Wiki Sporting, a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal

Forum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal


Olá, Visitante. Por favor Entre ou Registe-se se ainda não for membro.
Novembro 27, 2014, 01:45

Entrar com nome de utilizador, password e duração da sessão

Anúncios:

Início Início  Ajuda Ajuda  Regras Regras  Pesquisa Pesquisa  Entrar Entrar  Registe-se Registe-se       Wiki Wiki  Links Links 
Fórum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal Assuntos Desportivos Assuntos Desportivos Gerais e de Outros Clubes (Moderador: Angel Lion) Tópico:

Fascismo e os Clubes Portugueses

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
Páginas: « anterior 1 ... 3 4 [5] 6 seguinte » Ir para o fundo Imprimir
Autor Tópico: Fascismo e os Clubes Portugueses (Lida 16924 vezes)

Re: Fascismo e os Clubes Portugueses , « Resposta #80 em: Março 01, 2010, 23:24 »



*
Sénior

Condecorações:Revelação 2009


Mensagens: 7574
Idade: 31
Localidade: Carcavelos/Évora
Masculino


Encontrei no site dos Pasteis o seguinte excerto:

Citar
Quando Cândido de Oliveira tomou o comando técnico do Belenenses, Mariano Amaro juntou ao jeito rebelde de ser e de jogar uma nova consciência. Social. Se isso lhe deu o carisma que fez com que, naturalmente, assumisse, à entrada para os anos 40, o cargo de capitão da Selecção Nacional, também lhe marcou o destino. Que pior poderia ter sido. Era um líder incontestado. Apaixonante. Mas, em Novembro de 1947, seria despojado do estatuto de capitão por questões... políticas, que a censura salazarista manteria, anos a fio, no segredo dos deuses... Nesse ano, antes de um Portugal-Espanha, como começava a ser costume, as equipas perfilaram-se diante da tribuna principal para saudar as entidades oficiais, com o braço erguido. Saudação fascista que eufemisticamente se chamava... olímpica. Três jogadores, todos eles do Belenenses, treinado por Cândido de Oliveira, não fizeram a saudação de braço em riste: Artur Quaresma deixou-se ficar em sentido, José Simões e Mariano Amaro foram mais longe e cerraram os punhos! No campo, mal se deu por isso, mas, depois, a revista Stadium publicou a fotografia, com uns dedos pintados, espetados, à frente das mãos fechadas — boa terá sido a intenção, mas mau foi o retoque. Ficou o gato escondido com o rabo de fora. A bronca estoirou. Os três jogadores chegaram a ser detidos pela PIDE, para averiguações, mas acabaram libertados, salvos, afinal, pela sua qualidade de futebolistas, já que se fossem atirados para os calabouços não haveria hipótese de se encobrir o escândalo, ter-se-ia de explicar porque não jogavam nos domingos seguintes. Decisiva terá sido a influência do capitão Maia Loureiro, figura grada da FPF e homem de confiança do regime, que garantiu que os futebolistas já se tinham desculpado pela «criancice» e prometido nunca mais «repetir a gracinha»...
Penso que isto responde à tua pergunta, Farinha!
Registado


Re: Fascismo e os Clubes Portugueses , « Resposta #81 em: Março 01, 2010, 23:31 »

farinha amparo

Obrigado, 1984. Positivo!
Sobre a punição, está visto.
Só que em 1947 a wiki aqui do forum põe o Cândido de Oliveira no Sporting, o que bate certo com o que disse o Pireza.
A história deve ser de 1937, quando ele estava no Belenenses e a saudação nazi ou olímpica era mesmo moda (depois da guerra eu acho que caiu em desuso).
Se for assim: site do Belenenses-0 wiki do fórum-1
Registado
Re: Fascismo e os Clubes Portugueses , « Resposta #82 em: Março 01, 2010, 23:46 »



*
Sénior

Condecorações:Revelação 2009


Mensagens: 7574
Idade: 31
Localidade: Carcavelos/Évora
Masculino


Obrigado, 1984. Positivo!
Sobre a punição, está visto.
Só que em 1947 a wiki aqui do forum põe o Cândido de Oliveira no Sporting, o que bate certo com o que disse o Pireza.
A história deve ser de 1937, quando ele estava no Belenenses e a saudação nazi ou olímpica era mesmo moda (depois da guerra eu acho que caiu em desuso).
Se for assim: site do Belenenses-0 wiki do fórum-1
Interessante, realmente tive a ver, e pelo que li noutros locais esse jogo foi a 30 de Janeiro de 1938, ainda nem a Guerra Civil de Espanha tinha terminado (terminou a 1 de Abril de 1939).

Fica aqui mais um relato:

A 30 de Janeiro de 1938, antes de se iniciar um Portugal-Espanha, deu-se um episódio deveras curioso e praticamente desconhecido da maioria, que envolveu 3 jogadores do Belenenses então seleccionados (onde se incluía também Simões, para além de Amaro e Quaresma). Defrontavam-se então Portugal, sob a ditadura de Salazar, e a Espanha de Franco, futuro ditador (ali travava-se ainda a sangrenta guerra civil, pelo que o jogo não foi reconhecido pelas instâncias internacionais do futebol). Assim sendo, tinha-se tornado obrigatória a saudação fascista (naquele tempo "olímpica", mas que servia perfeitamente aos tempos) no alinhamento inicial. E foi então que alguns faltaram à regra: Quaresma ficou em sentido, não erguendo sequer o braço; Simões e Amaro ergueram os punhos cerrados, algo ainda mais afrontoso (parecia a saudação comunista). Juntou-se ainda o guarda-redes Azevedo, do Sporting, que encolheu ligeiramente os dedos (curiosamente, muitos anos mais tarde, Azevedo viria a confessar que era também adepto do Belenenses... para além de vir do Barreiro, como Quaresma). A seguir ao jogo todos eles foram detidos pela polícia política (a PVDE) para interrogatório.
Como contou Quaresma uns anos mais tarde (Record, Janeiro de 2004):
"Fomos à Pide e eles ficaram. Eu, deixando o braço em baixo, disse que me esquecera de o levantar. Não houve mais problemas porque o Belenenses moveu influências. Nunca fui político, mas embirrava com aquelas coisas do fascismo. O Barreiro era foco de comunistas opositores ao regime e eu era amigo de muitos. Mas fiz aquilo sem premeditação, foi um acto natural."

Há uns anos, numa tertúlia de Belenenses (promovida pela Mailing List do Belenenses) tivemos o privilégio de contar com a presença de Quaresma, que recordou aquela história, com emoção. Amaro e Simões acabaram também por ser libertados, embora fossem mais “activos” na sua contestação. Mas eram jovens, já famosos, e os bons ofícios de gente ligada ao Clube ajudaram a resolver o caso. Fica ainda o rocambolesco da revista “Stadium”, que publicou uma fotografia “retocada” do alinhamento, com uns toscos dedos esticados acrescentados às mãos dos jogadores! (é caso para falar em censura de dedos censurados – sendo que Quaresma “ganhou” um braço!).
Mais adiante falaremos destes jogadores, sem prejuízo do muito que já se escreveu a seu respeito (recomendo em especial os textos publicados no site oficial do Clube).
Atente-se também ao bold!
Não sei será verdade ou não! Indeciso
Registado
Re: Fascismo e os Clubes Portugueses , « Resposta #83 em: Março 02, 2010, 00:09 »



*
Sénior

Condecorações:Revelação 2009


Mensagens: 7574
Idade: 31
Localidade: Carcavelos/Évora
Masculino


Quanto ao Azevedo, está aqui mais uma fonte que confirma essa história:
http://www.dnoticias.pt/default.aspx?file_id=dn01050302140608

Registado
Re: Fascismo e os Clubes Portugueses , « Resposta #84 em: Março 02, 2010, 12:39 »



*
Júnior

Mensagens: 1891
Idade: 39
Localidade: Lisboa


peço ajuda aos mais antigos e aos historiadores desportivos/politicos aqui do forum


já andava nesta luta com um lampião há meses por causa desta história do clube do regime agorao gajo mandou-me isto, dá para contrapor onde posso arranjar documentação afirmar qu é mentira o que escreve, ou arranjar mais provas que efectivamente o benfica é que era o clube do regime?

Citar
Em 54/55 o Benfica foi campeão mas quem foi convidado para recém-criada "Taça dos Campeões Europeus", foi o sporting, pelas excelentes relações que alguns dos seus dirigentes mantinham com Salazar e por naquela altura os clubes a participar serem sugeridos pelas entidades nacionais , por outro lado o Benfica foi quase sempre liderado por pessoas que faziam oposição ao regime, e como se não bastasse ostentava a cor da oposição fascista o Vermelho, que Salazar fez questão de mais tarde chamar de encarnado, uma vez que como "bom" ditador percebeu que o Benfica era o clube constituído por gentes do povo que movia as multidões e poderia usar isso em seu proveito próprio, tal como fazem os políticos hoje em campanha eleitoral ao associarem-se a atletas e personalidades conhecidas.

As ligações do porto ao poder permitiram-lhe incrivelmente nas épocas de 1939/40 e 1941/42 conseguir 2 alargamentos dos nacionais para evitar descer à 2º divisão.

A 16 de Dezembro de 1960, Eusébio chegou a Lisboa para jogar no Benfica, ficando cerca de uma semana fechado num hotel do Algarve sob vigia de Domingos Claudino, por se recear uma tentativa de rapto por parte do Sporting, palavras do próprio Eusébio, claro que quando ele morrer vão tentar criar outro mito, outra história.

O BENFICA foi o convidado de honra do porto para inaugurar o Estádio das Antas. Escolheram a data de 28 de Maio de 1952, o Benfica venceu por 8-2 e a data escolhida não foi por acaso, foi só e apenas a data que coincide com Implementação do Estado Novo, coincidências...

A taça desse jogo tinha o nome "Taça General Craveiro Lopes", mais um general do regime, mais uma coincidência.

O hino oficial do Benfica, composto por Bermudes, chamava-se “Avante Benfica” e foi censurado por Salazar por ser entendido como uma afronta ao seu poder.



Miguel Sousa Tavares, adepto portista reconhecidíssimo, no seu best seller Rio das Flores, apresenta um excelente trabalho acerca da evolução das ditaduras de direita na primeira metade do século XX. Miguel Sousa Tavares não podia ser mais explícito, e dada altura, refere: “Sporting era o clube do regime”. Contudo, Salazar aproveitou-se das vitórias do Benfica para se promover e credibilizar como faria qualquer ditador.


O sporting durante 20 anos utilizou o estádio Campo 28 de Maio (data da implantação do estado novo), anos mais tarde o Benfica foi ocupar esse campo e mudou o nome para  estádio do Campo Grande.
Registado

sócio desde 1978
Re: Fascismo e os Clubes Portugueses , « Resposta #85 em: Março 02, 2010, 13:17 »



*
Sénior

Condecorações:Revelação 2009


Mensagens: 7574
Idade: 31
Localidade: Carcavelos/Évora
Masculino


lmc, esse texto do lampião, parece-me do mais revisionista que vi em muito tempo, ao melhor estilo estalinista! Essa de ser cor vermelha para representar as cores oposicionistas é do mais delirante que já li!!

A de dizer que o merdafica era liderado por pessoas que faziam oposição ao regime além de vómito, diria que é uma afronta e uma falta de respeito enorme por quem realmente a fez na clandestinidade, sofrendo as maiores provações e sacrificios (como foi bem dado o exemplo de Cândido de Oliveira). Oposição ao regime fizeram esses, e não um bando de porcos lampiões que governavam esse clube de trampa!!

Essa do Eusébio é engraçada, pois o meu pai conta-me a versão contrária. Ou seja, diz ele, que o Eusébio foi raptado pelos lampiões e aliciado a assinar pelos porcos vermelhos com um saco cheio de notas de baixo valor. Não esquecer que Eusébio jogava na filial do Sporting em Maputo, o Sporting de Lourenço Marques.

Aqui um artigo interessante sobre as transferências falhadas, entre ela a de Eusébio:
http://www.ionline.pt/conteudo/9253-os-n...os-que-teriam-mudado-o-futebol-portugues

Registado
Re: Fascismo e os Clubes Portugueses , « Resposta #86 em: Março 02, 2010, 13:20 »

farinha amparo

Sobre a taça dos campeões, vê isto:
http://www.forumscp.com/index.php?topic=20647.msg764627#msg764627
http://www.forumscp.com/index.php?topic=20647.msg764590#msg764590
A segunda é mais completa e cita o site da Uefa.

Quanto ao Insébio acho que há outros posts neste mesmo tópico.
Quanto ao resto, deixa os corruptos peidosos desenmerdarem-se.
Eu ainda não consegui parar de rir com esta tirada
Citar
Miguel Sousa Tavares, adepto portista reconhecidíssimo, no seu best seller Rio das Flores, apresenta um excelente trabalho acerca da evolução das ditaduras de direita na primeira metade do século XX
Rebolar de Tanto Rir Rebolar de Tanto Rir
Brutal: só 1 bronco é que pode dizer que se o Sousa Tavares escreve, numa obra "literária", é porque é verdade
 Rebolar de Tanto Rir
É que é um 3 em 1 de disparate.
Se quiseres perder tempo (aviso que é grande) vê a crítica mordaz do Pulido Valente (esse percebe mais de História a dormir que o Tavares acordado, mesmo que ambos estejam sob o efeito de bebidas provenientes das terras altas) para efeitos publicitários a esse "excelente trabalho" Rebolar de Tanto Rir
http://blogtailors.blogspot.com/2007/11/...olmica-pulido-valente-sousa-tavares.html
Registado
Re: Fascismo e os Clubes Portugueses , « Resposta #87 em: Março 02, 2010, 14:14 »



*
Júnior

Mensagens: 1891
Idade: 39
Localidade: Lisboa


obrigado amigos vou contra atacar já nem posso ver esse gajo à frente  Bater Cabeça Bater Cabeça Bater Cabeça
Registado

sócio desde 1978
Re: Fascismo e os Clubes Portugueses , « Resposta #88 em: Março 02, 2010, 14:28 »



*

Mensagens: 13614
Idade: 26
Localidade: POR TEMPO INDEFINIDO AFASTADO DO FÓRUM! REGRESSAREI - talvez - QUANDO FORMOS CAMPEÕES NACIONAIS!
Masculino

WWW
lmc, esse texto do lampião, parece-me do mais revisionista que vi em muito tempo, ao melhor estilo estalinista! Essa de ser cor vermelha para representar as cores oposicionistas é do mais delirante que já li!!

A de dizer que o merdafica era liderado por pessoas que faziam oposição ao regime além de vómito, diria que é uma afronta e uma falta de respeito enorme por quem realmente a fez na clandestinidade, sofrendo as maiores provações e sacrificios (como foi bem dado o exemplo de Cândido de Oliveira). Oposição ao regime fizeram esses, e não um bando de porcos lampiões que governavam esse clube de trampa!!

Essa do Eusébio é engraçada, pois o meu pai conta-me a versão contrária. Ou seja, diz ele, que o Eusébio foi raptado pelos lampiões e aliciado a assinar pelos porcos vermelhos com um saco cheio de notas de baixo valor. Não esquecer que Eusébio jogava na filial do Sporting em Maputo, o Sporting de Lourenço Marques.

Aqui um artigo interessante sobre as transferências falhadas, entre ela a de Eusébio:
http://www.ionline.pt/conteudo/9253-os-n...os-que-teriam-mudado-o-futebol-portugues



Nesse artigo, muito interessante diga-se, só se lê: "... no Sporting".

Sobre a transferência do Eusébio, posso confidenciar o seguinte: Contaram-me que a transferência do Eusébio - leia-se fuga do SCP para o SLB - deu-se por causa de uma personagem que, à última hora, desviou o Eusébio da reunião que o colocaria como jogador do Sporting. Um intermediário mafioso, cujo nome não me lembro, que teria fortes ligações ao Governo de Salazar.
Existem muitas histórias:

1) Simples rapto.
2) Tirarem partido da burrice do Eusébio que, não sabendo escrever ou ler, assinou o contrato, supostamente do SCP, com o dedo, tipo impressão digital.

É mais um dos mitos do futebol português. Porém, não tenho dúvida que nos foi roubado. Ah, não o trocaria pelo Peyroteu - o verdadeiro King -, mesmo sendo de épocas diferentes.
Registado

http://sociedadesporting.blogspot.pt/201...a-ti-meu-querido-papa-fernando-1956.html

Um fragmento da que pode ter sido a primeira conversa séria que tive com o meu amado Papá Fernando; tinha eu uns 11 anos, julgo.
- Papá, eu sou o herdeiro, estou a fazer isto tudo [a auxiliar uns camionistas da empresa na montagem de uma enorme máquina] porquê? – perguntei eu.
- Filhote, és o herdeiro, és, mas do trabalho. Vá, mexe-te.
Só passados alguns anos compreendi, não apenas o significado do termo “trabalho”, mas o tom e a responsabilidade.
Re: Fascismo e os Clubes Portugueses , « Resposta #89 em: Março 02, 2010, 20:32 »



*
Juvenil

Condecorações:Membro do Ano 2008


Mensagens: 1180
Localidade: Lisboa
Masculino


A história deve ser de 1937, quando ele estava no Belenenses e a saudação nazi ou olímpica era mesmo moda (depois da guerra eu acho que caiu em desuso).
Se for assim: site do Belenenses-0 wiki do fórum-1

Pelo que sei foi em 1937 ou em 1938. Aliás, penso mesmo que o jogo nem é reconhecido pela FIFA porque opôs Portugal a uma equipa que apenas representava a parte da Espanha já ocupada pelos franquistas. O site do Belém deve estar a confundir esse jogo, que Portugal ganhou, o que teria sido a 1.ª vitória sobre os espanhóis não fora a decisão da FIFA, com a 1.ª vitória de Portugal contra a Espanha oficialmente reconhecida, os 4-1 de 1947.

Quanto à Taça dos Campeões de 55/56, ouvi desde sempre que a UEFA, tratando-se da prova inaugural, não se quis cingir aos campeões em título e em alguns casos convidou os clubes que considerou serem os melhores de cada país. Como o Sporting ganhara 7 dos últimos 9 campeonatos, a UEFA decidiu convidar-nos a nós. Essa história de ter sido por causa do Salazar é nova, deve ter sido inventada pela Leonor Pinhão em noite de insónia.

Quem quiser saber mais sobre Cândido de Oliveira pode ler a biografia escrita por Homero Serpa. Tratou-se de um Homem ímpar, enquanto desportista e cidadão. No futebol fez tudo, foi jogador, treinador, dirigente e jornalista. Não haverá muitas figuras maiores do que ele (se as houver) na história do futebol português. Morreu na Suécia em 1958, enquanto cobria o Mundial que revelou Pelé, Garrincha, Didi e o Brasil. É caso para dizer que morreu no cumprimento do dever.
Registado

Último minuto da partida... Último minuto, Sporting... Vai ser levantado o pontapé de canto lá pela esquerda... O pontapé de canto vai ser levantado... Coração da área......GOLO!GOLO!GOLO!GOLO!GOLO!GOLO!GOLO!GOLO!GOLO!GOLO!GOLO!
Re: Fascismo e os Clubes Portugueses , « Resposta #90 em: Março 02, 2010, 20:59 »



*
Júnior

Mensagens: 1891
Idade: 39
Localidade: Lisboa


desde a hora do almoço que o animal está caladinho  Rebolar de Tanto Rir Rebolar de Tanto Rir Rebolar de Tanto Rir

obrigado mais uma vez
já está a levar 10-0  Rir Muito Alto Rir Muito Alto Rir Muito Alto
Registado

sócio desde 1978
Re: Fascismo e os Clubes Portugueses , « Resposta #91 em: Março 02, 2010, 22:15 »


Sete a Um, estive lá!


*

Condecorações:Revelação 2008


Mensagens: 12965
Idade: 190
Localidade: Southwest corner of Europe
Masculino


(...) Quanto à Taça dos Campeões de 55/56, ouvi desde sempre que a UEFA, tratando-se da prova inaugural, não se quis cingir aos campeões em título e em alguns casos convidou os clubes que considerou serem os melhores de cada país. Como o Sporting ganhara 7 dos últimos 9 campeonatos, a UEFA decidiu convidar-nos a nós. Essa história de ter sido por causa do Salazar é nova, deve ter sido inventada pela Leonor Pinhão em noite de insónia. (...)
Por favor leiam os posts anteriores sobre o assunto. Nós éramos os campeões em título à data do começo da competição, e por isso fomos o representante português. Nada mais.
Registado

L8tr,
 
106
 
 «Opiniões divergentes não significam ataques pessoais»    
Re: Fascismo e os Clubes Portugueses , « Resposta #92 em: Março 02, 2010, 23:10 »



*
Juvenil

Condecorações:Membro do Ano 2008


Mensagens: 1180
Localidade: Lisboa
Masculino


(...) Quanto à Taça dos Campeões de 55/56, ouvi desde sempre que a UEFA, tratando-se da prova inaugural, não se quis cingir aos campeões em título e em alguns casos convidou os clubes que considerou serem os melhores de cada país. Como o Sporting ganhara 7 dos últimos 9 campeonatos, a UEFA decidiu convidar-nos a nós. Essa história de ter sido por causa do Salazar é nova, deve ter sido inventada pela Leonor Pinhão em noite de insónia. (...)
Por favor leiam os posts anteriores sobre o assunto. Nós éramos os campeões em título à data do começo da competição, e por isso fomos o representante português. Nada mais.

Li esse post. A versão que narrei é a que conhecia, mas termos participado por sermos os campeões em título ainda faz mais sentido e é mais simples. Diz-se muita coisa acerca dessa 1ª edição da TC, por exemplo que o Chelsea, campeão em 54/55, queria participar mas foi convencido a não o fazer pelo Secretário da Liga Inglesa, que era um verdadeiro isolacionista e não queria clubes ingleses na Europa. Mas também já li que não terá sido assim.

Nos seus primórdios as competições europeias tinham muitas particularidades que as tornavam muito diferentes do que depois vieram a ser. Por exemplo, a Taça das Feiras, antecessora da Taça UEFA e da actual Liga Europa, foi concebida como uma competição entre selecções de cidades que albergassem feiras internacionais e a primeira edição demorou muito mais do que uma época. O conceito de selecções de cidades foi abandonado muito cedo e penso que em Portugal nem chegou a ser adoptado.

De todo o modo, o mais importante é realçar a falsidade destas imputações encarnadas. Algumas franjas do SLB andam a querer re-escrever a história...
Registado

Último minuto da partida... Último minuto, Sporting... Vai ser levantado o pontapé de canto lá pela esquerda... O pontapé de canto vai ser levantado... Coração da área......GOLO!GOLO!GOLO!GOLO!GOLO!GOLO!GOLO!GOLO!GOLO!GOLO!GOLO!
Re: Fascismo e os Clubes Portugueses , « Resposta #93 em: Março 04, 2010, 15:05 »



*
Júnior

Mensagens: 1891
Idade: 39
Localidade: Lisboa


http://pt.uefa.com/competitions/ucl/news/kind=1/newsid=334364.html

esta pagina da uefa já não está activa, alguem me consegue arranjar uma activa?
parece que obicho voltou à carga e duvida da fonte  Bater Cabeça Bater Cabeça Bater Cabeça
Registado

sócio desde 1978
Re: Fascismo e os Clubes Portugueses , « Resposta #94 em: Março 04, 2010, 16:03 »



*

Condecorações:Membro do Ano 2010


Mensagens: 29693
Idade: 33
Localidade: Stockholm
Masculino

WWW
Ena, a foto do FDXYEAH deve ser a primeira que encontro com o Benfica a fazer a saudação fascista, algo que muitas galinhas teimam e juram a pés juntos que nunca aconteceu. E para não haver dúvidas e a lampionagem andar a tentar branquear mais uma vez a história, meti a imagem no server do fórum:

Registado
Re: Fascismo e os Clubes Portugueses , « Resposta #95 em: Março 04, 2010, 17:13 »



*
Iniciado

Mensagens: 834


http://pt.uefa.com/competitions/ucl/news/kind=1/newsid=334364.html

esta pagina da uefa já não está activa, alguem me consegue arranjar uma activa?
parece que obicho voltou à carga e duvida da fonte  Bater Cabeça Bater Cabeça Bater Cabeça

Porra que vocês tem uns amigos do caraças. O meu conselho? Mudem de amigos!

Já isto (debate) começou pelo forista ygor ter um amigo lampião "cego" que come tudo o que lhe colocam à frente, agora esse teu amigo também duvida da UEFA.

Lembro-me bem de ter ido à procura da noticia no site da UEFA e ter feito copy-paste da noticia. Mas de facto o link já não remete para essa página, mas uma vez que tenho tempo de sobra (por maus motivos) faço questão de encontrar de novo a noticia se isso servir para acabares essa amizade! Mas o forista Pireza ja fez mais de 90% do trabalho:

Citar
Quanto à Taça dos Campeões de 55/56, ouvi desde sempre que a UEFA, tratando-se da prova inaugural, não se quis cingir aos campeões em título e em alguns casos convidou os clubes que considerou serem os melhores de cada país. Como o Sporting ganhara 7 dos últimos 9 campeonatos, a UEFA decidiu convidar-nos a nós. Essa história de ter sido por causa do Salazar é nova, deve ter sido inventada pela Leonor Pinhão em noite de insónia.
Registado

"Para conduzir o Sporting é preciso carta de pesados"

"Ninguém morre por uma época má"

"Sou perseguido, apesar de estar a fazer um favor ao Sporting"
Re: Fascismo e os Clubes Portugueses , « Resposta #96 em: Março 04, 2010, 17:20 »



*
Júnior

Mensagens: 1891
Idade: 39
Localidade: Lisboa


http://pt.uefa.com/competitions/ucl/news/kind=1/newsid=334364.html

esta pagina da uefa já não está activa, alguem me consegue arranjar uma activa?
parece que obicho voltou à carga e duvida da fonte  Bater Cabeça Bater Cabeça Bater Cabeça

Porra que vocês tem uns amigos do caraças. O meu conselho? Mudem de amigos!

Já isto (debate) começou pelo forista ygor ter um amigo lampião "cego" que come tudo o que lhe colocam à frente, agora esse teu amigo também duvida da UEFA.

Lembro-me bem de ter ido à procura da noticia no site da UEFA e ter feito copy-paste da noticia. Mas de facto o link já não remete para essa página, mas uma vez que tenho tempo de sobra (por maus motivos) faço questão de encontrar de novo a noticia se isso servir para acabares essa amizade! Mas o forista Pireza ja fez mais de 90% do trabalho:

Citar
Quanto à Taça dos Campeões de 55/56, ouvi desde sempre que a UEFA, tratando-se da prova inaugural, não se quis cingir aos campeões em título e em alguns casos convidou os clubes que considerou serem os melhores de cada país. Como o Sporting ganhara 7 dos últimos 9 campeonatos, a UEFA decidiu convidar-nos a nós. Essa história de ter sido por causa do Salazar é nova, deve ter sido inventada pela Leonor Pinhão em noite de insónia.
o gajo não é meu amigo é um lampião de outro forum que nada tem a ver com desporto, só que já estou fartinho dele, já nem o vejo bem e o gajo já estava caladinho, mas como o site da uefa já não tem lá a noticia veio logo com aquelas boquinhas se tinha tirado do livro da história do sporting
se conseguires arranjar a noticia agradeço já que sou um pouco teimoso e não me importo de ir seja onde for para descredibilizar estes lampiões.
abraço
Registado

sócio desde 1978
Re: Fascismo e os Clubes Portugueses , « Resposta #97 em: Março 04, 2010, 17:53 »



*
Iniciado

Mensagens: 834


o gajo não é meu amigo é um lampião de outro forum que nada tem a ver com desporto, só que já estou fartinho dele, já nem o vejo bem e o gajo já estava caladinho, mas como o site da uefa já não tem lá a noticia veio logo com aquelas boquinhas se tinha tirado do livro da história do sporting
se conseguires arranjar a noticia agradeço já que sou um pouco teimoso e não me importo de ir seja onde for para descredibilizar estes lampiões.
abraço

Então o melhor é deixar o gajo a "falar" sozinho. A história da Taça dos Campeões Europeus como o forista Pireza escreveu e eu sempre li e ouvi isso:

Citar
Quanto à Taça dos Campeões de 55/56, ouvi desde sempre que a UEFA, tratando-se da prova inaugural, não se quis cingir aos campeões em título e em alguns casos convidou os clubes que considerou serem os melhores de cada país. Como o Sporting ganhara 7 dos últimos 9 campeonatos, a UEFA decidiu convidar-nos a nós.

Uma rápida busca por isso dá sempre a mesma versão.

E talvez não se encontre essa peça novamente pois estive a tentar encontrar no site da Uefa (versão inglesa) e existe um gap entre Agosto de 2005 e Dezembro de 2008 em UEFA.com > News > Features
 
« Última modificação: Março 04, 2010, 17:55 por Kraven » Registado

"Para conduzir o Sporting é preciso carta de pesados"

"Ninguém morre por uma época má"

"Sou perseguido, apesar de estar a fazer um favor ao Sporting"
Re: Fascismo e os Clubes Portugueses , « Resposta #98 em: Março 04, 2010, 17:57 »

Gebeeme

Sempre ouvi dizer que o Sporting foi convidado porque era o campeão em título e a equipa que tinha ganho mais campeonatos ganhos na altura, ou seja, o Sporting foi convidado pelo seu palmarés e prestígio e não por questões políticas. O clube que sempre foi relacionado com o fascismo foi o Belenenses pois o Américo Tomás era adepto e sócio.
Registado
Re: Fascismo e os Clubes Portugueses , « Resposta #99 em: Março 04, 2010, 18:16 »



*
Júnior

Mensagens: 1891
Idade: 39
Localidade: Lisboa


o gajo não é meu amigo é um lampião de outro forum que nada tem a ver com desporto, só que já estou fartinho dele, já nem o vejo bem e o gajo já estava caladinho, mas como o site da uefa já não tem lá a noticia veio logo com aquelas boquinhas se tinha tirado do livro da história do sporting
se conseguires arranjar a noticia agradeço já que sou um pouco teimoso e não me importo de ir seja onde for para descredibilizar estes lampiões.
abraço

Então o melhor é deixar o gajo a "falar" sozinho. A história da Taça dos Campeões Europeus como o forista Pireza escreveu e eu sempre li e ouvi isso:

Citar
Quanto à Taça dos Campeões de 55/56, ouvi desde sempre que a UEFA, tratando-se da prova inaugural, não se quis cingir aos campeões em título e em alguns casos convidou os clubes que considerou serem os melhores de cada país. Como o Sporting ganhara 7 dos últimos 9 campeonatos, a UEFA decidiu convidar-nos a nós.

Uma rápida busca por isso dá sempre a mesma versão.

E talvez não se encontre essa peça novamente pois estive a tentar encontrar no site da Uefa (versão inglesa) e existe um gap entre Agosto de 2005 e Dezembro de 2008 em UEFA.com > News > Features
 

exacto, também só consigo encontrar isso.
ainda vou mandar um email para o site da uefa para ver se eles têm em arquivo e onde, não vou desistir enquanto não calar esse anormalóide
Registado

sócio desde 1978
Gosta deste tópico? Partilhe-o:
Páginas: « anterior 1 ... 3 4 [5] 6 seguinte » Ir para o topo Imprimir
Fórum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal Assuntos Desportivos Assuntos Desportivos Gerais e de Outros Clubes (Moderador: Angel Lion) Tópico:

Fascismo e os Clubes Portugueses

« tópico anterior seguinte »
Ir para:

Powered by SMF 1.1.20 | SMF © 2011, Simple Machines
Tema SMFone modificado por Avantix e Paracelsus.
Optimizado para o Mozilla Firefox na resolução 1024 x 768.
© 2004 - 2010 | Fórum SCP | Alguns Direitos Reservados
Fórum não-oficial do Sporting Clube de Portugal

Ajuda | | Sitemap | Política de Privacidade