Fórum SCP

O que está a falhar na nossa formação...

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Abro este tópico para tocar num assunto que acho extremamente importante e está, em minha opinião a ser mal trabalhado pela nossa muito elogiada (e justamente) formação.
Apesar de no passado termos formado muitos e bons jogadores, e continuarmos a formar, há um pormenor fundamental que está a falhar  - Incutir uma mentalidade vencedora e de amor ao clube aos nossos miúdos.
Vou dar aqui alguns exemplos da mensagem que pretendo passar, formamos desde sempre, jogadores de inegável categoria como Cristiano Ronaldo, Figo, Peixe, Nani, Simão, Futre, Miguel Veloso, Varela, e muitos mais…contudo em quase todos estes jogadores manifestam-se as seguintes características; pouco Sportinguismo ou pouca afinidade com o clube, e só quando saem do nosso clube atingem a mentalidade vencedora e lutam pelas vitórias. Alguns de vocês poderão dizer que é fruto da idade, pois saem muito cedo, mas dou-vos o exemplo do Porto, onde os miúdos jogam para ganhar sempre e já na formação detestam perder, chegando a reagir mal quando não ganham -  o que para mim é bom e é aqui que quero chegar.
Em minha opinião e como se costuma dizer ‘’de pequenino é que se torce o pepino’’, devia ser instituída logo na formação esta mentalidade de ganhar sempre e a todo custo, deixar tudo em campo, primeiro ganhar, depois ganhar e ganhar sempre, e só depois dar espectáculo, penso que depois disto a paixão pelo clube iria naturalmente aparecer e talvez eles não quisessem usar só o nosso grande  Sporting  para se formarem e depois dar o salto, com ou sem contrapartidas para o clube…
SPORTING SEMPRE !!!...21.538-0
No seguimento deste tópico vou contar um episódio que penso já contei aqui a páginas tantas...

A minha filha frequenta o 9º ano (é sócia e forista registada aqui) e tem um colega com 13 anos que é guarda-redes e está na Academia.

Até aí tudo bem. Só que o puto e toda a família são benfiquistas. A dada altura o miúdo começou a ir para as aulas já com o equipamento e material de treino pois está a ir e vir para casa todos os dias. E trazia o equipamento no saco do benfica.

A minha filha ficou indignadíssima como é que era possível ele entrar e frequentar instalações do Sporting levando objectos pessoais não necessários, com símbolos de outros clubes, ainda por cima um clube como o que nós sabemos.

Ficou tão danada que disse que ia escrever ao Director da Academia e ao JEB (como se isso servisse para alguma coisa). O puto deve ter pensado melhor e deixou de levar o dito saco mas continua a dizer que não muda de clube.

Isto é apenas um episódio no meio de tantos outros que devem existir. Se fosse aqui há uns anos, tenho a certeza que ninguém (a não ser que fosse em representação desse clube) se arriscaria a entrar em instalações do Sporting e a frequentá-las, usando símbolos dos nossos maiores rivais.

Hoje em dia as coisas estão diferentes. É verdade que era bom que todos os potenciais bons jogadores que frequentam a Academia fossem todos Sportinguistas. Mas isso é apenas uma miragem.

No entanto, e sem entrar pelo capítulo da "lavagem cerebral" (até porque há vida para além do Sporting, logicamente), seria interessante ter acesso aos programas teóricos de treino da Academia e ver se existe no Curriculum uma disciplina "História do Sporting Clube de Portugal", com conteúdo programático que poderia assentar em aulas teóricas interactivas com filmes sobre o Sporting, suas conquistas nas diversas modalidades, visitas ao Mundo Sporting, ao Estádio, com palestras proferidas por treinadores e ex-treinadores como Mário Lino, Manuel Pedro Gomes, Manuel Fernandes e outros reputados Sportinguistas, com palestras proferidas por jogadores como Carlos Lopes, Fernando Mamede, Armando Marques, Rui Silva, Naíde Gomes, João Benedito, Francis Obikwelu, Avelina Alvarez, Iordanov, Balakov, José Carlos, António Oliveira, Rui Jordão, Pedro Venâncio, Carlos Xavier, jogadores e atletas que tiveram um passado glorioso em representação do Clube, onde lhes fosse transmitido um sentimento que existia na sua altura e que agora se está a perder: a mística.

É verdade que só isso não bastaria para que os miúdos se tornassem Sportinguistas. Mas pelo menos faria com que sentissem mais a camisola e o emblema que trazem no peito.
« Última modificação: Setembro 28, 2010, 10:31 am por Gebeeme »
Percebo a ideia do RicardoLopes mas acho que o texto dele sofre de algumas imprecisões.
Há jogadores que foram e foram sportinguistas mas que por este ou aquele motivo são obrigados a seguir o seu caminho. O Miguel Veloso quando era miudo até poderia ser benfiquista (por causa do pai) mas depois é óbvio que se tornou leão, o Varela é sportinguista só que foi corrido do clube, o Quaresma é sportinguista mas também teve de seguir o seu percurso porque não houve grande interesse em mantê-lo.

Evidentemente que existem depois um conjunto de jogadores que são autênticos cães que não conhecem dono como são o caso do Futre, Simão, Figo, Moutinho, etc, etc... É certo que eles existirão sempre mas a verdade é que no actual Sporting não existe uma preocupação como outrora de se cultivar o interesse pelo clube em si, os próprios dirigentes são os primeiros a cultivar essa mentalidade. Hoje em dia publicita-se Alcochete como uma escola para jogadores, o Sporting é visto como uma rampa inicial para outros voos e não se cultiva o amor pelo clube. A culpa é de quem? Obviamente daqueles que só se preocupam em vender à primeira oportunidade os jogadores que formam e que lhes passam a mensagem de que o Sporting não é mais do que uma rampa de lançamento...

Basicamente é cada vez mais notório que os jogadores provenientes das camadas jovens saem formatados à semelhança dos dirigentes do clube!
1º Mentalidade dos corruptos, espero que nunca seja incutida em ALvalade ou na Academia...Quem esteve presente na final dos juniores á dois anos, em Alvalade, sabe do que falo.

Quanto ao amor ao clube, não quero saber.

Varela, por ser sportinguista, não joga menos por isso. Desde que mostrem dedicação ao desporto e ao clube, agradeço. Desde que cá estejam e que se esforçem para serem cada vez melhores, tudo bem.

Nós queremos ter sempre os melhores, mas a verdade é que nem sempre os melhores nascem sportinguistas...
Acho que o problema não passa por não serem sportinguistas, mas a forma como sentem e respeitam o clube!

O Cristiano Ronaldo não nasceu do Manchester, ou do Real (tal como outros jogadores saíram e se tornaram símbolos de outros clubes) …  Mas quando chegaram a esses clubes sentiram o “peso” da camisola, a história do clube, os estádios cheios, dirigentes e treinadores com mentalidade ganhadora, sentiram que não é qualquer um que joga ali …

A camisola do Sporting está a ficar “leve”, há menos respeito ao clube (nota-se na CS e nos adversários que cada vez menos temem o Sporting), há menos sócios, menos espectadores nos estádios, menos gente nos treinos, e dirigentes que falam cada vez mais em dinheiro e cada vez menos em títulos!

A grande maioria dos jogadores vêem o Sporting como um passo necessário, um trampolim , para o objectivo que é jogar no estrangeiro e ganhar muito dinheiro…

O que se passa na formação é reflexo do que se passa com o clube ...
"Never try to teach a pig to sing. It is a waste of your time, and it annoys the pig."
Acho que o problema não passa por não serem sportinguistas, mas a forma como sentem e respeitam o clube!

O Cristiano Ronaldo não nasceu do Manchester, ou do Real (tal como outros jogadores saíram e se tornaram símbolos de outros clubes) …  Mas quando chegaram a esses clubes sentiram o “peso” da camisola, a história do clube, os estádios cheios, dirigentes e treinadores com mentalidade ganhadora, sentiram que não é qualquer um que joga ali …

A camisola do Sporting está a ficar “leve”, há menos respeito ao clube (nota-se na CS e nos adversários que cada vez menos temem o Sporting), há menos sócios, menos espectadores nos estádios, menos gente nos treinos, e dirigentes que falam cada vez mais em dinheiro e cada vez menos em títulos!

A grande maioria dos jogadores vêem o Sporting como um passo necessário, um trampolim , para o objectivo que é jogar no estrangeiro e ganhar muito dinheiro…

O que se passa na formação é reflexo do que se passa com o clube ...

Eu gostava que todos vissem o Sporting como trampolim...isso era sinal de que teriamos 25jogadores todos os anos a lutar para jogar e se mostrar.

Mais, não vejo problema nos miudos...estes continuam a ser formados, a ganhar os seus campeonatos nos escalões de formação, chegam aos seniores e dão o salto.

O problema é mais as abéculas que compramos todos os anos que não dão retorno financeiro nem desportivo.
Acho que o problema não passa por não serem sportinguistas, mas a forma como sentem e respeitam o clube!

O Cristiano Ronaldo não nasceu do Manchester, ou do Real (tal como outros jogadores saíram e se tornaram símbolos de outros clubes) …  Mas quando chegaram a esses clubes sentiram o “peso” da camisola, a história do clube, os estádios cheios, dirigentes e treinadores com mentalidade ganhadora, sentiram que não é qualquer um que joga ali …

A camisola do Sporting está a ficar “leve”, há menos respeito ao clube (nota-se na CS e nos adversários que cada vez menos temem o Sporting), há menos sócios, menos espectadores nos estádios, menos gente nos treinos, e dirigentes que falam cada vez mais em dinheiro e cada vez menos em títulos!

A grande maioria dos jogadores vêem o Sporting como um passo necessário, um trampolim , para o objectivo que é jogar no estrangeiro e ganhar muito dinheiro…

O que se passa na formação é reflexo do que se passa com o clube ...

Eu gostava que todos vissem o Sporting como trampolim...isso era sinal de que teriamos 25jogadores todos os anos a lutar para jogar e se mostrar.

Mais, não vejo problema nos miudos...estes continuam a ser formados, a ganhar os seus campeonatos nos escalões de formação, chegam aos seniores e dão o salto.

O problema é mais as abéculas que compramos todos os anos que não dão retorno financeiro nem desportivo.


 :arrow:

Eu gostava que todos vissem o Sporting como trampolim...isso era sinal de que teriamos 25jogadores todos os anos a lutar para jogar e se mostrar.

Mais, não vejo problema nos miudos...estes continuam a ser formados, a ganhar os seus campeonatos nos escalões de formação, chegam aos seniores e dão o salto.

O problema é mais as abéculas que compramos todos os anos que não dão retorno financeiro nem desportivo.

O problema é que os formamos bem no plano desportivo, mas como homens falhamos, pelo menos na perspectiva de se aguentarem cá uns anos até darem alguma coisa a ganhar além de €€€€...
A parte das abéculas concordo totalmente...
SPORTING SEMPRE !!!...21.538-0
o mal ta na mentalidade das pessoas (jogadores) e de estarem mal aconselhados por certas pessoas......hoje em dia chegam ao Sporting e pensam que já são estrelas, e depois o aproveitamento é nulo.......e para não falar nas cunhas que existem para se ser jogador do Sporting, já parece os programas de TV, só entram amigos ou familiares de conhecidos.....

existem muitos bons jogadores, e muito superiores a certos gajos que andam nas camadas jovens do nosso clube....acreditem que se ve muitos por ai...


Uploaded with ImageShack.us
O problema da academia, é que os jogadores são formados para ir jogar para um gigante Europeu e não para permanecer no Sporting, talvez devessem ter uma outra disciplina na Escola chamada Sporting Clube de Portugal e incumbir-lhes Sportinguismo todos os dias.
Porque se eles tiverem o pensamento de sair, os que não se adaptam à primeira são dispensados e acabam por ir parar aos nossos rivais, o que torna a academia um desperdício de dinheiro.
Também não sou daqueles Sportinguistas que tem orgulho do Ronaldo ou do Figo só por terem ganho uma bola de ouro, teria orgulho neles se a tivessem ganho no Sporting, noutros clubes é me indiferente...
« Última modificação: Setembro 28, 2010, 21:04 pm por PauloSCP »
Ainda este ano tiv´´emos um exemplo do falhanço total da formaçao. Quando o Sporting nao renovou com o Renato, para mim  o melhor jogador do plantel de juniores do ano passado, foi a pior coisa que podiam fazer.

Cada vez mai estamos a mandar fora talentos por lapidar. Por exemplo o Varela, ele nao jogava no sporting, foi pra espanha, foi pra o estrela e agora vejam onde andam.

N~~ao me admiro que dentro de alguns anos o Renato seja a estrela do FCcorruptos...
Ainda este ano tiv´´emos um exemplo do falhanço total da formaçao. Quando o Sporting nao renovou com o Renato, para mim  o melhor jogador do plantel de juniores do ano passado, foi a pior coisa que podiam fazer.

Cada vez mai estamos a mandar fora talentos por lapidar. Por exemplo o Varela, ele nao jogava no sporting, foi pra espanha, foi pra o estrela e agora vejam onde andam.

N~~ao me admiro que dentro de alguns anos o Renato seja a estrela do FCcorruptos...

Com todo o respeito, este post é um disparate. Primeiro, o Renato devia ter sido dispensado já no fim do seu percurso como juvenil, pois não tinha feito nada que justificasse a sua permanência. Em segundo lugar, quem dera ao Renato ter sido o melhor jogador do plantel dos juniores quando este tinha, por exemplo, o Cedric, o Nuno Reis ou o Renato Neto, sendo que estes últimos são já titulares na primeira divisão belga e o Renato joga a espaços no...Moreirense.

Por último, o Renato também não se comportou bem com o Sporting. Foram-lhe dadas mais oportunidades do que a miúdos com o triplo da sua qualidade e ele, com o Rei na barriga, foi ganancioso. Teve o que merecia. Oxalá que ele daqui a uns anos seja a estrela dos corruptos, era sinal que o Pinto da Costa estava já dentro de um caixão e o seu sucessor seria um desastre completo. Muito melhor que o Renato é o Caetano, mesma idade, mesma posição, e que o Porto dispensou.

David Caiado, Bruno Matias, Marco Matias, isto são jogadores que tiveram azar em não singrar. Agora o Renato? limitadíssimo. fazer umas fintas, 50% dos jovens com a idade dele em Portugal sabem fazer. O mais difícil é o resto.
Ainda este ano tiv´´emos um exemplo do falhanço total da formaçao. Quando o Sporting nao renovou com o Renato, para mim  o melhor jogador do plantel de juniores do ano passado, foi a pior coisa que podiam fazer.

Cada vez mai estamos a mandar fora talentos por lapidar. Por exemplo o Varela, ele nao jogava no sporting, foi pra espanha, foi pra o estrela e agora vejam onde andam.

N~~ao me admiro que dentro de alguns anos o Renato seja a estrela do FCcorruptos...

Com todo o respeito, este post é um disparate. Primeiro, o Renato devia ter sido dispensado já no fim do seu percurso como juvenil, pois não tinha feito nada que justificasse a sua permanência. Em segundo lugar, quem dera ao Renato ter sido o melhor jogador do plantel dos juniores quando este tinha, por exemplo, o Cedric, o Nuno Reis ou o Renato Neto, sendo que estes últimos são já titulares na primeira divisão belga e o Renato joga a espaços no...Moreirense.

Por último, o Renato também não se comportou bem com o Sporting. Foram-lhe dadas mais oportunidades do que a miúdos com o triplo da sua qualidade e ele, com o Rei na barriga, foi ganancioso. Teve o que merecia. Oxalá que ele daqui a uns anos seja a estrela dos corruptos, era sinal que o Pinto da Costa estava já dentro de um caixão e o seu sucessor seria um desastre completo. Muito melhor que o Renato é o Caetano, mesma idade, mesma posição, e que o Porto dispensou.

David Caiado, Bruno Matias, Marco Matias, isto são jogadores que tiveram azar em não singrar. Agora o Renato? limitadíssimo. fazer umas fintas, 50% dos jovens com a idade dele em Portugal sabem fazer. O mais difícil é o resto.

Antes de mais,

Discordo na questão do Renato Santos. A verdade é que ele chegou aos juniores e nesta ultima fase final do campeonato, foi o melhor do SCP. Cedric, Nuno Reis e Zezinho (ainda junior este ano) foram os melhores o ano todo, mas não invalida o facto de o Renato ter sido o melhor na fase final. (não meti o Renato Neto pois, para mim, só tem altura...pelo que vi nos jogos a que fui)

O problema da academia, é que os jogadores são formados para ir jogar para um gigante Europeu e não para permanecer no Sporting, talvez devessem ter uma outra disciplina na Escola chamada Sporting Clube de Portugal e incumbir-lhes Sportinguismo todos os dias.
Porque se eles tiverem o pensamento de sair, os que não se adaptam à primeira são dispensados e acabam por ir parar aos nossos rivais, o que torna a academia um desperdício de dinheiro.
Também não sou daqueles Sportinguistas que tem orgulho do Ronaldo ou do Figo só por terem ganho uma bola de ouro, teria orgulho neles se a tivessem ganho no Sporting, noutros clubes é me indiferente...

Não concordo. Acho que eles devem ter todos como meta ser os melhores do mundo. Têm de ter como meta jogar num Man Utd, Chelsea, Inter, Milan, Barcelona ou Real Madrid.

Volto a frisar. O problema não está na academia. Este miudos continuam a fazer o seu trabalho, tal como os seus responsaveis directos. Para mim, as pessoas da formação é que continuam a garantir a sobrevivência do clube em si. A Academia sobrevive com os €25,5M do Nani (formado). Onde foi parar o dinheiro do Ronaldo, Quaresma, Simão e Viana?

Deixem de comprar bosta nos seniores e daqui a uns anos talvez se consiga segurar alguns miudos. Se tivessemos começado isso mais cedo, talvez se conseguisse segurar, daqui a uns anos: Esgaio, Dier, Tobias, Cá, Bruma e outros. (Acredito que se esta geração evoluir bem, e for competindo internacionalmente, como foi o Europeu U17 este ano, poderiamos construir uma super equipa com base nos melhores desta geração para atacar campeonato e ir longe nas competições europeias).

Acho que o problema não passa por não serem sportinguistas, mas a forma como sentem e respeitam o clube!

O Cristiano Ronaldo não nasceu do Manchester, ou do Real (tal como outros jogadores saíram e se tornaram símbolos de outros clubes) …  Mas quando chegaram a esses clubes sentiram o “peso” da camisola, a história do clube, os estádios cheios, dirigentes e treinadores com mentalidade ganhadora, sentiram que não é qualquer um que joga ali …

A camisola do Sporting está a ficar “leve”, há menos respeito ao clube (nota-se na CS e nos adversários que cada vez menos temem o Sporting), há menos sócios, menos espectadores nos estádios, menos gente nos treinos, e dirigentes que falam cada vez mais em dinheiro e cada vez menos em títulos!

A grande maioria dos jogadores vêem o Sporting como um passo necessário, um trampolim , para o objectivo que é jogar no estrangeiro e ganhar muito dinheiro…

O que se passa na formação é reflexo do que se passa com o clube ...

 :arrow: :arrow: :arrow:
O que menos me preocupa na formação, é que:
1)  os miúdos não sejam desde pequeninos do Sporting
2)  que pretendam dar o salto
Relativamente ao 1º ponto, se fosse importante serem, não teriamos tido um Figo, C.Ronaldo, moutinho, Veloso, Nani, etc, e não teríamos actualmente na formação algumas das suas maiores esperanças.
Em relação ao segundo ponto, então não acontece o mesmo nos outros clubes nacionais ? Quando lhes aparece um clube estrangeiro a duplicar/triplicar o salário é vê-los com a cabeça no ar. Exemplo: Raul Meireles que amuou por ver a sua saída mal parada. Só que no porco estas coisas raramente se sabem.
 Na passarada não acontece, admito,...mas é porque não formam ninguém  que alguém queira.


Os três pilares da formação são recrutamento, formação dos jogadores, o seu lançamento, e é aqui que nos devemos concentrar e é aqui que o Sporting ten sido melhor que os outros.
« Última modificação: Setembro 29, 2010, 17:16 pm por JB »
Acho que falha pouco... é a formação a fonte que fornece vários dos melhores jogadores do plantel nos últimos anos... os grandes encaixes financeiros têm sido com a venda dos nossos putos... nem acho que falte mentalidade vencedora... habituados a ganhar a tudo e a todos estão eles...o problema é quando chegam ao plantel principal... têm chegado demasiado cedo e também muito cedo têm demasiada responsabilidade sobre os ombros face à falta de qualidade dos últimos plantéis... aos miúdos tem-se pedido que levem a equipa às costas quando deveriam ser integrados de forma progressiva, aprendendo ao lado de jogadores mais experientes e que tivessem qualidade... não tem sido assim e depois é o que se vê... é nos seniores que se habituam à falta de titulos, às derrotas e aos assobios...sendo assim por mais cultura sportinguista que tenham se lhes acenarem com uns euros a mais de campeonatos mais fortes é claro que väo sair... tivesse o Sporting a hegemonia do futebol português de certeza que os miúdos não queriam sair tão cedo
Recomendo vivamente a leitura da entrevista de Bento Valente aqui:

http://www.academia-de-talentos.com/entrevista/2010/10/4/entrevista-com-bento-valente-parte-1

Grande coragem de tentar desmitificar alguns mitos cadentes da Academia. Academia esta que considero hoje em dia um dos maiores podres do SCP, um local cheio de intrigas e comadres e com lampiões em funções demasiado importantes na estrutura.
Recomendo vivamente a leitura da entrevista de Bento Valente aqui:

http://www.academia-de-talentos.com/entrevista/2010/10/4/entrevista-com-bento-valente-parte-1

Grande coragem de tentar desmitificar alguns mitos cadentes da Academia. Academia esta que considero hoje em dia um dos maiores podres do SCP, um local cheio de intrigas e comadres e com lampiões em funções demasiado importantes na estrutura.

Muito triste.....
Recomendo vivamente a leitura da entrevista de Bento Valente aqui:

http://www.academia-de-talentos.com/entrevista/2010/10/4/entrevista-com-bento-valente-parte-1

Grande coragem de tentar desmitificar alguns mitos cadentes da Academia. Academia esta que considero hoje em dia um dos maiores podres do SCP, um local cheio de intrigas e comadres e com lampiões em funções demasiado importantes na estrutura.

O que está escrito nesta entrevista é gravíssimo!

Devia ser dado a conhecer a todos os adeptos e a todos os sócios mas principalmente Bettencourt devia ser confrontado com algumas das situações aí descritas como as dificuldades em pagamentos das remunerações, há relação inexistente entre os seniores e o futebol de formação.

Esta entrevista só me faz cada vez pensar mais por onde anda o meu Sporting.
Uma entrevista que me deixa estarrecido... Um clube minado, onde o sportinguistas são tratados como inimigos, e onde elementos de clubes rivais assumem cargos de destaque. Para onde caminhamos!?

Recomendo vivamente a leitura da entrevista de Bento Valente aqui:

http://www.academia-de-talentos.com/entrevista/2010/10/4/entrevista-com-bento-valente-parte-1

Grande coragem de tentar desmitificar alguns mitos cadentes da Academia. Academia esta que considero hoje em dia um dos maiores podres do SCP, um local cheio de intrigas e comadres e com lampiões em funções demasiado importantes na estrutura.
É de pensar que o Sporting é muito grande, e que são estas coisas que valem muito para um clube. São estas coisas que trazem sportinguismo ao clube. Isto não é quantificável. Isto não são 6%, 7%... Isto é o Sporting! Isso traz coisas muito importantes ao Sporting. Fervor sportinguista, acima de tudo! - João Benedito, 20-06-2010