"Qu'est-ce qu'il se passe, Lacombe?"

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Este era o inacreditável título de uma notícia de "O jogo" da semana passada, assinada por um tal Carlos Lopes.

Se os jornalistas de hoje em dia mal sabem escrever Português, como é que se pôem a querer escrever Francês, e metem uma argolada numa frase tão básica? :evil:
Saudades do futuro.
Citação de: "miguel"
:shock:

Agora peço um esclarecimento: sempre pensei que a construção correcta fosse "qu'est-ce qui se passe". Fiz uma busca no Yahoo.fr e encontrei a outra construção mas parece-me incorrecta. Poderia dizer-se (de forma rebuscada) "Se passe-t-il quelque chose?", por exemplo. Estou certo ou estou errado?
Saudades do futuro.
A construção "qu'est-ce qu'il se passe" não é nada correcta. Deve dizer-se "qu'est-ce qui se passe", a palavra "qui" refere-se a "qu'", daí não precisarmos da palavra "il". Para ter a certeza disso, basta falar por msn ou por sms : pode escrever-se "keskispass ?"

Uma outra maneira de dizer isso é :"il se passe quoi ?"

Quanto à frase "se passe-t-il quelque chose", é correcta, mas é muuuuito rebuscada, como disseste justamente, e nunca se ouve em francês.

Tou-me a lembrar de há uns anos atrás, uma publicidade que aparecia muitas vezes no site do Record. Era para um curso de francês num instituto de línguas etc. Em 3 frases escritas em francês, apareciam 5 ou 6 erros de gramática ou ortográficos. Mas não me lembro dos erros em si, infelizmente. Dava mesmo para rir.
Citação de: "miguel"
Tou-me a lembrar de há uns anos atrás, uma publicidade que aparecia muitas vezes no site do Record. Era para um curso de francês num instituto de línguas etc. Em 3 frases escritas em francês, apareciam 5 ou 6 erros de gramática ou ortográficos. Mas não me lembro dos erros em si, infelizmente. Dava mesmo para rir.

Também me lembro disso. E mesmo em Inglês, também davam erros! Uma escola de línguas a dar erros em línguas, absolutamente patético.

A minha busca na Internet então só me permite concluir que o insucesso escolar também chega aí. :wink:
Saudades do futuro.
Citação de: "Angel Lion"
A minha busca na Internet então só me permite concluir que o insucesso escolar também chega aí. :wink:
Pelo que vejo nos fóruns, acho que os franceses têm muito mais dificuldades em escrever o francês que os portugueses o português. Se calhar por ser mais irregular, não sei ...
Citação de: "miguel"
Pelo que vejo nos fóruns, acho que os franceses têm muito mais dificuldades em escrever o francês que os portugueses o português. Se calhar por ser mais irregular, não sei ...

Estudei Francês 8 anos, mas acho que já me esqueci de mais de metade dos verbos em Passé Simple e derivados (há o Passé Composé e mais dois). Porque é que não abolem esses verbos?
Saudades do futuro.
Citação de: "Angel Lion"
Estudei Francês 8 anos, mas acho que já me esqueci de mais de metade dos verbos em Passé Simple e derivados (há o Passé Composé e mais dois). Porque é que não abolem esses verbos?
fazem parte do tesoiro que é a língua francesa  :wink:
mas se é só para falar, com o passé composé, já tens o que necessitas, o resto é só para a literatura ...  :wink:

não esqueceste tanta coisa, ainda és capaz de reparar os erros de gramática  :wink:
Citação de: "miguel"
mas se é só para falar, com o passé composé, já tens o que necessitas, o resto é só para a literatura ...  :wink:

Não era o passé composé que eu queria dizer: para além do Passé Simple há mais 3 verbos esquesitóides, incluindo o Passé Plus que Parfait, e outros 2, sendo que 2 dos 4 são verbos compostos, pois utilizam gerúndios.

O Passé Simple ouve-se em certos documentários históricos (ex. no Canal Arte), e nos discursos do Chirac (e provavelmente de outros políticos).

O meu tempo favorito é contudo o Futur Proche - o tal que se conjuga de joelhos! :lol:
Saudades do futuro.
Another day, another idiot...
Citação de: "Angel Lion"
Não era o passé composé que eu queria dizer: para além do Passé Simple há mais 3 verbos esquesitóides, incluindo o Passé Plus que Parfait, e outros 2, sendo que 2 dos 4 são verbos compostos, pois utilizam gerúndios.
verbos ou tempos ? já não percebo (pois, bebi muito, acabo de regressar à casa, já não estou no meu estado normal, mas mesmo assim ...  :lol: )

Citar
O Passé Simple ouve-se em certos documentários históricos (ex. no Canal Arte), e nos discursos do Chirac (e provavelmente de outros políticos).
pois, ouvir o Chirac a falar é uma das provas mais difíceis que haja em França ...  :lol:

Citar
O meu tempo favorito é contudo o Futur Proche - o tal que se conjuga de joelhos! :lol:
queres falar do futur antérieur ? ou falas mesmo do futur proche, que é apenas "ir + verbo infinitivo" ?

olha k se precisares de uma ajudinha, cá estou eu  :wink:
Sobre este assunto encontrei um "site" interessante:

www.leconjugueur.com

Os tempos de verbos esquesitóides a que eu me referia eram:

Passé Simple
Passé Antérieur
Subjonctif Imparfait
Subjonctif Plus-que-parfait

Francamente já não me lembro se aprendi o Conditionnel Passé Deuxième Forme, é natural que em 8 anos tenha falado no assunto.

Pelo que me dizem (pois só conheço meia dúzia de palavras) as conjugações do Alemão conseguem ser ainda mais difíceis que as do Francês.
Saudades do futuro.
Angel, devias ter uma aulita de Francês, no 1º ano, como eu tive na faculdade pa veres como era fácil conjugá-los em menos de 5 minutos! ERA ERA! :wink:

Tinhas de conjugar 10 verbos de seguida pa veres o que era bom. :lol:

Às vezes, a prof não repetia, era lixado.
De todos os tempos que mencionaste, angel, nenhum é usado habitualmente. Só na escrita literária. O subjonctif imparfait é apenas o equivalente ao "tivesse, tivesses, tivesse, tivéssemos etc. Mas nunca é utilizado. Na prática, continuamos a utilizar o subjonctif présent, mesmo qdo o resto da frase está no imparfait ou no passé composé.

De qq das formas, com algum treino, vais ver que é fácil.
Eu tive tb 8 anos de Francês, e profissionalmente falo umas boas 3 horas diárias nessa lingua, mas lembrar-me que tempos estou a utlizar é coisa que ja nem me passa pela cabeça-

Tal como em inglês e espanhol que constituem mais umas 4 horas diarias, tb nao me lembro desses pormenores, ja e mecanico...

Alias, pensando bem, ha certos tempos em portugues cujos quais tb n me lembro, estou a ficar esclerosado  :shock:  :x
Another day, another idiot...
Hoje em dia na escolla ja so aprendemos frances por opçao (fora os tres anos que sao obrigatorios) e como é obvio nesses tres anos aprendemos o basico e pouco mais. Como tal falar comigo em frances é o mesmo que falar para o boneco  :?

Eu ate sou capaz de perceber, agora falar é quase impossivel...para piorar a minha professora teve duas vezes sem la ir durante muito tempo e apanhamos com outra, o que dificultou mais as coisas...

Eu na altura ate sabia escrever um texto (frases limitadas mas escrevia), agora passados tres anos sem praticar nem isso!

Ler um texto que nao seja muito dificil sou capaz de perceber as ideias basicas.

Com isto quero dizer que o frances esta a ficar de lado, e dentro de uns 20 anos raras serao as pessoas que saibam falar frances (a menos que a situaçao mude)
"A 18 de Julho de 1911, os jogadores do Sporting recusaram-se a entrar em campo para defrontar a equipa do Benfica, alegando que estes não eram dignos de pisar as suas instalações"

Esforço, Dedicação, Devoção e Glória. Eis o Sporting!
Citação de: "Angel Lion"

Pelo que me dizem (pois só conheço meia dúzia de palavras) as conjugações do Alemão conseguem ser ainda mais difíceis que as do Francês.

Muito mais difíceis mesmo, podes acreditar! Aliás, nem há comparação possível... Mas um dia se quiseres falamos sobre isso, hehe. :wink:
Citação de: "Felina"
Citação de: "Angel Lion"

Pelo que me dizem (pois só conheço meia dúzia de palavras) as conjugações do Alemão conseguem ser ainda mais difíceis que as do Francês.

Muito mais difíceis mesmo, podes acreditar! Aliás, nem há comparação possível... Mas um dia se quiseres falamos sobre isso, hehe. :wink:
O alemão é extremamente difícil, os franceses têm inúmeras dificuldades em aprender essa língua. (qto ao português, acham a pronúncia impossível de aprender)
Vi agora mesmo a versão francesa do site rtp.pt. é erro de francês atrás de erro de francês. há mta coisa a mudar, não sei como é que ensinam a língua de Molière por aí, mas o resultado naquele site é catastrófico ...