Ginástica

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

24-09-2015
Ternura nos 40


A Mista, classe de ginástica de demonstração mais antiga do País, fundada por Reis Pinto em 1975 e eleita classe do ano em 2007 pela Federação de Ginástica Portuguesa, está de parabéns: faz 40 anos. E os treinadores, mas também os alunos de hoje e de ontem, não quiseram deixar passar a efeméride em claro.

Além de um espectáculo que juntou as várias gerações de alunos, houve direito e um almoço e a uma exposição de fotografias e fatos da classe ao longo das suas quatro décadas ininterruptas de vida. E o Jornal Sporting foi conhecer as histórias de alguns ex-integrantes da turma, como Miguel Sonso, que fez parte da primeira formação, ou Ângelo Felgueiras, que durante anos foi, em simultâneo, piloto da TAP e membro da Mista e que se dedica ao alpinismo, tendo levado o cachecol do Sporting ao Evereste.

Leia a reportagem completa nesta edição do Jornal Sporting, que já está nas bancas.

http://www.sporting.pt/Noticias/Clube/notclube_ginasticadestaquejornal_240915_155096.asp

DIOGO ABREU CONSEGUE DUAS FINAIS

Por Jornal Sporting
01 Nov, 2015
GINÁSTICA
Atleta ‘verde e branco’ brilha na Taça do Mundo de Loulé de trampolins


Diogo Abreu teve uma participação muito positiva na Taça do Mundo de Loulé, conseguindo alcançar o apuramento para duas finais e contabilizando um quinto e um sexto lugar entre alguns dos melhores atletas do Mundo.

Em trampolim sincronizado, e depois de terem conseguido o apuramento para as melhores oito equipas no oitavo lugar (85,800), Diogo Abreu e Tiago Lopes conseguiram uma brilhante quinta posição com 46,500. Os franceses Allan Morante Allan e Sebastien Martiny venceram a prova com 50,500, seguidos dos neozelandeses Dylan Schmidt e Kierran Tuhi (49,900) e dos bielorussos Mikalai Kazak e Uladzislau Hancharou (49,700).

Em trampolim individual, Diogo Abreu qualificou-se para os oito melhores na oitava e última posição, com 106,790, alcançando depois o sexto lugar na final com 56,125. Nesta prova o vencedor foi o bielorrusso Uladzislau Hancharou com 61,275, à frente do francês Sebastien Martiny (58,105) e do japonês Yasuhiro Ueyama (57,500).

De referir que, na qualificação em trampolim individual, Pedro Ferreira ficou no 18.º lugar com um total de 103,200.

Também Sílvia Saiote esteve presente nesta Taça do Mundo de Loulé, terminando a qualificação em trampolim individual no 25.º lugar, com a pontuação de 93,765. Também aqui houve domínio bielorrusso com o primeiro lugar de Tatsiana Piatrenia (55,885) e o terceiro de Hanna Harchonak (54,695), tendo no meio a russa Yana Pavlova (54,780).

Na 10.ª Taça Internacional de Loulé, que se disputou em paralelo com a Taça do Mundo de trampolins, os resultados dos vários atletas ‘verde e brancos’ foram os seguintes:

- Tiago Costa – 3.º lugar na final de trampolim individual Open

- Tiago Costa – 7.º lugar na final de DTM Open

- Afonso Verde – 8.º lugar na final de DTM Júnior

- André Nunes – 9.º lugar na qualificação de trampolim individual Open

- José Domingues – 10.º lugar na qualificação de trampolim individual Open

- Tatiana Li – 15.º lugar na qualificação de trampolim individual 13-14

- Duarte Fernandes – 16.º lugar na qualificação de trampolim individual Open

- António Carvalho – 18.º lugar na qualificação de trampolim individual Open

- Bruna Li – 18.º lugar na qualificação de trampolim individual Open

- Diogo Santos – 26.º lugar na qualificação de trampolim individual Open

- Sérgio Domingues – 28.º lugar na qualificação de trampolim individual Open

http://www.sporting.pt/pt/noticias/sports/ginastica/2015-11-01/diogo-abreu-consegue-duas-finais

SARAU DE NATAL SOLIDÁRIO
Por Jornal Sporting
20 Nov, 2015
GINÁSTICA
Evento realiza-se a 18 de Dezembro, no Casal Vistoso


Muito mais do que um evento gímnico – assim se pode descrever o Sarau de Natal do Sporting, que se realiza no próximo dia 18 de Dezembro, a partir das 21h, no Pavilhão do Casal Vistoso.

Sob o tema ‘Um comboio de solidariedade’, vão participar 500 ginastas do Clube, sendo que cada um entregará um presente a três instituições escolhidas pela Câmara Municipal de Lisboa, parceira na organização do evento, e também à Fundação Sporting. O preço dos bilhetes é de um euro.

http://www.sporting.pt/pt/noticias/modalidades/ginastica/2015-11-20/sarau-de-natal-solidario

TRÊS ‘LEÕES’ NO CAMPEONATO DO MUNDO DE TRAMPOLINS
Por Jornal Sporting
20 Nov, 2015
GINÁSTICA
Prova decorre de 26 a 29 de Novembro e garante apuramento olímpico


Sílvia Saiote, Diogo Abreu e Pedro Ferreira são os três ‘leões’ que vão integrar a comitiva portuguesa, composta por 18 atletas, que vai estar presente no Campeonato do Mundo de ginástica de trampolins, que decorrerá em Odense, na Dinamarca, entre 26 e 29 de Novembro.

Os ginastas ‘leoninos’ vão participar nas provas de trampolim individual e sincronizado e, além do título mundial, estarão em busca do passaporte para os Jogos Olímpicos de 2016. Os atletas finalistas que se classificarem nos oito primeiros garantem o apuramento olímpico (haverá apenas uma vaga feminina e outra masculina) sendo que a passagem à final pode, desde logo, assegurar a participação no ‘test event’ que decide as vagas para o Rio de Janeiro.

Segue a lista de ginastas convocados por Portugal:

Trampolim Individual e Sincronizado:
Pedro Ferreira, Diogo Abreu, Diogo Ganchinho, Ricardo Santos, Tiago Lopes, Sílvia Saiote, Ana Rente, Beatriz Martins e Ana Pacheco

Tumbling:
Nuno Silvano e Paulo Cruz

Duplo mini-trampolim:
André Lico, André Fernandes, Diogo Costa, Bruno Nobre, Ana Robalo, Andreia Robalo e Joana Pereira

http://www.sporting.pt/pt/noticias/modalidades/ginastica/2015-11-20/tres-leoes-no-campeonato-do-mundo-de-trampolins
 

A DINAMARCA COMO TRAMPOLIM PARA O RIO
Por Jornal Sporting
26 Nov, 2015
GINÁSTICA
Lançamento do Mundial de Odense com Sílvia Saiote, Diogo Abreu e Pedro Ferreira


A Dinamarca fica no Norte da Europa. Ali os Invernos são longos e rigorosos com noites muito compridas e dias curtos, pálidos e gelados. A neve cobre a terra e os telhados, os rios gelam, os pássaros emigram para os países do Sul à procura de sol, as árvores perdem as suas folhas. Só os pinheiros continuam verdes no meio das florestas geladas e despidas”. O cenário, descrito por Sophia de Mello Breyner Andresen no seu livro ‘O Cavaleiro da Dinamarca’, refere-se ao lugar onde três ‘leões’ estão, a partir de hoje, quinta-feira, e até domingo, à procura do passaporte para uma cidade no outro lado do Globo, onde os Invernos são curtos e quentes, os dias compridos e as noites ainda mais compridas, mas pela festa, não pelo clima. Neve nem vê-la e a única coisa que cobre os telhados é o sol escaldante que também cobre o mar, sempre presente, e onde refecte multiplicando a luz.

Ali, no Rio de Janeiro, há Jogos Olímpicos em 2016, no Inverno da ‘cidade maravilhosa’. E Sílvia Saiote, Diogo Abreu e Pedro Ferreira, a elite ‘leonina’ dos trampolins, busca a partir de hoje, em Odense (Dinamarca), no Campeonato do Mundo, uma vaga para as suas primeiras Olimpíadas. Sílvia Saiote é cautelosa nas previsões. “Chegar aos Jogos é um objectivo muito forte para mim, mas tenho a noção que trabalho para ser o melhor que conseguir ser. Se o meu melhor não passar por aí temos pena. Só quero, naquele dia, estar em topo de forma e dar o meu melhor. Claro que tenho objectivos muito específicos, mas se pensar demasiado na nota final pode ser prejudicial, até porque o resultado não depende só de nós, mas também de uma observação subjectiva dos juízes”, considera a ginasta de 27 anos que, no ano passado, abandonou o duplo mini para se dedicar a 100% ao trampolim, com vista a uma presença olímpica. “Realmente sinto que esta será a minha última ou penúltima oportunidade. Estou confiante de que trabalhei muito. Sinto-me muito bem, em topo de forma física e psicologicamente, mas tudo vai depender daquele dia, daqueles 30 segundos por série”.

Sílvia espera, nas provas preliminares de hoje, quinta-feira, repetir os resultados do ano passado e ficar nas 24 primeiras, apurando-se para a semi-final. Assim garantirá a presença no ‘test event’ que vai decidir a vaga olímpica em Abril – a menos que outra atleta portuguesa atinja a final e se classifique nos oito primeiros lugares, garantindo o acesso directo aos Jogos (nesse caso, já não haverá participação portuguesa no ‘test event’). Como principal concorrente interna, Sílvia terá Ana Rente, participante nos últimos Jogos Olímpicos. “Costumo dizer que a nossa competição faz-nos melhores. Se não tivesse uma rival, ou rivais, tão boas, não estava tão bem e a lutar tanto por isto”, salienta a ginasta, que vai jogar pelo seguro em Odense. “Trabalhei o ano inteiro para pôr dois triplos na série, mas percebi que os juízes estão a privilegiar a consistência, a altura do salto e a beleza, por isso vou manter a série que faço há quatro anos, que é mais consistente, e estou a apostar tudo na execução e na altura”, explica.

A cumprir a quarta presença em Mundiais, Diogo Abreu também vê a Dinamarca como um trampolim – literalmente – para o Rio de Janeiro. “Ficar nos oito melhores da final é muito difícil. Tenho essa pequena esperança, mas sendo realista o meu objectivo é, nas preliminares, ficar nos 24 que dão acesso ao ‘test event’”, salienta o ginasta dos ‘leões’, que alcançou uma brilhante participação na Taça de Mundo de Loulé, em Outubro passado: terminou em 5.º lugar da final em sincronizado e em 6.º na prova individual. “Fiz a preparação toda que podia ter feito, tenho a capacidade técnica de atingir o resultado, agora é ter cabeça; chegar ao momento e fazer bem. Uma pequena falha pode deitar tudo a perder”.

Em ano de apuramento olímpico, Diogo sabe que a concorrência será mais renhida. “Temos visto, pelas Taças do Mundo, que o nível está muito forte, os países estão a apostar muito na preparação dos atletas. A concorrência maior vem da China e do Japão, e, no nível seguinte, temos Portugal, França e Bielorússia”, considera o atleta, que vai competir tanto na prova individual como na sincronizada, ao lado de Tiago Lopes. “O nosso sincronizado está ao nível do topo do Mundo. No individual é mais difícil, porque há mais concorrência, muito mais gente a tentar apurar-se. Mas mesmo aí estou confiante, porque tenho tudo para chegar lá”. E por falar em concorrência, a nível nacional a mais forte vem de Diogo Ganchinho, 15.º classificado nos Jogos Olímpicos de 2012, em Londres, e 11.º nos de 2008, em Pequim. “É um atleta excepcional, fora de série. Eu tenho a vantagem da idade, ele tem a experiência. Vamos ver o que acontece”, diz o ginasta de 22 anos. Para atingir a meta, Diogo vai apresentar uma série nova. “Vou apostar na dificuldade para ajudar na nota, o que nem sempre é bem jogado, mas no meu caso sinto-me seguro”.

Pedro Ferreira fecha o lote de atletas Sportinguistas em prova e, apesar da tenra idade (apenas 18 anos), também está focado no apuramento olímpico. “É o meu principal objectivo, mas tenho consciência que sou muito novo, por isso não me vou preocupar muito se não conseguir. Ainda assim, tenho capacidade para me qualificar para o ‘test event’”, sublinha a mais recente aquisição dos trampolins ‘leoninos’, que vai disputar o seu segundo Mundial como sénior – o primeiro foi no ano passado. “Estive muito bem porque consegui a semi-final, que corresponderia a um lugar no ‘test event’. Depois fiquei em 19.º, o que, para primeiro Mundial, é excelente. A competição está muito mais forte, mas agora estou melhor, a fazer uma série melhor e penso que posso atingir um resultado melhor também”.

Os atletas falaram ao Jornal Sporting no início do derradeiro treino antes da partida para a Dinamarca e, embora não soubessem ao certo todos os exercícios que iam executar, já sabiam como ia terminar. Pelo menos Sílvia Saiote. “Espero que consigamos jogar um pouco de futevolei no final, que é a nossa tradição para relaxarmos um pouquinho. E eu sou campeã em título! Pode haver informações contrárias mas, para todos os efeitos, eu e a minha equipa somos campeões”, rematou numa gargalhada.

http://www.sporting.pt/pt/noticias/modalidades/ginastica/2015-11-26/a-dinamarca-como-trampolim-para-o-rio

DIOGO ABREU NA MEIA-FINAL DO CAMPEONATO DO MUNDO
Por Jornal Sporting
26 Nov, 2015
GINÁSTICA
Atleta 'leonino' consegue apuramento para fase seguinte de trampolim individual


Diogo Abreu garantiu hoje a qualificação para as meias-finais do Campeonato do Mundo, que se está a realizar em Odense, na competição de trampolim individual.

O ginasta ‘leonino’, que fez 105.195 pontos, terminou a primeira série com um total 49.440, alcançando depois na segunda 55.755 numa prova de qualidade e que conferiu uma passagem justa para a fase seguinte da prova, que se realiza amanhã na cidade dinamarquesa.

Recorde-se que, nos três Mundiais realizados em trampolim individual, Diogo terminou em 22.º (2013, Sofia), 47.º (2011, Birmingham) e 69.º (2014, Daytona Beach). Pedro Ferreira também participou nesta fase de qualificação, concluindo as duas séries com um total de 100.330 pontos.

Já Sílvia Saiote não foi feliz na segunda série, que não concluiu. A atleta ‘leonina’ terminou a qualificação na 70.ª posição com um total de 61.970 pontos depois de ter feito 45.805 na primeira série, o que assegurava lugar nas 24 apuradas para as meia-final.

http://www.sporting.pt/pt/noticias/modalidades/ginastica/2015-11-26/diogo-abreu-na-meia-final-do-campeonato-do-mundo

''JUNTOS SOMOS MAIS E MELHORES. VAMOS SPORTING, VAMOS EQUIPA!'' - JOÃO BENEDITO
DIOGO TERMINA TRAMPOLIM INDIVIDUAL NO 21.º LUGAR
Por Jornal Sporting
29 Nov, 2015
GINÁSTICA
Ginasta 'leonino' não concluiu série da meia-final do Campeonato do Mundo


Diogo Abreu não foi feliz no último dia do Campeonato do Mundo de Trampolins de Odense, terminando a meia-final em trampolim individual no 21.º lugar após não conseguir concluir a sua série (somou um total de 12.210 pontos). Recorde-se que, nas qualificações, o atleta ‘leonino’ tinha terminado na 15.ª posição com 105.195 pontos.

De referir que Diogo Ganchinho, o outro atleta português em prova, também não concluiu a série, ficando no 20.º lugar com 18.055. Ainda assim, acrescente-se que este é o melhor lugar de sempre de Diogo Abreu em Mundiais, superando o 22.º posto de Sófia.

Acrescente-se que Diogo Abreu fez também uma excelente prova no trampolim sincronizado, terminando a qualificação com Tiago Lopes no 12.º lugar (foram apenas apurados os primeiros oito para a final).

Recorde-se que, também nas qualificações, Pedro Ferreira terminou no 50.º lugar com um total de 100.330, ao passo que, no trampolim individual feminino, Sílvia Saiote não conseguiu completar a segunda série, ficando na 70.ª posição.

http://www.sporting.pt/pt/noticias/modalidades/ginastica/2015-11-29/diogo-termina-trampolim-individual-no-21o-lugar

‘LEÕES’ VENCEM SETE ESCALÕES NO DISTRITAL DE DUPLO MINI
Por Jornal Sporting
18 Jan, 2016
GINÁSTICA
Clube foi distinguido ainda com o troféu Formação pela Associação de Lisboa


O Sporting CP venceu em sete escalões no Campeonato Distrital de duplo mini-trampolim e tumbling, que se realizou no sábado passado no Pavilhão Desportivo da Escola Ferreira de Castro, em Mem Martins (Sintra), onde o Sporting CP foi também distinguido com o troféu Formação da Associação de Ginástica de Lisboa, que premeia a excelência da escola ‘verde e branca’.

No capítulo individual, obtiveram o primeiro lugar Matilde Mourão, Mafalda Correia e Gonçalo Alves (iniciados), assim como Maria João Estêvão (seniores); já por equipas venceu o conjunto de infantis (Filipa Raposo, Liliana Baltazar, Catarina Antunes e Carolina Moreira), de iniciados femininos (Matilde Mourão, Maria Margarida Ramos e Mafalda Correia) e de iniciados masculinos (João Silva, Gonçalo Alves, Tito Teixeira e Rodrigo Coelho).

Destaque ainda para o segundo lugar da equipa infantil composta por Carlota Moura, Penélope Figueiredo, Soraia Miranda e Matilde Martins e para o terceiro posto alcançado por Rodrigo Coelho (iniciados) e Bruna Li (seniores).

http://www.sporting.pt/pt/noticias/modalidades/ginastica/2016-01-18/leoes-vencem-sete-escaloes-no-distrital-de-duplo-mini


Votos de rápida recuperação, Sílvia!

Citar
DIOGO ABREU VENCE BRONZE EM TRAMPOLIM SINCRONIZADO

Diogo Abreu conquistou hoje a medalha de bronze em trampolim sincronizado, ao lado de Diogo Ganchinho, na Taça do Mundo que decorre este fim-de-semana em Baku (Azerbaijão).

Com uma série de elevado nível técnico, a dupla masculina arrebatou o terceiro lugar, com 48.600 pontos, depois de ontem, na eliminatória, ter-se qualificado para a final em quarto. Recorde-se ainda que, na prova individual, Diogo Abreu não foi além de um 19.º posto, falhando assim a final que se realizou esta manhã e onde Diogo Ganchinho conquistou o bronze para Portugal.
In: Sporting.pt

Muitos parabéns!  :clap:
« Última modificação: Março 06, 2016, 20:33 pm por Letista »
''JUNTOS SOMOS MAIS E MELHORES. VAMOS SPORTING, VAMOS EQUIPA!'' - JOÃO BENEDITO
Citar
DIOGO ABREU VENCE BRONZE EM TRAMPOLIM SINCRONIZADO

Diogo Abreu conquistou hoje a medalha de bronze em trampolim sincronizado, ao lado de Diogo Ganchinho, na Taça do Mundo que decorre este fim-de-semana em Baku (Azerbaijão).

Com uma série de elevado nível técnico, a dupla masculina arrebatou o terceiro lugar, com 48.600 pontos, depois de ontem, na eliminatória, ter-se qualificado para a final em quarto. Recorde-se ainda que, na prova individual, Diogo Abreu não foi além de um 19.º posto, falhando assim a final que se realizou esta manhã e onde Diogo Ganchinho conquistou o bronze para Portugal.
In: Sporting.pt

Muitos parabéns!  :clap:

Parabéns!  :clap:

DIOGO ABREU E PEDRO FERREIRA EM MAIS UMA FINAL
Por Jornal Sporting
02 Abr, 2016
GINÁSTICA
Dupla 'leonina' em quinto na qualificação do Trampolim Sincronizado do Europeu


A dupla Diogo Abreu/Pedro Ferreira garantiu hoje a presença na final de Trampolim Sincronizado Sénior do Campeonato da Europa de Trampolins, que se está a realizar em Valladolid desde quinta-feira com excelentes resultados para Portugal.

Os ‘leões’ até fizeram uma primeira ronda um pouco abaixo a nível de pontuação em relação aos mais directos competidores (37.800), mas recuperaram muito bem na segunda, com os 48.800 a conduzirem ao quinto lugar da qualificação (86.600).

A dupla russa Nikita Fedorenko/Dmitrii Ushakov foi a melhor na qualificação com 90.300. Seguiram-se Bielorrússia (Mikalai Kazak e Uladzislau Hancharou, 89.600), Azerbaijão (Oleg Piunov e Ilya Grishunin, 88.600) e Ucrânia (Mykola Prostorov e Dmytro Byedyevkin, 87.200).

Os atletas ‘verde e brancos’ estiveram ainda em destaque na meia-final da prova de Trampolim Individual Sénior, com Pedro Ferreira a terminar na nona posição com 56.250 e Diogo Abreu a acabar no 14.º lugar com 55.710. Uladzislau Hancharou foi o melhor no apuramento para a final com 60.175.

De recordar que, logo na quinta-feira, primeiro dia de prova, Diogo Abreu e Pedro Ferreira tinham ganho com Diogo Ganchinho e Ricardo Santos o terceiro lugar na final por equipas de Trampolim Individual Sénior. Rússia e Bielorrússia ficaram à frente.

http://www.sporting.pt/pt/noticias/modalidades/ginastica/2016-04-02/diogo-abreu-e-pedro-ferreira-em-mais-uma-final

''JUNTOS SOMOS MAIS E MELHORES. VAMOS SPORTING, VAMOS EQUIPA!'' - JOÃO BENEDITO
Já é oficial mais uma medalha de bronze!

 :clap: :clap: :clap:
Mais que Presidente do Sporting Clube de Portugal, Bruno de Carvalho é o meu Presidente!
DIOGO ABREU E PEDRO FERREIRA GANHAM MEDALHA DE BRONZE
Por Jornal Sporting
03 Abr, 2016
GINÁSTICA
Dupla 'leonina' repete pódio na prova de Sincronizado Sénior dos Europeus


Diogo Abreu e Pedro Ferreira conquistaram esta manhã a medalha de bronze na prova de Sincronizado Sénior do Campeonato da Europa de Trampolins, que está a decorrer na cidade espanhola de Valladolid desde quinta-feira até hoje.

A dupla ‘leonina’, que tinha conseguido qualificar-se para a final com um quinto lugar nas eliminatórias, conseguiu subir mais uns degraus na classificação, somando um total de 49.700 pontos. Os bielorrussos Mikalai Kazak e Uladzislau Hancharou conquistaram a medalha de ouro com 50.600 pontos, ao passo que os ucranianos Mykola Prostorov e Dmytro Byedyevkin ganharam a prata com 50.100 pontos.

Os restantes lugares da final ficaram para França (Sebastien Martiny e Allan Morante, 47.600), Bélgica (Joris Geens e Simon Debacker, 46.000), Rússia (Dmitrii Ushakov e Nikita Fedorenko, 45.800), Azerbaijão (Ilya Grishunin e Oleg Piunov, 35.800) e Rep. Checa (Adam Suelt e Naim Ashhab, 5.200).

A título de curiosidade, também a equipa feminina formada por Ana Rente e Beatriz Martins ganhou a medalha de bronze no sector feminino de Sincronizado Sénior.

http://www.sporting.pt/pt/noticias/modalidades/ginastica/2016-04-03/diogo-abreu-e-pedro-ferreira-ganham-medalha-de-bronze

''JUNTOS SOMOS MAIS E MELHORES. VAMOS SPORTING, VAMOS EQUIPA!'' - JOÃO BENEDITO
SALTAR PARA UM OBJECTIVO AINDA MAIOR
Por Jornal Sporting
07 Abr, 2016
GINÁSTICA
Reportagem com os medalhados Diogo Abreu e Pedro Ferreira no Jornal Sporting


Foi o ruído seco do corpo a tocar o trampolim, em simultâneo. A percepção pelo canto do olho. Quando terminaram a final da prova sincronizada, Diogo Abreu e Pedro Ferreira pressentiram que saíam do Europeu de Valladolid com uma medalha. E saíram. Os atletas do Sporting realizaram a série ‘colados’ um ao outro e juntaram à medalha de prata conquistada no Test Event para os Jogos Europeus, em Baku (Azerbaijão) e à de bronze alcançada na Taça do Mundo de São Petersburgo (Rússia), mais um terceiro lugar no Campeonato da Europa – o primeiro de Pedro Ferreira como sénior.

A voz do jovem atleta de 19 anos denuncia tudo o que as palavras não conseguem exprimir na totalidade – as ideias saem velozes e os sorrisos são vírgulas entre as frases. Não é caso para menos. Além do bronze na prova sincronizada, conquistou outro, novamente com Diogo Abreu – e também com Ricardo Santos e Diogo Ganchinho – na final por equipas. E ainda ficou em 9.º lugar na semi-final da prova individual, à frente de Abreu e Ganchinho, que estão na luta por uma vaga olímpica, a apenas duas décimas da final. “Foi excelente. Senti-me muito confiante na competição e realizei as minhas melhores séries em prova. Consegui atingir duas finais em três possíveis e por duas décimas conseguia as três, o que provavelmente só russos e bielorrussos conseguiram naquela prova – porque são as maiores potências da modalidade. E nas duas a que fui, consegui medalhas”, explica o ginasta que, em Setembro passado, trocou o Ginásio Vilacondense pelo Sporting.

A prova individual abriu-lhe as portas de uma participação plena de confiança. “Nas preliminares, estava nervoso, porque está mais em jogo – não só definia o acesso à semi-final, em individual, como a final por equipas. Mas o facto de me ter saído bem condicionou positivamente o resto. A cada dia sentia que era mais impossível falhar”, explica. “Fiz a série que treino todos os dias, há um ano e meio, e que é de dificuldade média-alta para o nível internacional, onde há gente a fazer cinco triplos, mas o normal são quatro. A minha tem três, o que é muito bom para a minha idade. Estou a treinar séries mais complicadas mas não valia a pena trazê-las para esta prova, porque às vezes, nos trampolins, conta mais a eficácia do que o risco”, elucida Pedro Ferreira, que passou à semi-final em 13.º (103.800 pontos), classificando-se depois em 9.º (56.250).

A experiência ao lado de Diogo Abreu, no Sporting, tem sido uma mais-valia para o jovem ginasta de Vila do Conde. “Tem sido muito positivo treinar com ele, porque está em preparação para o Test Event, intensificou os treinos, e acabamos por puxar um pelo outro, o que nos faz evoluir muito. Estávamos muito bem preparados para esta prova”, diz Pedro, que fez a preparação para o Europeu com três treinos bi-diários por semana e sessões de segunda a sábado. “Não somos só colegas, somos amigos. E é bom fazermos isto com pessoas de quem gostamos, por um lado porque alivia a pressão – sabemos que, se falharmos, essa pessoa não vai ficar chateada connosco – e por outro porque é melhor ganhar com amigos”, acrescenta Pedro Ferreira.

Leia toda a reportagem no Jornal Sporting desta semana, que já se encontra nas bancas.

http://www.sporting.pt/pt/noticias/modalidades/ginastica/2016-04-07/saltar-para-um-objectivo-ainda-maior

O SALTO MAIS IMPORTANTE DE UMA VIDA
Por Jornal Sporting
28 Abr, 2016
JORNAL SPORTING
Reportagem com Diogo Abreu, que conquistou um lugar nos Jogos de 2016


Diogo fez das suas séries um suave samba. Então, o Cristo Redentor abriu os braços à concretização do seu maior sonho. Não admira: afinal, os trampolins são mesmo a sua praia. O Rio de Janeiro foi o ponto de partida e será o ponto de chegada para Diogo Abreu. O ginasta do Sporting foi ao Test Event de apuramento olímpico e trouxe de lá o passaporte para regressar em Agosto, para os Jogos. Aos 22 anos, será a sua primeira participação na maior prova desportiva à escala global. Mais do que isso: foi o primeiro atleta da ginástica ‘leonina’ a consegui-lo.

“Tentei abstrair-me disso antes da prova para não trazer mais pressão. Mas é um orgulho muito grande, porque já estou no Sporting há muitos anos, por isso é o culminar desse trabalho todo. É uma enorme honra ser deste grande Clube e espero ter a oportunidade de abrir portas novas para outros jovens que ambicionam estar ao meu nível”, revelou o atleta ‘verde e branco’.

A notícia mais importante da sua carreira, recebeu-a ali, sentado ao lado do ‘rival’. E nunca as aspas fizeram tanto sentido. Diogo Ganchinho era o seu competidor directo por uma vaga – e com argumentos de peso, já que tinha marcado presença nas duas edições anteriores da prova – mas a amizade falou mais alto do que qualquer concorrência. Os atletas aqueceram em grupos separados mas estiveram sempre juntos. E desejaram-se sorte. “Estivemos um pouco desfasados no aquecimento mas motivámo-nos e estávamos sempre a apoiar-nos. Desejámos boa sorte um ao outro e fomos sempre perguntando como tinham corrido as séries. Quando soube do resultado estava ao pé dele. Dei-lhe um abraço e ele deu-me os parabéns. Não festejei efusivamente – porque não sou assim e porque não o ia fazer à frente dele”, explicou Diogo Abreu, dando corpo a um desportivismo que só o engrandece. “Esta é uma modalidade tão individual que não há margem para um tentar sabotar o outro ou haver rivalidades. Nem achamos que é necessário. E tenho muito orgulho que sejamos assim”, disse o atleta ‘verde e branco’, que agora ultrapassou aquele que cresceu a ver como uma referência.

Leia a reportagem completa nesta edição do Jornal Sporting, que já está nas bancas.

http://www.sporting.pt/pt/noticias/clube/jornal-sporting/2016-04-28/o-salto-mais-importante-de-uma-vida

Grande Diogo, não tenho dúvidas que ainda vai dar (muito mais!) cartas!
''JUNTOS SOMOS MAIS E MELHORES. VAMOS SPORTING, VAMOS EQUIPA!'' - JOÃO BENEDITO