Wiki Sporting, a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal

Forum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal


Olá, Visitante. Por favor Entre ou Registe-se se ainda não for membro.
Setembro 01, 2014, 12:47

Entrar com nome de utilizador, password e duração da sessão

Anúncios:

Início Início  Ajuda Ajuda  Regras Regras  Pesquisa Pesquisa  Entrar Entrar  Registe-se Registe-se       Wiki Wiki  Links Links 
Fórum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal Universo Sporting Clube de Portugal Redacção Porta 10-A Tópico:

Assistências para o campeonato no Estádio José Alvalade

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
Páginas: [1] 2 3 seguinte » Ir para o fundo Imprimir
Autor Tópico: Assistências para o campeonato no Estádio José Alvalade (Lida 5407 vezes)

Assistências para o campeonato no Estádio José Alvalade , « em: Maio 04, 2010, 11:30 »



*

Condecorações:Membro do Ano 2010


Mensagens: 29246
Idade: 33
Localidade: Stockholm
Masculino

WWW
Neste artigo é efectuada uma apresentação bastante simples dos dados existentes sobre as assistências no Estádio José Alvalade nos últimos anos referentes apenas ao campeonato, o objectivo principal do futebol do Sporting.

Como é sabido, a lotação do Estádio José Alvalade é de 50 095 lugares de acordo com o site oficial da liga de futebol (o estádio novo, não considerei o antigo José Alvalade porque as contabilizações oficiais existentes são demasiado grosseiras e porque existem factores de confundimento que baralham os números todos). Desde a sua inauguração o Estádio recebeu, nas suas 7 épocas de liga / campeonato, 3.277.018 espectadores:

2003-2004: 516 821 espectadores (17 jogos)
2004-2005: 508 073 espectadores (17 jogos)
2005-2006: 545 686 espectadores (17 jogos)
2006-2007: 498 887 espectadores (15 jogos)
2007-2008: 440 712 espectadores (15 jogos)
2008-2009: 397 756 espectadores (15 jogos)
2009-2010: 369 083 espectadores (15 jogos)

Para podermos visualizar estes números mais convenientemente podemos fazê-lo calculando a média por jogo (embora a média seja um parâmetro algo redutor, as assistências de cada época assumem uma distribuição mais ou menos normal daí inclui-la na análise):



Facilmente concluímos que depois de um período de 4 anos em relativo crescendo até à época de 2006/07, embora não muito significativo (cerca de 3 mil adeptos em média entre o ponto mínimo e máximo), a partir dessa altura assiste-se a um decréscimo muito acentuado e que se traduz em aproximadamente 9 mil adeptos em média a menos por jogo actualmente em relação há 3 anos atrás.

Curioso é também verificar que a venda de Gameboxes segue aproximadamente a tendência da média:



Ou seja, não é difícil verificarmos que nos últimos 3 anos temos assistido a uma decadência clara no número de Gameboxes vendidas atingindo esta temporada o valor mais baixo de todos, 24 500 (ter em conta que este é o único número não-oficial que apresento nesta análise).

Realço o facto de os valores de Gamebox's vendidas andarem mais ou menos a par com as assistências médias, mas não na temporada de 2005/06 onde as assistências superam em quase 3 mil adeptos as GBs vendidas. De igual modo mas em sentido inverso, na época 2007/08 assiste-se cerca de mais 3 mil GBs vendidas que a média de assistências no estádio, o que pode dar a ideia de uma grande desilusão com o consequente afastamento dos adeptos, o princípio do declínio da era Paulo Bento por assim dizer, impressão confirmada nas épocas seguintes em que o número de GBs continua a sua rota descendente.

Passando a uma análise mais detalhada das assistências em si, já vos apresentei a média mas queria deixar-vos mais alguns dados que penso serem interessantes relacionados com a distribuição das mesmas.



O gráfico acima mostra todas as assistências do novo Estádio José Alvalade representadas pelas bolas (cada bolinha representa um jogo). Este gráfico é bastante importante porque podemos de uma forma simples perceber a variação das assistências em cada época e inclusivamente entre épocas. Além da assistência de cada partida consta uma linha arroxeada que representa a mediana para cada época. Esta linha significa o seguinte: que metade dos jogos efectuados nessa época foram abaixo daquele valor de assistência e metade acima daquele valor.

O número de espectadores apresenta grande variação durante cada época, sem que exista um padrão de descida ou subida ao longo da mesma associado (dados não publicados). A explicação mais lógica para a variação "intra-época" é pois a do adversário em questão, uma vez que as melhores casa correspondem sempre ou quase sempre aos jogos com os rivais Benfica e Porto, tenham os jogos lugar no início, meio ou fim da época.

Dos dados é possível também extrair a menor assistência de sempre no novo estádio, 16 102 espectadores em 2009/2010 e a maior, 48 018 na época 2005/06. Outra curiosidade é o facto da assistência mais baixa para o campeonato em 2006/07, 26 168 espectadores, conseguir ser ainda assim superior à média de assistências em 2009/2010.

"Inter-época" é possível verificar que tem existido um claro decréscimo nos últimos tempos... a partir da mediana podemos concluir que nas duas últimas épocas os jogos em Alvalade têm tido assistências consistentemente baixas... quando antigamente apenas metade dos jogos ficavam abaixo dos cerca de 30 000 espectadores (e metade acima desse valor), nos 2 últimos anos metade ficam abaixo dos cerca de 23 000 espectadores. Esta sensação é ainda mais notória quando recorremos ao chamado whisker-plot que nos apresenta os diferentes quartis:



Para quem tem mais dificuldade em entender este gráfico, basicamente é o mesmo que foi representado acima, só que as observações estão agrupadas em percentis, ou seja, as zonas preenchidas a verde concentram 50% das observações, ficando 25% abaixo e 25% acima, representados pelas linhas pretas. Foram removidos "outliers" em algumas temporadas (as bolinhas a preto), valores matematicamente considerados demasiado "deslocados" de uma dispersão habitual.

E pronto. A partir destes dados poder-se-ão efectuar análises muito mais aprofundadas e retirar muito mais conclusões, a ideia com este mini-trabalho foi sobretudo a de compilar e disponibilizar de forma mais organizada os dados de modo a fornecer uma perspectiva abrangente em relação às Assistências no Estádio José Alvalade para o campeonato (outras competições foram deixadas de fora dada a enorme irregularidade do tipo de competição em si e de ano para ano, mas acredito que também poderiam ter validade e providenciar dados interessantes). Estão à vontade para re-analisar, discutir outras vertentes ou requisitar mais algum dado que não esteja aqui representado.


© Paracelsus 2010.
« Última modificação: Maio 04, 2010, 13:26 por Paracelsus » Registado


Re: Assistências para o campeonato no Estádio José Alvalade , « Resposta #1 em: Maio 04, 2010, 11:40 »



*
Veterano

Mensagens: 11729
Idade: 43
Localidade: Linda-a-Velha
Masculino


Mais tarde lerei com mais atenção, mas por agora, a leitura dos gráficos é, ainda que não seja surpresa, esmagadora.

Tal com já escrevi e partindo do pressuposto que quem dirige tem conhecimento factual destes dados, se as sirenes de alarme ainda não soaram nos corredores de Alvalade, duvido que alguma vez venham a ser ouvidas.

Premeditação criminosa ou alienação autista!
Registado

Eu sou responsável pelo que escrevo, não pelo que os outros entendem!

Nunca discutas com um idiota. Ele arrasta-te até ao nível dele, e depois vence-te em experiência.
Re: Assistências para o campeonato no Estádio José Alvalade , « Resposta #2 em: Maio 04, 2010, 11:56 »


Longa vida ao Sportinguismo-Leoninismo!


*

Mensagens: 2521
Idade: 39
Localidade: Chelas
Masculino


Muita (e preocupante) informação para digerir.

À primeira vista, parece-me clara a correlação entre o desempenho da equipa e os níveis das assistências - o que não surpreende ninguém. Mas não é demais sublinhar, sobretudo quando há quem se queira agarrar à tese estafada de que os sportinguistas "são diferentes", "imunes aos resultados" e que tudo se resume uma "crise de militância" - uma tese muito conveniente, pois permite transferir a responsabilidade dos problemas do clube dos dirigentes para os sócios e adeptos.

Não é assim. Pelo contrário, os dados dão força à tese de que o Sporting vive um circulo vicioso de baixo investimento - baixas expectativas - fracos resultados - quebras nas assistências - baixa capacidade de investimento. Um ciclo que não é específico do Sporting, mas antes é comum a qualquer clube com fracos resultados desportivos e sem estratégia nem discurso para os inverter.

Uma questão sobre o gráfico da caixa-de-bigodes: quais são os outliers de 2009/10? Um é de certeza o jogo com o Benfica, mas não tenho a certeza se o segundo é o jogo com o Porto ou com o Guimarães...
« Última modificação: Maio 04, 2010, 12:00 por Petrovich » Registado

"Em matéria de contratações, não há caro nem barato. 100 milhões podem ser baratos e 20 milhões caros. Zidane custou-me 73 milhões de euros - e foi uma pechincha" - Florentino Pérez
Re: Assistências para o campeonato no Estádio José Alvalade , « Resposta #3 em: Maio 04, 2010, 12:00 »



*
Sénior

Mensagens: 3638
Idade: 38
Localidade: Edimburgo
Masculino


..Tal com já escrevi e partindo do pressuposto que quem dirige tem conhecimento factual destes dados, se as sirenes de alarme ainda não soaram nos corredores de Alvalade, duvido que alguma vez venham a ser ouvidas.
...

Eu por outro lado acho os dados interessantes, mas dificilmente motivo para alarme. A prestacao da equipa tem diso miseravel, e por isso e bastante normal que as assistencias caiam. O futebol em Portugal e mesmo assim. E nao vale a pena virem com a ladainha dos 18 anos. Para isso tambem terias de estudar como a diferenca entre a mentalidade das pessoas mudou no entretanto. Esses dados nao demonstram uma realidade que:

a) ninguem estivesse a espera
b) seja reflexo de um contraste gritante com os resultados desportivos

Preocupante e dramatico seria se a equipa estivesse competitiva e ganhadora, e as assistencias se mantivessem a decrescer.

Aposto que se para o ano o Paulo Bento v2.0 engata, as assistencia aumentam.

AH! e tambem prova que (mais uma vez) o Roquette estava errado. O Sporting depende da bola na rede, e muito.
Registado

No meu mundo imaginário o Sporting contracta o ... blah, nao contracta ninguem porque de certeza um dos juniores da academia e melhor.
Re: Assistências para o campeonato no Estádio José Alvalade , « Resposta #4 em: Maio 04, 2010, 12:05 »



*
Veterano

Mensagens: 5612
Idade: 44


O que aqui vemos (e não creio ser surpresa para ninguém) não deverá fugir muito da realidade dos anos 90, altura em que se avançou com o projecto do novo estádio (porventura os números até seriam piores então, se calhar só mesmo atenuados por dois ou três jogos de maior motivação).

Posto perante esse facto, reforço, absolutamente expectável, ainda por cima com acesso a informação variada deste tipo (certamente muito mais completa que esta) e sem querer escarafunchar na ferida, coloco-me a pergunta, que a muitos parecerá óbvia, à maioria se calhar nem tanto:

- Quem foram os cérebros que entenderam avançar para uma alteração ao projecto (dos 42 mil para os 50 mil lugares), com o correspondente incremento nos custos e a limitação mortal em termos de infra-estrutura para as amadoras?

- Ponham a mãozita no ar os associados que, em AG marcada para esse efeito, apoiaram a solução!  Maldoso Maldoso Maldoso
Registado
Re: Assistências para o campeonato no Estádio José Alvalade , « Resposta #5 em: Maio 04, 2010, 12:10 »



*

Condecorações:Membro do Ano 2010


Mensagens: 29246
Idade: 33
Localidade: Stockholm
Masculino

WWW
Uma questão sobre o gráfico da caixa-de-bigodes: quais são os outliers de 2009/10? Um é de certeza o jogo com o Benfica, mas não tenho a certeza se o segundo é o jogo com o Porto ou com o Guimarães...

O outlier mais afastado é com o Benfica, 45 880 espectadores, o outro mais próximo é com o Guimarães, 35 007. A assistência com o Porto ficou-se pelos 28 220 espectadores. Aproveito para explicar que nesta época aqueles resultados são considerados outliers visto ter usado a chamada Mediana de Tukey que vai até 1,5x a distância interquartil (e a partir daí é tudo outlier).


O que aqui vemos (e não creio ser surpresa para ninguém) não deverá fugir muito da realidade dos anos 90, altura em que se avançou com o projecto do novo estádio (porventura os números até seriam piores então, se calhar só mesmo atenuados por dois ou três jogos de maior motivação).

Tenho comigo os números de 2002-03 e alguns até anteriores, mas as medições são muito grosseiras e existem muitos factores de confundimento (por exemplo, na época de 2002-03 o estádio andou a meio gás, com parte dele já "destruído").
Registado
Re: Assistências para o campeonato no Estádio José Alvalade , « Resposta #6 em: Maio 04, 2010, 12:11 »



*
Veterano

Mensagens: 11729
Idade: 43
Localidade: Linda-a-Velha
Masculino


..Tal com já escrevi e partindo do pressuposto que quem dirige tem conhecimento factual destes dados, se as sirenes de alarme ainda não soaram nos corredores de Alvalade, duvido que alguma vez venham a ser ouvidas.
...

Eu por outro lado acho os dados interessantes, mas dificilmente motivo para alarme. A prestacao da equipa tem diso miseravel, e por isso e bastante normal que as assistencias caiam. O futebol em Portugal e mesmo assim. E nao vale a pena virem com a ladainha dos 18 anos. Para isso tambem terias de estudar como a diferenca entre a mentalidade das pessoas mudou no entretanto. Esses dados nao demonstram uma realidade que:

a) ninguem estivesse a espera
b) seja reflexo de um contraste gritante com os resultados desportivos

Preocupante e dramatico seria se a equipa estivesse competitiva e ganhadora, e as assistencias se mantivessem a decrescer.

Aposto que se para o ano o Paulo Bento v2.0 engata, as assistencia aumentam.

AH! e tambem prova que (mais uma vez) o Roquette estava errado. O Sporting depende da bola na rede, e muito.

Pela prestação da equipa ser miserável e pelo efeito que isso tem nas assistências (e no restante universo, arriscaria, comercial do clube) é que os alarmes teriam que soar.

Mais épocas do ciclo vicioso atrás exposto pelo Petrovich e ...

E o alarme é para quebrá-lo e invertê-lo.

Obviamente que o Paulo Bento v2.0 pode engatar, mas terá que ser a direcção a definira a estratégia de como consistente e continuamente se vai inverter o panorama, dando condições para isso.
Registado

Eu sou responsável pelo que escrevo, não pelo que os outros entendem!

Nunca discutas com um idiota. Ele arrasta-te até ao nível dele, e depois vence-te em experiência.
Re: Assistências para o campeonato no Estádio José Alvalade , « Resposta #7 em: Maio 04, 2010, 12:27 »



*
Juvenil

Mensagens: 948
Idade: 36
Localidade: Lisboa
Masculino



Pelo contrário, os dados dão força à tese de que o Sporting vive um circulo vicioso de baixo investimento - baixas expectativas - fracos resultados - quebras nas assistências - baixa capacidade de investimento. Um ciclo que não é específico do Sporting, mas antes é comum a qualquer clube com fracos resultados desportivos e sem estratégia nem discurso para os inverter.


É isto mesmo sem tirar nem pôr. E o mais problemático é que, em vez de se verificar alguma reversão nesse circulo vicioso, o que vemos é que ele ainda se tornou mais "vicioso" nos últimos dois anos...Não há volta a dar: a situação só se vai conseguir inverter com investimento (obviamente com critério e qualidade)

Belo trabalho paracelsus Positivo!
Registado

Sporting Sempre!
Re: Assistências para o campeonato no Estádio José Alvalade , « Resposta #8 em: Maio 04, 2010, 12:28 »


Longa vida ao Sportinguismo-Leoninismo!


*

Mensagens: 2521
Idade: 39
Localidade: Chelas
Masculino


..Tal com já escrevi e partindo do pressuposto que quem dirige tem conhecimento factual destes dados, se as sirenes de alarme ainda não soaram nos corredores de Alvalade, duvido que alguma vez venham a ser ouvidas.
...

Eu por outro lado acho os dados interessantes, mas dificilmente motivo para alarme. A prestacao da equipa tem diso miseravel, e por isso e bastante normal que as assistencias caiam. O futebol em Portugal e mesmo assim. E nao vale a pena virem com a ladainha dos 18 anos.

Ponto de vista interessante. E que nos leva à questão: quão baixo é baixo? Estamos a falar de assistências médias de cerca de 25 mil pessoas – isto é muito, assim-assim ou pouco?

Para responder a esta questão, precisamos de termos de comparação. E os termos de comparação são dois:
- Os clubes portugueses da mesma grandeza que a nossa e– ou seja, o Benfica e o Porto
- O potencial do clube

No primeiro critério, o resultado é esclarecedor. De acordo com os dados do site da Liga, temos (em média) cerca de menos 10 mil espectadores por jogo que o Porto e 25 mil do que o Benfica. Preocupante, na medida em que estes são os dois clubes com que tradicionalmente competimos.

Já o potencial do clube pode ser medido de duas formas. A primeira são as assistências do passado - limitando-me só aos dados do novo José Alvalade, perdemos 10 mil espectadores por jogo em apenas três anos, e a, tanto quanto sabemos, não há razão há vista para que esta quebra continue. A segunda forma é a comparação com os clubes não-grandes. E aqui surge um dado extremamente preocupante: é que estamos hoje mais próximos da assistência média do Vitória de Guimarães do que da do FC Porto. Olhando para a dimensão histórica e da base social de apoio de Vitória e do Sporting, algo de muito errado tem de estar a acontecer para que uma situação destas se verifique.

A questão não é “podia ser pior”. De facto, podia - pode sempre. Não sei qual é o limiar mínimo para um clube da grandeza do Sporting. Desconfio que, sem as Gameboxes e o sentimento familiar do “já que paguei, mais vale lá ir”, estaríamos a falar de médias de 20 mil ou menos.

A questão é que podia ser muito melhor. E que actual situação significa um desperdício de potencial e de recursos quase criminoso, para usar a expressão do psilva. Desperdício que nos enfraquece face aos nossos adversários e que dificulta a nossa recuperação. Desperdício que é exasperante, porque é auto-infligido por discursos e práticas desmobilizadores e miserabilistas por parte de sucessivas direcções do Sporting.
Registado

"Em matéria de contratações, não há caro nem barato. 100 milhões podem ser baratos e 20 milhões caros. Zidane custou-me 73 milhões de euros - e foi uma pechincha" - Florentino Pérez
Re: Assistências para o campeonato no Estádio José Alvalade , « Resposta #9 em: Maio 04, 2010, 12:34 »



*
Veterano

Mensagens: 11729
Idade: 43
Localidade: Linda-a-Velha
Masculino



A questão é que podia ser muito melhor. E que actual situação significa um desperdício de potencial e de recursos quase criminoso, para usar a expressão do psilva. Desperdício que nos enfraquece face aos nossos adversários e que dificulta a nossa recuperação. Desperdício que é exasperante, porque é auto-infligido por discursos e práticas desmobilizadores e miserabilistas por parte de sucessivas direcções do Sporting.

Mais do que podia, devia e tinha que ser muito melhor.

E se os sócios e adeptos têm culpas por actos e/ou omissões estas são forçosamente partilhadas com quem gere (o clube, as expectativas, ...).

E se calhar a percentagem da partilha pende muito mais para os 2ºs.
Registado

Eu sou responsável pelo que escrevo, não pelo que os outros entendem!

Nunca discutas com um idiota. Ele arrasta-te até ao nível dele, e depois vence-te em experiência.
Re: Assistências para o campeonato no Estádio José Alvalade , « Resposta #10 em: Maio 04, 2010, 12:43 »



*
Sénior

Mensagens: 3638
Idade: 38
Localidade: Edimburgo
Masculino


..Tal com já escrevi e partindo do pressuposto que quem dirige tem conhecimento factual destes dados, se as sirenes de alarme ainda não soaram nos corredores de Alvalade, duvido que alguma vez venham a ser ouvidas.
...

Eu por outro lado acho os dados interessantes, mas dificilmente motivo para alarme. A prestacao da equipa tem diso miseravel, e por isso e bastante normal que as assistencias caiam. O futebol em Portugal e mesmo assim. E nao vale a pena virem com a ladainha dos 18 anos.

Ponto de vista interessante. E que nos leva à questão: quão baixo é baixo? Estamos a falar de assistências médias de cerca de 25 mil pessoas – isto é muito, assim-assim ou pouco? ...

Eu digo-te. E razoavel para uma equipa que nao ganha nada de jeito ja la vao uns anos.

Ja agora, isto desmistifica a importancia das tacinhas.

O que eu pergunto e, o que e que estavam a espera? A equipa nao ganha nada de jeito, e nestes ultimos anos teve o futebol mais miseravel que eu me lembro de ver. Porque e que as assistencia deviam estar a aumentar? Porque e que nao haviam de diminuir? Nao sera esse o curso natural?

Se e um desperdicio de recursos? Atrevo-me a dizer que quase tudo relativo a gestao do futebol no Sporting e um gigante desperdicio de recursos.

Agora, nao me venham dizer que e surpreendente, porque nao e para ninguem , nem para o JEB. Que anda a passear os nucleos por alguma razao. Ele nao percebe e nada de futebol e e incapaz de perceber que esse nao e o caminho, que os clubes de futebol so teem um caminho para atrair militancia, ganhar, e ganhar coisas de relevancia , como campeonatos e tacas europeias. Mas isso e outra historia.

Registado

No meu mundo imaginário o Sporting contracta o ... blah, nao contracta ninguem porque de certeza um dos juniores da academia e melhor.
Re: Assistências para o campeonato no Estádio José Alvalade , « Resposta #11 em: Maio 04, 2010, 12:45 »



*
Juvenil

Mensagens: 1155
Localidade: Lisboa
Masculino


No fundo vem a confirmar aquilo que sempre digo: assistências muito fracas.
Ou dito de outra forma, normalmente só contra um Colosso Europeu, ou então contra o Benfica e Porto...é que o Sporting parece ser uma Grande equipa.
É importante que os Sportinguistas tenham orgulho do Sporting ( mesmo que a gente discorde de forma sobrenatural com as políticas adoptadas pelo Presidente, Director Desportivo, Treinador e etc).
O Sporting tem de mostrar a sua força fora de casa..mas sobretudo em Alvalade.
Nem todos os Sportinguistas moram na Margem Sul ( como eu) ou em Lisboa e Arredores.
É importante oferecermos mais apoio e melhores condições aos sócios e adeptos Sportinguistas espalhados pelo país ( Viana, Braga, Vila Real, Bragança, Porto, Aveiro, Viseu, Guarda, Coimbra, Castelo Branco, Santarém, Portalegre, Évora, Beja, Faro).


Relativamente OFF-TOPIC

Devia existir uma política mais rigorosa...cada vez que o Sporting joga fora.
A título de exemplo, quando o Sporting joga frente ao Olhanense...a própria direcção do Sporting..tem de ter mecanismos..que incentivem os núcleos do Sporting presentes no Algarve. Ofereçam bilhetes aos núcleos.
Cativem os núcleos que se encontram no Estrangeiro. Para mim, isso não é gastar dinheiro.


Se o Sporting joga contra a Académica em Coimbra...é fundamental cativar os Sportinguistas de Leiria, Coimbra e Viseu.

Se o Sporting vai ao Estádio do Dragão, é fundamental cativar os Sportinguistas de Braga, Viseu e Porto..e por aí fora.

Eu não estou a pedir 10, 15 mil ..pessoas sempre que jogamos fora ( até porque em alguns estádios isso seria impossível)
Mas atendendo que somos um grande de Portugal, não posso aceitar..que num Paços de Ferreira Vs Sporting....estejam a assistir 1000 pessoas.

Uma vez mais digo, e contra mim falo: Tenho de apoiar mais o Sporting..quando joga fora.


Benfica, Setúbal, Leiria, Portimomense, Académica..são jogos perfeitamente ao meu alcance. E este ano vou fazer por isso.

Não se trata aqui de ser sonhador, ou pensar que o Sporting fará um campeonato muito melhor.
Trata-se de ser Sportinguista : independentemente de ele vencer, empatar ou perder.

Vejam já a (legítima de facto) desconfiança, distância, "receio"...dos Sportinguistas..relativamente à época que se avizinha.

Há coisas mais importantes do que o futebol? Naturalmente que sim.

Em todo o caso...4,5 Sportinguistas...podem-se perfeitamente juntar...dividir as despesas da viagem....mesmo os mais jovens que ainda estudam e não trabalham.
Juntar 1 euro aqui e acolá...e assistir um jogo quinzenalmente...não me parece uma tarefa excessivamente dificil.
Por exemplo na faculdade, via sempre muita gente...a gastar dinheiro..em lanches diários ( de manhâ, à tarde --> 3 euros e tal, 4 euros)....comerem em centros comerciais (4,5,6 euros) em vez de comerem na cantina ( 2 euros e 15 e bem melhor que McDonald's e afins).
Atenção que aquilo que vou dizer, é perfeitamente discutível e...é sempre no plano abstracto, uma vez que todos nós temos gostos diferentes...mas quantos de nós...não já assistiram a filmes no cinema...e que sabíamos que era "apenas mais um filme" de " TVI" ou da "SIC"...aquele típico filme que se poderia perfeitamente ver em casa.
Hoje em dia, estou muito mais selectivo no plano do cinema. Vou apenas ao cinema...quando quero ver um filme. E não, como em tempos fazia ( sobretudo quando era mais jovem)..ia apenas " porque sim".
O pessoal que fuma abusivamente..e etc.
Novamente digo, isto não é uma crítica. Naturalmente que existe muita gente a passar por dificuldades inimagináveis. Mas há muita gente que tem possibilidade de ir aos estádios.

Compreendo que milhões de Sportinguistas não o podem fazer. Mas tenho a certeza que milhares não o fazem...apenas por capricho, indiferença..ou escolhas ( legítimo também).

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Em Alvalade

Tal como foi indicado aqui por um forista, grande parte do "público gamebox"...não vai a todos os jogos.
Muitos têm a possibilidade de adquirir a gamebox, compram-na e depois vão quando bem entenderem.
Não se trata aqui de criticar A, B ou C...uma vez que irem ou não irem,é um direito que nos assiste a todos.
De qualquer das formas, penso que deveria existir um compromisso mais rigoroso, mais sério..e mais "leal".

Quem tem a possibilidade de comprar o bilhete de época ( tal como eu)...deve-se esforçar o máximo para ir ao maior número de jogos possível.
Logicamente que não consigo concretizar, mas tenho a certeza..que muitos Sportinguistas..quando o Sporting está na mó de baixo...está um tempo terrível...e o adversário é...(por hipótese)...o Rio Ave....acabam por preferir o conforto do lar.
É essa mentalidade que temos de mudar.


Se atentarmos apenas aos Distrito de Lisboa e Setúbal ( os distritos mais perto do Estádio)...em função da (suposta) grandeza do nosso clube, deveria ser uma obrigação...termos sempre 50 mil adeptos em Alvalade. Seja qual for o adversário. Não me parece francamente que esteja a ser excessivamente utópico.
Reforço....tenho a certeza que existem 30/40 mil Sportinguistas...com capacidade para adquirir a GameBox.

O que não pode acontecer..é um fosso sobrenatural entre os preços da Gamebox ( barato...para quem pretenda assistir a todos os jogos...e tenha capacidade para adquirir/ Caro..para quem apenas pretenda/possa ver 2,3,4,5,6 jogos)....e depois os preços dos bilhetes.

Não é por eu ter Gamebox..que vou aceitar de ânimo leve..que um SPortinguista que venha do Porto, ou do Alentejo, ou Algarve e pague...(sendo adepto por exemplo)..20 euros por um bilhete (mais outros 10/15 ou 20) para um filho....mais despsas de viagem, alimentação e etc.
Compete ao Sporting...criar mecanismos..que pelo menos facilitem as pessoas...que tenham a amabilidade/amor/orgulho...de verem o seu Sporting, pessoas essas que por vezes vêm de muito longe.




A título de exemplo...mesmo contando com o facto da Uefa não permitir que os estãdios se encham por completo ( por questões de segurança)...40 mil adeptos...frente à Fiorentina, para mim é pouco. Uns dirão : " Tomara o Sporting ter 40 mil em todos os Jogos"...Sim é um facto, mas em função da importância daqele jogo...e atendendo...que a época estava a começar....como é que não enchemos o estádio...até ao permitido pela Uefa?


Outra questão:
isto é polémico..e soará a "arrogância" da minha parte...porque cada pessoa é livre de assistir aos jogos, como bem entender....mas um jogo de futebol não pode ser encarado como  uma peça de teatro, ou o Estoril Open..ou seja o que for.
É fundamental..criar um ambiente asfixiante, "louco" ( no bom sentido)..que galvanize os jogadores e os próprios adeptos.

Afirmo cegamente: uma onda positiva, ferverosa, quente, coesa...e " infernal"...transforma muitas das vezes o lixo..em mediano e o mediano em bom.


Temos de lutar para:

baixar o preço das gamebox's.
baixar o preço dos bilhetes.
Alterar o horário dos jogos.
A direcção tem de cativar os núcleos espalhados pelo país e pelo mundo fora.
A política de marketing tem de ser reformulada.
Os equipamentos...tem de ser "à Sporting". Não inventem. Não estraguem o meu Sporting. O Sporting que sempre conheci joga de verde e branco. É esse que conheço.
Odeio quando nada justifica utilizar equipamentos alternativos...e jogamos com equipamentos...com quem eu nem sequer me identifico.
Parece que estou a torcer por uma outra equipa qualquer.
Voltem às origens.
Voltem ao Símbolo do Sporting.
Tapem o Fosso.
Aproximem os adeptos dos jogadores e do relvado.
Façam uma estátua com os 5 Violinos e com o Francisco Stromp.
Utilizem tendencialmente o  equipamento Francisco Stromp ( sempre que tivermos de utilizar um equipamento alternativo..e for possível utilizar esse)
Registado

"Sou sportinguista, por convicção. Mas seria sempre sportinguista. Nem que fosse por exclusão de partes."
Re: Assistências para o campeonato no Estádio José Alvalade , « Resposta #12 em: Maio 04, 2010, 13:04 »


14.12.1986: 7-1


*
Veterano

Mensagens: 8994
Localidade: Almada
Masculino


Parabéns pelo trabalho estatístico. Provaste graficamente aquilo que alguns tendem a fazer vista grossa. Pena foi teres-me lembrado do SPSS, maldito programa.  Evil

O que leva a isto? Todos nós sabemos. Os problemas estão identificados há muito, neste fórum. Não é preciso ser um mago da banca, ou um perito em marketing, ou whatever, para perceber o que traz gente ao Estádio. Tendo em conta a premissa de que um clube grande vive de vitórias, a partir daqui é possível deslindar os porquês de Alvalade estar cada vez mais vazio.
Prova, novamente, que não são taças/supertaças que trazem adeptos, mas sim boas prestações no Campeonato e na Europa. Se com isso tivermos um futebol minimamente atractivo, melhor ainda.

Bastou o Sporting dar 3-0 ao porto e ter esperanças em eliminar o patético para que as assistências aumentassem. Ao contrário do que se pensa, a ideia de adepto/sócio fiel e inamovível em relação aos resultados desportivos é uma concepção errada e ultrapassada, que nem mesmo às claques se aplica.

Gostaria de ver um trabalho semelhante para o Vitória de Guimarães. Apesar de o Estádio deles ter capacidade para receber somente 30.000 pessoas, seria interessante perceber se nos estamos a aproximar deste clube, ou de outro da Liga Sagres.
« Última modificação: Maio 04, 2010, 13:10 por Schism » Registado

Re: Assistências para o campeonato no Estádio José Alvalade , « Resposta #13 em: Maio 04, 2010, 13:21 »



*

Condecorações:Membro do Ano 2010


Mensagens: 29246
Idade: 33
Localidade: Stockholm
Masculino

WWW
Já agora, não efectuei qualquer análise comparativa porque quis deixar a polémica um bocadinho de fora. No entanto, faço-o agora com 2 gráficos ilustrativos (quem tiver lido o primeiro post entende-os):



Neste estão representadas todas as assistências dos 3 grandes nos 2 últimos anos. Ter em atenção que no caso do Benfica falta uma assistência que só vai ter lugar no próximo fim-de-semana. As linhas horizontais representam as medianas para cada temporada.



Aqui estão representadas as médias de assistências dos 3 grandes.
Registado
Re: Assistências para o campeonato no Estádio José Alvalade , « Resposta #14 em: Maio 04, 2010, 13:28 »



*
Juvenil

Mensagens: 678
Localidade: Lisboa
Masculino


Bom trabalho de exposição dos dados.  Positivo!

Breves notas:

- Em termos metodológicos estes dados seriam de leitura mais clara com termos de comparação ano a ano, como foi dito, com assistências de porco, lamps e guimarães. Seria muito interessante também comparar com os últimos anos do Alvalade antigo, incluindo os dos títulos 99/00 e 01/02. Sem nunca ter visto esses dados, arriscava-me a dizer que quem pensa que "antes é que o estádio estava Sempre cheio" arriscava-se a ter uma surpresa. Mas deve ser difícil ter elementos fiáveis.   

- Quanto às comparações com guimarães, é preciso ter cuidado com os termos usados para as fazer: as aspirações desse clube não são iguais às nossas, pelo que isso tem que entrar nas avaliações dos números médios de espectadores. Este ano que para nós foi de embate no fundo, foi um ano relativamente positivo/dentro da normalidade para eles (5º lugar); é óbvio que iria haver uma aproximação. Mas como seriam as assistências no Afonso Henriques se, mantendo-se a nossa época igual, o vitória andasse durante todo o ano pelo 11º, ou 10º lugar?

- Quanto aos dados substantivos concordo com algumas das análises que foram feitas: desde 2006/07 até 2009/10 os dados reflectem claramente o ciclo descendente de desinvestimento/baixa de expectativas/mau futebol/resultados cada vez piores/divórcio da massa adepta/receitas menores/+ desinvestimento/etc./etc.

- De qualquer maneira, colocando como hipótese que não é possível descer mais que este ano em termos de resultados, humilhações e mau futebol, acho que a média de espectadores deixa pelo menos algum conforto na medida que mostra duas coisas: a) mesmo com uma época inenarrável há uma espécie de limite mínimo de cerca de 25000 espectadores, que até nem me parece escandaloso; b) a margem de crescimento é imensa, e isso é um factor crucial para o clube.

- O volume de 10000 espectadores de variação entre 06/07 (o melhor ano) e 09/10 (o pior) dissipa qualquer dúvida em relação à importância do "público flutuante" que é necessário chamar para Alvalade. Eles existem, mas têm quer ser atraídos!

- Excelente ideia sobrepor os dados de assistência com os de Gameboxs vendidas. Mostra também que a fidelização vai só até certo ponto, ou seja, as pessoas têm uma noção bastante realista em relação àquilo que será a época no início da mesma e retraem-se quando acham que o futebol não presta ou os resultados não contam: também aqui a estratégia de rebaixamento de expectativas foi simplesmente suicidária ao afastar as pessoas de Alvalade desde o início. Isso alimentou à partida uma dinâmica frouxa de transmissão de crença e de emoções entre equipa e adeptos.

- Os dados mostram o Factor crítico para trazer gente: lutar a sério pelo título. Não há volta a dar. Em 06/07 foi quando ficámos mais perto; a partir daí abdicou-se de lutar pelo campeonato em prol dos 2ºs lugares e da conversa das tacitas e o resultado está à vista.

PS: Vi que entretanto foram colocadas comparações com os rivais.  Positivo!
« Última modificação: Maio 04, 2010, 13:32 por Eurípides » Registado

"O Sporting Clube de Portugal é o título duma associação composta de indivíduos de ambos os sexos de boa sociedade e conduta irrepreensível." - Artigo 1º dos Primeiros Estatutos
Re: Assistências para o campeonato no Estádio José Alvalade , « Resposta #15 em: Maio 04, 2010, 13:32 »



*
Sénior

Mensagens: 3638
Idade: 38
Localidade: Edimburgo
Masculino


O que prova que as assistencias estao dependentes dos resultados e expectativas.   Seta
Registado

No meu mundo imaginário o Sporting contracta o ... blah, nao contracta ninguem porque de certeza um dos juniores da academia e melhor.
Re: Assistências para o campeonato no Estádio José Alvalade , « Resposta #16 em: Maio 04, 2010, 13:42 »


14.12.1986: 7-1


*
Veterano

Mensagens: 8994
Localidade: Almada
Masculino


Acho que a subida drástica, de 08/09 para 09/10, da assistência lampiónica diz tudo.

São somente mais dez mil pessoas. E tudo devido às contratações de renome, goleadas, boas exibições e expectativas em relação à vitória no campeonato.

Crer que a massa adepta é estática e invariável face aos resultados desportivos é uma ideia estapafúrdia e desfasada da realidade.

Se o Sporting continuar nesta toada, assumindo-se como derrotado na pré-época, não há milagres.
Registado

Re: Assistências para o campeonato no Estádio José Alvalade , « Resposta #17 em: Maio 04, 2010, 14:07 »



*

Condecorações:Membro do Ano 2010


Mensagens: 29246
Idade: 33
Localidade: Stockholm
Masculino

WWW
Parabéns pelo trabalho estatístico. Provaste graficamente aquilo que alguns tendem a fazer vista grossa. Pena foi teres-me lembrado do SPSS, maldito programa.  Evil

O que leva a isto? Todos nós sabemos. Os problemas estão identificados há muito, neste fórum. Não é preciso ser um mago da banca, ou um perito em marketing, ou whatever, para perceber o que traz gente ao Estádio. Tendo em conta a premissa de que um clube grande vive de vitórias, a partir daqui é possível deslindar os porquês de Alvalade estar cada vez mais vazio.
Prova, novamente, que não são taças/supertaças que trazem adeptos, mas sim boas prestações no Campeonato e na Europa. Se com isso tivermos um futebol minimamente atractivo, melhor ainda.

Bastou o Sporting dar 3-0 ao porto e ter esperanças em eliminar o patético para que as assistências aumentassem. Ao contrário do que se pensa, a ideia de adepto/sócio fiel e inamovível em relação aos resultados desportivos é uma concepção errada e ultrapassada, que nem mesmo às claques se aplica.

Foi "quase" o SPSS, Grin mas era difícil efectuar outro tipo de representação compreensível de modo tão compacto e contendo tanta informação.

Acho que o que isto nos diz é que não é a militância que pode resolver os nossos problemas (porque ela existe e em números bastante elevados apesar de um ano horribilis que sucedeu a 2 também muito medíocres). O segredo estará porventura em gerir melhor as expectativas dos adeptos, sobretudo aqueles que têm de ser mais selectivos com o seu tempo, através da obtencão de resultados ou pelo menos dar a ilusão de que eles vão ser atingidos. Por exemplo, para o Benfica será pouco relevante no contexto da época actual se é ou não campeão, esse factor vai ter influência na próxima época, mas para a época em questão a capitalizacão financeira e desportiva está quase 100% conseguida, ganhem ou percam no último jogo.
Registado
Re: Assistências para o campeonato no Estádio José Alvalade , « Resposta #18 em: Maio 04, 2010, 14:11 »



*
Veterano

Mensagens: 6401
Idade: 27
Masculino


Estes dados só provam uma vez mais a velha máxima:

Joga-se bem ->  + Pessoas no estádio
Joga-se Mal -> - Pessoas no estádio

E para isto existe N razões que servem ainda mais para agravar a crise de espectadores em Alvalade, Discursos fracos e sem vontade de vencer, pouco investimento em jogadores que chamem mais adeptos e Dirigentes que não inspiram confiança a ninguém!

Estes dados deveriam ser expostos publicamente e se possível num programa qualquer como o "Dia Seguinte" "Tempo extra" ou algo do género, porque ai sim os que continuam cegos poderiam abrir os olhos ao que têm feito ao Sporting Clube de Portugal nos últimos anos...

Bom artigo Paracelsus Positivo!
Registado


O Sporting é nosso outra vez !
Re: Assistências para o campeonato no Estádio José Alvalade , « Resposta #19 em: Maio 04, 2010, 14:14 »



*
Veterano

Mensagens: 5294
Idade: 26
Localidade: Oslo
Masculino

WWW
numa época vender 35.000 de Gamebox´s é digno de um colosso Europeu! fantástico!

Aquela época de 2005 devia ter servido para catapultar o clube para o sucesso, os adeptos perceberam isso, mas infelizmente só nos enterramos a partir dai... incrível!
Registado
Gosta deste tópico? Partilhe-o:
Páginas: [1] 2 3 seguinte » Ir para o topo Imprimir
Fórum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal Universo Sporting Clube de Portugal Redacção Porta 10-A Tópico:

Assistências para o campeonato no Estádio José Alvalade

« tópico anterior seguinte »
Ir para:

Powered by SMF 1.1.19 | SMF © 2011, Simple Machines
Tema SMFone modificado por Avantix e Paracelsus.
Optimizado para o Mozilla Firefox na resolução 1024 x 768.
© 2004 - 2010 | Fórum SCP | Alguns Direitos Reservados
Fórum não-oficial do Sporting Clube de Portugal

Ajuda | | Sitemap | Política de Privacidade