Fórum SCP

Good Ol' Yankee Soccer

0 Membros e 2 Visitantes estão a ver este tópico.

Jeff Cunningham tornou-se o melhor marcador da historia da MLS. 134 golos. Pena que tenha sido numa derrota por 6-2... mas Seattle em casa não perdoa... ;)

Bem, isso não é grande novidade. Ele e o Jaime Moreno andava num tête-à-tête por esse título nos últimos anos com o líder sempre a mudar, mas como o Moreno acabou a carreira no ano passado, já estava toda a gente à espera que o Cunningham acabasse por o ultrapassar (até porque a diferença de golos entre os dois era de um só).
Ainda assim é bonito ter acabado por conquistar em definitivo essa marca ao Moreno a jogar de novo pelo seu primeiro clube, o Crew. Digo ao Moreno e não em definitivo, porque a apenas 20 golos de distância já se vê o Landon Donovan a aproximar-se, ele que já tem o título de melhor marcador de sempre da fase de play-offs. Acho que o Cunningham não vai puder disfrutar dessa marca durante muito mais tempo. :mrgreen:
O nosso antigo jogador Kirovski também pertence ao plantel do Galaxy.
O nosso antigo jogador Kirovski também pertence ao plantel do Galaxy.

Já tinha referido o mesmo no tópico dos ex-jogadores. Grande vitória para os Galaxy, mas sobretudo para a MLS. esta época foi a melhor de sempre para aquela liga.
O nosso antigo jogador Kirovski também pertence ao plantel do Galaxy.

Já tinha referido o mesmo no tópico dos ex-jogadores. Grande vitória para os Galaxy, mas sobretudo para a MLS. esta época foi a melhor de sempre para aquela liga.

A tendência é sempre melhorar. Estamos a falar de um mercado do tamanho do da União Europeia, onde o futebol está a crescer a olhos vistos. Longe já vão os tempos em que era considerado um desporto feminino, e para ajudar ao crescimento têm tido as recentes polémicas na NFL, NBA e MLB.

Para terem uma noção:

Em 2003 jogavam 10 equipas na MLS.
Em 2012 vão jogar 19.
A previsão mais recente do presidente da liga é que "seremos mais de 20 equipas", tendo falado especificamente em três locais (Southeast, Midwest, South California) como prováveis casas de novas equipas.

Em 1996, quando a liga foi fundada, 2.785.001 pessoas foram aos estádios. Em 2010 foram 4.002.000 e este ano foram 5.460.128. A equipa com a melhor média foi pela terceira vez consecutiva (ou seja, sempre desde que jogam na MLS) os Seattle Sounders com uns impressionantes 38.496 espectadores por jogo!!!

Em 1996 todas as equipas sem excepção jogavam ou em estádios emprestados ou pela NFL ou pelas ligas universitárias. E olhem que os estádios das ligas universitárias não ficam a dever nada aos da NFL. Há com cada bisarma, como o Ohio Stadium dos Columbus Crew que leva 102329 espectadores ou o Rose Bowl dos Galaxy que leva 92000.
Em 2012 todas as equipas jogarão em estádios construídos ou reconstruídos de propósito para futebol, excepto os DC United, os New England Revolution, os San Jose Earthquakes, os Vancouver Whitecaps e os Seattle Sounders. E de entre essas equipas, as três primeiras estão a desenvolver projectos para construirem os seus próprios estádios e a última é "dona" em parte do estádio onde joga.
O nosso antigo jogador Kirovski também pertence ao plantel do Galaxy.

Já tinha referido o mesmo no tópico dos ex-jogadores. Grande vitória para os Galaxy, mas sobretudo para a MLS. esta época foi a melhor de sempre para aquela liga.

A tendência é sempre melhorar. Estamos a falar de um mercado do tamanho do da União Europeia, onde o futebol está a crescer a olhos vistos. Longe já vão os tempos em que era considerado um desporto feminino, e para ajudar ao crescimento têm tido as recentes polémicas na NFL, NBA e MLB.

Para terem uma noção:

Em 2003 jogavam 10 equipas na MLS.
Em 2012 vão jogar 19.
A previsão mais recente do presidente da liga é que "seremos mais de 20 equipas", tendo falado especificamente em três locais (Southeast, Midwest, South California) como prováveis casas de novas equipas.

Em 1996, quando a liga foi fundada, 2.785.001 pessoas foram aos estádios. Em 2010 foram 4.002.000 e este ano foram 5.460.128. A equipa com a melhor média foi pela terceira vez consecutiva (ou seja, sempre desde que jogam na MLS) os Seattle Sounders com uns impressionantes 38.496 espectadores por jogo!!!

Em 1996 todas as equipas sem excepção jogavam ou em estádios emprestados ou pela NFL ou pelas ligas universitárias. E olhem que os estádios das ligas universitárias não ficam a dever nada aos da NFL. Há com cada bisarma, como o Ohio Stadium dos Columbus Crew que leva 102329 espectadores ou o Rose Bowl dos Galaxy que leva 92000.
Em 2012 todas as equipas jogarão em estádios construídos ou reconstruídos de propósito para futebol, excepto os DC United, os New England Revolution, os San Jose Earthquakes, os Vancouver Whitecaps e os Seattle Sounders. E de entre essas equipas, as três primeiras estão a desenvolver projectos para construirem os seus próprios estádios e a última é "dona" em parte do estádio onde joga.

Os LA Galaxy têm estádio próprio, só para o futebol... chama-se Home Depot Center.

 :great:




Sócio n° 89.156
O nosso antigo jogador Kirovski também pertence ao plantel do Galaxy.

Já tinha referido o mesmo no tópico dos ex-jogadores. Grande vitória para os Galaxy, mas sobretudo para a MLS. esta época foi a melhor de sempre para aquela liga.

A tendência é sempre melhorar. Estamos a falar de um mercado do tamanho do da União Europeia, onde o futebol está a crescer a olhos vistos. Longe já vão os tempos em que era considerado um desporto feminino, e para ajudar ao crescimento têm tido as recentes polémicas na NFL, NBA e MLB.

Para terem uma noção:

Em 2003 jogavam 10 equipas na MLS.
Em 2012 vão jogar 19.
A previsão mais recente do presidente da liga é que "seremos mais de 20 equipas", tendo falado especificamente em três locais (Southeast, Midwest, South California) como prováveis casas de novas equipas.

Em 1996, quando a liga foi fundada, 2.785.001 pessoas foram aos estádios. Em 2010 foram 4.002.000 e este ano foram 5.460.128. A equipa com a melhor média foi pela terceira vez consecutiva (ou seja, sempre desde que jogam na MLS) os Seattle Sounders com uns impressionantes 38.496 espectadores por jogo!!!

Em 1996 todas as equipas sem excepção jogavam ou em estádios emprestados ou pela NFL ou pelas ligas universitárias. E olhem que os estádios das ligas universitárias não ficam a dever nada aos da NFL. Há com cada bisarma, como o Ohio Stadium dos Columbus Crew que leva 102329 espectadores ou o Rose Bowl dos Galaxy que leva 92000.
Em 2012 todas as equipas jogarão em estádios construídos ou reconstruídos de propósito para futebol, excepto os DC United, os New England Revolution, os San Jose Earthquakes, os Vancouver Whitecaps e os Seattle Sounders. E de entre essas equipas, as três primeiras estão a desenvolver projectos para construirem os seus próprios estádios e a última é "dona" em parte do estádio onde joga.

Os LA Galaxy têm estádio próprio, só para o futebol... chama-se Home Depot Center.

 :great:

Sim, eu sei. Esse parágrafo é sobre os estádios em 1996. Quando a liga começou eles jogavam no Rose Bowl. ;)
O nosso antigo jogador Kirovski também pertence ao plantel do Galaxy.

Já tinha referido o mesmo no tópico dos ex-jogadores. Grande vitória para os Galaxy, mas sobretudo para a MLS. esta época foi a melhor de sempre para aquela liga.

A tendência é sempre melhorar. Estamos a falar de um mercado do tamanho do da União Europeia, onde o futebol está a crescer a olhos vistos. Longe já vão os tempos em que era considerado um desporto feminino, e para ajudar ao crescimento têm tido as recentes polémicas na NFL, NBA e MLB.

Para terem uma noção:

Em 2003 jogavam 10 equipas na MLS.
Em 2012 vão jogar 19.
A previsão mais recente do presidente da liga é que "seremos mais de 20 equipas", tendo falado especificamente em três locais (Southeast, Midwest, South California) como prováveis casas de novas equipas.

Em 1996, quando a liga foi fundada, 2.785.001 pessoas foram aos estádios. Em 2010 foram 4.002.000 e este ano foram 5.460.128. A equipa com a melhor média foi pela terceira vez consecutiva (ou seja, sempre desde que jogam na MLS) os Seattle Sounders com uns impressionantes 38.496 espectadores por jogo!!!

Em 1996 todas as equipas sem excepção jogavam ou em estádios emprestados ou pela NFL ou pelas ligas universitárias. E olhem que os estádios das ligas universitárias não ficam a dever nada aos da NFL. Há com cada bisarma, como o Ohio Stadium dos Columbus Crew que leva 102329 espectadores ou o Rose Bowl dos Galaxy que leva 92000.
Em 2012 todas as equipas jogarão em estádios construídos ou reconstruídos de propósito para futebol, excepto os DC United, os New England Revolution, os San Jose Earthquakes, os Vancouver Whitecaps e os Seattle Sounders. E de entre essas equipas, as três primeiras estão a desenvolver projectos para construirem os seus próprios estádios e a última é "dona" em parte do estádio onde joga.

Os LA Galaxy têm estádio próprio, só para o futebol... chama-se Home Depot Center.

 :great:

Sim, eu sei. Esse parágrafo é sobre os estádios em 1996. Quando a liga começou eles jogavam no Rose Bowl. ;)

AAAHHH!!!!! Dumb ass me...  :wall:

Desculpa lá joaommx!

 :great:




Sócio n° 89.156
Já que estamos na offseason deixo-vos aqui três improváveis ex-jogadores de soccer americanos. Espero que fiquem tão surpreendidos quanto eu fiquei. Claro que nenhum deles chegou a um nível elevado, se não já todos os conheceriam como ex-jogadores.



George H. W. Bush, o papá Bush quando voltou da Guerra entrou para Yale, onde teve dois anos e meio bastante atarefados. Tirou um bacharelato, entrou para e presidiu a uma fraternidade, iniciou-se numa sociedade secreta, jogou e capitaneou a equipa de baseball da faculdade, conheceu o Babe Ruth, fez o "Dubya" E representou a equipa de soccer da universidade durante um ano.

Aqui fica uma fotografia desses tempos. O jovem "Haitch Dubya" a conhecer o velhinho Babe Ruth:




Jonathan Leibowitz, perdão, Jon Stewart. Quem diria que o pequeno satirista judeu jogou futebol em tempos? Durante três anos, o gadelhudo boytshik tentou-se impor do alto do seu metro e sessenta e picos na defesa da Tribe, a equipa do College of William & Mary.

Aqui ficam as provas:




E por último Eddie Kaye Thomas, que jogava tanto que chegou a receber uma proposta do DC United para se tornar profissional sem sequer ter passado pelo futebol universitário, algo não muito comum por aqueles lados. Escusado será dizer que a recusou preferindo dedicar-se à sua carreira como actor.

[youtube=650,535]http://www.youtube.com/watch?v=FdxUNsKZ4T8[/youtube]
Esta semana houve o SuperDraft, e o soccer voltou a fazer das suas e a mostrar ao resto do mundo do futebol que o soccer não se joga pelas ideias de ninguém.
Digo isto a propósito do quê? Pois bem, digo-o a propósito da First Pick deste ano, que calhou aos estreantes (como é regra quando os há) Impáct de Montréal. Foram buscar à universidade de Duke um miúdo chamado Andrew Wenger, que todos diziam que competia com o jamaicano Mattocks de Akron pela First Pick, e que no papel é um defesa central. No papel, porque na realidade do pouco que eu vi e do que se lê, é redutor chamar-lhe defesa central, ou sequer defesa.

Deixo-vos o currículo (incompleto) e um link para um pequeno vídeo de apresentação deste "defesa central":

2009:
ACC All-Freshman team (ACC é a série onde joga a equipa dele)
ACC Freshman of the Year em 2009
National All-Freshman team para a Soccer America (principal publicação de futebol dos EUA)
National All-Freshman team para a TopDrawerSoccer (principal epublicação de futebol dos EUA)

2010:
NSCAA All-America first team (NSCAA é a associação de treinadores)
All-ACC first team
ACC Defensive Player of the Year
Hermann Trophy semifinalist (Hermann Trophy é a "bola de ouro" do futebol universitário

2011:
ACC Defensive Player of the Year
Vencedor do Hermann Trophy

http://www.mlssoccer.com/video/2012/01/12/andrew-wenger-duke-d

Quem tiver ficado curioso, fica a saber que salvo algum imponderável, o poderá ver em acção este ano nos JO de Londres.
[youtube=650,535]http://www.youtube.com/watch?v=tgGMBTgoA2E&hd=1[/youtube]

Vejam bem isto!  :o


"If players are patient enough we can develop the team into one of the biggest in the world." - Jürgen Klopp
[youtube=650,535]http://www.youtube.com/watch?v=tgGMBTgoA2E&hd=1[/youtube]

Vejam bem isto!  :o

Eesh! Que golazo!

Seattle com o estadio sempre bem composto. :clap:
Who was that I whose mine was you
[youtube=650,535]http://www.youtube.com/watch?v=tgGMBTgoA2E&hd=1[/youtube]

Vejam bem isto!  :o

Já estou careca de o sugerir. Daí a pouco perde a validade, e torna-se outro De Rosario que todos percebem que tinha tido qualidade mais que suficiente para ter feito coisas interessantes na Europa mas nunca chegou a atravessar a banheira.

Seattle com o estadio sempre bem composto. :clap:

Fanbase de fazer inveja a muitas equipas europeias.

[youtube=650,535]http://www.youtube.com/watch?v=2a9aB8i92SQ[/youtube]

Ainda têm muito a aprender, claro, mas com apenas 3 e meio de futebol a sério, já que os restantes 35 anos foram passados em divisões e ligas secundárias, não estão nada mal. Que não haja dúvidas, na América do Norte a paixão vem do frio.





Entretanto no Canadá, o mais famoso dono dos Whitecaps a ver um jogo em casa.

[youtube=650,535]http://www.youtube.com/watch?v=185qQ22gaTk[/youtube]
O Agudelo, que acham?
Simpatizo imenso com o Toronto FC. Foram fundados em 2006, são um clube sem grandes pretensões, mas têm dos melhores adeptos do "soccer", com todas as limitações culturais próprias de um país totalmente diferente. Foram a primeira equipa do Canadá a competir na MLS.

Este ano, começaram bem: 9 jogos, 9 derrotas. Mas as assistências no estádio (próprio para o futebol, ao contrário de outras equipas) mantiveram-se em cima. Hoje tiveram a recompensa e a primeira vitória com um golo em cima do prolongamento pelo inevitável Koevermans.

[youtube=650,535]http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=vdUXYSypxVU[/youtube]

Meanwhile, at Norwich forum: "junglebvns has joined" @ARMAS
Que jogo! Vale a pena só pelo livre do Beckham.

É desta que o soccer arranca de vez nos States.
Meanwhile, at Norwich forum: "junglebvns has joined" @ARMAS
Que jogo! Vale a pena só pelo livre do Beckham.

É desta que o soccer arranca de vez nos States.

Que jogão! E quando os Earthquakes jogam no fantástico estádio de Stanford é logo outra coisa, é uma pena jogarem quase sempre no minúsculo Buck Shaw. Lembro-me de ver aqui à uns anos um Internazionale vs Club América lá e o estádio era muito bonito.

O Lenhart parece que fez um grande jogo, já o Wondo parecia estranhamente desaparecido até ao golo. E a defesa de San Jose esteve simploesmente horrível.
Grande golo! Mesmo com todo o espaço do mundo para rematar...

http://www.miragens.abola.pt/videosdetalhe.aspx?id=17043
2h9m21s
[youtube=650,535]http://www.youtube.com/watch?v=vYPgbMhb23A[/youtube]
Sporting Clube de Portugal, somos diferentes, somos melhores.