Votação

Qual dos jogadores achou ser melhor avançado?

Acosta
Liedson

Melhor Avançado do Sporting no século XXI

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Indo contra o espírito do tópico:
Mário Jardel

Se for para respeitar o espírito do tópico, então mudem o título para o 2o melhor avançado :)
 :arrow:

Isto. Com o título que tem de momento só há uma resposta possível:

Jardel . obvio. Nunca vi igual
O Sporting é o Clube de Portugal.

Há os que exigem;
Há os que reclamam;
Há os que teclam;
E há os que dão: http://www.forumscp.com/index.php?topic=59703.40
Em que época é que esse Sulimane jogou no Sporting?
Com 19 anos apenas chegou a Lisboa a 26 de Junho de 1937 e não assinou logo contrato. Deu apenas a sua palavra de honra em como jogaria no Sporting sem ter sequer discutido questões monetárias. Apesar de abordado por um clube do norte, pensa-se serem os corruptos, e também pelos lampiões, oferecendo-lhe melhores condições, Peyroteo não aceitou pois estava verbalmente comprometido com o Sporting.

NEM QUE FOSSE O RONALDO! - bdc

  Jardel foi o melhor ponta-de-lança que passou por Portugal nos tempos pós-Yazalde. Sem dúvidas. Tirando o Jardel, gostei do Liedson, mas o Acosta teve muito de especial o seu contributo para o título que nos fugia há 18 anos...quase morri engasgado nesse dia.
É um destes:
Ribas
Pongolle
Bojinov
Purovic
Tiui
Bueno
Koke
Manoel

tive que me rir
Jardel, o homem que nasceu abençoado por Deus para fazer golos...
Incrível, nunca vi igual
Quem é esse Suleimane que está agora a fazer a primeira época?



Eu sempre gostei do Acosta. E não, por isso mesmo não era propriamente um tipo popular na bancada do Estádio.  :lol: Mas o tipo tinha toque de bola. Lá está, quando chegou era o inverso do que as bancadas muito aplaudem: via-se que tinha toque, via-se que sabia o que fazer, via-se que tinha visão de jogo, mas falhava. E apesar de não estar parado, não era um tipo de sprints ou de bater no peito. Acosta foi um jogador importante. E era um bom avançado.

Liedson foi um tipo que nasceu para aquilo. E não fosse ter de andar a roubar bolas no meio-campo, se não fosse o Sporting atacar tão pouco, ou ir descendo a sua produção atacante época após época (comparem aquelas épocas com esta ou mesmo as duas anteriores), teria tido números muito, mas muito superiores. O Liedson, na sua 1ª época, marca 15 golos e entra no pódio dos melhores marcadores. Na Europa marca logo golos. Na época seguinte, chega aos 25 e era um jogador em evolução.

Outra particularidade é que Acosta, não sendo alto, era forte fisicamente e aguentava bem o choque. Aliás, dava-se ao choque e inteligentemente ganhava posição, recebia frequentemente de passe longo (muitas vezes do GR) e distribuía jogo. Com enorme inteligência. Dentro da área, o choque também não era problema. Liedson era um franganito, que também recebia (mas menos de passe longo) mas por ser franganito tinha de endossar mais rápido, antes que o atropelassem. O gajo era rijo, mas... Isso obrigava-o a ler mais rápido. Depois, dentro da área, era um verdadeiro rato de área.

Nasceu para aquilo. Por isso considero-o melhor que Acosta.

Sendo assim, respondendo à questão colocada, de "Melhor Avançado do Sporting no século XXI", a resposta, com toda a lógica, só pode ser uma: Mário Jardel!

 :twisted:


f***-**, mas alguma vez isto é pergunta que se faça? Importa lá se achas que o Jardel foi um ET ou um robot inventado pelos deuses do futebol. Se a pergunta é "Melhor Avançado do Sporting no século XXI", a reposta está dada antes de ser feita! E depois eu é que sou do contra.  :twisted: :lol: Mesmo que não gostes do tipo, mesmo que não gostes de pontas de lança, mesmo que tenhas apenas 5 anos, mesmo que ele te tenha lixado de alguma forma e queiras ligar-lhe as orelhas a cabos de alta tensão, a resposta é só uma. Não há categorias à parte. Ele era avançado, todos eram avançados e o Jardel, mesmo que lhe arrancasses as pernas e a cabeça, era gajo para ser o melhor marcador do campeonato.
“A lot of football success is in the mind. You must believe you are the best and then make sure that you are.” - Bill Shankly
Pergunto o que seria hoje com as redes sociais ao rubro e com TV's a cobrir em permanência as coisas do futebol, a atitude do Liedson ao "excluir-se" do Benfica - Sporting de 2005, cujo empate daria o título, dando a derrota o 3º lugar e não ida à Champions e bola de neve de falta de dinheiro / qualidade do plantel.

Claro que esse jogo tem muitas nuances e Paraty deveria fazer o que fosse preciso para o resultado ser esse, mas com Liedson, a referência da equipa a coisa seria mais complicada.

- Não foi adiado, mesmo com o Sporting a ter uma final Europeia 3 dias depois (na altura ninguém falava disso de descansar).
Ainda por cima o jogo não foi ás 16H00 de Domingo como estava definido sempre sem alterações, mas à noite! Grande estupidez, menos horas de intervalo.

- Peseiro borrou-se, tendo uma equipa bem melhor e jogando bem mais, deu a sensação que jogava para o empate que nos dava o campeonato.

- O golo é um livre que começa logo por ser duvidoso, depois Luisão faz falta, mas o problema é que Ricardo soma a isso sair mal.
Como tinha a turba benfiquista a querer culpar pelo golo para disfarçar a falta a somar à portista que estava industriada a odiar o Ricardo porque tirou o lugar na selecção ao Baía, ficou difícil o cerco mediático.
E a verdade é que tem muita culpa no lance.
Está bem que é falta, mas ele sai muito mal.
Ao burro bastaria chocar forte com o Luisão (promovia ele o choque) que seria sempre falta.

Claro que esse campeonato é medonho, basta lembrar os 2 jogos do Benfica com o Estoril, um no Algarve e outro decidido com o penalty Karadas, como esta época o penalty Jonas em "Fafe".

Mas um dia seria interessante descobrir o que se passou com Liedson para se excluir desse jogo?
Será que se passou algo como com Carrillo?
Ou mesmo o que se fez a Jardel (destruindo o homem com vícios) após aquela época de sonho no Sporting?
Já se sabe que ao longo da história o Benfica jogou porco por baixo da mesa, e sempre gostaram do fazer as coisas "por outro lado".
Pergunto o que seria hoje com as redes sociais ao rubro e com TV's a cobrir em permanência as coisas do futebol, a atitude do Liedson ao "excluir-se" do Benfica - Sporting de 2005, cujo empate daria o título, dando a derrota o 3º lugar e não ida à Champions e bola de neve de falta de dinheiro / qualidade do plantel.

E eu pergunto outra coisa: porque é que o tipo depois deixou-se de coisas dessas?
“A lot of football success is in the mind. You must believe you are the best and then make sure that you are.” - Bill Shankly
Pergunto o que seria hoje com as redes sociais ao rubro e com TV's a cobrir em permanência as coisas do futebol, a atitude do Liedson ao "excluir-se" do Benfica - Sporting de 2005, cujo empate daria o título, dando a derrota o 3º lugar e não ida à Champions e bola de neve de falta de dinheiro / qualidade do plantel.

E eu pergunto outra coisa: porque é que o tipo depois deixou-se de coisas dessas?

Porque achas que não quis estar nesse jogo?

- Teria medo de alguma coisa? (Superstição estúpida de miolo mole)
- Ronha? Tipo sabia da importância dele na equipa e perto do jogo com o Benfica pediu mais dinheiro e não lhe deram?
- Disseram-lhe para não estar em troca de "melhor contrato"? (Foi aliciado)

O que achas?