Tiro Arco

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

No campeonato nacional de campo o Sporting foi campeão nacional:


Em Arco Recurvo Masculinos


e


Em Arco Recurvo por Equipas Mistas


 :mrgreen:

Tiro com Arcowiki
Parabéns aos atletas  :great:
''Juntos somos mais e melhores. Vamos Sporting, vamos equipa!'' - João ''Benny'' Benedito
Citar
Sporting conquista seis medalhas de ouro

O Sporting arrecadou seis títulos de campeão nacional - três a nível individual e três por equipas, mais outros tantos de vice-campeão (um a nível individual e dois por equipas) - no Final Round do Campeonato de Tiro com Arco de Sala 2014/15.
Os ‘leões’ estiveram presentes em seis categorias individuais e cinco por equipas.

Segue a lista das classificações ‘leoninas’:

Individuais:

Categoria Recurvo Cadetes Homens: Filipe Alves, 4.º lugar
Categoria Recurvo Seniores Senhoras: Maria João Zagalo, 1.º lugar; Maria João Parreira, 3.º lugar
Categoria Recurvo Seniores Homens: Pedro Nogueira, 3.º lugar
Categoria Recurvo Veteranos Homens: José Baleizão, 1.º lugar
Categoria Compound Seniores Senhoras: Cristina Santos, 1.º lugar
Categoria Compound Seniores Homens: Carlos Louro, 2.º lugar; João Almeida, 3.º lugar

Equipas:

Equipa Mista Recurvo Sénior: Maria João Parreira e Pedro Nogueira, 1.º lugar
Equipa Mista Compound Sénior: Cristina Santos e Carlos Louro, 2º lugar
Equipa Recurvo Seniores Homens: Pedro Nogueira, Jorge Alves e António Silva, 2.º lugar
Equipa Recurvo Veteranos Homens: José Baleizão, Fernando Santos e Joaquim Costa, 1.º lugar
Equipa Compound Seniores Homens: Carlos Louro, João Almeida e Nuno Félix, 1º lugar

Parabéns a todos!
''Juntos somos mais e melhores. Vamos Sporting, vamos equipa!'' - João ''Benny'' Benedito
''Juntos somos mais e melhores. Vamos Sporting, vamos equipa!'' - João ''Benny'' Benedito
FORÇA GRANDE BRUNO CARVALHO...
A partida frente ao Vitória de Guimarães foi também o Jogo das Modalidades, em que o Sporting homenageou os milhares de atletas que todos os dias praticam desporto no Clube.


Tiro com Arco. Foto: José Cruz
14-04-2015
Sporting bate recorde nacional


O tiro com arco do Sporting participou na segunda prova do Campeonato Nacional de Campo da modalidade. A equipa masculina bateu o recorde nacional masculino em Compoud por uma diferença de 20 pontos (1.969 pontos).

Na prova de 29 de Março, os atletas já tinham igualado o recorde nacional, conseguindo, desta vez, fixar uma nova marca nacional.

Os resultados completos dos atletas 'leoninos' na prova foram os seguintes:

Recurvo

Cadetes Homens

Filipe Alves - 3.º lugar

Seniores Senhoras

Maria João Zagalo - 1.º lugar
Maria João Parreira - 3.º lugar

Seniores Homens

Jorge Alves - 5.º lugar
António Silva - 9.º lugar
Francisco Coutinho - 12.º lugar
Equipa: 2.º lugar

Veteranos Homens

José Baleizão - 1.º lugar
Joaquim Costa - 2.º lugar
Paulo Castro - 3.º lugar
Fernando Santos - 4.º lugar
Equipa: 1.º lugar

Compound

Seniores Senhoras

Ana Cristina Santos - 1.º lugar

Seniores Homens

Carlos Baptista - 1.º lugar
João Almeida - 3.º lugar
Nuno Félix - 6.º lugar
Bruno Costa - 7.º lugar
Equipa: 1.º lugar (recorde nacional com 1.969 pontos)

O Campeonato Nacional de Campo continuará no próximo domingo, dia 19 de Abril.

http://www.sporting.pt/Noticias/Modalidades/OutrasModalidades/notoutrasmod_tirocomarcocompound_140415_145387.asp
''Juntos somos mais e melhores. Vamos Sporting, vamos equipa!'' - João ''Benny'' Benedito
16-04-2015
Os anos de ouro do tiro com arco


O terceiro capítulo d’ O Grande Livro das Modalidades foi dedicado ao tiro com arco ‘leonino’. Nesta edição, um jornalista participou numa sessão de treinos orientada pelo arqueiro José António Baleizão. A experiência serviu para encerrar algumas falsas questões no seio da redacção, essencialmente relacionadas com o tema preparação. As conclusões a que se chegaram é que fazer tiro com arco não é só atirar uma flecha. Existem movimentos, técnicas e exercícios de treino mais complexos que isso.

A visita do Jornal Sporting ao espaço da secção serviu também para fazer um balanço da mesma desde que se separou da Federação de Tiro. E quem melhor que Maria João Esperto, responsável pela modalidade durante cerca de 20 anos, para nos fazer o retrato verbal da mesma? A atleta que nos dias de hoje não tem passado tanto tempo de arco e flecha na mão quanto gostaria, lembra as transformações que foram surgindo ao longo dos tempos e como é que actualmente a secção conta com um dos melhores espaços para a prática da modalidade no país, repercutindo-se nos resultados e no número de praticantes que têm melhorado e aumentado de ano para ano.

Daniel Buco, um histórico da modalidade, também foi recordado por José António Baleizão e Maria João Esperto, sendo considerado uma figura incontornável do tiro como arco em Portugal e no Sporting, apesar de ter representado o Clube de Alvalade já na recta final da sua carreira. Baleizão conta a história de uma pontuação caricata numa final, onde ficou empatado com Buco. Maria João Esperto aponta para a continuidade do ‘Robin dos Bosques’ português na modalidade que praticou durante mais de 50 anos, tendo sido obrigado a parar devido a debilidades visuais.

Leia a reportagem completa nesta edição do Jornal Sporting que já está nas bancas.

http://www.sporting.pt/Noticias/Clube/notclube_tirocarcodestaque_160415_145491.asp