Wiki Sporting, a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal

Forum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal


Olá, Visitante. Por favor Entre ou Registe-se se ainda não for membro.
Julho 28, 2014, 11:25

Entrar com nome de utilizador, password e duração da sessão

Anúncios:

Início Início  Ajuda Ajuda  Regras Regras  Pesquisa Pesquisa  Entrar Entrar  Registe-se Registe-se       Wiki Wiki  Links Links 
Fórum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal Assuntos Desportivos Futebol de Outras Equipas e Selecções Jogadores (Moderadores: Angel Lion, Stunner) Tópico:

Celebrar o Maior

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
Páginas: « anterior 1 ... 3 4 [5] 6 seguinte » Ir para o fundo Imprimir
Autor Tópico: Celebrar o Maior (Lida 6162 vezes)

Re: Celebrar o Maior , « Resposta #80 em: Novembro 03, 2010, 13:43 »

Hollow

Sempre achei este tipo de comparações, envolvendo futebolistas de gerações espaçadas e bem diferentes (e ainda por cima, de posições diferentes e que jogaram em campeonatos diferentes!), inquinada á partida.

Duvido muito que por este fórum hajam assim tantos que possam fazer uma análise aprofundada de um Pelé, sem ser com base em videos e o que os mais velhos lhes contaram.

Por isso, falando eu com melhor conhecimento de causa de um Maradona do que de um Pelé, é óbvio que a minha opinião tenderá a incidir no génio do argentino. Já foi muito dito, mas é um facto que poucos (ainda mais sul-americanos) conseguiriam, antes e hoje, elevar muito á custa do seu talento uma equipa como o então Nápoles, no campeonato italiano.

Maradona era talento único e incomum, num corpo risivel e comum. Se aquele talento de génio tivesse tido um profissionalismo e uma morfologia à altura (e não me refiro tanto a questões de mais centimeros) teria originado algo ainda mais assombroso.
« Última modificação: Novembro 03, 2010, 14:00 por Hollow » Registado


Re: Celebrar o Maior , « Resposta #81 em: Novembro 04, 2010, 16:33 »



*
Veterano

Mensagens: 6531


Parabens D10S    !!!

Como jogador foi o melhor de sempre sem duvidas absolutamente nenhumas,a relação que tinha com a bola era especial ,era a extensão do seu corpo , como ele e a um nivel um pouco mais reduzido  só Zidane ,Francescoli e Hagi na minha opinião..

O que ele fazia fora do campo não me diz respeito,ele era jogador de futebol e na sua profissão era o melhor.

Podemos não gostar da pessoa nem das suas acções,agora quem não gosta do futebol que o homem apresentava só pode ser cego..

De Maradona vi : fazer uma recepção perfeita e começar a dar toques a uma laranja atirada da bancada ;
                        fazer um 1vs2 com a bandeirinha de canto!!!   para ultrapassar um defesa ;
                       Ajudar o guarda redes da juventus a fazer a barreira para de seguida enfiar a bola no ângulo ;
                      Várias vezes fintar o guarda redes para voltar para trás,fintar defesas e keeper de novo para por fim fazer golo ;
                       Levar a Argentina de  Batista, Cucciufo e Giusti (só vedetas) a campeões do mundo ..

O seu futebol era perfeito,e mudou radicalmente ao longo da sua carreira,no inicio tudo fogoso e em explosão,no fim,tudo calculado com mestria..

O Futebol teve 3 deuses ,Diego ,Franz e Johann ,os outros,são anjos!!!


Registado
Re: Celebrar o Maior , « Resposta #82 em: Novembro 19, 2010, 22:51 »



*
Júnior

Mensagens: 2255



Citar
Após a visita de Maradona ao centro de treinos do Real Madrid, José Mourinho entregou esta sexta-feira uma camisola de recordação a Maradona com uma mensagem muito especial. "És o número um. Adoro-te", podia ler-se na lembrança de Mourinho para Maradona.

Em entrevista ao site oficial do Real Madrid, Maradona não poupou elogios a José Mourinho e o português retribuiu com uma camisola do Real com o número 1 nas costas e com a mensagem já referida.

Na sua visita, Maradona encontrou ainda o um ex-rival, Miguel Porlan Chendo, a quem teceu alguns elogios depois de Mourinho ter perguntado se Chendo era duro com El Pibe. "Chendo nunca me tocava, tinha muita classe", disse.



http://www.record.xl.pt/Futebol/Internac...l_madrid/interior.aspx?content_id=506115
Registado

H.T.R.
Re: Celebrar o Maior , « Resposta #83 em: Novembro 20, 2010, 09:07 »


Verde (ê) (latim Viridis, -e)


*
Veterano

Mensagens: 6457
Masculino


Neste tópico carregado de emocionalidade nem vale a pena discutir. Parece que vocês nunca falaram com pessoas mais velhas e que tenham assistido a futebol durante gerações.

Já li aqui todo o tipo de coisas erradas, fantasiosas e toldadas. Vou responder a algumas.

Para começar é falso que a cidade de Nápoles tenha apoiado Maradona no Itália 90. Como deveriam saber, Maradona pediu o apoio e os napolitanos responderam com faixas que Itália estava acima de tudo. E ele ficou aziado.

Depois é uma mentira enviesada de todo o tamanho que o campeonato italiano fosse o melhor. O melhor era o inglês, que a UEFA conseguiu banir. O futebol italiano era merdoso e corrupto e só se conseguiu impor com o banimento à Inglaterra, que foi roubada em 86 com a mãozinha. Apesar do outro golo ter sido o tal famoso, vocês nem querem saber que a arbitragem foi vergonhosa e que estava inquinada pela Guerra das Malvinas.

Ah, pois pois, o Norte contra o Sul de Itália. Oh claro que o Nápoles dessa época não era um clube nada corrupto, financiado pela N'dranghetta. Não, foi tudo o Maradona.

Como vêem, nem fui ao ponto de criticar a vida pessoal de Maradona ou medir se ele foi o melhor ou o 2º ou 3º melhor. Acho essas classificações e dogmas tão válidos como dizer que Bacalhau-à-Braz é o melhor prato do mundo.

Mas enfim. As pessoas são assim. Precisam de dogmas absolutos e de referências máximas sob pena de o seu mundo ser relativo e impossível de controlar. Precisam de ter para si qual é a melhor banda, a melhor cidade, o melhor carro e até o melhor amigo.

Considerar Maradona o Deus do futebol é como considerar Mozart o deus da música, num leviano desrespeito por Beethoven, Haydn, Bach, Vivaldi, Wagner, Strauss, Prokofiev.

E devem estar esquecidos que a Argentina foi campeã em 78 sem Maradona, derrotando a Laranja Mecânica sem apelo nem agravo.
 Foi tudo o Kempes, querem ver?

Chegamos à loucura de dizerem que Maradona carregou a selecção às costas. Eu vi o mundial de 86 mas vocês devem ter visto transmissões diferentes. Nem vou falar de Burruchaga, Batista, Valdano, Rugeri, Olarticochea ou do fantástico guarda-redes Pumpido, nomes que nunca mais esqueci.

Registado

Re: Celebrar o Maior , « Resposta #84 em: Novembro 20, 2010, 09:21 »



*
Sénior

Mensagens: 4681
Idade: 41
Localidade: Lamego
Masculino


Neste tópico carregado de emocionalidade nem vale a pena discutir. Parece que vocês nunca falaram com pessoas mais velhas e que tenham assistido a futebol durante gerações.

Já li aqui todo o tipo de coisas erradas, fantasiosas e toldadas. Vou responder a algumas.

Para começar é falso que a cidade de Nápoles tenha apoiado Maradona no Itália 90. Como deveriam saber, Maradona pediu o apoio e os napolitanos responderam com faixas que Itália estava acima de tudo. E ele ficou aziado.

Depois é uma mentira enviesada de todo o tamanho que o campeonato italiano fosse o melhor. O melhor era o inglês, que a UEFA conseguiu banir. O futebol italiano era merdoso e corrupto e só se conseguiu impor com o banimento à Inglaterra, que foi roubada em 86 com a mãozinha. Apesar do outro golo ter sido o tal famoso, vocês nem querem saber que a arbitragem foi vergonhosa e que estava inquinada pela Guerra das Malvinas.

Ah, pois pois, o Norte contra o Sul de Itália. Oh claro que o Nápoles dessa época não era um clube nada corrupto, financiado pela N'dranghetta. Não, foi tudo o Maradona.

Como vêem, nem fui ao ponto de criticar a vida pessoal de Maradona ou medir se ele foi o melhor ou o 2º ou 3º melhor. Acho essas classificações e dogmas tão válidos como dizer que Bacalhau-à-Braz é o melhor prato do mundo.

Mas enfim. As pessoas são assim. Precisam de dogmas absolutos e de referências máximas sob pena de o seu mundo ser relativo e impossível de controlar. Precisam de ter para si qual é a melhor banda, a melhor cidade, o melhor carro e até o melhor amigo.

Considerar Maradona o Deus do futebol é como considerar Mozart o deus da música, num leviano desrespeito por Beethoven, Haydn, Bach, Vivaldi, Wagner, Strauss, Prokofiev.

E devem estar esquecidos que a Argentina foi campeã em 78 sem Maradona, derrotando a Laranja Mecânica sem apelo nem agravo.
 Foi tudo o Kempes, querem ver?


Chegamos à loucura de dizerem que Maradona carregou a selecção às costas. Eu vi o mundial de 86 mas vocês devem ter visto transmissões diferentes. Nem vou falar de Burruchaga, Batista, Valdano, Rugeri, Olarticochea ou do fantástico guarda-redes Pumpido, nomes que nunca mais esqueci.



Tem piada vires com a arbitragem do Inglaterra vs Argentina do Mundial de 86 e depois vires com essa. O campeonato mundial exemplar da verdade desportiva.
Registado

Re: Celebrar o Maior , « Resposta #85 em: Novembro 20, 2010, 16:48 »


Quero um Pavilhão para as modalidades


*

Mensagens: 38007
Localidade: Galiza/lisboa


Citar
Para começar é falso que a cidade de Nápoles tenha apoiado Maradona no Itália 90. Como deveriam saber, Maradona pediu o apoio e os napolitanos responderam com faixas que Itália estava acima de tudo. E ele ficou aziado.

Nem 8 nem 80.Se é verdade que houve essas faixas e muita gente nao seguiu o apelo de Maradona, tb é verdade que muitos seguiram.
Maradona foi o maior idolo da gentes de Napoles isso parece-me que é obvio para todos.

Citar
Depois é uma mentira enviesada de todo o tamanho que o campeonato italiano fosse o melhor. O melhor era o inglês, que a UEFA conseguiu banir. O futebol italiano era merdoso e corrupto e só se conseguiu impor com o banimento à Inglaterra, que foi roubada em 86 com a mãozinha. Apesar do outro golo ter sido o tal famoso, vocês nem querem saber que a arbitragem foi vergonhosa e que estava inquinada pela Guerra das Malvinas.

Eu acho que o Italiano era a melhor Liga.Eram lá que estavam os melhores jogadores.
O futebol Ingles apesar de emotivo,equilibrado era por norma mal jogado.
Era muito "Kick and Rush"

Citar
Como vêem, nem fui ao ponto de criticar a vida pessoal de Maradona ou medir se ele foi o melhor ou o 2º ou 3º melhor. Acho essas classificações e dogmas tão válidos como dizer que Bacalhau-à-Braz é o melhor prato do mundo.

Cada um de nós terá a sua opiniao.
Mantenho o que disse sempre neste tópico.
Maradona foi o melhor que eu vi.
Aceito que outros tenham obviamente outra opiniao.
Sinceramente tenho curiosidade em saber a tua opiniao

Citar
Chegamos à loucura de dizerem que Maradona carregou a selecção às costas. Eu vi o mundial de 86 mas vocês devem ter visto transmissões diferentes. Nem vou falar de Burruchaga, Batista, Valdano, Rugeri, Olarticochea ou do fantástico guarda-redes Pumpido, nomes que nunca mais esqueci.

Eu nunca cheguei ao ponto de dizer que ele foi Campeao sozinho.
Tens razao no que dizes, muita gente desvaloriza o valor dessa Selecção Argentina devido ao Mundial sublime que Maradona fez.
A esses nomes acrescento um [Jose Luis Brown], um grande Central dessa equipa[se bem me lembro jogou um jogo com o braço partido].

 Positivo!

SL
Registado

Re: Celebrar o Maior , « Resposta #86 em: Novembro 21, 2010, 09:22 »


Verde (ê) (latim Viridis, -e)


*
Veterano

Mensagens: 6457
Masculino


Citar
Para começar é falso que a cidade de Nápoles tenha apoiado Maradona no Itália 90. Como deveriam saber, Maradona pediu o apoio e os napolitanos responderam com faixas que Itália estava acima de tudo. E ele ficou aziado.

Nem 8 nem 80.Se é verdade que houve essas faixas e muita gente nao seguiu o apelo de Maradona, tb é verdade que muitos seguiram.
Maradona foi o maior idolo da gentes de Napoles isso parece-me que é obvio para todos.

Citar
Depois é uma mentira enviesada de todo o tamanho que o campeonato italiano fosse o melhor. O melhor era o inglês, que a UEFA conseguiu banir. O futebol italiano era merdoso e corrupto e só se conseguiu impor com o banimento à Inglaterra, que foi roubada em 86 com a mãozinha. Apesar do outro golo ter sido o tal famoso, vocês nem querem saber que a arbitragem foi vergonhosa e que estava inquinada pela Guerra das Malvinas.

Eu acho que o Italiano era a melhor Liga.Eram lá que estavam os melhores jogadores.
O futebol Ingles apesar de emotivo,equilibrado era por norma mal jogado.
Era muito "Kick and Rush"

O italiano?Huh? Não digas isso. Um dos mais corruptos certamente. Tens o Totonero de 1980 quando o Milan e a Lazio foram enviadas para a Série B. Limpou-se a imagem com o Mundial de 82 e focou-se o problema do futebol no hooliganismo inglês... quando em Itália sabemos o que é hooliganismo. Tens o Calciocaos de 2006, prontamente limpo com a vitória no mundial, a gente sabe como. Não é à toa que Mourinho saiu de Itália dizendo que detesta o futebol italiano.

O futebol inglês era muito equilibrado e muito táctico. Os jogadores tinham níveis competitivos elevadíssimos e jogadores fantásticos de que ninguém fala porque trabalhavam para o colectivo.

Reviste as finais ganhas pelos clubes ingleses? eram jogos muito tácticos e contidos, e foi assim que limparam 11 troféus europeus em 10 anos. Só o futebol alemão se comparava. Itália nem lhe cheirava.

1976 Liverpool ganha Taça Uefa
1977 Liverpool campeão europeu
1978 Liverpool campeão europeu
1979 Forest campeão europeu
1980 Forest campeão europeu
1981 Liverpool campeão europeu, Ipswich Town ganha Taça UEFA
1982 Aston Villa campeão europeu
(Até podia juntar a Taça das Taças ganha pelo Aberdeen em 1983 ao Real Madrid)
1984 Liverpool campeão europeu, Tottenham ganha Taça UEFA
1985 Everton ganha Taça das Taças

Durante quase 2 décadas os troféus raramente sairam do eixo Inglaterra-Holanda-Alemanha. É só veres as finais e compara:

http://en.wikipedia.org/wiki/List_of_Eur...an_Cup_and_UEFA_Champions_League_winners
http://en.wikipedia.org/wiki/UEFA_Cup_Winners%27_Cup
http://en.wikipedia.org/wiki/List_of_Eur...an_Cup_and_UEFA_Champions_League_winners

Onde estão as bandeiras italianas? não estão. Foi preciso roubarem para começar a ganhar. Por acaso a primeira fava calhou ao Porto em 1984. Esse jogo foi escandaloso (e logo a seguir apanhamos com o malcriadão do Platini outra vez). Deve ter sido aí que o Porto aprendeu a roubar.

Que é que diz este gráfico? Eu só consigo ver uma coisa: "se não consegues ser 1º dentro de campo, tenta por fora".

Citar
Como vêem, nem fui ao ponto de criticar a vida pessoal de Maradona ou medir se ele foi o melhor ou o 2º ou 3º melhor. Acho essas classificações e dogmas tão válidos como dizer que Bacalhau-à-Braz é o melhor prato do mundo.

Cada um de nós terá a sua opiniao.
Mantenho o que disse sempre neste tópico.
Maradona foi o melhor que eu vi.
Aceito que outros tenham obviamente outra opiniao.
Sinceramente tenho curiosidade em saber a tua opiniao

Citar
Chegamos à loucura de dizerem que Maradona carregou a selecção às costas. Eu vi o mundial de 86 mas vocês devem ter visto transmissões diferentes. Nem vou falar de Burruchaga, Batista, Valdano, Rugeri, Olarticochea ou do fantástico guarda-redes Pumpido, nomes que nunca mais esqueci.

Eu nunca cheguei ao ponto de dizer que ele foi Campeao sozinho.
Tens razao no que dizes, muita gente desvaloriza o valor dessa Selecção Argentina devido ao Mundial sublime que Maradona fez.
A esses nomes acrescento um [Jose Luis Brown], um grande Central dessa equipa[se bem me lembro jogou um jogo com o braço partido].

 Positivo!

SL
A selecção argentina de 1986 é enorme. Não sei se era melhor que a inglesa. Paciência. Em 1966 também foram campeões ao colo.

Acho que Maradona foi um jogador fantástico. É impossível comparar com Pelé, pois são de épocas diferentes. Mas consegues dizer que o Maradona era melhor que o Van Basten? ou que o Dasaev? até que o Manuel Fernandes? eu não consigo. Positivo!
Registado

Re: Celebrar o Maior , « Resposta #87 em: Novembro 22, 2010, 08:50 »



*
Veterano

Mensagens: 6518
Idade: 29
Localidade: Sintra
Masculino


E porque é que não referes as mudanças que houve no futebol italiano depois de 81, 82? Com a abertura aos estrangeiros? Isso sim a grande razão para passarem a ser o maior campeonato a partir de 82, 83, pois era para lá que iam os melhores jogadores do mundo - tal como foi o maior de sempre: Diego Armando Maradona.

Registado

Sporting Sempre! 14.244
Re: Celebrar o Maior , « Resposta #88 em: Novembro 22, 2010, 11:12 »


Verde (ê) (latim Viridis, -e)


*
Veterano

Mensagens: 6457
Masculino


E porque é que não referes as mudanças que houve no futebol italiano depois de 81, 82? Com a abertura aos estrangeiros? Isso sim a grande razão para passarem a ser o maior campeonato a partir de 82, 83, pois era para lá que iam os melhores jogadores do mundo - tal como foi o maior de sempre: Diego Armando Maradona.



Porque não é verdade. E a verdade é que no ano do regresso, as equipas inglesas começaram logo a limpar troféus.

Uma coisa que dizes está correcta. pelo menos teve a maior barriga
Registado

Re: Celebrar o Maior , « Resposta #89 em: Novembro 22, 2010, 20:46 »



*

Condecorações:Extra-Futebol 2013Extra-Futebol 2012Extra-Futebol 2010Extra-Futebol 2009


Mensagens: 25538
Idade: 30
Masculino


Eu estou a tentar ser leigo na matéria e o Viridis está a limpar a competição. Positivo!
Registado

Re: Celebrar o Maior , « Resposta #90 em: Novembro 22, 2010, 22:33 »



*

Mensagens: 13400
Idade: 26
Localidade: Moçambique-Angola-Sintra-outras localidades da pátria fundada por Afonso Henriques
Masculino

WWW
Baza celebrar Alan Shearer, então.
Registado

Re: Celebrar o Maior , « Resposta #91 em: Novembro 22, 2010, 23:48 »

farinha amparo

Citar
Para começar é falso que a cidade de Nápoles tenha apoiado Maradona no Itália 90. Como deveriam saber, Maradona pediu o apoio e os napolitanos responderam com faixas que Itália estava acima de tudo. E ele ficou aziado.

Nem 8 nem 80.Se é verdade que houve essas faixas e muita gente nao seguiu o apelo de Maradona, tb é verdade que muitos seguiram.
Maradona foi o maior idolo da gentes de Napoles isso parece-me que é obvio para todos.

Citar
Depois é uma mentira enviesada de todo o tamanho que o campeonato italiano fosse o melhor. O melhor era o inglês, que a UEFA conseguiu banir. O futebol italiano era merdoso e corrupto e só se conseguiu impor com o banimento à Inglaterra, que foi roubada em 86 com a mãozinha. Apesar do outro golo ter sido o tal famoso, vocês nem querem saber que a arbitragem foi vergonhosa e que estava inquinada pela Guerra das Malvinas.

Eu acho que o Italiano era a melhor Liga.Eram lá que estavam os melhores jogadores.
O futebol Ingles apesar de emotivo,equilibrado era por norma mal jogado.
Era muito "Kick and Rush"

O italiano?Huh? Não digas isso. Um dos mais corruptos certamente. Tens o Totonero de 1980 quando o Milan e a Lazio foram enviadas para a Série B. Limpou-se a imagem com o Mundial de 82 e focou-se o problema do futebol no hooliganismo inglês... quando em Itália sabemos o que é hooliganismo. Tens o Calciocaos de 2006, prontamente limpo com a vitória no mundial, a gente sabe como. Não é à toa que Mourinho saiu de Itália dizendo que detesta o futebol italiano.

O futebol inglês era muito equilibrado e muito táctico. Os jogadores tinham níveis competitivos elevadíssimos e jogadores fantásticos de que ninguém fala porque trabalhavam para o colectivo.

Reviste as finais ganhas pelos clubes ingleses? eram jogos muito tácticos e contidos, e foi assim que limparam 11 troféus europeus em 10 anos. Só o futebol alemão se comparava. Itália nem lhe cheirava.

1976 Liverpool ganha Taça Uefa
1977 Liverpool campeão europeu
1978 Liverpool campeão europeu
1979 Forest campeão europeu
1980 Forest campeão europeu
1981 Liverpool campeão europeu, Ipswich Town ganha Taça UEFA
1982 Aston Villa campeão europeu
(Até podia juntar a Taça das Taças ganha pelo Aberdeen em 1983 ao Real Madrid)
1984 Liverpool campeão europeu, Tottenham ganha Taça UEFA
1985 Everton ganha Taça das Taças

Durante quase 2 décadas os troféus raramente sairam do eixo Inglaterra-Holanda-Alemanha. É só veres as finais e compara:

http://en.wikipedia.org/wiki/List_of_Eur...an_Cup_and_UEFA_Champions_League_winners
http://en.wikipedia.org/wiki/UEFA_Cup_Winners%27_Cup
http://en.wikipedia.org/wiki/List_of_Eur...an_Cup_and_UEFA_Champions_League_winners

Onde estão as bandeiras italianas? não estão. Foi preciso roubarem para começar a ganhar. Por acaso a primeira fava calhou ao Porto em 1984. Esse jogo foi escandaloso (e logo a seguir apanhamos com o ****** do Platini outra vez). Deve ter sido aí que o Porto aprendeu a roubar.

Que é que diz este gráfico? Eu só consigo ver uma coisa: "se não consegues ser 1º dentro de campo, tenta por fora".

Citar
Como vêem, nem fui ao ponto de criticar a vida pessoal de Maradona ou medir se ele foi o melhor ou o 2º ou 3º melhor. Acho essas classificações e dogmas tão válidos como dizer que Bacalhau-à-Braz é o melhor prato do mundo.

Cada um de nós terá a sua opiniao.
Mantenho o que disse sempre neste tópico.
Maradona foi o melhor que eu vi.
Aceito que outros tenham obviamente outra opiniao.
Sinceramente tenho curiosidade em saber a tua opiniao

Citar
Chegamos à loucura de dizerem que Maradona carregou a selecção às costas. Eu vi o mundial de 86 mas vocês devem ter visto transmissões diferentes. Nem vou falar de Burruchaga, Batista, Valdano, Rugeri, Olarticochea ou do fantástico guarda-redes Pumpido, nomes que nunca mais esqueci.

Eu nunca cheguei ao ponto de dizer que ele foi Campeao sozinho.
Tens razao no que dizes, muita gente desvaloriza o valor dessa Selecção Argentina devido ao Mundial sublime que Maradona fez.
A esses nomes acrescento um [Jose Luis Brown], um grande Central dessa equipa[se bem me lembro jogou um jogo com o braço partido].

 Positivo!

SL
A selecção argentina de 1986 é enorme. Não sei se era melhor que a inglesa. Paciência. Em 1966 também foram campeões ao colo.

Acho que Maradona foi um jogador fantástico. É impossível comparar com Pelé, pois são de épocas diferentes. Mas consegues dizer que o Maradona era melhor que o Van Basten? ou que o Dasaev? até que o Manuel Fernandes? eu não consigo. Positivo!

Ponto prévio: detesto o futebol italiano e, do que vi, Maradona foi o melhor jogador do mundo

1- Mas era ou não para Itália que iam os melhores jogadores ainda nos anos 80?
2- Dou-te razão quanto à corrupção no futebol italiano. Mas é capaz de ser melhor corrupção com penalizações efectivas (daquelas que doem) do que corrupção+corrupção e cócegas, ou não?
3- Essa do Mourinho não percebi. Queres dizes que ele é um exemplo de cavalheirismo ou de ética no futebol e por isso detestou o italiano?
4- Tens razão que a selecção argentina não era Maradona+0. Mas ele era o grande. Em 86 e em 90. Lembras-te dessa última final. Eu lembro-me mal, mas a forma como os boches a ganharam, acho que iam em 2 consecutivamente perdidas, foi assim tão limpinha e cristalina? (tou a falar de cabeça, mas tenho a ideia, que carece de confirmação (vou ter de ir ao baú), de um penaltizito caído do apito, quando aquilo nunca mais desatava, seguido de uns vermelhitos para os homens das pampas (se estiver enganado, corrigirei))
Registado
Re: Celebrar o Maior , « Resposta #92 em: Novembro 23, 2010, 12:57 »

a32772

Citar
Para começar é falso que a cidade de Nápoles tenha apoiado Maradona no Itália 90. Como deveriam saber, Maradona pediu o apoio e os napolitanos responderam com faixas que Itália estava acima de tudo. E ele ficou aziado.

Nem 8 nem 80.Se é verdade que houve essas faixas e muita gente nao seguiu o apelo de Maradona, tb é verdade que muitos seguiram.
Maradona foi o maior idolo da gentes de Napoles isso parece-me que é obvio para todos.

Citar
Depois é uma mentira enviesada de todo o tamanho que o campeonato italiano fosse o melhor. O melhor era o inglês, que a UEFA conseguiu banir. O futebol italiano era merdoso e corrupto e só se conseguiu impor com o banimento à Inglaterra, que foi roubada em 86 com a mãozinha. Apesar do outro golo ter sido o tal famoso, vocês nem querem saber que a arbitragem foi vergonhosa e que estava inquinada pela Guerra das Malvinas.

Eu acho que o Italiano era a melhor Liga.Eram lá que estavam os melhores jogadores.
O futebol Ingles apesar de emotivo,equilibrado era por norma mal jogado.
Era muito "Kick and Rush"

O italiano?Huh? Não digas isso. Um dos mais corruptos certamente. Tens o Totonero de 1980 quando o Milan e a Lazio foram enviadas para a Série B. Limpou-se a imagem com o Mundial de 82 e focou-se o problema do futebol no hooliganismo inglês... quando em Itália sabemos o que é hooliganismo. Tens o Calciocaos de 2006, prontamente limpo com a vitória no mundial, a gente sabe como. Não é à toa que Mourinho saiu de Itália dizendo que detesta o futebol italiano.

O futebol inglês era muito equilibrado e muito táctico. Os jogadores tinham níveis competitivos elevadíssimos e jogadores fantásticos de que ninguém fala porque trabalhavam para o colectivo.

Reviste as finais ganhas pelos clubes ingleses? eram jogos muito tácticos e contidos, e foi assim que limparam 11 troféus europeus em 10 anos. Só o futebol alemão se comparava. Itália nem lhe cheirava.

1976 Liverpool ganha Taça Uefa
1977 Liverpool campeão europeu
1978 Liverpool campeão europeu
1979 Forest campeão europeu
1980 Forest campeão europeu
1981 Liverpool campeão europeu, Ipswich Town ganha Taça UEFA
1982 Aston Villa campeão europeu
(Até podia juntar a Taça das Taças ganha pelo Aberdeen em 1983 ao Real Madrid)
1984 Liverpool campeão europeu, Tottenham ganha Taça UEFA
1985 Everton ganha Taça das Taças

Durante quase 2 décadas os troféus raramente sairam do eixo Inglaterra-Holanda-Alemanha. É só veres as finais e compara:

http://en.wikipedia.org/wiki/List_of_Eur...an_Cup_and_UEFA_Champions_League_winners
http://en.wikipedia.org/wiki/UEFA_Cup_Winners%27_Cup
http://en.wikipedia.org/wiki/List_of_Eur...an_Cup_and_UEFA_Champions_League_winners

Onde estão as bandeiras italianas? não estão. Foi preciso roubarem para começar a ganhar. Por acaso a primeira fava calhou ao Porto em 1984. Esse jogo foi escandaloso (e logo a seguir apanhamos com o ****** do Platini outra vez). Deve ter sido aí que o Porto aprendeu a roubar.

Que é que diz este gráfico? Eu só consigo ver uma coisa: "se não consegues ser 1º dentro de campo, tenta por fora".

Citar
Como vêem, nem fui ao ponto de criticar a vida pessoal de Maradona ou medir se ele foi o melhor ou o 2º ou 3º melhor. Acho essas classificações e dogmas tão válidos como dizer que Bacalhau-à-Braz é o melhor prato do mundo.

Cada um de nós terá a sua opiniao.
Mantenho o que disse sempre neste tópico.
Maradona foi o melhor que eu vi.
Aceito que outros tenham obviamente outra opiniao.
Sinceramente tenho curiosidade em saber a tua opiniao

Citar
Chegamos à loucura de dizerem que Maradona carregou a selecção às costas. Eu vi o mundial de 86 mas vocês devem ter visto transmissões diferentes. Nem vou falar de Burruchaga, Batista, Valdano, Rugeri, Olarticochea ou do fantástico guarda-redes Pumpido, nomes que nunca mais esqueci.

Eu nunca cheguei ao ponto de dizer que ele foi Campeao sozinho.
Tens razao no que dizes, muita gente desvaloriza o valor dessa Selecção Argentina devido ao Mundial sublime que Maradona fez.
A esses nomes acrescento um [Jose Luis Brown], um grande Central dessa equipa[se bem me lembro jogou um jogo com o braço partido].

 Positivo!

SL
A selecção argentina de 1986 é enorme. Não sei se era melhor que a inglesa. Paciência. Em 1966 também foram campeões ao colo.

Acho que Maradona foi um jogador fantástico. É impossível comparar com Pelé, pois são de épocas diferentes. Mas consegues dizer que o Maradona era melhor que o Van Basten? ou que o Dasaev? até que o Manuel Fernandes? eu não consigo. Positivo!

Vamos lá a constatar os factos: é verdade que até até meados de metade da década de 80 as equipas inglesas andavam a dominar por essa Europa fora. Ninguém questiona isso!

A questão é que tudo mudou na segunda metade da década de 80. As equipas italianas então atingiram o seu auge. A Juventus numa primeira fase foi quem deu mais luta mas depois apareceram o Inter dos craques alemães e o AC Milan dos craques holandeses. E com isto tudo já estou a desprezar os craques italianos que também despontaram nessa altura (sim, porque a Itália em 1990 foi até às meias finais e mesmo em 94 foi à final do Campeonato do Mundo). E os internacionais brasileiros que também iam para equipas italianas...

A Inglaterra que durante anos tinha dominado na Europa de repente viu-se vítima do seu futebol fechado a jogadores de fora e essa situação só mudou quando acedeu a abrir as fronteiras mais recentemente.

Perante isto há que dizer:

1-Maradona foi campeão do Mundo e vice-campeão mundial consecutivamente onde ele era O CRAQUE. Agora é fácil dizer que ele não jogava sozinho, que tinha este e aquele jogador consigo que não eram tamancos mas face a isto coloca-se outra questão: que fizeram esses jogadores nas respectivas carreiras a não ser quando estiveram na companhia de El Pibe? São esses jogadores sequer comparáveis àqueles que jogavam ao lado do Van Basten da Holanda ou dos alemães que estavam ao lado do Mathaus?

2- como perguntou o farinha amparo, para onde iam os craques na segunda metade da década de 80? Quem é que teve de os enfrentar a todos para levar uma equipa da zona proscrita de Itália ao scudetto?

Resumindo, não dá para minimizar os feitos de Maradona quando na realidade esses feitos conseguidos pelas equipas inglesas nem coincidiram com o seu período em Itália. A verdade é que o fim do período de ouro das equipas inglesas coincidiu com o aparecimento dos melhores jogadores mundiais em Itália, altura em que Maradona também emigrou para lá com a diferença que o fez para uma equipa "pobre" e que à conta disso teve de vencer os craques mundiais para poder colocar o Nápoles lá em cima na classificação.
Registado
Re: Celebrar o Maior , « Resposta #93 em: Novembro 23, 2010, 13:44 »



*
Veterano

Mensagens: 6518
Idade: 29
Localidade: Sintra
Masculino


Quando se desvaloriza o facto de a Itália ter aberto o seu campeonato a estrangeiros, não há muito a discutir. Porque de repente ficaram com os melhores jogadores mundiais no seu campeonato, a partir de 82 ou 83.

Desde Zico, Socrates, Falcão, Scifo, Boniek, Platini, Careca, Alemão, Rummenigue, Voeller, Klinsmann, Mathaus, Van Basten, Rijkaard, Gullit, Prohaska, Polster, Gerets, Batista, Dirceu, Dunga, Muller, Laudrup, Ray Wilkins, Berthold, Brheme, Kieft, Souness e Rush.

Isto são alguns dos estrangeiros que jogaram no período 84-90, período em que o D10S jogou em Itália. Juntando uma Itália campeã em 82 e 3ª classificada em 1990. Se isto não era o melhor campeonato da altura, não há muito a disutir.
Registado

Sporting Sempre! 14.244
Re: Celebrar o Maior , « Resposta #94 em: Novembro 23, 2010, 14:18 »


Verde (ê) (latim Viridis, -e)


*
Veterano

Mensagens: 6457
Masculino


Quando se desvaloriza o facto de a Inglaterra ter sido gamada em 6 anos de competições europeias também não há muito a discutir.

Muito menos há para discutir com pessoas que chamam Deus a jogadores de futebol. Maradona foi um grande jogador, mas Deus só se for da Cocaína.

Que coisa tão infantil, idolatrar jogadores de bola. E se tivesse de o fazer começaria pelo Stromp, Peyroteo, Hilário, Morais, Damas, Manuel Fernandes. Argentinos? Yazalde e Acosta.

Farinha Amparo : o que dizes sobre a final do Itália 90 também se aplica à final da Taça dos Campeões Liverpool-Juventus. Para começar, o jogo deveria ter sido adiado. Depois aquele penalty oferecido ao platini...

Quanto ao Mourinho, eu sei que ele não é exemplo, mas tem a mesma opinião que eu sobre o futebol italiano. E ora aí está um bom paralelismo: Maradona não é exemplo para ninguém, mas concordo com algumas coisas que ele diz. Positivo!
Registado

Re: Celebrar o Maior , « Resposta #95 em: Novembro 23, 2010, 14:29 »



*
Veterano

Mensagens: 6518
Idade: 29
Localidade: Sintra
Masculino


Pelo que tenho lido ninguém desvaloriza o campeonato inglês (eu próprio sou fã do campeonato inglês, especialmente os periodos de 70 e 80 e tenho um grande fascinio pela figura de Brian Clough). O que reparo foi na evolução que o campeonato italiano teve na década de 80 com uma melhoria significativa das suas equipas.

Nem disse sequer que as equipas inglesas foram retiradas injustamente da Europa. Aliás, é uma pena que o melhor Everton de sempre (provavelmente) tenha sido impedido de participar na Taça dos Campeões.

Agora, a alta competitividade do futebol inglês não invalida que, para mim, o campeonato italiano fosse o melhor na decada de 80. E que, para mim, Maradona foi o melhor jogador da história.

Agora, tentares dar lições de sportinguismo...  Stop Não vás por aí.
Registado

Sporting Sempre! 14.244
Re: Celebrar o Maior , « Resposta #96 em: Novembro 23, 2010, 14:33 »


Verde (ê) (latim Viridis, -e)


*
Veterano

Mensagens: 6457
Masculino


Lições de Sportinguismo, vou por aí vou.

O que mais me irrita neste tópico (além das inverdades, distorções, exageros e seguidismo): É que em pleno Fórum SCP, um tópico de parabéns aos 50 anos de um jogador estrangeiro (independentemente do seu valor) está pejado de fanboyismo, enquanto exactamente na mesma altura ninguém ligou um c@r@lh0 aos 125 anos do nascimento de José Alvalade. Com todo o respeito, desculpem lá, mas vão-se f0d3r mais o Maradona, o Nápoles e o futebol mais horrível do mundo. Dios, my arse.

Viva José Alvalade e viva o Sporting!
« Última modificação: Novembro 23, 2010, 14:37 por Viridis » Registado

Re: Celebrar o Maior , « Resposta #97 em: Novembro 23, 2010, 14:40 »



*
Sénior

Mensagens: 3089
Idade: 38
Localidade: Várias
Masculino


Quando se desvaloriza o facto de a Inglaterra ter sido gamada em 6 anos de competições europeias também não há muito a discutir.

Muito menos há para discutir com pessoas que chamam Deus a jogadores de futebol. Maradona foi um grande jogador, mas Deus só se for da Cocaína.

Que coisa tão infantil, idolatrar jogadores de bola. E se tivesse de o fazer começaria pelo Stromp, Peyroteo, Hilário, Morais, Damas, Manuel Fernandes. Argentinos? Yazalde e Acosta.

Farinha Amparo : o que dizes sobre a final do Itália 90 também se aplica à final da Taça dos Campeões Liverpool-Juventus. Para começar, o jogo deveria ter sido adiado. Depois aquele penalty oferecido ao platini...

Quanto ao Mourinho, eu sei que ele não é exemplo, mas tem a mesma opinião que eu sobre o futebol italiano. E ora aí está um bom paralelismo: Maradona não é exemplo para ninguém, mas concordo com algumas coisas que ele diz. Positivo!


Eu também não sou apologista das idolatrias mas acho que exageras ao ridicularizar e infantilizar casos como o do culto ao Maradona. Se calhar devias perguntar-te quais são os processos históricos e sociais que levam a que Diego é o único futebolista na história a ter uma igreja em seu nome - por muito "falsa" que esta possa parecer. Se acontece é por alguma razão - como por exemplo o lugar do futebol na sociedade argentina.
Registado
Re: Celebrar o Maior , « Resposta #98 em: Novembro 23, 2010, 14:42 »


Verde (ê) (latim Viridis, -e)


*
Veterano

Mensagens: 6457
Masculino


Bem me parecia que não os tinha visto aqui: www.forumscp.com/index.php?topic=27077.0

Tristeza. Assim se vê o que marca as ideias deste pessoal.
« Última modificação: Novembro 23, 2010, 14:44 por Viridis » Registado

Re: Celebrar o Maior , « Resposta #99 em: Novembro 23, 2010, 14:48 »


Quero um Pavilhão para as modalidades


*

Mensagens: 38007
Localidade: Galiza/lisboa


Bem me parecia que não os tinha visto aqui: www.forumscp.com/index.php?topic=27077.0

Tristeza. Assim se vê o que marca as ideias deste pessoal.

Ó Viridis tem santa paciencia mas estas a entrar num registo que nao te fica bem.

SL
Registado

Gosta deste tópico? Partilhe-o:
Páginas: « anterior 1 ... 3 4 [5] 6 seguinte » Ir para o topo Imprimir
Fórum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal Assuntos Desportivos Futebol de Outras Equipas e Selecções Jogadores (Moderadores: Angel Lion, Stunner) Tópico:

Celebrar o Maior

« tópico anterior seguinte »
Ir para:

Powered by SMF 1.1.19 | SMF © 2011, Simple Machines
Tema SMFone modificado por Avantix e Paracelsus.
Optimizado para o Mozilla Firefox na resolução 1024 x 768.
© 2004 - 2010 | Fórum SCP | Alguns Direitos Reservados
Fórum não-oficial do Sporting Clube de Portugal

Ajuda | | Sitemap | Política de Privacidade