Wiki Sporting, a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal

Forum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal


Olá, Visitante. Por favor Entre ou Registe-se se ainda não for membro.
Setembro 22, 2014, 09:19

Entrar com nome de utilizador, password e duração da sessão

Anúncios:

Início Início  Ajuda Ajuda  Regras Regras  Pesquisa Pesquisa  Entrar Entrar  Registe-se Registe-se       Wiki Wiki  Links Links 
Fórum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal Assuntos Desportivos Futebol de Outras Equipas e Selecções (Moderadores: Angel Lion, Stunner) Tópico:

Futebol Feminino

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
Páginas: « anterior 1 2 3 [4] 5 6 ... 21 seguinte » Ir para o fundo Imprimir
Autor Tópico: Futebol Feminino (Lida 26373 vezes)

Re: Futebol Feminino , « Resposta #60 em: Novembro 24, 2010, 00:11 »


SVPERBIA : HONORA : FIDELITAS


*
Veterano

Condecorações:Melhor Assinatura 2010


Mensagens: 15481
Idade: 27
Localidade: Vialonga [91.069]
Masculino

WWW
É um video do ultimo jogo entre as selecções femininas de Portugal e Espanha.
O futsal nestes ultimos 6 anos evoluiu bastantate nos dois paises e com toda a certeza o jogo terá uma qualidade bastante superior  Positivo!

Confesso que me impressionou a qualidade de jogo.
E estamos a falar de um video com 6 anos de existência, o que só demonstra que a modalidade tem vindo a crescer e a subir de qualidade com os anos, estando de certo agora num patamar bem acima.

Que belos pormenores e jogadas, muito bom.  Positivo!
Registado



Re: Futebol Feminino , « Resposta #61 em: Novembro 25, 2010, 23:31 »


Sócio SCP há 40's e tantos.


*
Veterano

Mensagens: 9707
Localidade: Alg Alentejo
Masculino




É um video do ultimo jogo entre as selecções femininas de Portugal e Espanha.
O futsal nestes ultimos 6 anos evoluiu bastantate nos dois paises e com toda a certeza o jogo terá uma qualidade bastante superior  Positivo!
.
Não se conseguem víseos actuais, SCasanova?
Registado

QUERO    UM   SPORTING
CREDÍVEL  -  LIMPO  -  AMBICIOSO
Re: Futebol Feminino , « Resposta #62 em: Novembro 25, 2010, 23:38 »



*

Mensagens: 24296
Feminino


@JORGE Q.

Videos actuais só de equipas, da selecção nacional não.
Registado

O Sporting Clube de Portugal não se resume a uma paixão por um símbolo desenhado numa camisola. É uma religião, uma ideologia, uma forma de vida!
Re: Futebol Feminino , « Resposta #63 em: Novembro 30, 2010, 23:28 »



*

Mensagens: 24296
Feminino




Sem vedetas, sem dinheiro, sem  tretas. Isto é a verdadeira essência do futebol !

Portugal Sempre  Bater Palmas
Registado

O Sporting Clube de Portugal não se resume a uma paixão por um símbolo desenhado numa camisola. É uma religião, uma ideologia, uma forma de vida!
Re: Futebol Feminino , « Resposta #64 em: Novembro 30, 2010, 23:28 »



*

Mensagens: 24296
Feminino


Citar
Selecção Nacional Feminina de regresso

Seis anos depois, a Selecção Nacional de Futsal Feminina “A” está de regresso à actividade. A Equipa das Quinas, que será comandada pela equipa técnica nacional, composta por Jorge Braz e José Luís, vai concentrar-se na próxima segunda-feira, em Carcavelos, trabalhando até sexta-feira no Pavilhão Desportivo dos Lombos. Sábado, a comitiva lusa parte para Espanha, onde participará no torneio mundial, organizado pela Real Federação Espanhola de Futebol.

“O desenvolvimento do Futsal Feminino em Portugal, quer ao nível do número de atletas, quer da qualidade das jogadoras, justifica a reactivação da Selecção Nacional. O convite que a RFEF nos endereçou para que participássemos num torneio internacional, que contará com a presença de oito selecções, apressou esta intenção que a Federação Portuguesa de Futebol já havia manifestado”, explicou ao fpf.pt Jorge Braz.

O Seleccionador Nacional sublinhou que a FPF nunca deixou de acompanhar o Futsal Feminino, tendo precisamente em mente o reactivar da nossa Selecção. “O acompanhamento das atletas seleccionáveis foi feito pela equipa técnica, que se desdobrou um pouco por todo o País para observar as principais equipas dos principais campeonatos distritais. Estivemos, também em contacto com vários treinadores e coordenadores técnicos das associações distritais”, referiu.

De acordo com Jorge Braz, “já havia um grande conhecimento prévio das atletas”. “Sempre acompanhámos o Futsal Feminino, pelo que havia um bom conhecimento da maioria das jogadoras de qualidade, que participaram nos últimos torneios inter-associações, nos mundiais universitários e nas derradeiras edições das Taças Nacionais. Este último mês foi de trabalho exigente e muito intenso, durante o qual procurámos reavivar conhecimentos e verificar como estão as jogadoras referenciadas, procurando observar o surgimento de novos valores”, sintetizou.

O responsável técnico luso não tem dúvidas que o futuro competitivo da Selecção é risonho. “Temos em Portugal jogadoras de excelente nível. A qualidade que existe no Futsal feminino é elevadíssma e em quantidade. Há muitas jogadoras de enorme talento que não estão no lote de 14 eleitas e quase me atrevo a dizer que temos possibilidade de fazer duas selecções de qualidade idêntica. Agora, é preciso agarrar essas atletas e dar-lhes competição, diante de países que apresentarão outros tipos de dificuldades em relação àquilo que elas encontram nas nossas competições”, prosseguiu.

Quanto a objectivos para o torneio em Espanha, Jorge Braz aponta para o crescimento da própria Selecção. “A meta passa por tentar fazer deste lote de jogadoras uma equipa com qualidade e com organização. Do ponto de vista competitivo, parece-me que temos condições para jogar de igual-para-igual com as melhores formações mundiais, como a Espanha, o Brasil, ou a Rússia. Para já, vamos estar mais preocupados com a nossa organização e com objectivos mais formativos, porque depois os resultados irão aparecer”, concluiu.

O sorteio do torneio mundial, organizado pela RFEF, está marcado para a próxima quinta-feira (25 de Novembro).

www.fpf.pt



« Última modificação: Dezembro 06, 2010, 17:06 por SCasanova » Registado

O Sporting Clube de Portugal não se resume a uma paixão por um símbolo desenhado numa camisola. É uma religião, uma ideologia, uma forma de vida!
Re: Futebol Feminino , « Resposta #65 em: Dezembro 06, 2010, 17:01 »



*

Mensagens: 24296
Feminino


Mundial Futsal Feminino - Espanha, Dezembro 2010





Grupo A
6 Dezembro


Tailândia 0 - 5 Portugal
Marcadoras: Inês Fernandes (2); Sofia Vieira (2); Rita Martins

Brasil 14 - 0 Venezuela

Acompanhamento do Jogo - http://www.facebook.com/jogodasraparigas

7 Dezembro

Tailândia 4 - 4 Venezuela

Portugal 2 - 2 Brasil
Marcadoras: Rita Martins (um hino ao futsal); Maria Martins
O Brasil empatou a 12seg do fim de penalti.

8 Dezembro

Portugal 2 - 1 Venezuela
Marcadoras: Rita Martins (2)
Parabéns à nossa selecção pela passagem às meias finais do 1º Torneio Mundial de Futsal Feminino. Bater Palmas

Brasil 14 - 0 Tailândia

Acompanhamento do Jogo - http://www.facebook.com/jogodasraparigas

Classificação

1º Brasil - 7 pts
2º Portugal - 7 pts
3º Tailândia - 1 pts
4º Venezuela - 1 pts

Grupo B
6 Dezembro


Japão 2 - 1 Guatemala
Espanha 3 - 1 Rússia

7 Dezembro

Japão 1 - 2 Rússia
Guatemala 0 - 8  Espanha

8 Dezembro

Rússia 1 - 0 Guatemala
Espanha 6 -1 Japão

Classificação

1º Espanha 9 pts
2º Rússia 6 pts
3º Japão 3 pts
4º Guatemala 0pts


Meias-Finais - 10 Dezembro

Brasil  4-0Rússia
Espanha 3-4 Portugal
Portugal na final do 1º Torneio Mundial de Futsal Feminino
Parabéns PORTUGAL
Bater Palmas Bater Palmas

Final - 11 Dezembro/b]

Brasil  5 - 1 Portugal
Parabéns Portugal pela excelente prova Bater Palmas


Vídeos

Portugal vs Tailândia - 5-0 - 1ª Jornada Torneio Mundial

Portugal vs Brasil - 2-2 - 2ª Jornada Torneio Mundial

Portugal vs Venezuela - 2-1 - 3ª Jornada Torneio Mundial

Portugal vs Espanha - 4-3 - Meia-Final Torneio Mundial




Fotografias



Portugal vs Tailândia - 6 Dezembro de 2010











Portugal vs Brasil - 7 Dezembro de 2010




Portugal vs Venezuela - 6 Dezembro de 2010





Portugal vs Brasil - 10 Dezembro de 2010



« Última modificação: Dezembro 12, 2010, 02:19 por SCasanova » Registado

O Sporting Clube de Portugal não se resume a uma paixão por um símbolo desenhado numa camisola. É uma religião, uma ideologia, uma forma de vida!
Re: Futebol Feminino , « Resposta #66 em: Dezembro 07, 2010, 23:05 »



*

Mensagens: 24296
Feminino


Reportagens



Portugal vs Tailândia

Citar
Goleada na estreia

  
A Selecção Nacional de Futsal Feminina começou da melhor forma a sua participação no Torneio Mundial, que decorre nas cidades espanholas de Alcobendas e Torrejón de Ardoz, ao vencer a Tailândia, por 5-0, na primeira jornada do Grupo A da competição.
As comandadas de Jorge Braz não pareceram acusar a estreia na prova – que marca, também, o regresso da nossa Selecção à actividade, depois de seis anos de interregno – e mostraram, desde o apito inicial, serem superiores ao seu adversário desta segunda-feira.
Com uma entrada muito forte, a Equipa das Quinas desde cedo começou a construir uma importante vantagem no marcador, com Inês Fernandes (2’ e 3’) a abrir a contagem. Sofia Vieira (6’ e 25’) e Rita Martins (13’) fizeram os restantes golos da nossa Selecção, numa exibição de bom nível a que faltaram apenas mais golos.

“Primeira parte fantástica”
Jorge Braz era um treinador feliz no final do encontro com as tailandesas. “Deixámos uma excelente imagem do Futsal Feminino Português. Fizemos uma primeira parte fantástica, quer em termos de organização, quer por termos funcionado como uma equipa, na verdadeira acepção da palavra. Na etapa complementar mostrámos a mesma qualidade, mas falhámos muitos golos. Gerimos bem o jogo e a vantagem”, analisou.
Para o Seleccionador Nacional, este foi “um primeiro passo de muita qualidade”. “Acredito que vamos crescer ainda mais durante a competição, até porque estas jogadoras querem sempre aprender mais”, prosseguiu.
Sobre a partida de amanhã, com o Brasil, Jorge Braz antevê dificuldades acrescidas. “Acredito que vai ser um excelente jogo e que nos vai permitir evoluír mais. Será, certamente, um encontro com outro tipo de intensidade e maior pressão. Mas a nossa ideia global, neste Torneio Mundial, é a de nos preocuparmos fundamentalmente connosco, com aquilo que temos de fazer e em expressar a nossa qualidade e organização”, concluiu.
 
Jogo com “canarinhas” na terça-feira
A Selecção Nacional de Futsal Feminina volta a jogar amanhã (terça-feira), pelas 18h30, em Alcobendas (Espanha), diante da poderosa formação do Brasil, na segunda jornada do Torneio Mundial.
 
 
Ficha de Jogo
Torneio Mundial de Futsal Feminino.
Pavilhão “José Caballero”, em Alcobendas (Espanha).


Árbitros: Roberto Marin, Francisco Diaz e Marcelino Sierra (Espanha).
Cronometrista: Fernando Lumbreras (Espanha).
 
Tailândia 0-5 Portugal (0-4, ao intervalo).
 
TAILÂNDIA: Pannipa Juijaroen, Wanaporn Kasaysi, Hataichnok Tappakun, Siranya Srimanee e Sasicha Phothiwong.
Jogaram ainda: Orathai Srimanee, Jiraprpa Tupsuri e Prapasporn Srimanee.
Treinador: Pulpis (Jose Maria Méndez).
Golos: Nada a assinalar.
Disciplina: Nada a assinalar.

PORTUGAL: Ana Pereira, Inês Fernandes, Rita Martins (cap.), Ana Azevedo e Daniela Ferreira.
Jogaram ainda: Sofia Vieira, Catarina Silva, Daniela Ribeiro, Mara Vieira, Sofia Ferreira, Sónia Coelho, Patrícia Magalhães, Maria Martins e Natalina Silva.
Treinador: Jorge Braz.
Golos: Inês Fernandes (2’ e 3’), Sofia Vieira (6’ e 25’), Rita Martins (13’).
Disciplina: Cartão amarelo exibido a Sofia Vieira (6’).


www.fpf.pt


Portugal vs Brasil

Citar
Segundos finais fatais

Doze segundos separaram a Selecção Nacional de Futsal Feminina da vitória, no jogo desta terça-feira, referente à segunda jornada do Torneio Mundial, que está a decorrer em Alcobendas (Espanha).
 Dado como favorito para o encontro, o Brasil beneficiou nos últimos instantes do encontro de uma grande penalidade “fantasma” – um violento remate à “queima-roupa” embateu na mão de uma jogadora lusa – para chegar à igualdade (2-2), num jogo em que teve mais posse de bola, mas no qual encontrou uma Selecção portuguesa coesa, eficaz e com enorme espírito de entreajuda.
 
Rita Martins (13’) e Maria Martins (39’) apontaram os tentos lusos.
 
Marecíamos a vitória

O Seleccionador Nacional, Jorge Braz, estava inconformado no final da partida com as “canarinhas”, mas muito satisfeito com a prestação das suas atletas. “Demos, esta terça-feira, mais um passo importante no crescimento desta equipa. Tivemos um enorme sentido de organização, uma grande solidariedade e fomos eficazes. É certo que o Brasil teve mais posse de bola e poder ofensivo, mas Portugal foi competente e mostrou qualidade”, referiu, em declarações ao fpf.pt.
 Jorge Braz não evitou, no entanto, a crítica à arbitragem. “Tinhamos tudo para vencer, mas uma decisão precipitada da equipa de arbitragem – que transformou um lance fortuito de bola-na-mão numa grande penalidade –, evitou que conquistássemos os três pontos”, explicou, lançando outro lamento: “na última jornada, em que Portugal e Brasil partem em igualdade pontual, a organização não teve o cuidado de realizar os dois jogos à mesma hora. Assim, as brasileiras vão começar a partida com a Tailândia a saberem exactamente o que precisam de fazer para chegar ao primeiro lugar do grupo. Cada vez mais me convenço que não conseguimos encontrar em lado algum organizações como as que temos em Portugal”, sublinhou.
 Para a partida de amanhã (quarta-feira), diante da Venezuela, o responsável técnico luso diz que a nossa Selecção “só tem de se preocupar em patentear a mesma qualidade”. “Vamos enfrentar uma equipa que tem enorme disponibilidade física e que, certamente, vai complicar a nossa tarefa. Apenas estamos preocupados em voltar a mostrar qualidade, organização e deixar uma boa imagem. Quando os objectivos formativos são atingidos, as vitórias ficam mais fáceis de alcançar”, rematou.

Ficha de Jogo
Torneio Mundial de Futsal Feminino.
Pavilhão “José Caballero”, em Alcobendas (Espanha).

 
Árbitros: Roberto Marin, Francisco Diaz e Marcelino Sierra (Espanha).
Cronomerista: Fernando Lumbreras (Espanha).
 
Portugal 2-2 Brasil (1-1, ao intervalo).
 
PORTUGAL: Ana Pereira, Inês Fernandes, Rita Martins (cap.), Ana Azevedo e Daniela Ferreira.
Jogaram ainda: Patricia Magalhães, Sonia Coelho, Catarina Silva, Maria Martins e Sofia Vieira.
Treinador: Jorge Braz.
Golos: Rita Martins (13’) e Maria Martins (39’).
Disciplina: Nada a assinalar.
 
BRASIL:Jozi, Vanessa, Marcela, Lú e Valéria.
Jogaram ainda: Cilene, Neguinha, Jessika, Ju Delgado, Marcela e Taty.
Treinador: Vander Iacovino.
Golos: Jessika (10’) e Vanessa (40’).
Disciplina: Nada a assinalar.

www.fpf.pt

Portugal vs Venezuela

Citar
Meias-finais garantidas

 
A Selecção Nacional de Futsal Feminina cumpriu, esta quarta-feira, o primeiro grande objectivo desportivo da sua participação no Torneio Mundial, ao garantir a presença nas meias-finais da competição, depois de vencer a Venezuela, por 2-1, na terceira jornada do Grupo A.
As comandadas de Jorge Braz fizeram o jogo menos conseguido da prova, mas ainda assim foram amplamente superiores ao adversário e acabaram por pecar na finalização, tal a quantidade de golos desperdiçados.
 Rita Martins colocou (5’), de cabeça, a Equipa das Quinas na frente do marcador, diante de uma Venezuela que ainda sonhava, remotamente, em chegar às meias-finais. A formação sul-americana não baixou os braços e foi premiada com o golo da igualdade, aos 14 minutos, por intermédio de Roxana Rodriguez. Portugal não acusou, no entanto, o tento venezuelano e continuou a “mandar” no jogo, tendo enviado, até ao intervalo, duas bolas aos postes adversários.
 Na etapa complementar, as premissas da partida mantiveram-se e a capitã lusa, Rita Martins, voltou a adiantar a Equipa das Quinas no marcador (26’), com um grande golo, que fixou o resultado final.
 
“Resultado curto”
Para o Seleccionador Nacional o mais importante foi garantido. “É verdade que hoje não estivemos tão bem como nas partidas anteriores. Falhámos muitos golos e tivemos alguns momentos de desorganização, mas penso que o resultado acaba por ser curto face à superioridade que pantenteámos”, explicou, em declarações ao fpf.pt.
 “O principal objectivo está alcançado – chegar às meias-finais – e, agora, vamos já trabalhar tendo em vista o próximo adversário, a Espanha. Vamos ter um dia de descanso, que servirá para a recuperação física das atletas, para reflectirmos e analisarmos o que foi feito até aqui e, também, para desanuviarmos um pouco da pressão dos jogos. Estamos confiantes na nossa qualidade e vamos lutar até ao fim pela presença na final”, concluiu.
 
Brasil e Espanha vencem grupos
Como já se antevia face aos últimos resultados, o Brasil (Grupo A) e a Espanha (Grupo B) terminaram esta primeira fase na liderança dos respectivos grupos. As “canarinhas”, que esta quarta-feira venceram a Tailândia por 14-0, terminaram em igualdade pontual com Portugal, beneficiando da melhor diferença entre golos marcados e sofridos. Já as espanholas, terminaram a primeira fase da competição cem por cento vitoriosas, depois de hoje terem derrotado o Japão por 6-1.

 
Ficha de Jogo
Torneio Mundial de Futsal Feminino.
Pavilhão “José Caballero”, em Alcobendas (Espanha).


Árbitros: Blázquez Sierra e Peña Diaz (Espanha).
 
Venezuela 1-2 Portugal (1-1, ao intervalo).
 
VENEZUELA: Maryuri; Bárbara, Heide, Helianny e Karla Romero.
Jogaram ainda: Yeseyda Valera, Roxana Rodríguez, Yaritza Pereaza e Yuceilys Camargo.
Treinadora: Milagro Infante.
Golos: Roxana Rodriguez (14’).
Disciplina: Nada a assinalar.

PORTUGAL: Ana Pereira; Inês Fernandes, Rita Martins, Daniela Ferreira e Ana Azevedo.
Jogaram ainda: Sofia Vieira, Sónia Coelho, Maria Martins, Maria Vieira, Catarina Silva e Patrícia Magalhães.
Treinador: Jorge Braz.
Golos: Rita Martins (5’ e 26’)


www.fpf.pt


Meia Final - Portugal vs Espanha

Citar
Portugal na final
 
Com uma exibição de grande categoria, a Selecção Nacional de Futsal Feminina garantiu, esta sexta-feira, a presença na final da Taça Mundial, depois de vencer a anfitriã, Espanha, por 4-3, num encontro de emoções fortes. No jogo decisivo, Portugal vai encontrar o Brasil – que levou a melhor sobre a Rússia, por 4-0 – em Alcobendas, pelas 15h30 (hora de Portugal Continental).
 Entrando muito bem na partida, a Equipa das Quinas viu-se em vantagem, por 2-0, logo aos quatro minutos, fruto de dois golos de rajada, da autoria de Inês Fernandes e Daniela Ferreira. As espanholas acusaram o toque, mas acabarm por reduzir, aos 15 minutos, por intermédio de Natalia.
Na etapa complementar, a Espanha tudo fez para empatar o jogo, mas sofreu um rude golpe quando Ana Azevedo (28') dilatou a vantagem lusa. Com mais posse de bola, as espanholas encontraram pela frente um conjunto luso inspirado, que com grande sentido colectivo foi anulando, com maior ou menor dificuldade, o ímpeto adversário.
Natalia (35') ainda deu esperanças a "nuestras hermanas", ma Rita Martins, a um minuto do final, resolveu o encontro, ainda que Sara Iturriaga tenha fixado o marcador, a 31 segundos do final.
 
“Prémio para Futsal Feminino Português”
Mal soou o último apito do jogo, a comitiva lusa fez a festa da qualificação para a final do Torneio Mundial. Feliz, mas sereno, Jorge Braz endereçou as primeiras palavras a todos quantos lutam pelo Futsal Feminino em Portugal. “Mais importante do que dissecar o jogo, penso que neste momento devo dirigir uma palavra de incentivo e agradecimento a todos quantos trabalham em prol do Futsal Feminino no nosso País. Num momento em que a Selecção retoma actividade, este resultado acaba por representar um prémio para o Futsal Feminino Português”, explicou.
Sobre o encontro, o Seleccionador Nacional elogiou o espírito de entreajuda patenteado pelas suas atletas. “Foram verdadeiramente fantásticas. Quando se tem a qualidade que elas demonstram e, ainda, se joga com um enorme espírito solidário e organização, então os sucessos aparecem. Defendemos bem e soubemos jogar com as nossas armas. Sabíamos que as espanholas são mais competitivas – fruto da maior intensidade das suas competições nacionais – mas acredito que as nossas jogadoras têm mais qualidade individual e isso veio, hoje, ao de cima”, prosseguiu.
Quanto à partida com as “canarinhas”, o responsável técncio luso espera “um jogo idêntico ao primeiro”, quando as duas formações empataram a duas bolas, com o Brasil a chegar à igualdade a doze segundos do fim, na transformação de uma grande penalidade. “Tivemos um grande desgaste físico na partida desta noite, mas tenho a certeza que as nossas jogadoras não vão sentir isso amanhã. Vão querer fazer mais e estarão com todo o empenho e vontade de vencer”, conclui.

Ficha do Jogo
Meia-final do Torneio Mundial.
Pavilhão José Caballero, em Alcobendas (Espanha).


Árbitros: Lilla Perepatics (Hungria) e Danjel Janosevic (Croácia).
Espanha 3-4 Portugal (1-2, ao intervalo).

ESPANHA: Vanessa; Patri Chamorro, Sara Moreno, Bea Martín e Anita Luján.
Jogaram ainda: Ampi, Txitxo, Laura Fernández, Sara Iturriaga, Claudia Pons, Natalia, Alicia e Patri Jornet.
Treinador: José Venancio López.
Golos: Natália (15' e 35') e Sara Iturriaga (40')
Disciplina: Cartão amarelo exibido a Amparo e Sara Moreno.

PORTUGAL: Ana Pereira; Inês Fernandes, Rita Martins, Ana Azevedo e Daniela Ferreira.
Jogaram ainda: Sofía Vieira, Maria Martins, Sofia Ferreira, Patrícia Magalhães, Catarina Silva e Sónia Coelho.
Treinador: Jorge Braz.
Golos: Inês Fernandes (4'), Daniela Ferreira (4'), Ana Azevedo (28') e Rita Martins (39').
Disciplina: Cartão amarelo exibido a Ana Azevedo

www.fpf.pt
« Última modificação: Dezembro 10, 2010, 23:56 por SCasanova » Registado

O Sporting Clube de Portugal não se resume a uma paixão por um símbolo desenhado numa camisola. É uma religião, uma ideologia, uma forma de vida!
Re: Futebol Feminino , « Resposta #67 em: Dezembro 07, 2010, 23:16 »


SVPERBIA : HONORA : FIDELITAS


*
Veterano

Condecorações:Melhor Assinatura 2010


Mensagens: 15481
Idade: 27
Localidade: Vialonga [91.069]
Masculino

WWW
Que pena!  Sad

Ter vencido o Brasil seria excelente para as nossas lusas, no entanto deu para ver que as Brasileiras chegaram ao empate através de um lance bastante polémico, sempre em prejuízo do "zé povinho do costume".

Excelente prestação no jogo anterior frente à Tailândia.  Positivo!
O 4º golo é uma jogada fenomenal!
« Última modificação: Dezembro 07, 2010, 23:18 por Assenzaforzata » Registado

Re: Futebol Feminino , « Resposta #68 em: Dezembro 10, 2010, 21:16 »



*

Mensagens: 24296
Feminino


Citar
Rita Martins: «Queremos fazer história»
Sonha bater Espanha e ir à final do Torneio Mundial


A final do último Campeonato da Europa, em janeiro, na Hungria, frente à Espanha, ainda não foi esquecida pelos portugueses e hoje a honra nacional será defendida por um grupo de aguerridas mulheres que querem acabar de vez com a malapata espanhola. É às 19 horas, nos arredores de Madrid, que o duelo ibérico irá definir uma das finalistas da 1.º Torneio Mundial de futsal feminino. A capitã nacional, Rita Martins, garante que não haverá tempo para tréguas.

“O que se passou no Europeu é muito comentado aqui, pois o nosso treinador, Jorge Braz, fazia parte da equipa técnica. Temos uma grande vontade de ganhar. Queremos fazer história no futsal português. Espanha é uma espinha encravada, o que para nós é mais uma motivação”, refere, sublinhando que conhecem bem as adversárias.

A polivalente, de 31 anos, está há 6 anos no Benfica e integrou a Seleção Nacional antes da sua extinção. Rita acaba por ser a mais experiente, num grupo com algumas estreantes. O duelo com as canarinhas acabou por ser o tónico que faltava para elevar a auto estima nacional. “O jogo com o Brasil [terminou empatado 2-2] deu-nos confiança e consciência do valor que temos. Esse jogo foi o passo que faltava”, sublinha a capitã, que já está habituada às vitórias, tendo vencido o título nacional sete vezes: pelo Lobitos (1997/98), Novos Talentos (2001/02) e no emblema da Luz (2004/05, 2005/06, 2006/07, 2007/08 e 2009/10).

O encontro pode ser visto em direto através do site www.futsalatv.com. Em Espanha terá honras televisivas.

www.record.pt


Citar
Portugal na final do Torneio Mundial
Seleção venceu duelo ibérico por 4-3


A Selecção feminina de futsal está na final do 1.º Torneio Mundial depois de bater a formação espanhola por 4-3.

Em Madrid, o favoritismo estava do lado das espanholas, mas Portugal, depois do empate frente ao Brasil, encheu-se de confiança e o resultado é a presença na final de sábado.

No 1º Torneio Mundial de futsal feminino só se vai falar português, já que Portugal irá medir forças com as jogadoras brasileiras na fina da competição. O Brasil venceu a Rússia na outra meia-final.

www.record.pt


E já fizemos história e amanhã vamos voltar a fazer  Positivo! Força Portugal ! Bater Palmas

Registado

O Sporting Clube de Portugal não se resume a uma paixão por um símbolo desenhado numa camisola. É uma religião, uma ideologia, uma forma de vida!
Re: Futebol Feminino , « Resposta #69 em: Dezembro 10, 2010, 21:21 »



*
Veterano

Mensagens: 6267
Idade: 22
Localidade: Parede
Masculino


Grande vitória contra a Espanha. Força Portugal ! Bater Palmas
Registado

Re: Futebol Feminino , « Resposta #70 em: Dezembro 10, 2010, 22:29 »


SVPERBIA : HONORA : FIDELITAS


*
Veterano

Condecorações:Melhor Assinatura 2010


Mensagens: 15481
Idade: 27
Localidade: Vialonga [91.069]
Masculino

WWW
Eu bem disse!! Fantástico!  Grin

Agora é para trazer o caneco!
Registado

Re: Futebol Feminino , « Resposta #71 em: Dezembro 10, 2010, 23:31 »



*

Mensagens: 24296
Feminino


Porque nós ( raparigas e mulheres ) também temos o mesmo direito que dos homens, temos o direito de pertencer a uma equipa, a um clube, a uma instituição. O direito de saber o que é ganhar 3 pontos, o que é a derrota, o que é saber ultrapassar um momento menos bom em Equipa! Partilhar bons e maus momentos, de saber que temos sem...pre alguém na bancada ou em outro lado qualquer a apoiar-nos! De ter o prazer, a honra de vestir a camisola da Nossa Selecção, de ter o PRAZER de estar numa final de um 1º Torneio Mundial de Futsal Feminino.
No fundo, de nos divertirmos, de fazermos aquilo que mais gostamos junto de uma das suas maiores paixões: a Bola!

Futsal Feminino é Paixão Bater Palmas
Registado

O Sporting Clube de Portugal não se resume a uma paixão por um símbolo desenhado numa camisola. É uma religião, uma ideologia, uma forma de vida!
Re: Futebol Feminino , « Resposta #72 em: Dezembro 10, 2010, 23:34 »


SVPERBIA : HONORA : FIDELITAS


*
Veterano

Condecorações:Melhor Assinatura 2010


Mensagens: 15481
Idade: 27
Localidade: Vialonga [91.069]
Masculino

WWW
Porque nós ( raparigas e mulheres ) também temos o mesmo direito que dos homens, temos o direito de pertencer a uma equipa, a um clube, a uma instituição. O direito de saber o que é ganhar 3 pontos, o que é a derrota, o que é saber ultrapassar um momento menos bom em Equipa! Partilhar bons e maus momentos, de saber que temos sem...pre alguém na bancada ou em outro lado qualquer a apoiar-nos! De ter o prazer, a honra de vestir a camisola da Nossa Selecção, de ter o PRAZER de estar numa final de um 1º Torneio Mundial de Futsal Feminino.
No fundo, de nos divertirmos, de fazermos aquilo que mais gostamos junto de uma das suas maiores paixões: a Bola!

Futsal Feminino é Paixão Bater Palmas

Amén!

Longa vida ao Futsal Feminino.
Registado

Re: Futebol Feminino , « Resposta #73 em: Dezembro 11, 2010, 15:55 »



*

Mensagens: 24296
Feminino




Registado

O Sporting Clube de Portugal não se resume a uma paixão por um símbolo desenhado numa camisola. É uma religião, uma ideologia, uma forma de vida!
Re: Futebol Feminino , « Resposta #74 em: Janeiro 02, 2011, 05:03 »


Verde (ê) (latim Viridis, -e)


*
Veterano

Mensagens: 6910
Masculino


Equipa feminina do 1.º Dezembro em dificuldades financeiras

Por Paulo Veríssimo

A equipa feminina do 1.º de Dezembro vive, de longe, a pior fase de sempre no aspecto financeiro. Segundo o treinador Nuno Critóvão, ninguém recebeu ainda desde que a época começou (em Setembro) e até já foi cancelado um treino durante a semana, para não provocar mais gastos às atletas.

«Toda esta situação se deve à participação na UEFA Women's CUP [a Liga dos Campeões no futebol feminino]. Houve uma promessa de apoio, por parte da Câmara Municipal de Sintra, mas, na verdade, esse dinheiro ainda não chegou sequer ao clube. Consequentemente, e para podermos estar presente na competição, a AF Lisboa avançou com 10 mil euros e a Federação com 5 mil. Só que esses valores já foram gastos», explica o técnico campeão nacional.

E as consequências já se reflectem, segundo Nuno Cristóvão.
«Acabei por cancelar um dos treinos. Agora, só trabalhamos duas vezes por semana. A situação está insustentável. Não posso obrigar as raparigas a fazerem 200 quilómetros para se treinarem e não receberem. E algumas só vão quando têm dinheiro para pôr gasolina no carro», conta.

O treinador salienta que, ao contrário do que se anda a dizer no meio, «não houve incompetência na gestão das verbas».

O 1.º de Dezembro é a melhor equipa de futebol feminino dos últimos anos. Já conta com 93 jogos sem perder e 53 vitórias consecutivas*. Neste momento lidera o campeonato destacada.


in A Bola

12:25 - 28-11-2010 - http://www.abola.pt/nnh/ver.aspx?id=234470

* Hoje os números já são de 100 jogos sem perder e 60 vitórias consecutivas no Campeonato Nacional.
Registado

Re: Futebol Feminino , « Resposta #75 em: Janeiro 02, 2011, 10:03 »



*
Veterano

Mensagens: 9613
Localidade: Lisboa
Masculino


Equipa feminina do 1.º Dezembro em dificuldades financeiras

Por Paulo Veríssimo

A equipa feminina do 1.º de Dezembro vive, de longe, a pior fase de sempre no aspecto financeiro. Segundo o treinador Nuno Critóvão, ninguém recebeu ainda desde que a época começou (em Setembro) e até já foi cancelado um treino durante a semana, para não provocar mais gastos às atletas.

«Toda esta situação se deve à participação na UEFA Women's CUP [a Liga dos Campeões no futebol feminino]. Houve uma promessa de apoio, por parte da Câmara Municipal de Sintra, mas, na verdade, esse dinheiro ainda não chegou sequer ao clube. Consequentemente, e para podermos estar presente na competição, a AF Lisboa avançou com 10 mil euros e a Federação com 5 mil. Só que esses valores já foram gastos», explica o técnico campeão nacional.

E as consequências já se reflectem, segundo Nuno Cristóvão.
«Acabei por cancelar um dos treinos. Agora, só trabalhamos duas vezes por semana. A situação está insustentável. Não posso obrigar as raparigas a fazerem 200 quilómetros para se treinarem e não receberem. E algumas só vão quando têm dinheiro para pôr gasolina no carro», conta.

O treinador salienta que, ao contrário do que se anda a dizer no meio, «não houve incompetência na gestão das verbas».

O 1.º de Dezembro é a melhor equipa de futebol feminino dos últimos anos. Já conta com 93 jogos sem perder e 53 vitórias consecutivas*. Neste momento lidera o campeonato destacada.


in A Bola

12:25 - 28-11-2010 - http://www.abola.pt/nnh/ver.aspx?id=234470

* Hoje os números já são de 100 jogos sem perder e 60 vitórias consecutivas no Campeonato Nacional.


Se arranjassem um patrocinador bem que podia ser a nossa equipa feminina  Assobiar
Registado

In · Hoc · Signo · Vinces
Re: Futebol Feminino , « Resposta #76 em: Janeiro 02, 2011, 13:22 »



*

Mensagens: 24296
Feminino


É uma autêntica vergonha.

Sem duvida, o Sporting podia perfeitamente pegar nisto.
Registado

O Sporting Clube de Portugal não se resume a uma paixão por um símbolo desenhado numa camisola. É uma religião, uma ideologia, uma forma de vida!
Re: Futebol Feminino , « Resposta #77 em: Janeiro 02, 2011, 16:04 »


SVPERBIA : HONORA : FIDELITAS


*
Veterano

Condecorações:Melhor Assinatura 2010


Mensagens: 15481
Idade: 27
Localidade: Vialonga [91.069]
Masculino

WWW
É uma pena a melhor equipa nacional andar com estas dificuldades extremas.

E concordo que seja um projecto interessante para o Sporting, o Futebol Feminino já tem bastante qualidade.
Registado

Re: Futebol Feminino , « Resposta #78 em: Janeiro 02, 2011, 23:02 »


Verde (ê) (latim Viridis, -e)


*
Veterano

Mensagens: 6910
Masculino


15.000 € é um valor ridículo no mundo do futebol... masculino.

Estamos a falar de 3 mil contos. É normal que seja muito para uma colectividade como o 1º de Dezembro.

Então mas onde é que andam os mecenas do nosso desporto? Sr. Madail, 15.000€ dá para pagar uma reunião com o amigo Villar? viagens, hotel 5 estrelas, caviar, whisky de 25 anos... É um bocado pouco não é, seu lambazão? E o amigalhaço Amândio ficava na pensão, não?

Desportos mediáticos = Podridão obscena.
Registado

Re: Futebol Feminino , « Resposta #79 em: Janeiro 05, 2011, 18:41 »



*

Mensagens: 24296
Feminino


Desportos mediáticos = Podridão obscena.

Isso explica tudo. É simplesmente vergonhoso que a FPF não se preocupe minimamente com isto.



Registado

O Sporting Clube de Portugal não se resume a uma paixão por um símbolo desenhado numa camisola. É uma religião, uma ideologia, uma forma de vida!
Gosta deste tópico? Partilhe-o:
Páginas: « anterior 1 2 3 [4] 5 6 ... 21 seguinte » Ir para o topo Imprimir
Fórum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal Assuntos Desportivos Futebol de Outras Equipas e Selecções (Moderadores: Angel Lion, Stunner) Tópico:

Futebol Feminino

« tópico anterior seguinte »
Ir para:

Powered by SMF 1.1.19 | SMF © 2011, Simple Machines
Tema SMFone modificado por Avantix e Paracelsus.
Optimizado para o Mozilla Firefox na resolução 1024 x 768.
© 2004 - 2010 | Fórum SCP | Alguns Direitos Reservados
Fórum não-oficial do Sporting Clube de Portugal

Ajuda | | Sitemap | Política de Privacidade