrafo encita a violencia e rejubila com meia duzia de otários que elamearam o nome Sporting e por afinidade o meu. Descer a Alameda e estragar lojas, patrimonio público, património privado é um acto criminoso e penso que os idiais do Sporting não são esses. Repudiamos a regionalidade e a mediocridade de um clube mas aplaudimos atitudes de igual mediocridade. O caminho para sermos ouvidos não é esse. Fomos ao dragão e metemos medo porque 11 bravos leões lutam em cada campo por reconquistar o nome Sporting. Somos novamente ameaçadores porque temos capital humano capaz de nos próximos anos retirar as vitórias que esses senhores tem por garantido. Em vez de se falar na batalha no campo onde os nossos jogadores jogaram para ganhar mostrando valores para um futuro risonho vem estes arruaceiros retirar o mérito a quem de direito para denegrir a imagem e bom nome do Sporting. Tenho pena que, como mostra a grande maioria de comentários a este texto, os foristas se revejam nesta mentalidade provinciana. Espero que em Alvalade sejamos capazes de ser superiores a estes senhores e mostrarmos que são mais um clube como os outros que disputão a liga.

Queria só aqui deixar claro que isso é completamente mentira.

Quem quer cá vir deixar opiniões, concordando ou não, tem esse direito, agora inventar coisas e colocar mentiras destas como argumento é que não.

A parte que colocaste a bold não discuto porque não estava lá mas o que me contaram foi o que expus no meu quote. Fazendo fé que os Casuals (não sei se é assim que se chamam mas para diferenciar das claques do Sporting) não cometeram esses actos de vandalismo, pergunto eu, o que estavam a fazer 100 bacanos em pleno Porto a passear na Alameda para serem atacados daquela maneira. Muitos outros Sportinguistas passearam e almoçaram no Porto e não lhes aconteceu nada. Foram 3000 adeptos (claque) apoiar a nossa equipa e não sei se houve alguma coisa. Muitos adeptos Sportinguistas estiveram no campo em várias bancadas junto de portistas e não me parece que acontece-se nada. Eu não estou contra as claques. Eu estou contra aqueles que vão na intenção de criar desacatos. O que eu disse num outro comentário sobre o que poderia acontecer se uma pedra acerta-se a sério numa pessoa é que deve ser pensado. Imagina estar ali descansado para ver o jogo e numa fração de segundo levar com uma pedra na cabeça e ficar com sequelas para o resto da vida. Achas que faz sentido? O Sporting foi defendido?
Dou-te um exemplo claro de como um grupo de adeptos defende o Sporting. Lembraste quando nas competições europeias vamos jogar fora e em pleno estádio se ouve Sporting Sporting Sporting e abafa os adeptos da casa. Isso sim é elevar o nome Sporting.
Registado
Re: A uma só voz: Sporting , « Resposta #47 em: Outubro 31, 2013, 12:06 »



*
Iniciado

Mensagens: 266
Idade: 29
Feminino


Sou por principio contra a violência, seja em que forma for e principalmente se inocentes ( famílias, crianças, idosos ) sofrem as consequências. Não posso, portanto, comungar dos elogios ao que aconteceu no Domingo.

Ainda assim, Assenza e se percebi bem, o sentido do teu post passa por outra questão e aí completamente de acordo.

Deparamo-nos com um país futebolístico em que o grito de revolta dos Sportinguistas, a ambição e a coragem mostradas antes de um desafio de grande dificuldade, são vistos como gabarolice, euforia e falta de senso e desta forma agora são tratados, após a derrota.

Tudo o que não passe pelo baixar da cabeça relativamente ao sistema instalado, aos patriarcas do sistema podre que dominam o futebol português, soa, a estes senhores, a desfaçatez e desrespeito.

Se o Sporting afirma a sua vontade e desejo de ganhar e que fará tudo pela vitória, tal é visto como uma afronta e não falta quem diga que o Sporting tem que pagar por querer ter o seu próprio espaço e conquistar o seu lugar.

No Domingo vi e não gostei de tudo, como disse no primeiro parágrafo, claros sinais de independência, comunhão de esforços e um de um clube unido. Era isto que eu queria.

Como quase sempre concordo com a tua visão. Percebendo o sentido geral do texto não creio que o mesmo possa ser visto apenas como instigador de violência. Com isso também não consigo concordar. Percebo quando dizem que temos que retribuir a forma como somos tratados e que o vêm como uma resposta e como uma mostra de indignação. Mas até nisso podemos ser superiores, intimidá-los dentro de campo e vencê-los fora dele com outros argumentos. Querer ir a um jogo em casa de um rival e não poder estar certa de que venho de lá com saúde não é aceitável num mundo civilizado onde ainda vivemos.
Registado
Re: A uma só voz: Sporting , « Resposta #48 em: Outubro 31, 2013, 20:01 »



*
Júnior

Mensagens: 2303


Não concordo com a violência entre adeptos no futebol (entre jogadores ás vezes acho preferível a cuspidelas porque ao menos não é cobarde, e além disso, essa é (quase) sempre punida).
Dito isto, estes lamentáveis incidentes são mais um sinal de uma coisa boa, o Sporting ressuscitou. E com isso, ressuscitaram comportamentos menos próprios.
Mas se é verdade que há pessoas violentas em todos os clubes, sem dúvida que se os nossos andavam adormecidos isso era sinal que não tinham orgulho no seu clube.
Quero acreditar que os porcos do Norte continuam a ser quase sempre os iniciadores da violência física propriamente dita e que os nossos são mais provocatórios e vândalos, apesar de tudo respeito mais o vandalismo do que a violência física. Simplesmente porque me interessam menos os bens materiais (desde que não sejam meus é certo Tongue) do que as pessoas.
Registado

... e o Sporting é o nosso grande amor!
Re: A uma só voz: Sporting , « Resposta #49 em: Novembro 01, 2013, 10:07 »



*
Júnior

Mensagens: 2285


"Para aqueles que estão envolvidos, nenhuma explicação é necessária. Para aqueles que não estão, nenhuma explicação é possivel"


Certo, AF?
Registado

H.T.R.
Re: A uma só voz: Sporting , « Resposta #50 em: Novembro 01, 2013, 12:50 »



*
Iniciado

Mensagens: 266
Idade: 29
Feminino


"Para aqueles que estão envolvidos, nenhuma explicação é necessária. Para aqueles que não estão, nenhuma explicação é possivel"


Certo, AF?

Para mim não é necessária explicação nenhuma. Quando falei da violência no futebol falei de forma geral, não me referia ao episódio de Sábado que nem me parece particularmente merecedor de tanta atenção.
Registado
Re: A uma só voz: Sporting , « Resposta #51 em: Novembro 01, 2013, 22:50 »


SVPERBIA : HONORA : FIDELITAS


*
Veterano

Condecorações:Melhor Assinatura 2010


Mensagens: 15611
Idade: 27
Localidade: Vialonga [91.069]
Masculino

WWW
"Para aqueles que estão envolvidos, nenhuma explicação é necessária. Para aqueles que não estão, nenhuma explicação é possivel"


Certo, AF?

 Positivo!
Registado

Re: A uma só voz: Sporting , « Resposta #52 em: Novembro 04, 2013, 14:44 »



*
Iniciado

Mensagens: 221
Idade: 35
Localidade: Lisboa
Masculino


Devo começar por dizer que não costumo ir ao estádio e nem fui alguma vez ao dragão ou à luz porque tenho medo de apanhar alguma doença que por lá prolifera. Como tal não sou " claqueiro " como alguns ...

Não posso apoiar a violencia em nome duma instituição, a não ser dentro dum ringue próprio com regras definidas e controladas.
Não existe nenhum clube que tenha nos estatutos que a violencia gratuita seja benvida, dentro do estádio, nas imediações ou em qquer bomba de gasolina que fique a caminho do próximo jogo.
Não vejo como possam dizer que é em defesa dum clube que repudia a violência, do qual os adeptos não são andrades analfabrutos ou bêbados incorrigiveis lampiónicos, mas sim, supostamente, duma estirpe diferente, duma outra linhagem de cultura e educação.
Apesar de entender perfeitamente que não se pode levar na tromba sem ripostar, tal como qquer pai ensina a um filho " não sejas tu a começar, mas certifica-te que és tu que acabas !! " acho perfeitamente normal que a revolta, que é a unica linguagem que eles entendem, seja usada a larga escala ... mas gostava sómente que o fizessem ainda que em grupo, a título pessoal, sem envolver o clube.
Eu não vou ao estádio principalmente pq não quero assistir a esse tipo de comportamentos e muito menos os quero sentir na pele.
Podem achar que não é atitude correcta, ou que sou menos adepto ou apaixonado pelo clube mas não vejo como andar à pera, em directo pá tv, vá dignificar o leão do simbolo ou o verde e branco ( ou negro ) da camisa.

Nariu
Registado

Saudações Leoninas!
Gosta deste tópico? Partilhe-o:
Páginas: « anterior 1 2 [3] Ir para o topo Imprimir
Fórum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal Universo Sporting Clube de Portugal Redacção Porta 10-A Tópico:

A uma só voz: Sporting

« tópico anterior seguinte »
Ir para:

Powered by SMF 1.1.20 | SMF © 2011, Simple Machines
Tema SMFone modificado por Avantix e Paracelsus.
Optimizado para o Mozilla Firefox na resolução 1024 x 768.
© 2004 - 2010 | Fórum SCP | Alguns Direitos Reservados
Fórum não-oficial do Sporting Clube de Portugal

Ajuda | | Sitemap | Política de Privacidade