Wiki Sporting, a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal

Forum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal


Olá, Visitante. Por favor Entre ou Registe-se se ainda não for membro.
Setembro 17, 2014, 14:35

Entrar com nome de utilizador, password e duração da sessão

Anúncios:

Início Início  Ajuda Ajuda  Regras Regras  Pesquisa Pesquisa  Entrar Entrar  Registe-se Registe-se       Wiki Wiki  Links Links 
Fórum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal Assuntos Desportivos Futebol de Outras Equipas e Selecções Jogadores (Moderadores: Angel Lion, Stunner) Tópico:

Celebrar o Maior

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
Páginas: « anterior 1 2 3 [4] 5 6 seguinte » Ir para o fundo Imprimir
Autor Tópico: Celebrar o Maior (Lida 6401 vezes)

Re: Celebrar o Maior , « Resposta #60 em: Novembro 02, 2010, 10:28 »



*
Veterano

Mensagens: 6518
Idade: 29
Localidade: Sintra
Masculino


Vale muito mais 1 titulo italiano, pelo Nápoles, nos anos 80 do que 20 estaduais no brasileiro. Não tiro o mérito a Pelé, mas Diego é Diego.

E para terem noção do seu feito em itália, apanhou a Juve campeã europeia com boniek e platini, apanhou o milan dos holandeses, o inter do rummenige e uma roma também ela finalista da champions. E mesmo assim foi campeão 2 vezes ganhando inclusive um trofeu europeu.
Registado

Sporting Sempre! 14.244


Re: Celebrar o Maior , « Resposta #61 em: Novembro 02, 2010, 16:00 »

a32772

Estás enganado.

Por uma questão de "nacionalismo" o nome de Maradona nem é considerado para essa discussão mas se fores às gerações brasileiras mais antigas irás constatar que existe uma divisão entre aqueles que preferem Garrincha e os que preferem o Pelé. Cá na Europa é que é ponto assente que o Pelé foi o melhor jogador do Brasil. Só que no Brasil ainda há gente que se lembra do papel absolutamente decisivo deste jogador nos Mundiais de 58 e 62, papel esse incomparável com aquele que o Pelé teve. O que o Pelé tem a mais sobre Garrincha é a presença no Mundial de 70 mas também numa equipa que é por muitos considerada a melhor do século tal a soma dos craques.

Quanto aos golos, isso para mim é relativo. Não foram 200/300 golos marcados contra equipas do mato, durante muito tempo as competições brasileiras juntavam as equipas de todo o lado do Brasil. Tanto jogavam boas equipas como autênticos pinos.

Se não foram 200 ou 300 podes tirar-lhe 500 e continua a ser fabuloso. O Santos foi o melhor clube do mundo durante parte da estadia de Pelé, a selecção de igual forma.

Pele também jogou o Mundial de 66 e julgo que se lesionou e ainda hoje os brasileiros choram por isso.

A participação de Garrincha na selecção foi no máximo tão importante como a de Pelé, Pelé elevou o Santos a um dos melhores clubes do mundo. As pessoas têm opiniões diferentes sobre alguns jogadores porque alguns jogadores têm determinada nacionalidade e jogaram em determinado clube. De igual forma o nº de pessoas que viu Maradona jogar é muito maior que o nº de pessoas que viu Pelé, não espanta que em algumas votações Maradona apareça em primeiro e de forma esmagadora não só porque muitos não tiveram o privilégio de ver Pelé mas porque a informação não era igual na altura.

Pode-se ver por que perspectiva for, por golos, por titulos, escolham dois ou 3 critérios e verão Pelé sempre no topo ou perto disso. E nem Maradona nem nenhum outro está perto disso.

Existe sobrevalorização do campeonato do mundo ganho pela Argentina neste caso, Eusébio nunca ganhou qualquer campeonato do mundo e não é por isso que deixou de ser um dos melhores jogadores de sempre, teve titulos muito importantes nos lamps e foi um extraordinário jogador.

Quando se olha para o palmarés de Pelé e Maradona, se Maradona é a concorrência então Pelé foi disparado o melhor jogador de todos os tempos.

No tempo em que no futebol brasileiro existiam pinos foi também o tempo em que o Santos enrabou os lamps e grandes equipas europeias algumas vezes, o tempo em que Cruyff não lhe chegou aos calcanhares (um pouco exagerado). Foi também depois de Puskas, Di Stefano dois reis de do maior clube do mundo que era na altura dono e senhor do futebol europeu e Pelé foi superior.

Ninguém coloca o Pelé ao patamar de um jogador qualquer. Simplesmente é insano dizer que ele foi o melhor do Mundo só porque foi campeão do Mundo 3 vezes quando numa das vezes entrou inicialmente como um mero suplente, na outra fez o primeiro jogo na selecção e não jogou mais (lesão) e por fim estava englobado naquela que foi considerada por muitos como a melhor selecção de sempre. Mesmo em 66 ele lesionou-se (a jogar!) mas tudo estava encaminhado para ele ir borda fora já que Portugal estava a ganhar-lhes o jogo.

Quanto aos supostos enrabanços contra equipas europeias, isso eram jogos sem grande importância. Até bem recentemente podias ver na Taça Intercontinental que aqueles jogos para as equipas brasileiras eram uma questão de vida ou morte e para as europeias eram importantes mas não tanto como por exemplo a Champions... E depois seria interessante ver esses enrabanços ao Cruyff não na década de 60 mas sim na de 70!

Mas para acabar com a discussão deve-se referir que jogar em Itália/Espanha na década de 80 não é o mesmo que defrontar o Ipatinga na década de 60.
Registado
Re: Celebrar o Maior , « Resposta #62 em: Novembro 02, 2010, 20:38 »



*
Veterano

Mensagens: 5070
Idade: 27
Localidade: Évora
Masculino


Ninguém coloca o Pelé ao patamar de um jogador qualquer. Simplesmente é insano dizer que ele foi o melhor do Mundo só porque foi campeão do Mundo 3 vezes quando numa das vezes entrou inicialmente como um mero suplente, na outra fez o primeiro jogo na selecção e não jogou mais (lesão) e por fim estava englobado naquela que foi considerada por muitos como a melhor selecção de sempre. Mesmo em 66 ele lesionou-se (a jogar!) mas tudo estava encaminhado para ele ir borda fora já que Portugal estava a ganhar-lhes o jogo.

Quanto aos supostos enrabanços contra equipas europeias, isso eram jogos sem grande importância. Até bem recentemente podias ver na Taça Intercontinental que aqueles jogos para as equipas brasileiras eram uma questão de vida ou morte e para as europeias eram importantes mas não tanto como por exemplo a Champions... E depois seria interessante ver esses enrabanços ao Cruyff não na década de 60 mas sim na de 70!

Mas para acabar com a discussão deve-se referir que jogar em Itália/Espanha na década de 80 não é o mesmo que defrontar o Ipatinga na década de 60.

E depois? As facilidades que Pelé teve também outros tiveram, e Pelé foi de longge o melhor comparativamente ao passado e ao seus contemporâneos. Onde é que andavam os jogadores da melhor equipa que alguma vez pisou um relvado, joavam todos ao lado de Pelé? Por outro lado Pelé não teve a mesma protecção e as mesmas condições para evoluir que outro jogadores tiveram mais tarde.

Pelé começou a jogar em 56 (com 16/17 anos) querias que nos anos 70  ainda fosse o mesmo mesmo jovem...

Não te estou a dizer que Pelé foi melhor por ganhar 3 mundiais, foi o mehor porque ganhou tudo e mais que os outros, marcou mais que qualquer outro e jogou como ninguém. A Maradona é que insistentemente tens apontado a vitória num mundial... ganhou também uma Taça UEFA e acho que 3 campeonatos... pouco, muito pouco para qualquer pessoa que se queira comparar a Pelé. Pena que o melhor jogador de todos os tempos como o apelidam tenha feito a nivel mundial uma vez  a diferença na sua carreira.

Não percebo a sustentação de que diz que Maradona foi o melhor de sempre, não existe nada palpável que o mostre.

Já agora, devidamente documentado não foi só Pelé que não começou como titular o mundial de 58, Garrincha também não o foi nos 2 primeiros jogos, jogaram ambos o seu primeiro jogo contra a União SOviética. A diferença Pelé tinha 17 anos na altura. Ainda sobre esse mundial segundo a wikipedia foi apelidado de Rei ndo Futebol pelos "franceses" (imagino que por algum jornal).

É tão insano dizer-se que Pelé foi o melhor de sempre que foi galardoado com (carece de confirmação que não deve ser dificil de obter):

Atleta do Século, eleito por jornalistas do mundo todo, na pesquisa realizada pelo jornal francês L'Equipe: 1981
Atleta do Século, eleito pelo Comitê Olímpico Internacional: 1999
Atleta do Século, eleito pelos jornalistas da Agência de Notícias Reuters: 1999
Jogador de Futebol do Século, escolhido pela UNICEF: 1999
Jogador de Futebol do Século, eleito pelos vencedores da Bola de Ouro da revista France Football: 1999
Maior jogador do Século XX pela IFFHS: 1999
Maior jogador Sulamericano do Século XX Pela IFFHS: 1999
Maior Jogador de Futebol do Século FIFA: 2000

De notar que alguns não têm que ver com o futebol em concreto dizem respeito a todos os desportos.
« Última modificação: Novembro 02, 2010, 20:42 por romero » Registado
Re: Celebrar o Maior , « Resposta #63 em: Novembro 02, 2010, 21:35 »

a32772

Dizer que o Pelé é o atleta do século é no mínimo engraçado! Rir Muito Alto

Mais um pouco e davam-lhe os prémios Nobel de todas as áreas, o prémio personalidade século e...já agora o prémio carreira da Sic-Caras!
Registado
Re: Celebrar o Maior , « Resposta #64 em: Novembro 02, 2010, 21:42 »



*
Sénior

Mensagens: 4727
Idade: 41
Localidade: Lamego
Masculino


Vale muito mais 1 titulo italiano, pelo Nápoles, nos anos 80 do que 20 estaduais no brasileiro. Não tiro o mérito a Pelé, mas Diego é Diego.

E para terem noção do seu feito em itália, apanhou a Juve campeã europeia com boniek e platini, apanhou o milan dos holandeses, o inter do rummenige e uma roma também ela finalista da champions. E mesmo assim foi campeão 2 vezes ganhando inclusive um trofeu europeu.

 Seta Seta Seta

Convém referir que na época em que o Nápoles ganhou o campeonato, o campeonato italiano era o melhor campeonato do mundo.

Relativamente aos prémios atribuídos por Frances Footbóis, Unicefs e IFHS, era o que mais faltava atribuírem galardões a um toxicodependente (no limiar do final de século era o que o Maradona representava, e ainda representa, pelos comentários que vou lendo por aqui). Então é que caia o carmo e a trindade, para já não falar que o Pelé sempre foi um moço de recados da Fifa (sempre a encher o bolso à pala, para o filhinho estoirar).

E também é curioso que quem teve o prazer de ser contemporâneo do Pibe enquanto jogador da bola não tenha dúvidas em relação a quem efectivamente foi o melhor. Mas gostos não se discutem.
Registado

Re: Celebrar o Maior , « Resposta #65 em: Novembro 02, 2010, 22:00 »



*
Veterano

Mensagens: 5070
Idade: 27
Localidade: Évora
Masculino


Dizer que o Pelé é o atleta do século é no mínimo engraçado! Rir Muito Alto

Mais um pouco e davam-lhe os prémios Nobel de todas as áreas, o prémio personalidade século e...já agora o prémio carreira da Sic-Caras!

A partir do momento em que o Obama venceu o Nobel da Paz o céu é o limite para Pelé  Rir Muito Alto .

Registado
Re: Celebrar o Maior , « Resposta #66 em: Novembro 02, 2010, 22:58 »

a32772

Dizer que o Pelé é o atleta do século é no mínimo engraçado! Rir Muito Alto

Mais um pouco e davam-lhe os prémios Nobel de todas as áreas, o prémio personalidade século e...já agora o prémio carreira da Sic-Caras!

A partir do momento em que o Obama venceu o Nobel da Paz o céu é o limite para Pelé  Rir Muito Alto .



Ah, outra coisa, verifica quem foi o presidente da Fifa durante cerca de 25 anos e que tratou de imortalizar o Pelé como o melhor de sempre! Wink
Registado
Re: Celebrar o Maior , « Resposta #67 em: Novembro 02, 2010, 23:19 »



*
Veterano

Mensagens: 5070
Idade: 27
Localidade: Évora
Masculino



Ah, outra coisa, verifica quem foi o presidente da Fifa durante cerca de 25 anos e que tratou de imortalizar o Pelé como o melhor de sempre! Wink

Mais uma teoria da conspiração...

Pena que não tenha sido tão bom com Garrincha...

Uma que não é teoria da conspiração é que Maradona acusou positivo no teste anti doping em 1994 no mundial por efedrina segundo li uma droga que permite o emagrecimento e segundo uns melhora o desempenho do atleta (segundo outros não). Alguém consegue tirar a duvida? Na página em português na wikipedia ( possivelmente escrta por um brasileiro) acusam a selecção argentina de ter feito jogo sujo em´elgumas ocasiões e acusam Maradona de tomar mais substâncias que mehoravam a sua performance.

Eu de remédios percebo pouco.

Registado
Re: Celebrar o Maior , « Resposta #68 em: Novembro 02, 2010, 23:29 »

farinha amparo

Vale muito mais 1 titulo italiano, pelo Nápoles, nos anos 80 do que 20 estaduais no brasileiro. Não tiro o mérito a Pelé, mas Diego é Diego.

E para terem noção do seu feito em itália, apanhou a Juve campeã europeia com boniek e platini, apanhou o milan dos holandeses, o inter do rummenige e uma roma também ela finalista da champions. E mesmo assim foi campeão 2 vezes ganhando inclusive um trofeu europeu.

 Seta Seta Seta

Convém referir que na época em que o Nápoles ganhou o campeonato, o campeonato italiano era o melhor campeonato do mundo.

Relativamente aos prémios atribuídos por Frances Footbóis, Unicefs e IFHS, era o que mais faltava atribuírem galardões a um toxicodependente (no limiar do final de século era o que o Maradona representava, e ainda representa, pelos comentários que vou lendo por aqui). Então é que caia o carmo e a trindade, para já não falar que o Pelé sempre foi um moço de recados da Fifa (sempre a encher o bolso à pala, para o filhinho estoirar).

E também é curioso que quem teve o prazer de ser contemporâneo do Pibe enquanto jogador da bola não tenha dúvidas em relação a quem efectivamente foi o melhor. Mas gostos não se discutem.

Completamente de acordo com ambos.
O que Maradona fez nesse colosso que era e é o Nápoles no calcio, em 1986 e em 1990 foi no mínimo fabuloso. E o a32772 já recordou bem o que eram os clubes do sul de Itália.
Se Pelé era melhor? talvez, não sei, não vi, mas aquilo foi ímpar e eu ainda não vi parecido. É óptimo para o futebol que já tenha acontecido ou venha a acontecer melhor.

Só que ele sempre foi passado dos carretos, irreverente e com propensão para tudo o que era proibido ou mal visto. Em matéria de costumes, de política, de relação com a imprensa, Maradona esteve sempre do lado errado, nunca teve papas na língua e sempre foi emotivo.
E isso nunca terá perdão dos poderes instituídos do futebol, do politicamente correcto e, pelos vistos (para mim essa foi a má novidade deste tópico), ainda marca gerações mais novas.

Edit: romero, tanto como lembro foi mesmo assim em 1994 e a Argentina não foi desqualificada por pouco. Nem sei mesmo se ele não vinha de uma suspensão (estava um pote, mesmo após o emagrecimento), entretanto reduzida para jogar o mundial.
Isso em nada afecta a imagem que tenho dele. Nem a coca, muito menos essas cenas.
Se não estou em erro (não me posso lembrar), ao meu ídolo do ciclismo em Portugal também foi tirada 1 (ou 2) voltas a Portugal por doping. E para mim continua a ser o maior
Registado
Re: Celebrar o Maior , « Resposta #69 em: Novembro 02, 2010, 23:34 »


Ex-mike31scp


*
Sénior

Mensagens: 3873
Idade: 22
Localidade: margem sul
Masculino


Vale muito mais 1 titulo italiano, pelo Nápoles, nos anos 80 do que 20 estaduais no brasileiro. Não tiro o mérito a Pelé, mas Diego é Diego.

E para terem noção do seu feito em itália, apanhou a Juve campeã europeia com boniek e platini, apanhou o milan dos holandeses, o inter do rummenige e uma roma também ela finalista da champions. E mesmo assim foi campeão 2 vezes ganhando inclusive um trofeu europeu.

 Seta Seta Seta

Convém referir que na época em que o Nápoles ganhou o campeonato, o campeonato italiano era o melhor campeonato do mundo.

Relativamente aos prémios atribuídos por Frances Footbóis, Unicefs e IFHS, era o que mais faltava atribuírem galardões a um toxicodependente (no limiar do final de século era o que o Maradona representava, e ainda representa, pelos comentários que vou lendo por aqui). Então é que caia o carmo e a trindade, para já não falar que o Pelé sempre foi um moço de recados da Fifa (sempre a encher o bolso à pala, para o filhinho estoirar).

E também é curioso que quem teve o prazer de ser contemporâneo do Pibe enquanto jogador da bola não tenha dúvidas em relação a quem efectivamente foi o melhor. Mas gostos não se discutem.

Completamente de acordo com ambos.
O que Maradona fez nesse colosso que era e é o Nápoles no calcio, em 1986 e em 1990 foi no mínimo fabuloso. E o a32772 já recordou bem o que eram os clubes do sul de Itália.
Se Pelé era melhor? talvez, não sei, não vi, mas aquilo foi ímpar e eu ainda não vi parecido. É óptimo para o futebol que já tenha acontecido ou venha acontecer melhor.

Só que ele sempre foi passado dos carretos, irreverente e com propensão para tudo o que era proibido ou mal visto. Em matéria de costumes, de política, de relação com a imprensa, Maradona esteve sempre do lado errado, nunca teve papas na língua e sempre foi emotivo.
E isso nunca terá perdão dos poderes instituídos do futebol, do politicamente correcto e, pelos vistos (para mim essa foi a má novidade deste tópico), ainda marca gerações mais novas.

Edit: romero, tanto como lembro foi mesmo assim em 1994 e a Argentina não foi desqualificada por pouco. Nem sei mesmo se ele não vinha de uma suspensão (estava um pote, mesmo após o emagrecimento), entretanto reduzida para jogar o mundial.
Isso em nada afecta a imagem que tenho dele. Nem a coca, muito menos essas cenas.
Se não estou em erro (não me posso lembrar), ao meu ídolo do ciclismo em Portugal também foi tirada 1 (ou 2) voltas a Portugal por doping. E para mim continua a ser o maior
Seta e em relação ao nº de golos do péle não comparem o futebol de 60/70 com o de 80/90 em matéria de golos
Registado

NA VANGUARDA DE UMA TRADIÇÃO, PELO SPORTING SEMPRE!
Re: Celebrar o Maior , « Resposta #70 em: Novembro 02, 2010, 23:35 »

a32772


Ah, outra coisa, verifica quem foi o presidente da Fifa durante cerca de 25 anos e que tratou de imortalizar o Pelé como o melhor de sempre! Wink

Mais uma teoria da conspiração...

Pena que não tenha sido tão bom com Garrincha...

Uma que não é teoria da conspiração é que Maradona acusou positivo no teste anti doping em 1994 no mundial por efedrina segundo li uma droga que permite o emagrecimento e segundo uns melhora o desempenho do atleta (segundo outros não). Alguém consegue tirar a duvida? Na página em português na wikipedia ( possivelmente escrta por um brasileiro) acusam a selecção argentina de ter feito jogo sujo em´elgumas ocasiões e acusam Maradona de tomar mais substâncias que mehoravam a sua performance.

Eu de remédios percebo pouco.



Ao Maradona acusam de muita coisa. É normal, ele sempre levou uma vida boémia, de drogas, etc, etc... O que ninguém nega é que ele futebolisticamente falando foi o que foi, com peso a mais, peso a menos, foi um Deus na forma como tratava a redondinha e como fazia a diferença a favor da sua equipa. O Maradona nunca foi um grande atleta, um tipo que treinava duas vezes por semana nunca o poderia ser, mas enquanto futebolista era um génio, um diabo à solta.
Registado
Re: Celebrar o Maior , « Resposta #71 em: Novembro 02, 2010, 23:40 »



*
Veterano

Mensagens: 5070
Idade: 27
Localidade: Évora
Masculino



Ao Maradona acusam de muita coisa. É normal, ele sempre levou uma vida boémia, de drogas, etc, etc... O que ninguém nega é que ele futebolisticamente falando foi o que foi, com peso a mais, peso a menos, foi um Deus na forma como tratava a redondinha e como fazia a diferença a favor da sua equipa. O Maradona nunca foi um grande atleta, um tipo que treinava duas vezes por semana nunca o poderia ser, mas enquanto futebolista era um génio, um diabo à solta.

Levar uma vida boémia não é o mesmo que ser batoteiro. Coisa que ele foi pelo menos em 94 porque no minimo usou drogas para emagrecer, fica-me a divida se esas drogasa para além do emagrecimento e consequente melhor rendimento, não lhe dariam na utilização só por si um melhor rendimento.

Quanto aos golos ainda não percebi o vosso ponto.

Tudo isso que Maradona foi, Pelé também o foi e com muitos mais resultados praticos, elevando o Brasil à melhor selecção do mundo e o Santos ao melhor clube por alguns anos no minimo.
« Última modificação: Novembro 02, 2010, 23:42 por romero » Registado
Re: Celebrar o Maior , « Resposta #72 em: Novembro 02, 2010, 23:41 »

a32772

O que se passou em 94 é simples. Ele esteve um ano e tal encostado, estava balofo (ele sempre teve propensão a engordar!), e em meia dúzia de meses trataram de lhe dar uma forma minimamente aceitável. Se foi com ou sem efedrina já não sei. O que eu sei é que não foi a efedrina que o tornou um jogador acima dos demais. Pelo contrário, se havia aspecto onde o Maradona perdia para os adversários era claramente no físico. Baixito, gordo, sem grande velocidade de ponta. Só que depois o génio batia tudo...
Registado
Re: Celebrar o Maior , « Resposta #73 em: Novembro 02, 2010, 23:48 »



*
Júnior

Mensagens: 1766
Idade: 39
Localidade: Lisboa
Masculino


 Epá vão-se lixar mais os títulos, é que o Vitor Baía é o melhor GR de todos , pois é o que tem mais títulos  Rebolar de Tanto Rir Rebolar de Tanto Rir Rebolar de Tanto Rir

 Não houve ninguém como o Maradona, um génio do Futebol, ele sozinho ganhou um Mundial de Futebol, o que ele fez no Nápoles ganhando o que ganhou levando aquela equipa ás costas, na época que foi , contra os todo poderosos de Itália, nem 5 Péles conseguiam.

 Foi um génio da Bola, o anti-atleta, o drogado, o gordo, o que quiserem mas como ele não houve ninguém.
Registado

Re: Celebrar o Maior , « Resposta #74 em: Novembro 03, 2010, 00:17 »



*
Juvenil

Mensagens: 632
Idade: 40
Localidade: Porto
Masculino


é o maior, eu sei pq o vi jogar, não há outro como ele, pele era rei quando se jogava com 2 defesas e 8 avançados e era rei com nobres como garrincha e jairzinho que eram tão bons ou melhores que ele, maradona era outra coisa, era rei por sua propria chuteira,  el pibe era magia, marcava, passava, driblava 10 gajos, criou momentos absolutamente fantásticos em campo, auntênticos picassos da bola, carregava equipas banais ás costas até á glória como o napoles e as argentinas de  86 e 90  e transformava jogadores pequenos como cannigia  em craques, maradona é maradona, não o julguem é por aquilo que ele fez de mal fora do futebol, apreciem o que ele nos mostrou dentro do campo.
« Última modificação: Novembro 03, 2010, 00:20 por Couto74 » Registado
Re: Celebrar o Maior , « Resposta #75 em: Novembro 03, 2010, 00:22 »


Ex-mike31scp


*
Sénior

Mensagens: 3873
Idade: 22
Localidade: margem sul
Masculino



Ao Maradona acusam de muita coisa. É normal, ele sempre levou uma vida boémia, de drogas, etc, etc... O que ninguém nega é que ele futebolisticamente falando foi o que foi, com peso a mais, peso a menos, foi um Deus na forma como tratava a redondinha e como fazia a diferença a favor da sua equipa. O Maradona nunca foi um grande atleta, um tipo que treinava duas vezes por semana nunca o poderia ser, mas enquanto futebolista era um génio, um diabo à solta.

Levar uma vida boémia não é o mesmo que ser batoteiro. Coisa que ele foi pelo menos em 94 porque no minimo usou drogas para emagrecer, fica-me a divida se esas drogasa para além do emagrecimento e consequente melhor rendimento, não lhe dariam na utilização só por si um melhor rendimento.

Quanto aos golos ainda não percebi o vosso ponto.

Tudo isso que Maradona foi, Pelé também o foi e com muitos mais resultados praticos, elevando o Brasil à melhor selecção do mundo e o Santos ao melhor clube por alguns anos no minimo.
essa questão das drogas se fossemos por ai já não havia ciclismo.
o pelé teve mais resultados mas em campeonatos mais fracos e em anos em que as médias de golos eram muito superiores. vais me dizer que o Pauleta era melhor que o Zidane só porque marcou mais golos?
Registado

NA VANGUARDA DE UMA TRADIÇÃO, PELO SPORTING SEMPRE!
Re: Celebrar o Maior , « Resposta #76 em: Novembro 03, 2010, 02:09 »



*
Veterano

Mensagens: 5070
Idade: 27
Localidade: Évora
Masculino


essa questão das drogas se fossemos por ai já não havia ciclismo.
o pelé teve mais resultados mas em campeonatos mais fracos e em anos em que as médias de golos eram muito superiores. vais me dizer que o Pauleta era melhor que o Zidane só porque marcou mais golos?

Em campeonatos mais fracos é brincadeira tua. Pelé tem 3 mundiais em que constavam os melhores jogadores do mundo, tem 2 Libertadores da América em que constavam os melhores jogadores da América do Sul, tem 2 Intercontinentais (não sei ao certo) em que mais uma vez constavam em principio alguns dos melhores jogadores do mundo, e tem um nº infindável de vitórias internas em que deverá ter jogado várias vezes contra esses grandes jogadores que o Brasil tinha na altura.
Por acaso, ou talvez não, o Santos à data da entrada de Pelé contava com 2 titulos Paulistas na sua história (o Santos foi fundado em 1912 e já havia o Paulistão), Pelé ganhou mais titulos Paulistas em 15 anos que o Santos ganhou no resto da sua história sem Pelé. Por essa altura já COrinthians, São Paulo e Palmeiras iam ganhando, uns mais e outros menos, e constam na lista clubes que nem sei se ainda existem e outros que não são nada. Não é por acaso que Di Stefano é Deus em Madrid...

Muito possivelmente aquilo que o Santos é hoje deve em muito a Pelé. E no Brasil na altura havia jogadores tão bons como na Europa (talvez nem todos os clubes mas boa parte tinham-nos).

O Santos foi uma potência mundial do futebol e quanto a isso não há argumento de fraco campeonato (que não o era) que valha porque eles ganharam no mundo inteiro liderados por Pelé.

É certo que era mais fácil marcar golos, o futebol era diferente mas são 1200 golos, não é brincadeira... Era tão fácil fazê-los que ninguém o conseguiu para além dele, adicionando a isso o facto de ser dos jogadores mais titulados (e sendo esses aqueles que estão enumerados atrás ou seja os mais importantes que existem no mundo do futebol, e ele ganhou-os  por mais que uma vez) não percebo qual é a duvida de que Pelé foi o melhor jogador de sempre. A juntar a isso a sua superioridade fisica e técnica face a qualquer jogador...

Não existe na história do futebol alguém que se tenha chegado perto daquilo que Pelé foi em todas as vertentes, a sua história é praticamente imaculada.

O ciclismo pune os seus desportistas como o futebol também o vai fazendo. É isso que é a sua obrigação a bem da verdade. A verdade é que Maradona usou substâncias proibidas em 94, sem extrapolar para outros momentos, nesse ele fez batota.  Isso não apaga o que fez de excelente, o que fez de ex elente não apaga o seu erro, é assim a História.

Quanto ao Pauleta e ao Zidane acho que nem vale a pena comentar.

O documentário sobre o Pelé:

http://video.google.com/videoplay?docid=5179675972299375050
« Última modificação: Novembro 03, 2010, 02:19 por romero » Registado
Re: Celebrar o Maior , « Resposta #77 em: Novembro 03, 2010, 08:46 »



*
Veterano

Mensagens: 6518
Idade: 29
Localidade: Sintra
Masculino


romero, por essa ordem de ideias o Baía é o maior de sempre. É o que tem mais titulos. E não vais tirar o mérito ao Baía, que ganhou Champions, Uefa, Taça das Taças, um numero infindável de campeonatos e taças...  Roll Eyes
Registado

Sporting Sempre! 14.244
Re: Celebrar o Maior , « Resposta #78 em: Novembro 03, 2010, 12:37 »


Quero um Pavilhão para as modalidades


*

Mensagens: 38438
Localidade: Galiza/lisboa




Ainda vou ver o caro @Romero acusar o Maradona de batoteiro por ter marcado um golo com a mao 


SL
Registado

Re: Celebrar o Maior , « Resposta #79 em: Novembro 03, 2010, 13:32 »



*

Condecorações:Extra-Futebol 2013Extra-Futebol 2012Extra-Futebol 2010Extra-Futebol 2009


Mensagens: 25800
Idade: 30
Masculino


Eu percebo a opinião do Romero. Positivo!

Era útil que algum forista que tivesse visto os dois [Pelé, Maradona] tivesse força para escrever aqui. Seta
Registado

Gosta deste tópico? Partilhe-o:
Páginas: « anterior 1 2 3 [4] 5 6 seguinte » Ir para o topo Imprimir
Fórum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal Assuntos Desportivos Futebol de Outras Equipas e Selecções Jogadores (Moderadores: Angel Lion, Stunner) Tópico:

Celebrar o Maior

« tópico anterior seguinte »
Ir para:

Powered by SMF 1.1.19 | SMF © 2011, Simple Machines
Tema SMFone modificado por Avantix e Paracelsus.
Optimizado para o Mozilla Firefox na resolução 1024 x 768.
© 2004 - 2010 | Fórum SCP | Alguns Direitos Reservados
Fórum não-oficial do Sporting Clube de Portugal

Ajuda | | Sitemap | Política de Privacidade