[Mundial 2010] Grupo F [1º Paraguai; 2º Eslováquia; 3º Nova Zelândia; 4º Itália]

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

***** Maio 17, 2010, 02:13 am




Perspectiva

Tal como acontece com o Grupo C, há uma selecção que salta à vista como candidata a vencer o grupo. A tetra-campeã mundial Itália, novamente liderada por Lippi, é uma equipa habituada a vencer em fases finais, dado o seu controlo emocional e táctico. As exibições na qualificação estiveram longe de ser brilhantes, mas os resultados suplantaram esse pormenor, algo habitual nos transalpinos.
Com algumas caras novas em relação ao título de 2006, mas sempre com referências de balneário e liderança, a Itália parece, a um primeiro olhar, não ter adversários à sua altura neste grupo.

O Paraguai poderá ser a selecção mais preparada para se juntar à Itália nos oitavos-de-final. Não falham a fase final desde 1998, e trazem na sua convocatória alguns dos seus jogadores mais experientes. A nível de ataque contam com boas referências, que de certo quererão dedicar golos e vitórias a Salvador Cabañas.

A zebra chama-se Eslováquia. Sem precisarem de "playoff", atingiram a fase final do Mundial com um fantástico primeiro lugar no seu grupo de qualificação, obrigando selecções como Polónia e Rep. Checa a ficarem de fora. E se antigamente a Eslováquia estava correlacionada com a parte Checa - Checoslováquia - tendo atingido duas finais do Campeonato do Mundo, esta foi a primeira vez que a selecção se qualificou desde a separação territorial.
Marek Hamšík, virtuoso médio ofensivo do Nápoles, pretende comandar a sua selecção e dar um salto para um grande do futebol mundial. Terá na África do Sul o seu palco. Ele e toda uma nação.

Quem está de regresso após longa ausência é a Nove Zelândia. Aproveitando a passagem dos vizinhos australianos para a zona de qualificação asiática, os All Whites regressam ao Mundial, algo que não acontecia desde 1982, ano da sua estreia, em Espanha. Os neo-zelandeses sofreram até ao fim, mas o avançado Rory Fallon e o guarda-redes Mark Paston conseguiram colocar a capital Wellington ao rubro, bem como todo o país da Oceania. Saúda-se o regresso desta selecção, pois teremos todos os Continentes representados na África do Sul. A esperança numa qualificação para os oitavos é a última a padecer, mas as dificuldades serão de difícil contorno.



Calendário

14 de Junho
19.30h - Itália 1-1 Paraguai | Cidade do Cabo, Estádio Cidade do Cabo | Árbitro: Benito Archundia - México

15 de Junho
12.30h - Nova Zelândia 1-1 Eslováquia | Rustenburgo, Estádio Royal Bafokeng | Árbitro: Jerome Damon - África do Sul

20 de Junho
12.30h - Eslováquia 0-2 Paraguai | Bloemfontein, Estádio Free State
15.00h - Itália 1-1 Nova Zelândia | Nelspruit, Estádio Mbombela

24 de Junho
15.00h - Eslováquia 3-2 Itália | Joanesburgo, Estádio Ellis Park
15.00h - Paraguai 0-0 Nova Zelândia | Polokwane, Estádio Peter Mokaba



As equipas

Itália
Posição no ranking FIFA:
Participações anteriores: 16 - 1934, 1938, 1950, 1954, 1962, 1966, 1970, 1974, 1978, 1982, 1986, 1990, 1994, 1998, 2002, 2006
Melhor resultado: Vencedores - 1934, 1938, 1982, 2006

Os 23 escolhidos:

Guarda-redes: Gianluigi Buffon (Juventus); Federico Marchetti (Cagliari); Morgan De Sanctis (Nápoles)

Defesas: Fabio Cannavaro (Juventus); Gianluca Zambrotta (AC Milan); Giorgio Chiellini (Juventus); Domenico Criscito (Génova); Salvatore Bocchetti (Génova); Christian Maggio (Nápoles); Leonardo Bonucci (Bari)

Médios: Gennaro Gattuso (AC Milan); Andrea Pirlo (AC Milan); Mauro Camoranesi (Juventus); Daniele de Rossi (Roma); Angelo Palombo (Sampdoria); Simone Pepe (Udinese); Claudio Marchisio (Juventus); Riccardo Montolivo (Fiorentina)

Avançados: Alberto Gilardino (Fiorentina); Vincenzo Iaquinta (Juventus); Antonio Di Natale (Udinese); Fabio Quagliarella (Nápoles); Giampaolo Pazzini (Sampdoria)

Treinador: Marcello Lippi




Paraguai
Posição no ranking FIFA: 30º
Participações anteriores: 7 - 1930, 1950, 1958, 1986, 1998, 2002 e 2006
Melhor resultado: Oitavos-de-final - 1986, 1998 e 2002

Os 23 escolhidos:

Guarda-redes: Justo Villar (Valladolid); Aldo Bobadilla (Medellín); Diego Barreto (Cerro Porteño)

Defesas: Denis Caniza (León); Paulo da Silva (Sunderland); Carlos Bonet (Olimpia); Julio César Cáceres (Atlético Mineiro); Darío Verón (UNAM); Claudio Morel Rodríguez (Boca Juniors); Aureliano Torres (San Lorenzo); Antolín Alcaraz (Club Brugge)

Médios: Édgar Barreto (Atalanta); Cristian Riveros (Sunderland); Enrique Vera (LDU Quito); Víctor Cáceres (Libertad); Jonathan Santana (Wolfsburgo); Nestor Ortigoza (Argentinos Juniors)

Avançados: Roque Santa Cruz (Manchester City); Nelson Valdez (Borussia Dortmund); Oscar Cardozo (carnide); Édgar Benítez (Pachuca); Rodolfo Gamarra (Libertad); Lucas Barrios (Borussia Dortmund)

Treinador: Gerardo Martino




Nova Zelândia
Posição no ranking FIFA: 78º
Participações anteriores: 1 - 1982
Melhor resultado: Fase de grupos

Os 23 escolhidos:

Guarda-redes: James Bannatyne (Team Wellington); Glen Moss (Melbourne Victory); Mark Paston (Wellington Phoenix)

Defesas: Andrew Boyens (New York Red Bulls); Tony Lochhead (Wellington Phoenix); Ryan Nelsen (Blackburn Rovers); Winston Reid (FC Midtjylland); Ben Sigmund (Wellington Phoenix); Tommy Smith (Ipswich Town); Ivan Vicelich (Auckland City)

Médios: Andy Barron (Team Wellington); Leo Bertos (Wellington Phoenix); Tim Brown (Wellington Phoenix); Jeremy Christie (Tampa Bay Rowdies); Aaron Clapham (Canterbury United); Simon Elliott (sem clube); Michael McGlinchey (Central Coast Mariners); David Mulligan (sem clube)

Avançados: Jeremy Brockie (Newcastle Jets); Rory Fallon (Plymouth Argyle); Chris Killen (Middlesbrough); Shane Smeltz (Gold Coast United); Chris Wood (West Bromwich Albion)

Treinador: Ricki Herbert




Eslováquia
Posição no ranking FIFA: 38º
Participações anteriores: 8 - 1934, 1938, 1954, 1958, 1962, 1970, 1982 e 1990 (como Checoslováquia)
Melhor resultado: Vice-campeões - 1934 e 1962 (como Checoslováquia)

Os 23 escolhidos:

Guarda-redes: Ján Mucha (Legia Varsóvia); Dušan Kuciak (Vaslui); Dušan Perniš (Dundee United)

Defesas: Radoslav Zabavník (Mainz); Marek Čech (West Bromwich); Martin Petráš (Cesena); Martin Škrtel (Liverpool); Ján Ďurica (Hannover 96); Peter Pekarík (Wolfsburgo); Kornel Saláta (Slovan Bratislava)

Médios: Marek Hamšík (Nápoles); Marek Sapara (Ankaragücü); Ján Kozák (Timişoara); Miroslav Stoch (Twente); Kamil Kopúnek (Spartak Trnava); Vladimír Weiss (Bolton); Juraj Kucka (Sparta Praga); Zdeno Štrba (Xanthi)

Avançados: Róbert Vittek (Ankaragücü); Filip Hološko (Beşiktaş); Martin Jakubko (Saturn); Erik Jendrišek (Kaiserslautern); Stanislav Šesták (Bochum)

Treinador: Vladimír Weiss
« Última modificação: Agosto 18, 2010, 11:02 am por Paracelsus »
«No matter which way we go, it is no better than any other.»
*** Maio 18, 2010, 17:39 pm
Itália e Paraguai devem passar facilmente.
Curioso para ver a Nova Zelândia.
* Maio 18, 2010, 17:52 pm
Itália e Paraguai devem passar facilmente.
Curioso para ver a Nova Zelândia.
:arrow:
Hoje como sempre, tenho o FórumSCP na mente e o Sporting Clube de Portugal no coração!
****** Maio 18, 2010, 18:28 pm
Itália e aposta numa surpresa,Eslováquia :mrgreen:
Xbox Live - Luis1906
* Maio 18, 2010, 18:36 pm
Aposto em Itália e Paraguai.
A Itália é obviamente favorita. O Paraguai fez uma grande fase de apuramento e por isso parte um pouco na frente, até porque já vão no seu 4º Mundial consecutivo, enquanto que a Eslováquia é estreante, mas muito cuidado com esta equipa, Hamsik e Stoch são dois excelentes jogadores e Sestak também fez uma boa fase de apuramento.
*** Maio 18, 2010, 20:51 pm
Aposto em Itália e Paraguai.
A Itália é obviamente favorita. O Paraguai fez uma grande fase de apuramento e por isso parte um pouco na frente, até porque já vão no seu 4º Mundial consecutivo, enquanto que a Eslováquia é estreante, mas muito cuidado com esta equipa, Hamsik e Stoch são dois excelentes jogadores e Sestak também fez uma boa fase de apuramento.
:arrow:
*** Maio 18, 2010, 21:10 pm
Boa introdução.

Alguns dados vão-me ajudar no Fantasy.  :great:

Atenção que na parte em que dizes o plantel de cada selecção está Eslovénia e não Eslováquia.

Itália de Lippi passa a brincar e em 2º passa o Paraguai (que grande pack de avançados!  :xock:)
"4.º Nunca digas mal do que não possas fazer melhor; a crítica é fácil, mas prejudica quando imerecida e perdes o direito moral de falar se não puderes realizar aquilo que amesquinhas.
8.º Quando o Sporting disputa em campo a vitória, o teu silêncio é um crime; nunca insultes o adversário, mas incita os teus fazendo-lhes sentir o apoio moral da tua presença." - Os dez mandamentos do Sportinguista (Salazar Correia)
* Maio 18, 2010, 21:27 pm
Itália e Eslováquia sem espinhas.
****** Maio 18, 2010, 22:15 pm
Itália e Eslováquia, quero ver o poste a ir para casa mais cedo.
***** Maio 18, 2010, 22:17 pm
Acho que neste grupo, pode-se chamar o grupo da "seca". Itália deve passar com tranquilidade, seguido do Paraguai. As outras selecções, não vejo grande interesse.

Sendo assim ficava assim o grupo:

1º - Itália
2º - Paraguai
3º - Eslováquia
4º - Nova Zelândia
****** Maio 18, 2010, 22:19 pm
Acho que neste grupo, pode-se chamar o grupo da "seca". Itália deve passar com tranquilidade, seguido do Paraguai. As outras selecções, não vejo grande interesse.

Sendo assim ficava assim o grupo:

1º - Itália
2º - Paraguai
3º - Eslováquia
4º - Nova Zelândia

Olha que a Eslováquia ganhou o grupo onde estava a República Checa, não os subestimes.

 :offtopic:
Schism puseste Eslovénia no lugar da Eslováquia.
« Última modificação: Maio 18, 2010, 22:20 pm por PauloSCP »
* Maio 18, 2010, 22:25 pm
Já está corrigido, era só o nome que estava mal, o resto batia certo.
***** Maio 18, 2010, 22:28 pm
Acho que neste grupo, pode-se chamar o grupo da "seca". Itália deve passar com tranquilidade, seguido do Paraguai. As outras selecções, não vejo grande interesse.

Sendo assim ficava assim o grupo:

1º - Itália
2º - Paraguai
3º - Eslováquia
4º - Nova Zelândia

Olha que a Eslováquia ganhou o grupo onde estava a República Checa, não os subestimes.

 :offtopic:
Schism puseste Eslovénia no lugar da Eslováquia.

A sério, não vejo nada na Eslováquia e na Nova Zelândia. Acho que Itália e Paraguai, passam à vontade. Talvez a Eslováquia possa surpreender. :great:
****** Maio 18, 2010, 22:41 pm
Itália e Eslováquia sem espinhas.

Espero bem que sim, depois quero ver o Brendever a gabar o Paraguai :mrgreen:

"Quem não sabe perder também não sabe ganhar", Nani 05/11/2014

Académica(E), Belenenses(2E), Guimarães(D), Paços Ferreira(2E), Moreirense(E)= -15pts, Eis Marquito Silva
* Maio 18, 2010, 23:22 pm
Itália e Eslováquia sem espinhas.

Espero bem que sim, depois quero ver o Brendever a gabar o Paraguai :mrgreen:

Lembrei-me logo dele  :lol:
Mas a Eslováquia ficou à frente num grupo complicado, não percebo porque ainda acham que não irá passar. Aliás, até atrevo-me a dizer que arrisca a ficar em primeiro.
* Maio 18, 2010, 23:31 pm
que sorte da italia apanhou um grupo de caca . itália e eslováquia que tem 3/4 jogadores de grande qualidade . o hamsik vai sobresair
***** Maio 19, 2010, 02:35 am
Não vejo nada na Eslováquia. Sim passou num excelente grupo, mas era um grupo de selecções demasiado iguais...quero ver o que fazem com selecções que praticam outro tipo de futebol. Aposto na Itália em primeiro e no Paraguai, apesar de não gostar nada do futebol que praticam.
**** Maio 19, 2010, 09:29 am
O grupo que me parece mais desnivelado, onde existem 2 equipas claramente favoritas, a Itália e o Paraguai.A não ser que os neo-zelandeses tenham na equipa um "Jonah Lomu" de futebol, o seu haka (espero bem que o façam  :mrgreen:) vai ser insuficiente para se apurarem, bem como a Eslováquia
Este forista recusa aplicar nos seus posts o novo Acordo Ortográfico
****** Maio 19, 2010, 10:44 am
A Itália vai passear neste grupo sendo que o 2º lugar será disputado pela Eslováquia ou Paraguai.

Estranho o Brendever não ter ainda passado por aqui...  :twisted:
"Por cada leão que cair, outro se levantará." - António Oliveira