Votação

Como avalia a prestação da Selecção Nacional?

Muito boa
3 (1.6%)
Boa
2 (1%)
Razoável
56 (29.3%)
93 (48.7%)
Péssima
37 (19.4%)

Votos totais: 179

[Mundial 2010] A Selecção Nacional

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Julho 10, 2010, 22:30 pm
Estou a ver a entrevista ao queiroz na RTP N... e o gajo não assume culpa alguma! Ou é da federação, dos jogadores, do relvado, do vento, das nuvens... ele não tem culpa! Que nojo. Cínico de trampa.
***** Julho 10, 2010, 22:38 pm
Somos os menos humildes em tudo! que vergonha!
Julho 10, 2010, 23:31 pm
Se quiserem ver o homem a ser saco de porrada, é ouvir a Sic Notícias. O amigo de há 20 anos está lá a falar dele...
Julho 10, 2010, 23:38 pm
Eia pá. Ribeiro Cristovão e Jorge Batista a zurzirem no CQ, a responsabilizarem também a FPF do prejuízo financeiro que vai ser esta campanha no Mundial.
Julho 11, 2010, 09:53 am
Eu estive a ver a entrevista do CQ à Rtpn e depois entusiasmei-me com o mundial, o Carvalhal, o Lobo e o saudoso Luís Campos.

CQ esteve a tentar justificar-se.
Não restam grandes dúvidas que aplicou a expressão estrutura amadora para falar da Fpf. Sem nunca o confirmar, a forma como fala é própria de quem sabe o que falou, porque o pensa.
Para CQ estrutura amadora não é o mesmo que amadorismo. Nem era necessário vincar essa diferença, porque qualquer criança de 11 anos a consegue fazer.
E a estrutura amadora parece mesmo aplicar-se aos médicos. E CQ quer mudanças neste particular.
Só não percebo como é que não as conseguiu em 2 anos, algo diferente de 2 dias, ainda para mais quando o foram buscar, podendo impor todas as condições e mais algumas, ainda para mais quando se tratava de um regresso a uma casa que bem conhecia e cuja porcaria em tempos quis limpar. Seguramente que se lembrou das condições financeiras, talvez as estruturais tenham ficado para 4º plano e, agora, é que vai ser.

Sobre CR, puxou dos galões. Foi ele que o treinou durante 4 anos, os anos de glória de CR, frisou. A meio lá titubeou que, para além dele, sir Alex também treinava CR. Mas ele, CQ, era como um pai, CR como um filho.
Por isso o problema, que existiu, vai ser sanado pelo pai.
Sobre esse assunto, portanto, dormi descansado.

Sobre a Espanha, a que o polvo atribui a vitória, recordou uma velha expressão de Xavi: desde os 15 anos que estamos a habituados a ganhar competições.
CQ puxou novamente dos galões. Há quase 2 décadas, a Espanha copiou o trabalho de CQ nas selecções jovens. O programa então implementado está agora a dar frutos no país vizinho.
Não sei o que é CQ fez nestes 2 anos nas selecções jovens. Eu ainda não vi nada de diferente relativamente ao período de socolari, ou seja, continuo a ver 0.
Mas posso andar distraído e, claro, CQ quer dizer que a bola está do lado de quem manda: se o mandarem agora embora, não vale a pena esperar 20 anos para ver os resultados, porque o "trabalho" foi interrompido...
« Última modificação: Julho 11, 2010, 09:57 am por farinha amparo »
Julho 11, 2010, 10:35 am
@ farinha amparo

Também estive a ver a entrevista e acho que o teu post diz tudo.

Segundo CQ, Portugal é pequeno demais para ter um selecionador/treinador como ele. Enfim, um José Mourinho sem as vitórias e a conta bancária gargantuosa.

Infere-se das suas palavras que, desde que saiu da estrutura federativa, tudo o que se fez em Portugal foi estragar o trabalho que ele fez durante anos e anos.

Como dizes e muito bem, 2 anos não são 2 dias. Afinal que mudanças é que ele já introduziu na estrutura federativa? Continuam lá os Agostinhos Oliveiras do costume que já lá andam há 50 mil anos.

CQ saiu da selecção a dizer que era preciso varrer muita porcaria da federação. Agora, passados 2 anos do regresso, não diz isso mas diz a mesma coisa.  :mrgreen:

Teria sido sábio da sua parte que quando regressou a um cargo e a uma casa que já havia conhecido, e sabendo o que a casa gasta em Portugal, viesse de vassoura às costas ou então de aspirador industrial para fazer uma limpeza e desinfestação de alto a baixo, não acham?
****** Julho 11, 2010, 14:11 pm
Gostei principalmente da parte em que ele diz que vai falar com Liedson e Carvalho porque eles já têm muitos anos de selecção. :rotfl: :rotfl:
“no small number of these whaling seamen belong to the Azores, where the outward bound Nantucket whalers frequently touch to augment their crews from the hardy peasants of those rocky shores.”
Herman Melville - Moby Dick
Julho 11, 2010, 14:22 pm
Teria sido sábio da sua parte que quando regressou a um cargo e a uma casa que já havia conhecido, e sabendo o que a casa gasta em Portugal, viesse de vassoura às costas ou então de aspirador industrial para fazer uma limpeza e desinfestação de alto a baixo, não acham?

Sabes que eu, que há uns 16 anos que não o suporto, até pensei que ele viesse nessa disposição?
Achando que o CQ só podia dar barraca e que seria sempre um fiasco, iludi-me: o homem é mau no banco, péssimo como treinador principal, mas, pensei, é bom a planear, a organizar e a estruturar. Alguma coisa de boa há-de ficar, mesmo que os jogos sejam de fugir.
O 1º jogo oficial, com a Dinamarca, demostrou que continuava péssimo no banco. Depois a qualificação começou a ficar tremida e foi mesmo à queima. O Mundial foi cinzento, só com golos marcados aos coreanos.
E as mudanças estruturais, onde ele é bom, népia. Até ele se queixa.
E como dizes, e bem, 2 anos não são 2 dias.
Falhanço total, portanto.
***** Julho 11, 2010, 15:28 pm
Eu estive a ver a entrevista do CQ à Rtpn e depois entusiasmei-me com o mundial, o Carvalhal, o Lobo e o saudoso Luís Campos.

CQ esteve a tentar justificar-se.
Não restam grandes dúvidas que aplicou a expressão estrutura amadora para falar da Fpf. Sem nunca o confirmar, a forma como fala é própria de quem sabe o que falou, porque o pensa.
Para CQ estrutura amadora não é o mesmo que amadorismo. Nem era necessário vincar essa diferença, porque qualquer criança de 11 anos a consegue fazer.
E a estrutura amadora parece mesmo aplicar-se aos médicos. E CQ quer mudanças neste particular.
Só não percebo como é que não as conseguiu em 2 anos, algo diferente de 2 dias, ainda para mais quando o foram buscar, podendo impor todas as condições e mais algumas, ainda para mais quando se tratava de um regresso a uma casa que bem conhecia e cuja porcaria em tempos quis limpar. Seguramente que se lembrou das condições financeiras, talvez as estruturais tenham ficado para 4º plano e, agora, é que vai ser.

Sobre CR, puxou dos galões. Foi ele que o treinou durante 4 anos, os anos de glória de CR, frisou. A meio lá titubeou que, para além dele, sir Alex também treinava CR. Mas ele, CQ, era como um pai, CR como um filho.
Por isso o problema, que existiu, vai ser sanado pelo pai.
Sobre esse assunto, portanto, dormi descansado.

Sobre a Espanha, a que o polvo atribui a vitória, recordou uma velha expressão de Xavi: desde os 15 anos que estamos a habituados a ganhar competições.
CQ puxou novamente dos galões. Há quase 2 décadas, a Espanha copiou o trabalho de CQ nas selecções jovens. O programa então implementado está agora a dar frutos no país vizinho.
Não sei o que é CQ fez nestes 2 anos nas selecções jovens. Eu ainda não vi nada de diferente relativamente ao período de socolari, ou seja, continuo a ver 0.
Mas posso andar distraído e, claro, CQ quer dizer que a bola está do lado de quem manda: se o mandarem agora embora, não vale a pena esperar 20 anos para ver os resultados, porque o "trabalho" foi interrompido...

O que é que se pode dizer ele sofre de pura megalomania elevada ao ego , ou então acha-se um ser superior a todos os comuns mortais que habitam neste rectangulo à beira-mar plantado.

A culpa não é dele , a culpa é dos que estão na Federação , mas esses desde que o seu tacho se mantenha tudo bem , afinal o único critério que os levou a escolher este megalomano egomaníaco não mudou , que é a sua imagem , para atestar isso ouvi nas notícias ontem ou anteontem que saíu uma sondagem que a maior parte dos portugueses quer que ele continue , claro que nesta sondagem a maior parte não percebe nada de futebol onde se incluí o mulherio todo.
***** Julho 11, 2010, 23:01 pm
Epá, alguém está a ouvir o Rui Santos a falar na SIC?

Esta defesa do Queiroz já começa a meter nojo. Segundo Rui Santos, Queiroz é um anjo e os outros todos é que estão mal.

Incrível!
SPORTING CLUBE DE PORTUGAL - O NOSSO GRANDE AMOR!
***** Julho 11, 2010, 23:09 pm
Epá, alguém está a ouvir o Rui Santos a falar na SIC?

Esta defesa do Queiroz já começa a meter nojo. Segundo Rui Santos, Queiroz é um anjo e os outros todos é que estão mal.

Incrível!

O Rui Santos já têve algumas más posições , mas com esta é que caí no ridiculo.

** Julho 11, 2010, 23:18 pm
Mas voçês ainda perdem tempo a ouvir o lampião a falar :cartao:
Só diz mal do Sporting :cartao:
Saudações Leoninas
Argilvaia
leão...desde pequenino!...
****** Julho 12, 2010, 11:42 am
Epá, alguém está a ouvir o Rui Santos a falar na SIC?

Esta defesa do Queiroz já começa a meter nojo. Segundo Rui Santos, Queiroz é um anjo e os outros todos é que estão mal.

Incrível!

O Rui Santos já têve algumas más posições , mas com esta é que caí no ridiculo.




O Rui Santos sempre teve uma relação previligiada com CQ.
Foi a acompanhar as Selecções jovens na epoca do CQ que o RS começou na bosta.
Nao consegue esconder a sua amizade a CQ e com isso cai no ridiculo.

SL
Julho 12, 2010, 14:41 pm
De facto não há como desmentir que o Queiroz meteu água na África do Sul e que para ele e para a nossa selecção o ideal seria mesmo ele sair do lugar de seleccionador. Contrariamente à grande maioria aqui do Fórum eu até consigo encontrar grandes virtudes no trabalho do Carlos Queiroz só que ele infelizmente acaba por ser um pé frio tremendo, que não gosta muito de inventar tacticamente e que quando o faz tenta fazê-lo pelo seguro, sendo defensivo, e inevitavelmente acaba por dar trampa. Foi o caso do encontro contra a Espanha.

Da maneira que estão as coisas e da forma como os clubes portugueses (não) apostam nos jogadores nacionais o nosso futuro enquanto selecção tende a ser cada vez pior. É certo que aquela conversa do Queiroz do fazer o trabalho de preparar o futuro no sentido de "tirar o Figo da equipa, mete Ronaldo..."  no contexto actual apenas serve para engonhar. Mas infelizmente num futuro próximo teremos de ter efectuar um trabalho de base e nesse aspecto acho que o Queiroz até seria a pessoa indicada para o coordenar. Mas não como seleccionador... Neste momento o Queiroz serviria mais como pessoa directora, como alguém que pensasse todo o futebol e que fizesse a ponte entre os diversos escalões, em busca de uma continuada procura de alternativas para fornecer a equipa principal.

Para seleccionador nem acho que precisamos de alguém a tempo inteiro. Precisamos sim de alguém que seja um manhoso tacticamente e que apenas tenha preocupações em fazer as convocatórias e em formar uma equipa. Goste-se ou não dele, eu não me importava nada de ver lá o Mourinho mesmo que em part-time...
***** Julho 12, 2010, 15:09 pm
Defenderia a saída de Queiroz se falhasse a toda a linha.
Na minha opinião não falhou, passou no "grupo da morte" e foi eliminado pelo campeão do mundo. Tudo o resto, embora com erros e pudéssemos fazer melhor para contrariar o favoritismo espanhol, não são motivos para a demissão do seleccionador.

Curioso que não deixou de ser a nossa 3ª melhor pestação de sempre em Mundiais.

Serei o primeiro a exigir a saída dele se falhar a qualificação para o Euro 2012 por exemplo, mas demitir porque não se gosta do tipo não.
2h9m21s
***** Julho 12, 2010, 15:12 pm
De facto não há como desmentir que o Queiroz meteu água na África do Sul e que para ele e para a nossa selecção o ideal seria mesmo ele sair do lugar de seleccionador. Contrariamente à grande maioria aqui do Fórum eu até consigo encontrar grandes virtudes no trabalho do Carlos Queiroz só que ele infelizmente acaba por ser um pé frio tremendo, que não gosta muito de inventar tacticamente e que quando o faz tenta fazê-lo pelo seguro, sendo defensivo, e inevitavelmente acaba por dar trampa. Foi o caso do encontro contra a Espanha.

Da maneira que estão as coisas e da forma como os clubes portugueses (não) apostam nos jogadores nacionais o nosso futuro enquanto selecção tende a ser cada vez pior. É certo que aquela conversa do Queiroz do fazer o trabalho de preparar o futuro no sentido de "tirar o Figo da equipa, mete Ronaldo..."  no contexto actual apenas serve para engonhar. Mas infelizmente num futuro próximo teremos de ter efectuar um trabalho de base e nesse aspecto acho que o Queiroz até seria a pessoa indicada para o coordenar. Mas não como seleccionador... Neste momento o Queiroz serviria mais como pessoa directora, como alguém que pensasse todo o futebol e que fizesse a ponte entre os diversos escalões, em busca de uma continuada procura de alternativas para fornecer a equipa principal.

Para seleccionador nem acho que precisamos de alguém a tempo inteiro. Precisamos sim de alguém que seja um manhoso tacticamente e que apenas tenha preocupações em fazer as convocatórias e em formar uma equipa. Goste-se ou não dele, eu não me importava nada de ver lá o Mourinho mesmo que em part-time...

Qual o jogador inglês que ele ajudou a lançar no Manchester United ?

Até nisso acho que o Queiroz é um mito , em 89 e 91 , teve sorte de apanhar uma boa fornada dos clubes , sim porque não foi ele que os descobriu , depois juntou-os e durante meses deu-lhes um trabalho fisico que mais ninguem dava na altura , foi essa a chave de sucesso desses dois títulos mundiais de sub-20 , porque as outras equipas não trabalhavam as equipas nesse aspecto , previligiavam o desenvolvimento do talento natural dos jogadores.

Até o Berti Vogts seleccionador alemão das equipas jovens na altura veio criticar o Queiroz dizendo que ele estava a dar cabo dos jovens jogadores com tanta carga fisica.

Mesmo se o Queiroz tomasse conta desse departamento outra vez , a meu ver já não faria nada de especial , porque já não teria essa vantagem outra vez.
« Última modificação: Julho 12, 2010, 15:16 pm por Green Lion 1906 »
***** Julho 12, 2010, 15:14 pm
Defenderia a saída de Queiroz se falhasse a toda a linha.
Na minha opinião não falhou, passou no "grupo da morte" e foi eliminado pelo campeão do mundo. Tudo o resto, embora com erros e pudéssemos fazer melhor para contrariar o favoritismo espanhol, não são motivos para a demissão do seleccionador.

Curioso que não deixou de ser a nossa 3ª melhor pestação de sempre em Mundiais.

Serei o primeiro a exigir a saída dele se falhar a qualificação para o Euro 2012 por exemplo, mas demitir porque não se gosta do tipo não.

Mas achas que aqui alguem quer a demissão dele por não gostar dele , eu se não gosto dele é por ele ser incompetente , o que é uma razão forte para pedir a sua demissão.
Julho 12, 2010, 15:16 pm
De facto não há como desmentir que o Queiroz meteu água na África do Sul e que para ele e para a nossa selecção o ideal seria mesmo ele sair do lugar de seleccionador. Contrariamente à grande maioria aqui do Fórum eu até consigo encontrar grandes virtudes no trabalho do Carlos Queiroz só que ele infelizmente acaba por ser um pé frio tremendo, que não gosta muito de inventar tacticamente e que quando o faz tenta fazê-lo pelo seguro, sendo defensivo, e inevitavelmente acaba por dar trampa. Foi o caso do encontro contra a Espanha.

Da maneira que estão as coisas e da forma como os clubes portugueses (não) apostam nos jogadores nacionais o nosso futuro enquanto selecção tende a ser cada vez pior. É certo que aquela conversa do Queiroz do fazer o trabalho de preparar o futuro no sentido de "tirar o Figo da equipa, mete Ronaldo..."  no contexto actual apenas serve para engonhar. Mas infelizmente num futuro próximo teremos de ter efectuar um trabalho de base e nesse aspecto acho que o Queiroz até seria a pessoa indicada para o coordenar. Mas não como seleccionador... Neste momento o Queiroz serviria mais como pessoa directora, como alguém que pensasse todo o futebol e que fizesse a ponte entre os diversos escalões, em busca de uma continuada procura de alternativas para fornecer a equipa principal.

Para seleccionador nem acho que precisamos de alguém a tempo inteiro. Precisamos sim de alguém que seja um manhoso tacticamente e que apenas tenha preocupações em fazer as convocatórias e em formar uma equipa. Goste-se ou não dele, eu não me importava nada de ver lá o Mourinho mesmo que em part-time...

Qual o jogador inglês que ele ajudou a lançar no Manchester United ?

Até nisso acho que o Queiroz é um mito , em 89 e 91 , teve sorte de apanhar uma boa fornada dos clubes , sim porque não foi ele que os descobriu , depois juntou-os e durante meses deu-lhes um trabalho fisico que mais ninguem dava na altura , foi essa a chave de sucesso desses dois títulos mundiais de sub-20 , porque as outras equipas não trabalhavam as equipas nesse aspecto , previligiavam o talento.

Até o Berti Vogts seleccionador alemão das equipas jovens na altura veio criticar o Queiroz dizendo que ele estava a dar cabo dos jovens jogadores com tanta carga fisica.

Mesmo se o Queiroz tomasse conta desse departamento outra vez , a meu ver já não faria nada de especial , porque já não teria essa vantagem outra vez.

Não é bem assim.
Analisa e evolução que o Manchester teve desde quando ele lá entrou até que ele lá saiu. Colectiva e individualmente... Agora é evidente que ele tendo dinheiro na mão para poder gastar, é natural que possa ter atacado os jogadores jovens que achasse ter mais potencial! No entanto, o trabalho está lá e é justo reconhecê-lo...
***** Julho 12, 2010, 15:18 pm
De facto não há como desmentir que o Queiroz meteu água na África do Sul e que para ele e para a nossa selecção o ideal seria mesmo ele sair do lugar de seleccionador. Contrariamente à grande maioria aqui do Fórum eu até consigo encontrar grandes virtudes no trabalho do Carlos Queiroz só que ele infelizmente acaba por ser um pé frio tremendo, que não gosta muito de inventar tacticamente e que quando o faz tenta fazê-lo pelo seguro, sendo defensivo, e inevitavelmente acaba por dar trampa. Foi o caso do encontro contra a Espanha.

Da maneira que estão as coisas e da forma como os clubes portugueses (não) apostam nos jogadores nacionais o nosso futuro enquanto selecção tende a ser cada vez pior. É certo que aquela conversa do Queiroz do fazer o trabalho de preparar o futuro no sentido de "tirar o Figo da equipa, mete Ronaldo..."  no contexto actual apenas serve para engonhar. Mas infelizmente num futuro próximo teremos de ter efectuar um trabalho de base e nesse aspecto acho que o Queiroz até seria a pessoa indicada para o coordenar. Mas não como seleccionador... Neste momento o Queiroz serviria mais como pessoa directora, como alguém que pensasse todo o futebol e que fizesse a ponte entre os diversos escalões, em busca de uma continuada procura de alternativas para fornecer a equipa principal.

Para seleccionador nem acho que precisamos de alguém a tempo inteiro. Precisamos sim de alguém que seja um manhoso tacticamente e que apenas tenha preocupações em fazer as convocatórias e em formar uma equipa. Goste-se ou não dele, eu não me importava nada de ver lá o Mourinho mesmo que em part-time...

Qual o jogador inglês que ele ajudou a lançar no Manchester United ?

Até nisso acho que o Queiroz é um mito , em 89 e 91 , teve sorte de apanhar uma boa fornada dos clubes , sim porque não foi ele que os descobriu , depois juntou-os e durante meses deu-lhes um trabalho fisico que mais ninguem dava na altura , foi essa a chave de sucesso desses dois títulos mundiais de sub-20 , porque as outras equipas não trabalhavam as equipas nesse aspecto , previligiavam o talento.

Até o Berti Vogts seleccionador alemão das equipas jovens na altura veio criticar o Queiroz dizendo que ele estava a dar cabo dos jovens jogadores com tanta carga fisica.

Mesmo se o Queiroz tomasse conta desse departamento outra vez , a meu ver já não faria nada de especial , porque já não teria essa vantagem outra vez.

Não é bem assim.
Analisa e evolução que o Manchester teve desde quando ele lá entrou até que ele lá saiu. Colectiva e individualmente... Agora é evidente que ele tendo dinheiro na mão para poder gastar, é natural que possa ter atacado os jogadores jovens que achasse ter mais potencial! No entanto, o trabalho está lá e é justo reconhecê-lo...

Então , mas não dizes os jogadores jovens ingleses que ele lançou.  :D

Quanto ao trabalho colectivo não podemos esquecer o Fergusson.
« Última modificação: Julho 12, 2010, 15:20 pm por Green Lion 1906 »
Julho 12, 2010, 15:26 pm
De facto não há como desmentir que o Queiroz meteu água na África do Sul e que para ele e para a nossa selecção o ideal seria mesmo ele sair do lugar de seleccionador. Contrariamente à grande maioria aqui do Fórum eu até consigo encontrar grandes virtudes no trabalho do Carlos Queiroz só que ele infelizmente acaba por ser um pé frio tremendo, que não gosta muito de inventar tacticamente e que quando o faz tenta fazê-lo pelo seguro, sendo defensivo, e inevitavelmente acaba por dar trampa. Foi o caso do encontro contra a Espanha.

Da maneira que estão as coisas e da forma como os clubes portugueses (não) apostam nos jogadores nacionais o nosso futuro enquanto selecção tende a ser cada vez pior. É certo que aquela conversa do Queiroz do fazer o trabalho de preparar o futuro no sentido de "tirar o Figo da equipa, mete Ronaldo..."  no contexto actual apenas serve para engonhar. Mas infelizmente num futuro próximo teremos de ter efectuar um trabalho de base e nesse aspecto acho que o Queiroz até seria a pessoa indicada para o coordenar. Mas não como seleccionador... Neste momento o Queiroz serviria mais como pessoa directora, como alguém que pensasse todo o futebol e que fizesse a ponte entre os diversos escalões, em busca de uma continuada procura de alternativas para fornecer a equipa principal.

Para seleccionador nem acho que precisamos de alguém a tempo inteiro. Precisamos sim de alguém que seja um manhoso tacticamente e que apenas tenha preocupações em fazer as convocatórias e em formar uma equipa. Goste-se ou não dele, eu não me importava nada de ver lá o Mourinho mesmo que em part-time...

Qual o jogador inglês que ele ajudou a lançar no Manchester United ?

Até nisso acho que o Queiroz é um mito , em 89 e 91 , teve sorte de apanhar uma boa fornada dos clubes , sim porque não foi ele que os descobriu , depois juntou-os e durante meses deu-lhes um trabalho fisico que mais ninguem dava na altura , foi essa a chave de sucesso desses dois títulos mundiais de sub-20 , porque as outras equipas não trabalhavam as equipas nesse aspecto , previligiavam o talento.

Até o Berti Vogts seleccionador alemão das equipas jovens na altura veio criticar o Queiroz dizendo que ele estava a dar cabo dos jovens jogadores com tanta carga fisica.

Mesmo se o Queiroz tomasse conta desse departamento outra vez , a meu ver já não faria nada de especial , porque já não teria essa vantagem outra vez.

Não é bem assim.
Analisa e evolução que o Manchester teve desde quando ele lá entrou até que ele lá saiu. Colectiva e individualmente... Agora é evidente que ele tendo dinheiro na mão para poder gastar, é natural que possa ter atacado os jogadores jovens que achasse ter mais potencial! No entanto, o trabalho está lá e é justo reconhecê-lo...

Então , mas não dizes os jogadores jovens ingleses que ele lançou.  :D

O papel dele no Manchester não era "inglesar" a equipa. É certo que ainda assim aproveitou jogadores secundários como Fletcher, O'shea ou Evans mas esse não era o o objectivo. Ele estava lá a trabalhar para o Manchester e não para a selecção inglesa e nessa vertente é injusto não reconhecer o papel dele nas contratações e desenvolvimento de jogadores na altura com potencial como Vidic, Evra, Ronaldo, Rooney e Nani.