[Séries de TV] - Gostos, Opiniões & Novidades

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Vi agora dois episódios de 13 Reasons Why e estou a adorar! Tendo em conta o universo de american teen high school, está bastante bem feito! E tem uma grande vantagem na forma como foi produzida - leva-nos a desejar incessantemente ver o episódio seguinte para ir conseguindo perceber as pontas soltas.

Para além disso, tem ainda o aditivo da Katherine Langford ser cute af.

Acabei ontem de ver esta série!!! Gostei para car@lho, das melhores séries que já vi. Apesar que no fim, acho que ainda ficaram muitas pontas soltas...

A Katherine Langford é um show!!!

E o Sporting é o nosso Grande Amor!!!
Também acabei hoje o "13 Reasons Why". Gostei muito da série e tenho pena que já se fale em possível segunda temporada. Tudo o que dá lucro e faz sucesso tem de ser prolongado, não percebo. Às vezes perde-se a essência.
"O Mundo sabe que, pelo teu amor, eu sou doente..."
Também acabei hoje o "13 Reasons Why". Gostei muito da série e tenho pena que já se fale em possível segunda temporada. Tudo o que dá lucro e faz sucesso tem de ser prolongado, não percebo. Às vezes perde-se a essência.

A questão é que a 1 temporada é baseada num livro que só tem um livro. Significa que a 2 temporada será criada sem "guião".  :inde:
"Sporting! Minha vida é o Sporting, minha paixão é o Sporting, meu amor é o Sporting, é o Sporting é o Sporting é o Sporting! Meu vício é o Sporting, minha família é o Sporting, Sporting, Sporting, Sporting, é o meu Sporting!"
Já começou a terceira e última temporada do Leftovers, bom episódio mas continuo o receio e sensação que a série vai terminar e muitas questões vão ficar por ser explicadas (não estivesse o Lindelof metido ao barulho).
Também acabei hoje o "13 Reasons Why". Gostei muito da série e tenho pena que já se fale em possível segunda temporada. Tudo o que dá lucro e faz sucesso tem de ser prolongado, não percebo. Às vezes perde-se a essência.

A questão é que a 1 temporada é baseada num livro que só tem um livro. Significa que a 2 temporada será criada sem "guião".  :inde:

Sim, ainda mais isso. Mas pode ser que até façam algo de jeito. Só não entendo o porquê de ter de haver segunda temporada. Idilicamente claro. O que move o mundo é o dinheiro.
"O Mundo sabe que, pelo teu amor, eu sou doente..."
Também acabei hoje o "13 Reasons Why". Gostei muito da série e tenho pena que já se fale em possível segunda temporada. Tudo o que dá lucro e faz sucesso tem de ser prolongado, não percebo. Às vezes perde-se a essência.

A questão é que a 1 temporada é baseada num livro que só tem um livro. Significa que a 2 temporada será criada sem "guião".  :inde:

Sim, ainda mais isso. Mas pode ser que até façam algo de jeito. Só não entendo o porquê de ter de haver segunda temporada. Idilicamente claro. O que move o mundo é o dinheiro.

Concordo completamente! A série vai perder muito se fizer uma segunda temporada. A série é a história da Hannah e não faz sentido contar uma história que já foi contada, não faz, mas é mais ou menos o que dizes, fez-se uma temporada, deu sucesso e então vamos ver se fazemos uma segunda para ver se continua o lucro.  :wall: :wall: :wall:
E o Sporting é o nosso Grande Amor!!!
Já começou a terceira e última temporada do Leftovers, bom episódio mas continuo o receio e sensação que a série vai terminar e muitas questões vão ficar por ser explicadas (não estivesse o Lindelof metido ao barulho).
Concordo, até porque supostamente a season ia ser na Austrália

Sent from my GT-I9505 using Tapatalk

Já começou a terceira e última temporada do Leftovers, bom episódio mas continuo o receio e sensação que a série vai terminar e muitas questões vão ficar por ser explicadas (não estivesse o Lindelof metido ao barulho).
Concordo, até porque supostamente a season ia ser na Austrália

Sent from my GT-I9505 using Tapatalk

Bem, logo no começo da primeira temporada os criadores da série foram bem explícitos que nunca seria explicado para onde as pessoas que desapareceram exactamente foram...porém gostava que ao menos fossem dadas algumas pistas ou fosse deixado subentendido no final desta temporada.

Veremos o que vai acontecer.Adorei as duas últimas temporadas, e espero pelo menos um desfecho satisfatório.



Quanto á Austrália, não sei se viste o episódio...

Spoiler: mostrar

O episódio termina com uma versão mais velha da Nora, que ao que tudo indica pela pronuncia da Freira nessa cena passar-se precisamente na Austrália.
Já começou a terceira e última temporada do Leftovers, bom episódio mas continuo o receio e sensação que a série vai terminar e muitas questões vão ficar por ser explicadas (não estivesse o Lindelof metido ao barulho).

No meu caso, basta ver aquele nome - Damon Lindelof - na ficha técnica e meto logo o filme/série na lista negra de "não ver". :twisted:
Já começou a terceira e última temporada do Leftovers, bom episódio mas continuo o receio e sensação que a série vai terminar e muitas questões vão ficar por ser explicadas (não estivesse o Lindelof metido ao barulho).
Concordo, até porque supostamente a season ia ser na Austrália

Sent from my GT-I9505 using Tapatalk

Bem, logo no começo da primeira temporada os criadores da série foram bem explícitos que nunca seria explicado para onde as pessoas que desapareceram exactamente foram...porém gostava que ao menos fossem dadas algumas pistas ou fosse deixado subentendido no final desta temporada.

Veremos o que vai acontecer.Adorei as duas últimas temporadas, e espero pelo menos um desfecho satisfatório.



Quanto á Austrália, não sei se viste o episódio...

Spoiler: mostrar

O episódio termina com uma versão mais velha da Nora, que ao que tudo indica pela pronuncia da Freira nessa cena passar-se precisamente na Austrália.

Sim, eu reparei nisso. Mas estou curioso quando é que eles vão dar o salto e porquê.

Quanto a tua primeira pergunta, acho que o objectivo nunca foi responder a porquê é que aquilo aconteceu mas sim os acontecimentos à volta daquilo.

Sent from my GT-I9505 using Tapatalk

Já começou a terceira e última temporada do Leftovers, bom episódio mas continuo o receio e sensação que a série vai terminar e muitas questões vão ficar por ser explicadas (não estivesse o Lindelof metido ao barulho).

No meu caso, basta ver aquele nome - Damon Lindelof - na ficha técnica e meto logo o filme/série na lista negra de "não ver". :twisted:

Não aprendi com o Lost realmente...a esperança é que esta série é baseada num livro e não é um projecto delirante unicamente da mente do Lindelof.
 


Sim, eu reparei nisso. Mas estou curioso quando é que eles vão dar o salto e porquê.
Spoiler: mostrar

Fiquei exactamente com a ideia que é um salto temporal, e estávamos a ver uma cena do futuro (afinal a Nora está mais velha).

Tudo por de trás dessa cena espero que seja desvendado nos próximos episódios.


Quanto a tua primeira pergunta, acho que o objectivo nunca foi responder a porquê é que aquilo aconteceu mas sim os acontecimentos à volta daquilo.

Sent from my GT-I9505 using Tapatalk

Tanto o Perrotta (o autor do livro) como o Lindelof deixaram claro na primeira temporada quando falaram da série, que o local(plano de existência, sei lá...) para onde foram os departed nunca seria explicado.

Ok, tudo bem.Até porque imaginando que algo desse género se passaria na vida real, também não creio que a humanidade fosse capaz de dar uma resposta a um acontecimento dessa natureza.

Mas não podem fazer uma série inteira cheia de acontecimentos inexplicáveis e nunca dar pelo menos uma pequena explicação ou deixar subentender o que se passou.Aceita-se a premissa da série(o tal desaparecimento dos 2% da população mundial), mas convêm não exagerar digo eu.

E continuo com a sensação que a série vai terminar com muitas questões e respostas para dar, se não acabar mesmo com tudo por explicar.

Por exemplo, o que se passou com o Pai do Kevin na primeira temporada e todos os acontecimentos que o envolveram?A série esqueceu por completo esses acontecimentos, espero que a terceira temporada desenvolva essa situação.

Há muitas questões e histórias que ficaram penduradas, tem de existir um pay off mínimo ás mesmas(mesmo por muito pequeno que seja) imo.

Já começou a terceira e última temporada do Leftovers, bom episódio mas continuo o receio e sensação que a série vai terminar e muitas questões vão ficar por ser explicadas (não estivesse o Lindelof metido ao barulho).

No meu caso, basta ver aquele nome - Damon Lindelof - na ficha técnica e meto logo o filme/série na lista negra de "não ver". :twisted:

Não aprendi com o Lost realmente...a esperança é que esta série é baseada num livro e não é um projecto delirante unicamente da mente do Lindelof.
 


Sim, eu reparei nisso. Mas estou curioso quando é que eles vão dar o salto e porquê.
Spoiler: mostrar

Fiquei exactamente com a ideia que é um salto temporal, e estávamos a ver uma cena do futuro (afinal a Nora está mais velha).

Tudo por de trás dessa cena espero que seja desvendado nos próximos episódios.


Quanto a tua primeira pergunta, acho que o objectivo nunca foi responder a porquê é que aquilo aconteceu mas sim os acontecimentos à volta daquilo.

Sent from my GT-I9505 using Tapatalk

Tanto o Perrotta (o autor do livro) como o Lindelof deixaram claro na primeira temporada quando falaram da série, que o local(plano de existência, sei lá...) para onde foram os departed nunca seria explicado.

Ok, tudo bem.Até porque imaginando que algo desse género se passaria na vida real, também não creio que a humanidade fosse capaz de dar uma resposta a um acontecimento dessa natureza.

Mas não podem fazer uma série inteira cheia de acontecimentos inexplicáveis e nunca dar pelo menos uma pequena explicação ou deixar subentender o que se passou.Aceita-se a premissa da série(o tal desaparecimento dos 2% da população mundial), mas convêm não exagerar digo eu.

E continuo com a sensação que a série vai terminar com muitas questões e respostas para dar, se não acabar mesmo com tudo por explicar.

Por exemplo, o que se passou com o Pai do Kevin na primeira temporada e todos os acontecimentos que o envolveram?A série esqueceu por completo esses acontecimentos, espero que a terceira temporada desenvolva essa situação.

Há muitas questões e histórias que ficaram penduradas, tem de existir um pay off mínimo ás mesmas(mesmo por muito pequeno que seja) imo.
Concordo com tudo. Veremos. Eu não vi Lost por isso... :mrgreen: Mas espero bem que respondam às cenas

Sent from my GT-I9505 using Tapatalk

Teaser trailer de "Cloak & Dagger", da colaboração Marvel/FreeForm ...

Muito pouco impressionado, mas pronto, é apenas um primeiro teaser, logo se vê. Falando da Marvel, tudo o que tem saído sobre esta e sobre a "Inhumans" não me indica nada de bom ... veremos.


A nova temporada de prison break esta qualquer coisa, pena que sejam só 9 episódios!

Sent from my MI 5 using Tapatalk

Esta sexta temporada de Homeland está mais parecida com 24 do que com as primeiras temporadas da própria série. Fica a sensação que a plot só avança por incompetência das pessoas envolvidas durante o processo.
"No futebol não há lugar para incompetentes" - Godinho Lopes
Esta sexta temporada de Homeland está mais parecida com 24 do que com as primeiras temporadas da própria série. Fica a sensação que a plot só avança por incompetência das pessoas envolvidas durante o processo.

A série cortou com o fio condutor que tinha. Durante 5 temporadas fomos transportados para o combate ao terrorismo: nas primeiras temporadas em solo americano, depois no médio oriente e, por fim, na Europa. Nesta temporada optou-se por abordar uma outra temática.

A série não perdeu com isso porque a outra fórmula já estava esgotada. Mas também não ganhou porque terminada a temporada não somos capazes de dizer que estamos perante uma das melhores de sempre. Não obstante, enquanto os episódios foram saindo foi interessante de acompanhar.

Tenho algum receio da próxima temporada, pois:
Spoiler: mostrar

Mataram o Peter Quinn que era das personagens mais interessantes da série;
A Carrie está ultrapassada e já não há paciência para a aturar;
O Saul foi estupidificado, tornaram-no particularmente burro.
Esta sexta temporada de Homeland está mais parecida com 24 do que com as primeiras temporadas da própria série. Fica a sensação que a plot só avança por incompetência das pessoas envolvidas durante o processo.

A série cortou com o fio condutor que tinha. Durante 5 temporadas fomos transportados para o combate ao terrorismo: nas primeiras temporadas em solo americano, depois no médio oriente e, por fim, na Europa. Nesta temporada optou-se por abordar uma outra temática.

A série não perdeu com isso porque a outra fórmula já estava esgotada. Mas também não ganhou porque terminada a temporada não somos capazes de dizer que estamos perante uma das melhores de sempre. Não obstante, enquanto os episódios foram saindo foi interessante de acompanhar.

Tenho algum receio da próxima temporada, pois:
Spoiler: mostrar

Mataram o Peter Quinn que era das personagens mais interessantes da série;
A Carrie está ultrapassada e já não há paciência para a aturar;
O Saul foi estupidificado, tornaram-no particularmente burro.


Esta temporada realmente é diferente, mas continua a ter a temática do terrorismo...
Spoiler: mostrar
... existem vários ataques terroristas, apesar de serem fabricados com outros interesses (tal como em 24 era várias vezes). Gostei daquele diálogo do Saul em que diz à presidente eleita que reconhece o que tem estado a acontecer, porque era o que faziam noutros países para criarem golpes de estado. É quase como se fosse um conflito interno, mas parece feito de forma descuidada e forçada.

Em relação ao Quinn é uma pena, mas não dava para o manterem como estava atualmente. Se não tinha recuperação possível, mais vale matá-lo.

A Carrie é sempre aquela tipa emocionalmente descontrolada. Torna-se cansativo, especialmente quando lida com pessoas "acima" dela. Faz lembrar o Jack Bauer, que depois de salvar o mundo 6 vezes quando ninguém acreditava nele inicialmente, volta a ter as pessoas a não acreditarem à 7ª vez. Em relação ao Saul, não acho que o tenham feito burro, simplesmente tiraram-lhe importância. Com o crescimento do Dar Adal, ele foi ficando para segundo plano. Pode ser que agora na próxima temporada ele e a Carrie se juntem e a coisa melhore.
"No futebol não há lugar para incompetentes" - Godinho Lopes
Fargo de volta! Excelente primeiro episódio e se ainda não viram aconselho FEUD também da FX.
Bosch  •  Season 3

Que maldade acabar assim a temporada  :D