Ciclismo

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Resultado da 4ª etapa que chegou a Arouca.

1º  15  CUNHA, Marco              POR  ALUVIA - VALONGO         3:40:33   10"
2º 125  VEGA, Jose                 CRC   LIZARTE                              mt.     6"
3º  14  SILVA, Bruno               POR  ALUVIA - VALONGO          a      02    4"
4º  74  PEREIRA, Joao M.         POR  TAVIRA-PALMEIRAS RES    a      02     
5º   6  COSTA, Joao                POR  Stª M.Feira-E'Lecler           a      02     
6º 113  DE LA CRUZ, David       ESP  ANDORRA - ECP                a      02     
7º  11  BALTAZAR, Carlos         POR  ALUVIA - VALONGO          a      02     
8º  82  CARVALHO, Fernando   POR  ARTESANIA DE GALICIA     a      02     
9º  51  ANTUNES, Amaro         POR  CRÉDITO AGRÍCOLA          a      09     
10º  36  GOMES, Flavio            POR  BRETESCAR-SPORTING CP  a  02:43     


Amanhã é o último dia, portanto, última oportunidade. É uma chegada num pequeno topo, pelo qual passam duas vezes antes de contar como meta.
Estivemos tão quase!!! O Ivo Fernandes fez terceiro lugar, atrás de dois do Valongo, com camisola amarela incluído, nos primeiros dois lugares.

Reparem na cara do nosso corredor... Força Ivo, ainda há muita época! :great:

« Última modificação: Julho 26, 2009, 17:17 pm por Pedro 1906 »


As nossas camisolas dao de facto um colorido bem mais interessante á modalidade.

Força pessoal.

SL
Excelente imagem a nossa camisola dá mesmo um colorido muito mais bonito a qualquer competiçao, força Ivo nao desitas quem sabe um dia possas ganhar a volta a portugal num futuro com nossa equipa caso algum dia esta volte a  participar  ;)
“Para mim, o Sporting é como uma mulher que se ama logo à primeira vista. Um homem pode conhecer várias mulheres, mas há sempre ‘aquela’, a especial. Independentemente de ficarmos com ela ou não, lembramo-nos dela para sempre!” De Franceschi
Boa tarde companheiros

Tenho procurado por todo o lado e não consigo encontrar o jersey de ciclismo do Sporting, mesmo o antigo, a réplica do Joaquim Agostinho não aparece na loja nem em lado nenhum que eu consiga encontrar. Alguém sabe onde poderei comprar?

Obrigado
Mario Patricio sobre a equipa do Sporting

Estamos a reflectir

A epoca de regresso do SCP ao ciclismo está a ser marcada por várias situações que em nada abonam a imagem da equipa. No escalão de sub 23 a formação tem tido problemas com salarios em atraso e mais recentemente não compareceu na Volta Madeira depois de ter as viagens pagas e sem dar explicações ao organizador. "A componente desportiva nao é da nossa conta,mas se a equipa decidiu não participar é porque considerou não estarem reunidas as condições necessárias".Sublinhou Mario Patricio director executivo do SCP para as modalidades recordando ainda que o protocolo selado com a formaçao apenas vincula a cedencia de imagem e nao qualquer verba.
Sem adiantar muitos promenores sobre o futuro do projecto que trouxe de volta as cores Leoninas para a estrada o dirigente esclareceu: " Neste momento estamos a recolher informações a reflectir sobre a continuidade da equipa. O protocolo celebrado é anual por isso pode ser revogado ou renovado.Estamos em analise".

In Record versão em papel



Cá para mim é um fim anunciado

SL
Eu disse no início do ano que era um projecto feito em cima do joelho e, infelizmente, confirma-se isso mesmo. Um projecto lançado para a estrada como este foi, não podia ter muito sucesso. Estivemos bem nas provas, mas tudo off-road parece ter corrido mal.

O que torna isto tudo ainda pior é que é o nome do mágico Sporting que está em jogo, e deviam ter ponderado bem as coisas TAMBÉM a pensar nisso. Enfim, esperemos que tudo corra pelo melhor.
A "A Bola" hoje numa peça sobre ciclismo dá como garantida a continuidade do Sporting para 2010.
Dado que já li que a maioria dos nossos ciclistas já rumaram a outros clubes e que houve atrasos significativos aos ciclistas, alguém sabe que assumirá este projecto.
Por mim fico muito feliz por esta continuidade mas tem que ser um projecto credível que não nos envergonhe
Já há alguns resultados da nossa equipa esta época????????
Não há equipa. :arrow:
Acabaram porquê????
Deviamos era ter uma equipa no tour, só de imaginar as estradas Francesas cheias de Sportinguistas...
Acabaram porquê????
Deviamos era ter uma equipa no tour, só de imaginar as estradas Francesas cheias de Sportinguistas...

Não imaginas os custos que isso acarreta! 7 milhões no mínimo para formar alguma coisa razoável.
SPORTING SEMPRE!

Acabaram porquê????
Deviamos era ter uma equipa no tour, só de imaginar as estradas Francesas cheias de Sportinguistas...

Provavelmente por falta de interesse e dinheiro. Mas como estava, foi o melhor.


Acabaram porquê????
Deviamos era ter uma equipa no tour, só de imaginar as estradas Francesas cheias de Sportinguistas...

Não imaginas os custos que isso acarreta! 7 milhões no mínimo para formar alguma coisa razoável.

Lol, que exagero. O fifica tinha um orçamento de 3M€, se bem me lembro, e até tinha uma equipa para ir à Vuelta fazer coisas engraçadas... Esses 7M€ de que falas, davam para umas 20 equipas portuguesas, nesta altura... :lol:
Acabaram porquê????
Deviamos era ter uma equipa no tour, só de imaginar as estradas Francesas cheias de Sportinguistas...

Provavelmente por falta de interesse e dinheiro. Mas como estava, foi o melhor.


Acabaram porquê????
Deviamos era ter uma equipa no tour, só de imaginar as estradas Francesas cheias de Sportinguistas...

Não imaginas os custos que isso acarreta! 7 milhões no mínimo para formar alguma coisa razoável.

Lol, que exagero. O fifica tinha um orçamento de 3M€, se bem me lembro, e até tinha uma equipa para ir à Vuelta fazer coisas engraçadas... Esses 7M€ de que falas, davam para umas 20 equipas portuguesas, nesta altura... :lol:

O Carnide tinha um orçamento ligeiramente superior a 1M (1,2 a 1,5 penso eu). A Liberty tinha 1M...

Diria que o orçamento mais baixo do ProTour ronde os 3-4M (daquelas equipas mesmo pequenas) - o que equivale ao orçamento TOTAL das nossas modalidades (profissionais e formação). Claro que equipas como a Astana, Radioshack, Team Columbia e Sky têm orçamentos de 10M a 15M.

A nossa secção de ciclismo (Sub-23) quando surgiu com a Bretescar tinha um orçamento de 150 mil euros e mesmo assim passou dificuldades.

Valores aproximados dos orçamentos das equipas nacionais:

Palmeiras Tavira - 620k
Paredes - ?
Boavista - 400k
Barbot - 300k
CC Loulé - 250k

(Baseado do que li na imprensa deste ano)

SL

« Última modificação: Março 23, 2010, 18:34 pm por Hugo Malcato »
http://tv1.rtp.pt/noticias/index.php?t=Benfica-so-decide-se-deixa-ciclismo-no-final-da-Volta.rtp&article=257691&visual=16&layout=55&tm=51

http://www.oesteonline.pt/noticias/noticia.asp?nid=15017

Anda por aí, pronto. :lol:w

Mas acho estranho que tenha sido apenas 1M e pouco, com sub-23 e tudo... e não recebiam nada mal. Alguns, nos sub-23 recebiam mais que muitos profissionais portugueses.


E a Liberty com esse orçamento chegou a ganhar coisas importantes em Espanha e não só.

Mas neste momento, o Sporting para ter ciclismo, só num projecto internacional, com a Vuelta como objectivo numa primeira época e depois o Tour, porque o ciclismo em Portugal... bem... ^-^
Talvez tenha soado um bocado a exagero, mas como eu gosto de pensar mais acima, diria que 7 milhões era pronuncio de maior espectáculo. O problema disto tudo, acho que também se prende ao facto de faltar estrutura internacional para o nosso ciclismo. Corrijam-me se estiver errado!
SPORTING SEMPRE!

Independentemente da forma como estava, e aí concordo com o Hugo Malcato de que o fim foi a decisão mais correcta, acho que o Sporting, na pessoa de Mário Patrício, deveria dar uma palavra sobre a extinção da modalidade, até porque a ser verdade o que se diz nos bastidores que  foi pago apenas um mês de subsídios, isto não é próprio de um Clube como o nosso.
Por isso, entregar projectos de retorno de modalidades a aventureiros nunca foi boa medida, sendo o exemlo a seguir o projecto do Hóquei em Patins na pessoa do Engº Gilberto Borges, que tem seis anos de obra feita.
 Este sim é um trabalho com cabeça tronco e membros feito por sportinguistas desinteressados e que o nosso Clube tem que albergar no seu seio de forma oficial...desperdiçar este trabalho é uma facada no coração de tantos que amam esta modalidade.

Quanto ao Ciclismo, modalidade que amo desde tenra idade, é na actualidade uma modalidade muito mais vocacionada para as marcas do que para equipas de clube, mas não é nada abonatório extinguir ao fim de um ano um protocolo assinado para três anos.
Independentemente da forma como estava, e aí concordo com o Hugo Malcato de que o fim foi a decisão mais correcta, acho que o Sporting, na pessoa de Mário Patrício, deveria dar uma palavra sobre a extinção da modalidade, até porque a ser verdade o que se diz nos bastidores que  foi pago apenas um mês de subsídios, isto não é próprio de um Clube como o nosso.
Por isso, entregar projectos de retorno de modalidades a aventureiros nunca foi boa medida, sendo o exemlo a seguir o projecto do Hóquei em Patins na pessoa do Engº Gilberto Borges, que tem seis anos de obra feita.
 Este sim é um trabalho com cabeça tronco e membros feito por sportinguistas desinteressados e que o nosso Clube tem que albergar no seu seio de forma oficial...desperdiçar este trabalho é uma facada no coração de tantos que amam esta modalidade.

Quanto ao Ciclismo, modalidade que amo desde tenra idade, é na actualidade uma modalidade muito mais vocacionada para as marcas do que para equipas de clube, mas não é nada abonatório extinguir ao fim de um ano um protocolo assinado para três anos.


Concordo em tudo com a opiniao do Juvenal.

SL
Independentemente da forma como estava, e aí concordo com o Hugo Malcato de que o fim foi a decisão mais correcta, acho que o Sporting, na pessoa de Mário Patrício, deveria dar uma palavra sobre a extinção da modalidade, até porque a ser verdade o que se diz nos bastidores que  foi pago apenas um mês de subsídios, isto não é próprio de um Clube como o nosso.
Por isso, entregar projectos de retorno de modalidades a aventureiros nunca foi boa medida, sendo o exemlo a seguir o projecto do Hóquei em Patins na pessoa do Engº Gilberto Borges, que tem seis anos de obra feita.
 Este sim é um trabalho com cabeça tronco e membros feito por sportinguistas desinteressados e que o nosso Clube tem que albergar no seu seio de forma oficial...desperdiçar este trabalho é uma facada no coração de tantos que amam esta modalidade.

Quanto ao Ciclismo, modalidade que amo desde tenra idade, é na actualidade uma modalidade muito mais vocacionada para as marcas do que para equipas de clube, mas não é nada abonatório extinguir ao fim de um ano um protocolo assinado para três anos.


De certa forma eu acho bastante injusto um projecto com pés e cabeça como o do Hóquei ter vários anos e não ser apoiado enquanto o do Ciclismo aparenta ter sido feito em cima do joelho e obteve logo integração no Clube...
"O Sporting é nosso outra vez!"
Vamos aqui separar as águas:

Ciclismo apareceu e teve um patrocinador que adiantou (supostamente) o valor para a modalidade. O que aconteceu depois, não faço a menor ideia. O Sporting simplesmente deu o nome.

É o que acontece actualmente no Hóquei em Patins INFELIZMENTE, em minha opinião. Adoro o Ecletismo e o Sporting tem de recuperar a sua veia desportiva e multifacetada. Tenho presentes a grande maioria dos números das modalidades do SCP e sei quanto "custa" o Hóquei - que não custa NADA ao Sporting Clube de Portugal que apenas autoriza a utilização do nome Sporting (leia-se a entrevista do amigo Gilberto Borges ao site Centenário Sporting).

O ciclismo terá rodas em andar num projecto devidamente ponderado (e um conjunto de patrocinadores "sólidos") em vez de algo em cima do joelho - tal como o Juvenal, adoro esta modalidade, mas também sou suspeito já que gosto de N modalidades.

Por agora, sou peremptório: APOIE-SE O QUE JÁ EXISTE! E o hóquei merece pelos resultados que têm sido alcançados e pela fama que tem dado ao nome do nosso clube.

Infelizmente, ainda não tivemos oportunidade de finalizar o relatório do III Pensar Sporting, organizado pela AAS. Lá fiz uma apresentação sobre o Ecletismo e deixei clara a realidade das modalidades.

O "outro" disse "Migalhas também são pão"... Pois são, migalhas no Futebol alimentavam N famílias nas modalidades.