Fim dos Plasmas?

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Citação de: author [url
http://jn.sapo.pt[/url]]
Plasmas podem deixar de ser comercializados
2009-01-13

Os televisores plasma podem ter os dias contados na Europa caso entre em vigor uma nova lei comunitária de protecção do ambiente, que regula o consumo de energia excessivo e a emissão de elevadas quantidades de gás carbónico nos televisores.

De acordo com a imprensa britânica, a nova lei comunitária de protecção ambiental, que fixa metas de desempenho para televisores, pode significar o fim da comercialização de grandes televisões plasma na União Europeia.

A legislação, que está a ser preparada por Bruxelas e os 27 Estados-membros da UE, pretende estabelecer padrões mínimos para televisores e impedir que aparelhos que consumam muita energia ou emitam quantidades elevadas de gás carbónico sejam comercializados no espaço europeu.

Segundo a UE, as televisões plasma consomem mais do dobro de energia que os modelos de LCD e de tubo. Enquanto um televisor plasma de 42 polegadas consome 822 kilowatts de energia por ano, um televisor do mesmo tamanho de LCD consome 350 kilowatts durante o mesmo intervalo de tempo.

"Padrões mínimos de desempenho devem ser estabelecidos na Europa durante esta Primavera e isso deve levar ao fim das televisões mais ineficientes", escreve a agência Lusa citando declarações da UE.

A proposta de legislação prevê, também, que os televisores mais eficientes passem a ser rotulados com um novo sistema de indentificaçao energética, que permita às pessoas reconhecerem os modelos mais eficientes.

Esta medida visa proteger o ambiente, mais concretamente as alterações climáticas. Actualmente, as famílias têm três vezes mais aparelhos eléctricos do que  algumas gerações atrás e o consumo de electricidade duplicou.

Concordam? Medida demasiado extrema? Eu acho que sim!
Esta medida apenas seria razoável se os LCD'S fossem tão bons como os plasmas; Um plasma tem mais frequência de atualização, mais contraste, mais cores e menos tempo de acesso. por outro lado um lcd e mais fino e e poupa energia, e muitos tamanhos podem ter full hd 1920x1080. Em suma, acho que esta medida devia ser adiada até conseguirem produzir lcds tao bons como os plasmas
« Última modificação: Janeiro 11, 2010, 23:32 pm por Angel Lion »
Chat shit get banged.
Citação de: author [url
http://jn.sapo.pt[/url]]
Plasmas podem deixar de ser comercializados
2009-01-13

Os televisores plasma podem ter os dias contados na Europa caso entre em vigor uma nova lei comunitária de protecção do ambiente, que regula o consumo de energia excessivo e a emissão de elevadas quantidades de gás carbónico nos televisores.

De acordo com a imprensa britânica, a nova lei comunitária de protecção ambiental, que fixa metas de desempenho para televisores, pode significar o fim da comercialização de grandes televisões plasma na União Europeia.

A legislação, que está a ser preparada por Bruxelas e os 27 Estados-membros da UE, pretende estabelecer padrões mínimos para televisores e impedir que aparelhos que consumam muita energia ou emitam quantidades elevadas de gás carbónico sejam comercializados no espaço europeu.

Segundo a UE, as televisões plasma consomem mais do dobro de energia que os modelos de LCD e de tubo. Enquanto um televisor plasma de 42 polegadas consome 822 kilowatts de energia por ano, um televisor do mesmo tamanho de LCD consome 350 kilowatts durante o mesmo intervalo de tempo.

"Padrões mínimos de desempenho devem ser estabelecidos na Europa durante esta Primavera e isso deve levar ao fim das televisões mais ineficientes", escreve a agência Lusa citando declarações da UE.

A proposta de legislação prevê, também, que os televisores mais eficientes passem a ser rotulados com um novo sistema de indentificaçao energética, que permita às pessoas reconhecerem os modelos mais eficientes.

Esta medida visa proteger o ambiente, mais concretamente as alterações climáticas. Actualmente, as famílias têm três vezes mais aparelhos eléctricos do que  algumas gerações atrás e o consumo de electricidade duplicou.

Concordam? Medida demasiado extrema? Eu acho que sim!
Esta medida apenas seria razoável se os LCD'S fossem tão bons como os plasmas; Um plasma tem mais frequência de atualização, mais contraste, mais cores e menos tempo de acesso. por outro lado um lcd e mais fino e e poupa energia, e muitos tamanhos podem ter full hd 1920x1080. Em suma, acho que esta medida devia ser adiada até conseguirem produzir lcds tao bons como os plasmas

Tudo o que é mau é sempre melhor que bom. Batata frita sabe melhor que couve cozida, sentar o cu no sofá é melhor que correr feito de parvo durante uma hora, petróleo mais eficaz que a energia eléctrica. A questão não é o que sabe melhor mas o que é melhor. Temos obrigatoriamente de olhar para o ambiente de outra forma, termos uma postura mais cívica e ecológica. Deixar de olhar para o umbigo e sermos mais amigos da natureza. Todos nós sabemos que os custos de investigação em energias renováveis ou qualquer que seja a tecnologia que apoie o ambiente é sempre mais dispendiosa que a normal. Mas é o custo de fazer o que é certo.
Citação de: author [url
http://jn.sapo.pt[/url]]
Plasmas podem deixar de ser comercializados
2009-01-13

Os televisores plasma podem ter os dias contados na Europa caso entre em vigor uma nova lei comunitária de protecção do ambiente, que regula o consumo de energia excessivo e a emissão de elevadas quantidades de gás carbónico nos televisores.

De acordo com a imprensa britânica, a nova lei comunitária de protecção ambiental, que fixa metas de desempenho para televisores, pode significar o fim da comercialização de grandes televisões plasma na União Europeia.

A legislação, que está a ser preparada por Bruxelas e os 27 Estados-membros da UE, pretende estabelecer padrões mínimos para televisores e impedir que aparelhos que consumam muita energia ou emitam quantidades elevadas de gás carbónico sejam comercializados no espaço europeu.

Segundo a UE, as televisões plasma consomem mais do dobro de energia que os modelos de LCD e de tubo. Enquanto um televisor plasma de 42 polegadas consome 822 kilowatts de energia por ano, um televisor do mesmo tamanho de LCD consome 350 kilowatts durante o mesmo intervalo de tempo.

"Padrões mínimos de desempenho devem ser estabelecidos na Europa durante esta Primavera e isso deve levar ao fim das televisões mais ineficientes", escreve a agência Lusa citando declarações da UE.

A proposta de legislação prevê, também, que os televisores mais eficientes passem a ser rotulados com um novo sistema de indentificaçao energética, que permita às pessoas reconhecerem os modelos mais eficientes.

Esta medida visa proteger o ambiente, mais concretamente as alterações climáticas. Actualmente, as famílias têm três vezes mais aparelhos eléctricos do que  algumas gerações atrás e o consumo de electricidade duplicou.

Concordam? Medida demasiado extrema? Eu acho que sim!
Esta medida apenas seria razoável se os LCD'S fossem tão bons como os plasmas; Um plasma tem mais frequência de atualização, mais contraste, mais cores e menos tempo de acesso. por outro lado um lcd e mais fino e e poupa energia, e muitos tamanhos podem ter full hd 1920x1080. Em suma, acho que esta medida devia ser adiada até conseguirem produzir lcds tao bons como os plasmas

A notícia saiu em Inglaterra e é sobre a União Europeia, era o mesmo que comentar uma notícia que tivesse saído no CM.

Edit: Aqui ficam algumas pérolas da comunicação social britânica sobre a União Europeia: http://en.wikipedia.org/wiki/Euromyth
« Última modificação: Janeiro 08, 2010, 23:29 pm por joaommx »
Não sou nenhum entendido, mas posso dar a opinião que tenho...

Há menos de um ano comprei um LCD da Phillips de 42'' para tv principal. Na altura andei indeciso e pesquisei também vários plasmas. Optei pelo LCD da Phillips porque ganhou o prémio CES "best in show" para o melhor electrodoméstico do ano, porque combina uma excelente experiência full hd com um dos mais baixos consumos energéticos. Lembro-me de comparar a imagem dos LCDs da Phillips e Sony com a dos plasmas e, embora os plasmas tenham boa fama neste capítulo, os resultados eram incomparáveis com clara vantagem para os LCD's.

Para mim, esse mito da qualidade é coisa do passado. Não tendo conseguido detectar vantagens na utilização de um plasma, acredito que essa ideia de que os plasmas são superiores foi gerada por comparação com LCD's mais antigos.

Por certo que todos vocês estão sensíveis às questões ambientais e consideravam relevantes os resultados da cimeira de Copenhaga. Por certo acreditam que a diminuição do desperdício energético ou a diminuição da produção de formas de energia poluentes são uma preocupação à escala global. Se assim for, este é mais um pequeno passo na direcção certa.

Mais qualidade num produto mais "verde". Qual é o drama?
Eu acho que mais valia obrigarem os produtores de plasmas a melhorarem a eficiência das televisões, e o consumo depende bastante de um modelo. Mas mesmo assim, o tipico comprador português quer e uma televisão bonita, barata, e que esteja na moda: LCD. Tendo em conta que os mesmos já ultrapassaram os plasma em vendas, apenas uma minoria opta pelos plasmas, dado que me faz pensar que a medida é demasiado extrema, pois a mossa causada no ambiente pelos plasmas é inferior, pois há menos.
É claro que acho que o ambiente é a prioridade, mas se é assim porque é que não proíbem produzir casacos de pele, mobilia de madeira de floresta de chuva, lâmpadas incandescentes, circulação de carros velhos, não reciclagem de lixo reciclavel e ainda proibição de pesca de arrastão, lançamento de águas não tratadas para o mar/rio e porque é que não há contentores para o óleo em Lisboa, se há em Oeiras e a capital é Lisboa?
Chat shit get banged.
Não sou nenhum entendido, mas posso dar a opinião que tenho...

Há menos de um ano comprei um LCD da Phillips de 42'' para tv principal. Na altura andei indeciso e pesquisei também vários plasmas. Optei pelo LCD da Phillips porque ganhou o prémio CES "best in show" para o melhor electrodoméstico do ano, porque combina uma excelente experiência full hd com um dos mais baixos consumos energéticos. Lembro-me de comparar a imagem dos LCDs da Phillips e Sony com a dos plasmas e, embora os plasmas tenham boa fama neste capítulo, os resultados eram incomparáveis com clara vantagem para os LCD's.

Para mim, esse mito da qualidade é coisa do passado. Não tendo conseguido detectar vantagens na utilização de um plasma, acredito que essa ideia de que os plasmas são superiores foi gerada por comparação com LCD's mais antigos.

Por certo que todos vocês estão sensíveis às questões ambientais e consideravam relevantes os resultados da cimeira de Copenhaga. Por certo acreditam que a diminuição do desperdício energético ou a diminuição da produção de formas de energia poluentes são uma preocupação à escala global. Se assim for, este é mais um pequeno passo na direcção certa.

Mais qualidade num produto mais "verde". Qual é o drama?
eu que não sou muito entendido a nivel de materiais posso dizer que sei analisar as especificações. ide ver as especificações de um LCD de 1200-1300 € e depois a de um plasma de preço similar. a qualidade dos plasmas depende muito das marcas e as melhores neste momento devem ser a panasonic e a pioneer ou a samsung acho eu. a sony também produz bons plasmas. em portugal é dificil fazer uma boa avaliação de mercado pois a oferta acaba por ser mais limitada.
Chat shit get banged.

A notícia saiu em Inglaterra e é sobre a União Europeia, era o mesmo que comentar uma notícia que tivesse saído no CM.

Edit: Aqui ficam algumas pérolas da comunicação social britânica sobre a União Europeia: http://en.wikipedia.org/wiki/Euromyth
esta nao e peta até o meu professor de fisica me disse, so que eu procurei uma noticia para ajudar a construir um topico mais completo
Edit: agora e que reparei na noticia, isto já é de há um ano LOL
Chat shit get banged.
Não sou nenhum entendido, mas posso dar a opinião que tenho...

Há menos de um ano comprei um LCD da Phillips de 42'' para tv principal. Na altura andei indeciso e pesquisei também vários plasmas. Optei pelo LCD da Phillips porque ganhou o prémio CES "best in show" para o melhor electrodoméstico do ano, porque combina uma excelente experiência full hd com um dos mais baixos consumos energéticos. Lembro-me de comparar a imagem dos LCDs da Phillips e Sony com a dos plasmas e, embora os plasmas tenham boa fama neste capítulo, os resultados eram incomparáveis com clara vantagem para os LCD's.

Para mim, esse mito da qualidade é coisa do passado. Não tendo conseguido detectar vantagens na utilização de um plasma, acredito que essa ideia de que os plasmas são superiores foi gerada por comparação com LCD's mais antigos.

Por certo que todos vocês estão sensíveis às questões ambientais e consideravam relevantes os resultados da cimeira de Copenhaga. Por certo acreditam que a diminuição do desperdício energético ou a diminuição da produção de formas de energia poluentes são uma preocupação à escala global. Se assim for, este é mais um pequeno passo na direcção certa.

Mais qualidade num produto mais "verde". Qual é o drama?
eu que não sou muito entendido a nivel de materiais posso dizer que sei analisar as especificações. ide ver as especificações de um LCD de 1200-1300 € e depois a de um plasma de preço similar. a qualidade dos plasmas depende muito das marcas e as melhores neste momento devem ser a panasonic e a pioneer ou a samsung acho eu. a sony também produz bons plasmas. em portugal é dificil fazer uma boa avaliação de mercado pois a oferta acaba por ser mais limitada.

As caracteristicas só por si não significam nada. Todos os valores de contraste anunciados são exagerados e desfazados dos valores concretos dos paineis sejam eles plasma ou LCD.

Há diferenças claras a nível tecnologico entre o plasma e o LCD. No que diz respeito aos conteúdos HD qualquer uma das tecnologias é capaz de imagens soberbas, sendo que o plasma em conteudos SD por possuir uma maior taxa de refresh é capaz de melhor imagem. O plasma tem melhores negros, o LCD melhores brancos, etc. O plasma claramente come eletricidade ás pazadas comparado com os sistemas concorrentes e por isso mesmo foi abandonado por algumas marcas.

Essa propalada proibição, por enquanto só é falada no Reino Unido, mas já se fala disso há mais de 1 ano e até agora nada. Duvido que vá para a frente.

No entanto, mesmo assim o Plasma tem os dias contados, porque com a introdução dos ecrãs LED ainda mais económicos que os LCD, e com a progressiva massificação de conteúdos HD, o próprio mercado ditará o fim do formato.
Vuk10Bala ©
Não sou nenhum entendido, mas posso dar a opinião que tenho...

Há menos de um ano comprei um LCD da Phillips de 42'' para tv principal. Na altura andei indeciso e pesquisei também vários plasmas. Optei pelo LCD da Phillips porque ganhou o prémio CES "best in show" para o melhor electrodoméstico do ano, porque combina uma excelente experiência full hd com um dos mais baixos consumos energéticos. Lembro-me de comparar a imagem dos LCDs da Phillips e Sony com a dos plasmas e, embora os plasmas tenham boa fama neste capítulo, os resultados eram incomparáveis com clara vantagem para os LCD's.

Para mim, esse mito da qualidade é coisa do passado. Não tendo conseguido detectar vantagens na utilização de um plasma, acredito que essa ideia de que os plasmas são superiores foi gerada por comparação com LCD's mais antigos.

Por certo que todos vocês estão sensíveis às questões ambientais e consideravam relevantes os resultados da cimeira de Copenhaga. Por certo acreditam que a diminuição do desperdício energético ou a diminuição da produção de formas de energia poluentes são uma preocupação à escala global. Se assim for, este é mais um pequeno passo na direcção certa.

Mais qualidade num produto mais "verde". Qual é o drama?
eu que não sou muito entendido a nivel de materiais posso dizer que sei analisar as especificações. ide ver as especificações de um LCD de 1200-1300 € e depois a de um plasma de preço similar. a qualidade dos plasmas depende muito das marcas e as melhores neste momento devem ser a panasonic e a pioneer ou a samsung acho eu. a sony também produz bons plasmas. em portugal é dificil fazer uma boa avaliação de mercado pois a oferta acaba por ser mais limitada.

As caracteristicas só por si não significam nada. Todos os valores de contraste anunciados são exagerados e desfazados dos valores concretos dos paineis sejam eles plasma ou LCD.

Há diferenças claras a nível tecnologico entre o plasma e o LCD. No que diz respeito aos conteúdos HD qualquer uma das tecnologias é capaz de imagens soberbas, sendo que o plasma em conteudos SD por possuir uma maior taxa de refresh é capaz de melhor imagem. O plasma tem melhores negros, o LCD melhores brancos, etc. O plasma claramente come eletricidade ás pazadas comparado com os sistemas concorrentes e por isso mesmo foi abandonado por algumas marcas.

Essa propalada proibição, por enquanto só é falada no Reino Unido, mas já se fala disso há mais de 1 ano e até agora nada. Duvido que vá para a frente.

No entanto, mesmo assim o Plasma tem os dias contados, porque com a introdução dos ecrãs LED ainda mais económicos que os LCD, e com a progressiva massificação de conteúdos HD, o próprio mercado ditará o fim do formato.
LED é LCD, ainda não existem Leds a serio que possam ser considerados propriamente TVs. Mesmo assim acho que há coisas piores que a venda de plasmas que toda a gente ignora porque o sistema está corrompido. Por isso deixem la estar as tvs, que podia ser pior. ninguem fala por exemplo das fabricas e das minas e o caraças, e das criações intensivas de gado, e da poluição aquatica causada pela agricultura por isso mias vale deixarem-se de implicar com as tv's que por sinal sao as melhores.
Chat shit get banged.
Bom, vamos lá a ver:

Em matéria de políticas de mercado, não dou os meus 5 cêntimos. As preocupações ambientais estão na ordem do dia e nem sempre os formatos e tecnologias aparentemente mais credíveis são aqueles que vingam. Vejam por exemplo o caso do sistema VHS versus sistema BETA no que concerne aos gravadores de vídeo durante os anos 80. Alguém tinha dúvidas que o sistema BETA apresentava melhor qualidade e era superior? Penso que ninguém, mas apesar de tudo, foi o VHS que ficou.

Em relação aos méritos das 2 tecnologias (PLASMA versus LCD), já me permito a dizer qualquer coisinha.

O LCD tem uma taxa de actualização menor que o PLASMA, o que implica maior arrastamento nas imagens em movimento. Repare-se que só agora começam a aparecer no mercado tvs LCD a 200 Hz, enquanto que os plasmas a 600 Hz já são corriqueiros. O Plasma é mais contrastante, tem em regra geral melhores pretos, mas é muito mau em imagens estáticas. Para quem gosta de cores muito vivas e imagens muito brilhantes, um PLASMA nunca brilhará ao pé de um LCD, mas o 1º reproduz com mais naturalidade. O PLASMA é melhor em reprodução SD (standard definition), como por exemplo as emissões de tv, enquanto o LCD é superior em termos de HD (high definition), caso do blue-ray. Em relação aos consumos, creio que nos dias que correm, essa questão não se coloca. A maioria dos PLASMAS já têm consumos ao nível dos LCDs.

Qual o melhor? Depende dos gostos de cada um. Eu por exemplo, estou em vias de comprar uma tv e estou a vacilar entre o PLASMA Panasonic TH-P42U10E e o LCD Philips 42PFL7404H. Quem gosta de imagens naturais e não está a pensar fazer de sua casa um videoclube, tem na marca Panasonic (a maioria dos modelos) uma excelente opção. Quem gosta de cores vivas e cintilantes e vai ver mais conteúdos em HD do que tv, então, tem nesta última gama da Philips (7404, 8404, 9603, etc...) uma excelente escolha.
As mulheres são como as piscinas: o seu custo de manutenção é muito elevado e não é compensado pelo tempo que passamos dentro delas.

Um homem é como um soalho flutuante: se for bem montado, pode ser pisado durante mais de 30 anos.
Penso que o Always já disse praticamente tudo em relação às diferenças entre Plasma e LCD.

Vou acrescentar mais um ponto: A dimensão do ecrâ. Em dimensões de 42" para cima os LCD não conseguem obter a mesma perfomance do Plasma. O contrário também se aplica. Um plasma Panasonic de 42" não é melhor que os modelos Philips (76xx e 96xx e superior) e os Sony serie W. Porque que isto acontece? Devido ao tamanho do tubo de plasma. De 42" para baixo não consegues expandir na sua totalidade um tubo de Plasma. Por esse motivo os modelos de 37" da Panasonic e Pionneer foram um verdadeiro fiasco. Mesmo em 42" é complicado sendo o melhor modelo que se pode comprar é os Pionneer e esses são bem caros para o meu bolso por exemplo. Qual a vantagem da Pionneer? É simples são os pretos e a calibração de cores feitas já de fábrica e optimizadas. Ai a principal vantagem dos Plasmas realça-se: os contrastes que se conseguem obter. Abaixo dos 42" é esquecer o Plasma.

O Futuro não será LCD nem Plasma mas sim o OLED embora este ainda não tenha encontrado muitos modelos decentes, também em Portugal o mercado de OLED está minado de Samsung, que para mim não obrigado.

Always quanto à tua questão eu optava pelo Philips mas a versão 7404H mas sim a 7604H. Tudo depende do negocio mas entre um LCD Philips de ultima geração e um Plasma Panasonic optaria pelo 1º. A menos que fosses para 47" ai não há chance. É um crime ver LCD's de 47" e 50" tal é o arrastamento que eles provocam nessas dimensões sejam a 200Hz ou mais. Não há milagres. Para essas dimensões tenho uma alternativa melhor: um bom projector Full HD


OLED ainda só há umas pequenas que são mais ecrã de ee pc e de telemovel do que outra coisa. podes e estar a confundir com os LED que para todos os efeitos sao lcd mas com luzes LED em vez de luzes fluorecentes. e sim OLED é o futuro, mas por enquanto devem manter os plasmas no mercado.
Chat shit get banged.
Penso que o Always já disse praticamente tudo em relação às diferenças entre Plasma e LCD.

Vou acrescentar mais um ponto: A dimensão do ecrâ. Em dimensões de 42" para cima os LCD não conseguem obter a mesma perfomance do Plasma. O contrário também se aplica. Um plasma Panasonic de 42" não é melhor que os modelos Philips (76xx e 96xx e superior) e os Sony serie W. Porque que isto acontece? Devido ao tamanho do tubo de plasma. De 42" para baixo não consegues expandir na sua totalidade um tubo de Plasma. Por esse motivo os modelos de 37" da Panasonic e Pionneer foram um verdadeiro fiasco. Mesmo em 42" é complicado sendo o melhor modelo que se pode comprar é os Pionneer e esses são bem caros para o meu bolso por exemplo. Qual a vantagem da Pionneer? É simples são os pretos e a calibração de cores feitas já de fábrica e optimizadas. Ai a principal vantagem dos Plasmas realça-se: os contrastes que se conseguem obter. Abaixo dos 42" é esquecer o Plasma.

O Futuro não será LCD nem Plasma mas sim o OLED embora este ainda não tenha encontrado muitos modelos decentes, também em Portugal o mercado de OLED está minado de Samsung, que para mim não obrigado.

Always quanto à tua questão eu optava pelo Philips mas a versão 7404H mas sim a 7604H. Tudo depende do negocio mas entre um LCD Philips de ultima geração e um Plasma Panasonic optaria pelo 1º. A menos que fosses para 47" ai não há chance. É um crime ver LCD's de 47" e 50" tal é o arrastamento que eles provocam nessas dimensões sejam a 200Hz ou mais. Não há milagres. Para essas dimensões tenho uma alternativa melhor: um bom projector Full HD






Pois, mas se navegares por essa web fora, é só blogs e fóruns a fazer a apologia dos Kuros da Pioneer e dos Panasonics como se fossem uma coisa do outro mundo. Os Plasmas da Pioneer já saíram de cena (fala-se que a tecnologia Kuro vai ser vendida à Panasonic), mas aquelas que eu pude observar em devido tempo, eram realmente bons. Dever-se-ia no entanto colocar a questão: valeria a pena dar mais de 2.000,00 € por um Kuro da Pioneer de 42"?

Os Panasonic, nunca os consegui achar assim tão superiores como os pintavam. Aliás havia modelos que ao lado de LCDs Philips ou até Samsungs série 7... minha nossa senhora!! Panasonic Plasma para mim, só mesmo os modelos TH-P42U10E, TH-P42S10E ou o TH-P42V10E.

Apenas uma correcção: disseste que «Abaixo dos 42" é esquecer o Plasma». É que é mesmo para esquecer na verdadeira acepção da palavra porque não existem. Devido às limitações tecnológicas que invocaste, não é possível conceber com êxito, plasmas com menos de 42".

O Philips 7604H não existe à venda ainda em Portugal.   ;)
« Última modificação: Janeiro 11, 2010, 23:57 pm por SCP Always »
As mulheres são como as piscinas: o seu custo de manutenção é muito elevado e não é compensado pelo tempo que passamos dentro delas.

Um homem é como um soalho flutuante: se for bem montado, pode ser pisado durante mais de 30 anos.
Apenas uma correcção: disseste que «Abaixo dos 42" é esquecer o Plasma». É que é mesmo para esquecer na verdadeira acepção da palavra porque não existem. Devido às limitações tecnológicas que invocaste, não é possível conceber com êxito, plasmas com menos de 42".



Exacto. Há uns 3 ou 4 meses andei à procura de uma TV de ecran plana para o meu quarto, não queria muito grande mas o suficiente para ver bem as legendas (ainda são uns 8 metros de distância à parede), estive a estudar as características de plasmas e LCD's para escolher a melhor tecnologia e só depois de alguma pesquisa é que percebi que os plasmas é só mesmo para ecran grandes (42"), abaixo disso, e eu comprei 20 e qualquer coisa, simplesmente não há. Eu teria escolhido LCD na mesma, mas assim a escolha foi bem mais fácil  :lol:
A conversa dos consumos é enganadora a meu ver.

Ainda ontem estava a ver um panfleto de uma destas lojas de cá que vende TVs, o El Giganten, e tinham qualquer coisa do género:

Plasma da Samsung de 42''
Consumo: 170W (standby: 3W)

LCD da Phillips de 37''
Consumo: 135W (standby: 5W)

Convém também referir que um LCD consome sempre ao máximo, ou seja, se são 135W então são sempre 135W porque os cristais líquidos estão sempre "ligados", mesmo os que mostram a cor preta. Nos Plasmas, o consumo é variável consoante a imagem que passa, isto é, quando mais coloridas forem as imagens, mais gasta ao contrário dos pretos que não exigem o mesmo consumo do plasma. Agora também não sei dizer se os 170W do exemplo são a média prevista de consumo para o plasma ou se é o que gasta no seu ponto máximo. :inde:
A conversa dos consumos é enganadora a meu ver.

Ainda ontem estava a ver um panfleto de uma destas lojas de cá que vende TVs, o El Giganten, e tinham qualquer coisa do género:

Plasma da Samsung de 42''
Consumo: 170W (standby: 3W)

LCD da Phillips de 37''
Consumo: 135W (standby: 5W)

Convém também referir que um LCD consome sempre ao máximo, ou seja, se são 135W então são sempre 135W porque os cristais líquidos estão sempre "ligados", mesmo os que mostram a cor preta. Nos Plasmas, o consumo é variável consoante a imagem que passa, isto é, quando mais coloridas forem as imagens, mais gasta ao contrário dos pretos que não exigem o mesmo consumo do plasma. Agora também não sei dizer se os 170W do exemplo são a média prevista de consumo para o plasma ou se é o que gasta no seu ponto máximo. :inde:

Exactamente!
Esta directiva da EU é, como muitas outras infelizmente, uma medida pra ingles ver com impacto ambiental 0,00, que é o objectivo.
Como começa a ser recurrente, os politicos tratam os consumidores como atrasados mentais.
« Última modificação: Janeiro 13, 2010, 15:43 pm por GroeneLeeuw »
Not everything that can be counted counts, and not everything that counts can be counted.
Albert Einstein (1879-1955)

Confront your enemies, avoid them if you can
A gentlemen will walk but never run. Sting(1951- )
A conversa dos consumos é enganadora a meu ver.

Ainda ontem estava a ver um panfleto de uma destas lojas de cá que vende TVs, o El Giganten, e tinham qualquer coisa do género:

Plasma da Samsung de 42''
Consumo: 170W (standby: 3W)

LCD da Phillips de 37''
Consumo: 135W (standby: 5W)

Convém também referir que um LCD consome sempre ao máximo, ou seja, se são 135W então são sempre 135W porque os cristais líquidos estão sempre "ligados", mesmo os que mostram a cor preta. Nos Plasmas, o consumo é variável consoante a imagem que passa, isto é, quando mais coloridas forem as imagens, mais gasta ao contrário dos pretos que não exigem o mesmo consumo do plasma. Agora também não sei dizer se os 170W do exemplo são a média prevista de consumo para o plasma ou se é o que gasta no seu ponto máximo. :inde:

Paracelsus, o meu LCD Phillips, que como disse anteriormente é de 42'', consome apenas 75w... e não conheço tv's com imagem melhor.

http://ces.cnet.com/8301-13855_1-9843645-67.html
Olha, fui por exemplo à página do El Giganten na Net e procurei por TVs Phillips. Escolhi uma ao acaso com 42'': http://www.elgiganten.se/product/ljud-bild/tv/42PFL5604H/philips-42-lcd-tv-full-hd?Selected=Specifications#tProductTabcontent

Se fizeres scroll na página encontras 2 parâmetros:
Strömförbrukning:      250
Strömförbrukning (viloläge):    0.15

Tratam-se do consumo de electricidade no primeiro caso e de electricidade em standby no segundo caso.

Fiz o mesmo para um plasma Panasonic de 42'' ao calhas: http://www.elgiganten.se/product/ljud-bild/tv/TXP42C10Y/panasonic-42-plasma-tv?Selected=Specifications#tProductTabcontent
Strömförbrukning:      195
Strömförbrukning (viloläge):    0.7
Maximal strömförbrukning:      245 

O último parâmetro é o consumo máximo.

Acho que dá para perceber. ;)
Não acredito no fim da comercialização dos plasmas, como o Paracelsus referiu e bem a questão dos consumos é uma falácia.

Além disso a tecnologia 3D que está a ser implementada tem como pioneiros a Panasonic com a linha 2010 a já vir com tecnologia 3D
Sócio/Emblema de Prata/Gamebox A14
14/12/2005 joguei no relvado do Estádio de Alvalade.
Data de registo: Maio 19, 2005, 19:47 pm
Penso que o Always já disse praticamente tudo em relação às diferenças entre Plasma e LCD.

Vou acrescentar mais um ponto: A dimensão do ecrâ. Em dimensões de 42" para cima os LCD não conseguem obter a mesma perfomance do Plasma. O contrário também se aplica. Um plasma Panasonic de 42" não é melhor que os modelos Philips (76xx e 96xx e superior) e os Sony serie W. Porque que isto acontece? Devido ao tamanho do tubo de plasma. De 42" para baixo não consegues expandir na sua totalidade um tubo de Plasma. Por esse motivo os modelos de 37" da Panasonic e Pionneer foram um verdadeiro fiasco. Mesmo em 42" é complicado sendo o melhor modelo que se pode comprar é os Pionneer e esses são bem caros para o meu bolso por exemplo. Qual a vantagem da Pionneer? É simples são os pretos e a calibração de cores feitas já de fábrica e optimizadas. Ai a principal vantagem dos Plasmas realça-se: os contrastes que se conseguem obter. Abaixo dos 42" é esquecer o Plasma.

O Futuro não será LCD nem Plasma mas sim o OLED embora este ainda não tenha encontrado muitos modelos decentes, também em Portugal o mercado de OLED está minado de Samsung, que para mim não obrigado.

Always quanto à tua questão eu optava pelo Philips mas a versão 7404H mas sim a 7604H. Tudo depende do negocio mas entre um LCD Philips de ultima geração e um Plasma Panasonic optaria pelo 1º. A menos que fosses para 47" ai não há chance. É um crime ver LCD's de 47" e 50" tal é o arrastamento que eles provocam nessas dimensões sejam a 200Hz ou mais. Não há milagres. Para essas dimensões tenho uma alternativa melhor: um bom projector Full HD





O 7604H não existe ainda à venda em Portugal (pelo menos que eu tenha conhecimento).   ???
As mulheres são como as piscinas: o seu custo de manutenção é muito elevado e não é compensado pelo tempo que passamos dentro delas.

Um homem é como um soalho flutuante: se for bem montado, pode ser pisado durante mais de 30 anos.