Fórum SCP

Falem-me do Fraguito...

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Eu de vez em quando acordo com pancadas estranhas. E hoje venho pedir um favor aos foristas mais velhos. Falem-me do Samuel Fraguito. Sei que foi uma das grandes referências do meio campo leonino nos anos 70.

Consultando o Almanaque do Sporting, fico a saber que o Fraguito é transmontano, de Vila Real e tem 54 anos. Jogou nove temporadas no Sporting, entre 1972 e 1981, tendo ganho 2 campeonatos e 2 taças de Portugal. Envergou a camisola do Sporting em 201 jogos e marcou 20 golos. Foi internacional em 6 ocasiões.

Faz anos a 8 de setembro, o mesmo dia do aniversário do João Moutinho. Curiosa coincidência entre passado, presente e, esperamos nós, futuro.

Não me lembro de o ver jogar, era pequenino mas tenho a percepção que talvez fosse um dos virtuosos do nosso meio campo naquela época.

Os mais velhos que ainda se lembram dele, que me elucidem. Era Fraguito um verdadeiro Indomável?
Vítor Damas (1947-2003)

2 Campeonatos Nacionais (69/70 e 73/74)
3 Taças de Portugal (70/71, 72/73 e 73/74)
Se o vi jogar não me lembro. Tinha ideia que era extremo e que terá mesmo jogado como 2º avançado algumas vezes, á semelhança do que no final da carreira fazia o Manel Fernandes.

É um grande Leão e por acaso conheci pessoalmente, qdo tinha praí 7/8 anos. De resto é daqueles nomes da decada de 70 que ficam, como o Chico Faria, o Bastos, o Marinho ou o Manaca.
Lembro-me dele, sim, quando começei a ver futebol a sério em 76, mas já foi há tanto tempo... lembro-me do drible muito curto, ninguém lhe tirava a bola dos pés! Ainda me recordo também de alguns dessa equipa: Botelho, Laranjeira, Inácio, Artur Correia, Keita, Manoel, Jordão, M.Fernandes. Bons tempos! Despertaste-me a vontade e a curiosidade para abrir o baú...
Há uma definição de inteligência que é: quando se vê que uma coisa não funciona, não se insiste nela"
Só me lembro de ter visto lá para 1978 o nome dela naquelas cadernetas de cromos de futebol, até me lembro de ter lido "Franguito" em vez de "Fraguito"  :P
Nessa altura nem sequer ouvia relatos (nem tinha rádio hehe), apesar de incondicional do Sporting   :P
Essa dos mais velhos deve ser comigo. :(

É claro que me lembro do Fraguito um jogador que foi contratado ao Boavista nos anos 70, salvo erro para substituir o Peres outro grande jogador e que na altura no ocaso da sua carreira saiu para ir fazer uma perninha no Brasil.

Fraguito era um médio centro, o patrão da equipa sobre o qual não posso dizer muito pois nesse tempo não havia futebol na TV, pelo que tínhamos de comer o que os jornalistas nos diziam.

De qualquer forma lembro que a determinada altura ele era o nosso único jogador que ia à selecção que chegava a jogar com o onze dos lamps, mas acabaria por ser afastado por ter faltado a um treino numa história que nunca ficou bem esclarecida
Realmente, do que te foste lembrar. :lol:

Um grande jogador, dois excelentes pés e uma virtude rara no futebol português: magistral no passe à distância.
Há umas certas semelhanças com o Barbosa, na técnica (tinha 2 excelentes pés pelo que podia descair para qq uma das alas), na condução da bola e na visão, mas era superior na agressividade defensiva. A sua pecha principal passava por uma excessiva tentação para adornar os lances o que por vezes era contraproducente em situações onde se exigia velocidade na transposição da defesa para o ataque.
Assim que me lembre não há nada mais a registar. A não ser que tinha um forte pontapé e uma certa queda para, na marcação de livres, acertar nos tintins dos adversários - o Alberto, lateral esquerdo do beifica, e o Duda do fcp que o digam :lol: .
Jameson Franco: NO RULES, great Scotch!!
Pelo que o meu pai me diz, o Fraguito foi um jogador genial durante 2, 3 anos. Mas depois devido a lesões, e a alguma quebra psicológica ou qualquer coisa do género, foi-se um pouco abaixo, vivendo um pouco à base do nome.  O número de internacionalizações é revelador.
Sporting Sempre! 14.244
Fraguito foi, apenas, um dos melhores jogadores de sempre. tinha um pé esquerdo genial; colocava a bola onde queria e quando queria. era um fantasista e um autêntico 10; hoje, por hoje, seria um Cacá...
no tempo feliz sonhei o poema
escrito no sol