The Oscars 2017 | 89th Academy Awards

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

 Academia a ser.. Academia.  :lol:

 Num bom ano cinematográfico houve equilíbrio na distribuição das estatuetas. Nenhum filme conseguiu ter grande destaque em relação a todos os outros. La La Land pelas nomeações, conseguiu ter o maior número de estatuetas e parecem-me bem entregues. Depois de um ano onde as nomeações de negros estiveram um deserto, um ano depois, premeiam-nos e logo com o melhor filme. Como ainda me falta ver o Moonlight, tenho dúvidas da justiça do prémio.

 Bem, para o ano há mais. Se tiver a qualidade deste ano, nem dá para reclamar.
“We have to be compact, close together tactically, and if you are close then you have options to play with. You don't always have to try the most risky ball if you are compact. You have to run, to fight, until the moment, and then ... bang, you take it.”

Jurgen Klopp
Inacreditável, que momento vergonhoso!!!!
Como é possível errarem no envelope?

Enviado do meu Moto G (4) através de Tapatalk



O que apresentou o prémio é que foi nabo, então tinha um envelope a dizer "Emma Stone" do La La Land e continuou para Best Picture como o La La Land? Bastava-lhe ter dito: "Ah, deram-me o envelope errado" e virado o envelope para o público para todos verem que era do Melhor Actriz.
Tens razão, o Warren Beatty já deve estar senil.

Enviado do meu Moto G (4) através de Tapatalk

Citar
A atriz Emma Stone, dinstinguida com o Oscar de melhor atriz por La La Land, achou estranha a justificação de Warren Beatty para a gaffe que gerou ao anunciar La La Land como melhor filme em vez de Moonlight.

O ator disse que levou para o palco o envelope errado, que dizia «Emma Stone/ La La Land», ou seja o envelope que já tinha distinguido a atriz minutos antes.

Acontece que Stone disse nas conferências de imprensa pós-cerimónia que tinha o cartão na sua posse. Quando recebeu o prémio, vê-se que Leonardo Di Caprio, que o apresentou, sai com o envelope na mão, ao contrário do costume, que é dar a estatueta e o envelope ao vencedor, como recordação. Porém, em fotos de bastidores, Stone já segura o envelope vermelho.

«Não quero lançar c*** confusão, mas qualquer que seja a história, eu tinha o cartão, por isso não percebo o que acontece», disse Stone.

A PricewaterhouseCoopers, empresa de contabilidade que gere os envelopes com os nomes dos vencedores, refere que há duas cópias de cada envelope. Falts ainda uma explicação oficial da Academia.

O Warren Beatty bem achou que havia algo estranho ali, mas como bom cavalheiro deixou a senhora fazer a asneira.  :twisted: :lol:
"Sou um “produto” totalmente feito, moldado e limado pelo Sporting. Tudo o que tenho, não materialmente (mas também), é-me dado pela dimensão que Nós – Sporting -  temos. Muitos não me conhecem, mas dizem “vai ali o GR do Sporting.” Ter este apelido é o meu maior agradecimento..." - João Benedito, Orgulho Leonino
Não gostei. Este tipo de coisas não podem acontecer. Mas sinceramente já esperava.

Um filme com negros sobre homossexualidade, realizado por um negro, depois da eleição do Trump e um ano depois de polémica da falta de nomeações de actores negros.

Se mudassem o contexto:

Um filme com brancos homossexuais, realizado por um branco, depois da eleição da Clinton e um ano depois de dois ou três negros terem ganho....

...nunca ganharia.

Ainda por cima houve uma forte campanha contra La La Land acusando-o de sexismo e racismo.  :lol: Até em Manchester By The Sea malharam por não ter actores de cor. Isto está um exagero que vai lá, vai.

Eu acho Moonlight um bom filme, assim como achei Spotlight por exemplo, mas não daria um Oscar a nenhum, não arrebata, não surpreende, tem temáticas já muito vistas até. É pena que os vencedores de hoje sejam muito mais politicos e elitistas e que os prémios não façam justiça ao que é feito.

Para mim Brokeback Mountain é muito melhor que Moonlight. E perdeu para Crash que por sua vez é muito pior que a grande maioria dos nomeados deste ano. Lá está, contexto.
Esta m**** é tipo o All Star game da NBA, nem vale a pena ver.

Depois do chorinho do ano passado óbvio que um filme de gays blacks ia ganhar. Enfim, vale o que vale. Claro que estes são os mesmos tipos que nem sequer nomearam o Her Story como melhor filme de animação.

Ontem a Academia perdeu de vez a pouca credibilidade que tinha. Claro que um filme com aquele conteúdo teria automaticamente que ganhar. A arte está a perder em detrimento das políticas. Comecem lá a trend #OscarsSoBlack. A ver se existe coragem...
Não gostei. Este tipo de coisas não podem acontecer. Mas sinceramente já esperava.

Um filme com negros sobre homossexualidade, realizado por um negro, depois da eleição do Trump e um ano depois de polémica da falta de nomeações de actores negros.

Se mudassem o contexto:

Um filme com brancos homossexuais, realizado por um branco, depois da eleição da Clinton e um ano depois de dois ou três negros terem ganho....

...nunca ganharia.

Ainda por cima houve uma forte campanha contra La La Land acusando-o de sexismo e racismo.  :lol: Até em Manchester By The Sea malharam por não ter actores de cor. Isto está um exagero que vai lá, vai.

Eu acho Moonlight um bom filme, assim como achei Spotlight por exemplo, mas não daria um Oscar a nenhum, não arrebata, não surpreende, tem temáticas já muito vistas até. É pena que os vencedores de hoje sejam muito mais politicos e elitistas e que os prémios não façam justiça ao que é feito.

Para mim Brokeback Mountain é muito melhor que Moonlight. E perdeu para Crash que por sua vez é muito pior que a grande maioria dos nomeados deste ano. Lá está, contexto.

Bem vindo a América "não" racista...


A feira de vaidades que são os Oscares está cada vez pior. :menos:
Que momento ridículo aquele twist final.

Mas nem é surpresa ganhar o Moonlight
Sabem o que eu acho?

Só não acontece à cerimónia dos Óscares o mesmo que ao Eurofestival da Canção porque, enfim, that's Hollywood, folks!

And the show must go on.
Eu tive acordado até ás tantas da noite a ver isto, e desliguei a tv no momento em que anunciaram o La la land como vencedor...perdi a melhor parte  ^-^  :mrgreen:

Não vou comentar se foi justo ou não pois não vi o Moonlight ainda.

Apenas vou comentar as nomeações do Ryan Gosling e em especial a vitória da Emma Stone.Não compreendo as nomeações dos mesmos e muito menos a vitória da Emma.

A isabelle Huppert teve um desempenho muito superior ao da Emma por exemplo (que esteve bem melhor no Birdman) e até a Viola Davis poderia ter vencido esse prémio se tivesse nessa categoria (não se percebe porque não esteve).

Aceito que o La la land vencesse estatuetas do nível técnico ou screenplay, e nesse sentido o Oscar ao Damien Chazelle faz sentido e é merecedor.Agora a nível de interpretações(btw acho o Gosling muito mediano como actor)?Para mim não fez sentido.
 
Foi realmente uma pena toda a confusão no final. Não ajuda nada a credibilizar este tipo de prémios e logo num ano em que o lobby pro Moonlight e pro afro-américa nunca esteve tão forte, inclusive até na tentativa de colar La La Land e Manchester By The Sea a racismo(wtf). Tudo isto era dispensável e até para mim que dou uma importância relativa aos prémios(não é isso que define uma película ou um acting, nem de perto), esta situação me irritou profundamente.
Até porque basta um simples clique e uma simples pesquisa em foruns, em páginas e em reddits para perceber que as teorias da conspiração já são mais que muitas.  :lol:
Eu acho que Moonlight iria sempre ganhar este ano(embora para mim não o merecesse), era o politicamente correcto para calar uma certa ala que se vinha a manifestar desde o ano passado, mas depois as coisas não batem a gota com a perdigota. Moonlight não pode ganhar um melhor filme depois de perder a realização e a fotografia que eram duas das suas principais qualidades. Isto depois de ter passado ao lado dos aspectos mais técnicos e de apenas ter tido o Mahershala Ali a se destacar na perfomance individual. Apenas tinha aqui o sustento do argumento mas os seus "rivais" estavam noutra categoria.

Quiseram agradar a toda a gente, não agradaram a ninguém. Deitaram tudo a perder numa gala que até então estava acima da média.

Eu tive acordado até ás tantas da noite a ver isto, e desliguei a tv no momento em que anunciaram o La la land como vencedor...perdi a melhor parte  ^-^  :mrgreen:

Não vou comentar se foi justo ou não pois não vi o Moonlight ainda.

Apenas vou comentar as nomeações do Ryan Gosling e em especial a vitória da Emma Stone.Não compreendo as nomeações dos mesmos e muito menos a vitória da Emma.

A isabelle Huppert teve um desempenho muito superior ao da Emma por exemplo (que esteve bem melhor no Birdman) e até a Viola Davis poderia ter vencido esse prémio se tivesse nessa categoria (não se percebe porque não esteve).

Aceito que o La la land vencesse estatuetas do nível técnico ou screenplay, e nesse sentido o Oscar ao Damien Chazelle faz sentido e é merecedor.Agora a nível de interpretações(btw acho o Gosling muito mediano como actor)?Para mim não fez sentido.
 

Eu não desgosto do Ryan Gosling, acho que em determinados registos ele tem qualidade. Gostei bastante dele no Half Nelson. No Drive e no Blue Valentine também não esteve mal, numa linha mais cómica agora recentemente no Nice Guys também cumpriu e em La Land entendo a nomeação. Acho que tem muito a evoluir e duvido que alguma vez venha a ser um actor muito versátil e camaleónico mas veremos. De qualquer maneira acho que os 5 nomeados estiveram bem, acrescentaria talvez o Dave Johns pelo seu papel em I, Daniel Blake.

Em relação à Emma discordo contigo. Desde muito cedo que se percebeu que estava ali uma futura Oscarizada. Quando ainda andava por filmes meio teen já demonstrava qualidade. No Zoombieland(que é um filme muito fixe btw, ao lado do Eisemberg, do Woody Harrelson e com a participação do Bill Murray) encaixou muito bem, mesmo no Easy A que é daqueles filmes de domingo à tarde conseguiu dar uma dimensão que muito poucas dariam àquele tipo de filme, até num registo comercial no Homem-Aranha, ela e o Andrew Garfield deram muito mais dinâmica e fizeram um trabalho bem mais interessante que o Tobey Maguire e a Kristen Dunst na minha opinião.
Depois num registo mais sério, parecendo que não já carrega um The Help, um Birdman e agora um La La Land. E são três filmes completamente diferentes.
Tendo em conta a oposição, já era apontada como a favorita. Dificilmente a academia daria um Oscar à Huppert e a Natalie em Jackie não fez sequer um top3 da sua carreira, imo. A Maryl e a Ruth não tinham hipóteses e ficaram de fora(estranhamente) alguns pesos pesados.

Em relação à Viola Davis concordo sem dúvida. Já no ano passado aconteceu o mesmo com a Alicia Vikander. Sempre foi muito discutível aquilo que é considerado actor principal e secundário. É impossível comparar quem co-domina a tela durante todo um filme com quem não aparece sequer 15 minutos como a Michelle Williams. Mas depois já consideram o Hannibal de Anthony Hopkins como papel principal por exemplo. Weird.
Foi realmente uma pena toda a confusão no final. Não ajuda nada a credibilizar este tipo de prémios e logo num ano em que o lobby pro Moonlight e pro afro-américa nunca esteve tão forte, inclusive até na tentativa de colar La La Land e Manchester By The Sea a racismo(wtf). Tudo isto era dispensável e até para mim que dou uma importância relativa aos prémios(não é isso que define uma película ou um acting, nem de perto), esta situação me irritou profundamente.
Até porque basta um simples clique e uma simples pesquisa em foruns, em páginas e em reddits para perceber que as teorias da conspiração já são mais que muitas.  :lol:
Eu acho que Moonlight iria sempre ganhar este ano(embora para mim não o merecesse), era o politicamente correcto para calar uma certa ala que se vinha a manifestar desde o ano passado, mas depois as coisas não batem a gota com a perdigota. Moonlight não pode ganhar um melhor filme depois de perder a realização e a fotografia que eram duas das suas principais qualidades. Isto depois de ter passado ao lado dos aspectos mais técnicos e de apenas ter tido o Mahershala Ali a se destacar na perfomance individual. Apenas tinha aqui o sustento do argumento mas os seus "rivais" estavam noutra categoria.

Quiseram agradar a toda a gente, não agradaram a ninguém. Deitaram tudo a perder numa gala que até então estava acima da média.

Eu tive acordado até ás tantas da noite a ver isto, e desliguei a tv no momento em que anunciaram o La la land como vencedor...perdi a melhor parte  ^-^  :mrgreen:

Não vou comentar se foi justo ou não pois não vi o Moonlight ainda.

Apenas vou comentar as nomeações do Ryan Gosling e em especial a vitória da Emma Stone.Não compreendo as nomeações dos mesmos e muito menos a vitória da Emma.

A isabelle Huppert teve um desempenho muito superior ao da Emma por exemplo (que esteve bem melhor no Birdman) e até a Viola Davis poderia ter vencido esse prémio se tivesse nessa categoria (não se percebe porque não esteve).

Aceito que o La la land vencesse estatuetas do nível técnico ou screenplay, e nesse sentido o Oscar ao Damien Chazelle faz sentido e é merecedor.Agora a nível de interpretações(btw acho o Gosling muito mediano como actor)?Para mim não fez sentido.
 

Eu não desgosto do Ryan Gosling, acho que em determinados registos ele tem qualidade. Gostei bastante dele no Half Nelson. No Drive e no Blue Valentine também não esteve mal, numa linha mais cómica agora recentemente no Nice Guys também cumpriu e em La Land entendo a nomeação. Acho que tem muito a evoluir e duvido que alguma vez venha a ser um actor muito versátil e camaleónico mas veremos. De qualquer maneira acho que os 5 nomeados estiveram bem, acrescentaria talvez o Dave Johns pelo seu papel em I, Daniel Blake.

Em relação à Emma discordo contigo. Desde muito cedo que se percebeu que estava ali uma futura Oscarizada. Quando ainda andava por filmes meio teen já demonstrava qualidade. No Zoombieland(que é um filme muito fixe btw, ao lado do Eisemberg, do Woody Harrelson e com a participação do Bill Murray) encaixou muito bem, mesmo no Easy A que é daqueles filmes de domingo à tarde conseguiu dar uma dimensão que muito poucas dariam àquele tipo de filme, até num registo comercial no Homem-Aranha, ela e o Andrew Garfield deram muito mais dinâmica e fizeram um trabalho bem mais interessante que o Tobey Maguire e a Kristen Dunst na minha opinião.
Depois num registo mais sério, parecendo que não já carrega um The Help, um Birdman e agora um La La Land. E são três filmes completamente diferentes.
Tendo em conta a oposição, já era apontada como a favorita. Dificilmente a academia daria um Oscar à Huppert e a Natalie em Jackie não fez sequer um top3 da sua carreira, imo. A Maryl e a Ruth não tinham hipóteses e ficaram de fora(estranhamente) alguns pesos pesados.

Em relação à Viola Davis concordo sem dúvida. Já no ano passado aconteceu o mesmo com a Alicia Vikander. Sempre foi muito discutível aquilo que é considerado actor principal e secundário. É impossível comparar quem co-domina a tela durante todo um filme com quem não aparece sequer 15 minutos como a Michelle Williams. Mas depois já consideram o Hannibal de Anthony Hopkins como papel principal por exemplo. Weird.

Eu não acho que a Emma Stone seja uma má actriz, nunca disse isso.

O Gosling sim acho sofrível, e por coincidência(ou não) quando foram anunciados os nomeados para melhor actor e passaram um breve trecho seu do La la land a cena calhou num dos tais momentos de actuação que demonstram o porque  dessa minha opinião.

É um tipo extremamente forçado e pouco genuíno nas suas interpretações, os textos não lhe saem com naturalidade imo.

Para mim o tipo é super overrated, faz me uma tremenda confusão vê-lo nomeado juntamente com um Michael Shannon ,um Denzel e outros.

Quanto á a Emma, ela claramente é uma boa actriz(bem melhor que a Jennifer Lawrence por ex) e sempre teve uma aura de futuro Oscar á sua volta.Mas devia ter ganho esse Oscar por um papel que fosse digno de tal, e isso não é a interpretação que fez no La la land. Como disse até no Birdman esteve bem melhor.

Comparar o seu desempenho nesse filme com o da Isabelle Huppert é brincadeira, e depois temos a tal questão da Viola Davis ser nomeada para actriz secundaria??? Não me cheirou bem isso...no fim quase pareceu que tudo foi engendrado para dar o Oscar á Emma(até havia dois envelopes com o nome dela  :mrgreen: ).

Não tenho dúvidas que ela eventualmente um dia iria ganhar a estatueta, simplesmente não esperava que fosse com um desempenho tão normal por assim dizer.

Pareceu mais uma reedição do Oscar da Lawrence(e mesmo assim acho que a Lawrence esteve melhor nesse ano, sem ser nada de espetacular).É a nova hollywood sweetheart  :inde:
Emma Stone mereceu (mais!) o Óscar na sua reacção ao "Moonlight" do que em La La Land. :mrgreen:

Spoiler: mostrar


É inacreditável como é que um erro destes - seja da responsabilidade de quem for! - acontece numa gala desta importância|latitude. :menos: Fiquei extremamente satisfeito por Casey Afleck e por John Gilbert [Hacksaw Ridge], aliás, regra geral concordei com (quase) todas as distinções, tendo como principal perdedor da noite o Kubo and the Two Strings, uma película que pela sua audácia, determinação, coragem, acaba por não ter qualquer "reconhecimento" da Academia, houve pouca simpatia para com os mais de 5 anos de trabalho na criação deste produto stop motion. É uma história de video-jogo, acredito que Zootopia tenha uma estrutua um bocadinho mais exigente|complexa.

Tenho alguma dificuldade em conceber que uma produção que arrecada direcção artística, banda sonora, cinematografia|imagem, realização e que (ainda) conta com um Óscar - algo descabido, na minha opinião! - para actriz principal acabe por ser preterido, no seu conjunto, por outra película, seja ela qual for. :menos: É algo contraproducente. E eu até adorei Moonlight. Foi uma gala rica em diversão, o anfitrião não sendo do meu principal agrado esteve bastante superior a outros que tais, não houve, à excepção de Emma Stone, nenhuma distinção que me aborrecesse de tão descabida, e o toque da noite é mesmo a constatação de que bastantes películas nomeadas adicionaram um toque especial na "confecção" do filme e|ou na abordagem à "história". É esta criatividade que se quer ver em Hollywood. Brooklyn, Bridge of Spies, Spotlight, The Martian, Trumbo, The Danish Girl, meh.
@Samuel_Son  e de melhor música, preferes City of Stars ou The Fools who Dream?
"Infelizmente, o Sporting é o Clube mais divisionista, intriguista e falso-puritano que conheço. Por muito que doa aos sportinguistas, não há sentido de Corpo neste Clube. Somos todos sportinguistas, sim senhor, mas desde que o Sporting seja à medida de cada um e não à medida de todo o mundo leonino. Há quem exulte com as derrotas do clube, se isso significar estar um passo mais perto do lugar, do cargo, da posição ou, como se diz na gíria leonina, do "croquete" "
@Samuel_Son  e de melhor música, preferes City of Stars ou The Fools who Dream?

Particularmente prefiro The Fools Who Dream.

Embora a música que mais rolou no meu mp3 de entre todos filmes do ano foi a do suicide squad.  :-[ :-[ :-[ :lol: Ficou-me na cabeça e eu nem gostei muito do filme, até porque super-heróis não é a minha praia.