Eleições presidenciais brasileiras, 2010

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Ou és muito anjinho ou estás a querer parecê-lo porque te dá jeito.

Vives no Brasil agora. Não viveste quando o Brasil estava sobre um regime ditatorial sanguinário. E durante esses regimes sanguinários onde pessoas são assassinadas apenas por não pensarem da mesma forma do que quem está à frente do regime, também naturalmente muitas das formas de resistência passa pelo assassinato de pessoas que se pense ter alguma importância em relação ao regime. Esse Cap. Charles Chandler que eles conspiraram (não sei se a Dilma efectivamente estava metida nisso) para matar e que efectivamente mataram era um comandante do exército americano a viver no Brasil que eles acreditavam ser um agente americano que assessorava o regime.
Em todos os regimes ditatoriais, houve momentos em que os oposicionistas tiveram actos que numa sociedade livre seriam condenáveis. Mas muitas vezes parece a única opção. E muitas vezes é.
Quanto à tua indignação da comparação de Mandela com Dilma, é uma indignação que soa um pouco a falso tendo em conta as tuas opções políticas. Eu assumo: Mandela é para mim um herói. Mesmo que tenha durante o apartheid cometido actos que hoje condenaria. Ele próprio já os reconheceu na sua biografia (já a leste? Não? Eu já!). E sim: ele foi responsável pela morte de vários brancos durante o tempo que lutou pelo fim do apartheid. Mesmo assim, é para mim um herói. Tal como Xanana? Ou pensas que a resistência à brutal ocupação de Timor se fez com flores? Achas que só os soldados indonésios tinham armas e matavam? Claro que não. Os números eram desproporcionais, mas ainda assim era a forma de eles resistirem a um regime ditatorial. Tal como Dilma (e de certeza Lula) e os restantes resistentes brasileiros do tempo da ditadura.
« Última modificação: Outubro 25, 2010, 13:31 pm por Liurai »
ex-dmalmeida
David Almeida - LE S: A27 F: 22 N: 39 Sócio Nº 14864
Σπόρτινγκ - Assim se escreve Sporting em grego. Спортинг - em Russo. Em japonês é スポルティング・リスボン.
Eu não assumo uma antiga guerrilheira como boa escolha para liderar um país que, se bem orientado, se pode tornar uma potência. Tu assumes, é contigo.

"Quanto à tua indignação da comparação de Mandela com Dilma, é uma indignação que soa um pouco a falso tendo em conta as tuas opções políticas."

Acho bem que essas insinuações cobardes parem. Estás a querer descridibilizar-me insinuando que sou racista ou fascista. é mentira. Sou de direita, já simpatizei com o PNR, mas essa fase já passei e hoje em dia obviamente que não concordo com muito do que eles fazem. E sim, acho Mandela um herói e li a biografia escrita pelo guarda prisional dele.
Só um conselho McCand, quando referiste que se deveria procurar informação pela imprensa brasileira, toma atenção que as principais cadeias de televisão brasileira mais parecem ter tiques de Fox/NBC.

Quanto à Dilma, não me preocupa muito o passado dela honestamente. Nesta altura da vida, pouco significará para ela a não ser em termos históricos. Fico mais preocupado pela falta de qualidade no seu discurso, e de andar constantemente a reboque de Luís Inácio "Lula" da Silva nos comícios e nas ideias. Está a dar a impressão que o PSDB tem razão que ela será apenas um rosto, uma marionete dos tubarões do PT (Lula e Dirceu). Como nota off-topic, tal já acontece no Distrito Federal onde existe uma "pseudo-candidata" que só está a concorrer ao cargo de Governo do Distrito, porque o marido não pode.
No outro lado, José Serra também não é tão inocente quanto isso (aliás, político brasileiro inocente, não conheço). Tem a vantagem de ter um discurso mais compreensível para as massas que Dilma (não é difícil!!!) e de não ser dependente de ninguém. Mas a campanha a dois tem tido pouca qualidade. Com a presença de Marina na corrida, era muito mais interessante, havia mais emoção!

Mas se Dilma ganhar (e acredito que vai sair vencedora, com o empurrão notório de Lula), ficarei atento ao futuro político de Luís Inácio "Lula" da Silva. Não acredito que ele se reforme, porque sempre gostou de estar na linha da frente, de se mostrar, de marcar sua presença e perante os candidatos existentes e a fama que granjeou com os 8 anos no Palácio do Planalto, simplesmente não consigo acreditar que José Inácio da Silva passe de "Lula" para "Choco". Mas como dizia, se Dilma ganhar, como vai ser daqui a 4 anos: será que "Lula" vai voltar as costas à sua agora protegida; será que Dilma se afastará do poder para deixar entrar de novo o padrinho no Casarão; será que "Lula" não vai voltar a lutar pelo posto que tanto gosta? Não acredito que esta última hipótese esteja a ser considerada por José Inácio da Silva (por agora, o futuro pode reservar alguma surpresa) e que "Lula" não se queira juntar aos potenciais candidatos Marina e Aécio Neves.
"Se você quer 'trepar', vá à faculdade. Mas se você quer aprender alguma coisa, vá à biblioteca."

Lutar pela retoma do Sporting Clube de Portugal!!!
Eu não assumo uma antiga guerrilheira como boa escolha para liderar um país que, se bem orientado, se pode tornar uma potência. Tu assumes, é contigo.

"Quanto à tua indignação da comparação de Mandela com Dilma, é uma indignação que soa um pouco a falso tendo em conta as tuas opções políticas."

Acho bem que essas insinuações cobardes parem. Estás a querer descridibilizar-me insinuando que sou racista ou fascista. é mentira. Sou de direita, já simpatizei com o PNR, mas essa fase já passei e hoje em dia obviamente que não concordo com muito do que eles fazem. E sim, acho Mandela um herói e li a biografia escrita pelo guarda prisional dele.
Não João
Não é nenhuma insinuação e muito menos cobarde. Sempre demonstraste a tua opção política que eu não questiono, tal como sei que tu não questionas a minha. Claro que não concordo com as opções, o que é natural, mas não questiono. Nem a tua ala política implica que sejas racista. Conheço muita gente de direita, inclusive amigos meus, que não são racistas e pelo contrário são anti-racistas. Tal como conheço algumas (felizmente poucas) pessoas de esquerda que mostram laivos de racismo, coisa que abomino profundamente.

Quanto à Dilma, confesso que penso que o Lula (pelo peso que tem no PT) poderia ter arranjado uma candidata mais credível, mas ele lá saberá. Eu só me meti na conversa devido aquele "BI criminal" do tempo do regime militar ditatorial. E tentei explicar-te que em alturas de falta de liberdade, as pessoas oposicionistas ao regime podem ter acções que em regimes de liberdade seriam e são condenáveis, mas que em regimes ditatoriais são muitas vezes a única forma de resposta à repressão que se está a sofrer.
E mantenho a comparação de Dilma com Mandela, Xanana e outros heróis que combateram contra regimes repressivos. E foi nesse aspecto que fiz a comparação e que a mantenho. Não a comparei em todos os outros aspectos, e especialmente na vida pós-libertação do país. Conheces melhor do que eu a realidade do Brasil, pois mesmo que estejas aí há pouco tempo, é certamente maior do que o tempo que aí estive, que é nenhum. Quis apenas chamar à atenção que te esqueceste (convenientemente tendo em conta que pela tua ala política apoiarás o Serra) de reforçar que esse "BI criminal" dizia respeito a um tempo de ditadura.

Um pouco off-topic
Fico feliz que te tenhas afastado do PNR. Embora considere que têm o direito a existir enquanto partido, penso que as opções políticas desse partido estão perigosamente próximas da fronteira onde acabam os valores humanitários.
Quanto ao não seres fascista - deve ter sido uma alteração recente, pois ainda há poucos meses tiveste uma declaração aqui no fórum de apoio ao regime de Salazar.
E já que estás no Brasil, de certeza que vais aproveitar para ver uma realidade onde a desigualdade social é ainda extrema, embora esteja lentamente a ser menor, fruto das políticas do Lula, como é reconhecido pelo mundo inteiro, inclusivamente por adversários políticos dele. Não faz sentido haver por aí pessoas que tenham terrenos do tamanho de pequenos países quando há pessoas que nem 1 m2 de terreno para cultivar têm. Tenta ver essa realidade. Acredito que crescerás como pessoa, já que ainda és jovem.

Abraço
ex-dmalmeida
David Almeida - LE S: A27 F: 22 N: 39 Sócio Nº 14864
Σπόρτινγκ - Assim se escreve Sporting em grego. Спортинг - em Russo. Em japonês é スポルティング・リスボン.
Mas se Dilma ganhar (e acredito que vai sair vencedora, com o empurrão notório de Lula), ficarei atento ao futuro político de Luís Inácio "Lula" da Silva. Não acredito que ele se reforme, porque sempre gostou de estar na linha da frente, de se mostrar, de marcar sua presença e perante os candidatos existentes e a fama que granjeou com os 8 anos no Palácio do Planalto, simplesmente não consigo acreditar que José Inácio da Silva passe de "Lula" para "Choco". Mas como dizia, se Dilma ganhar, como vai ser daqui a 4 anos: será que "Lula" vai voltar as costas à sua agora protegida; será que Dilma se afastará do poder para deixar entrar de novo o padrinho no Casarão; será que "Lula" não vai voltar a lutar pelo posto que tanto gosta? Não acredito que esta última hipótese esteja a ser considerada por José Inácio da Silva (por agora, o futuro pode reservar alguma surpresa) e que "Lula" não se queira juntar aos potenciais candidatos Marina e Aécio Neves.
Embora seja uma hipótese que se tem levantado, não sei se Lula se irá candidatar para o próximo mandato. Julgo que ele esteja mais próximo de se candidatar a Secretário Geral da ONU, tal como dizem os zunzuns que já andam por aí.
ex-dmalmeida
David Almeida - LE S: A27 F: 22 N: 39 Sócio Nº 14864
Σπόρτινγκ - Assim se escreve Sporting em grego. Спортинг - em Russo. Em japonês é スポルティング・リスボン.
Ganhou a Dilma com 56,05% contra 43,95% do Serra. Apenas se abstiveram 18,2% dos inscritos, pelo que se pode dizer que as eleições mexeram com o Brasil inteiro.
«What's with these new bands? Everyone knows Rock attained perfection in 1974, it's a scientific fact!»

Sem ajudas de regimes nem cafés com leite... SPORTING, A MAIOR POTÊNCIA DESPORTIVA NACIONAL
Ganhou a Dilma com 56,05% contra 43,95% do Serra. Apenas se abstiveram 18,2% dos inscritos, pelo que se pode dizer que as eleições mexeram com o Brasil inteiro.

Tomara, estão a passar por uma verdadeira revolução interna... é o petróleo, a importância diplomática, os eventos planetários, a dinâmica económica... 
[youtube=425,350]http://www.youtube.com/watch?v=nuPNzPd0hgM[/youtube]
 :rotfl:
Epá, não pesquisem pela Dilma no YouTube. Correm o risco de não conseguirem parar.  :lol:

[youtube=425,350]http://www.youtube.com/watch?v=iuE4eD61NtQ&feature=related[/youtube]


Fez-me lembrar a Ruth Lemos (a mulher do sanduiche iche iche).  :rotfl:
Ganhou a Dilma com 56,05% contra 43,95% do Serra. Apenas se abstiveram 18,2% dos inscritos, pelo que se pode dizer que as eleições mexeram com o Brasil inteiro.

Tomara, estão a passar por uma verdadeira revolução interna... é o petróleo, a importância diplomática, os eventos planetários, a dinâmica económica... 

E porque o voto lá é obrigatório.
Sim, é obrigatório, mas podes não votar em dois actos eleitorais que nada demais acontece. Ao terceiro, é que tens de proceder a justificativas de voto e pagar umas multazinhas bem mais marotas, além do facto de deixares de conseguir renovar documentos pessoais.

Mas também devido ao forte investimento nas campanhas e pelo facto de desde Junho já passar nas principais cadeias de televisão brasileiras a pedir ao eleitorado para votar. E ouvir a mesma mensagem desde Junho, é desgastante  :P
"Se você quer 'trepar', vá à faculdade. Mas se você quer aprender alguma coisa, vá à biblioteca."

Lutar pela retoma do Sporting Clube de Portugal!!!