Andebol

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

* Fevereiro 10, 2012, 10:41 am
O Vive Kielce continua a sua "saga" de recuperação dos atletas polacos a jogar no exterior. O Karol Bielecki e Krzysztof Lijewski são reforços para a próxima época.
* Fevereiro 18, 2012, 21:47 pm
Bem sei que hoje foi dia de Challenge, mas estando "desterrado" aqui na terrinha, andei a adiantar mais uma coisinhas da história do nosso andebol na WikiSCP:

Andebol 1990/91wiki

Esta foi das piores épocas da história do Andebol do Sporting. Nas dez primeiras jornadas, dez derrotas...

Atletas:

Nuno Silva (1989)wiki
Quando comecei a seguir o andebol este "gordinho" era um esteio na baliza do Setúbal e do Marítimo. Muitas dores de cabeça nos causou... Fiquei surpreendido ao saber que tinha sido formado no SCP. Conheço-o pessoalmente e é uma jóia de pessoa, super amável e simpático.

Antón Stefan Georgewiki
Tem sido difícil encontrar dados sobre este romeno a não ser as suas estatísticas, encontrando-se com frequência jogos onde apontou uma dúzia de jogos.

Mihaila Paulwiki
Já tive a oportunidade de trocar uns mails com ele e ficou surpreendido ao ver que alguém em Lisboa ainda se recordava dele.

Gheorge Covaciuwiki
Jogou quase sempre na Roménia e veio para o estrangeiro no final da carreira. Depois de ser campeão pelo SL Benfica, veio para o Sporting onde também marcava golos com fartura. Recomendo a leitura face ao grande currículo internacional e ainda o facto de ter atuado na equipa que deu origem ao BM Cidad Real.

Mário Santoswiki
Se calhar foi uma pena ele ter seguido a carreira profissional na Suécia, além de já ter começado a jogar algo já tarde. Tive oportunidade de ver algumas imagens dele a jogar, era uma verdadeira estaca com um poder de impulsão e remate poderoso. Duas vezes campeão pelo Sporting.

Treinadores:

Vlase Opreawiki
O "General Bucareste" chegou a Portugal com 4 títulos de campeão Mundial e uma Taça dos Campeões europeus. Claro é que não se adaptou às mudanças, tendo o andebol passado a ser mais técnico enquanto no tempo dele era mais com base na força.

Hjovre Djebicwiki
Um dos maiores "revolucionadores" do andebol nacional. Esteve pouco tempo no Sporting, mas a sua influência no treino, na selecção de jogadores, nas metodologias e táticas influenciaram gerações.


Espero que gostem e aproveitem  :great:
****** Fevereiro 18, 2012, 22:19 pm
Corruptos eliminados na Taça EHF.
Our culture is not for sale..! Sporting Sempre
* Fevereiro 19, 2012, 15:36 pm
Mais um pouco de história:

Andebol 1993/94wiki

Andebol 1994/95wiki

Coloquei um breve resumo de cada uma das épocas. Realce para 94-95 quando começámos a montar a equipa que seria campeã uns anos mais tarde.

Treinadores:

Pavel Djenevwiki (91 a 94)
Bulgária era a campeã mundial de halterofilismo naquela altura e o búlgaro privilegiava o trabalho físico.


Abaz Arslaganicwiki
Passagem fugaz pelo Sporting mas um currículo impressionante. Alguns jogadores que eu conheço dizem-me que tiveram com ele dos melhores treinos das suas carreiras.


Andebol 1995/96wiki
Vice-campeão nacional

Andebol 1996/97wiki
Primeiro classificado na fase regular
Vice-campeão nacional
Finalista vencido da Taça de Portugal
* Fevereiro 19, 2012, 22:29 pm
Nos jogos desta semana da EHF Champions League, destaque para:

Vitória do BM Atletico Madrid sobre o Fusche Berlin

Goleada do Kiel frente ao Real Ademar Leon

AG Kobenhavn foi a Montpellier vencer por 27-31
*** Fevereiro 20, 2012, 11:46 am
Nos jogos desta semana da EHF Champions League, destaque para:

Vitória do BM Atletico Madrid sobre o Fusche Berlin

Goleada do Kiel frente ao Real Ademar Leon

AG Kobenhavn foi a Montpellier vencer por 27-31

Este Grupo D da Champions é absurdamente mais difícil que os outros.

Já no grupo B o  Füsche tem sorte de jogar com o Silkeborg na ultima jornada senão ainda saía na fase de grupos.
"It is absurd to divide people into good and bad. People are either charming or tedious." Oscar Wilde
****** Fevereiro 20, 2012, 19:40 pm
Hugo Malcato :clap:

Grande trabalho na wiki!


"Um Estado que, na época do envenenamento das raças, se dedica a cultivar os seus melhores elementos raciais, tem de um dia se tornar senhor do mundo.
Que os adeptos do nosso movimento nunca se esqueçam disso, mesmo que, pela enormidade do sacrifício, possam vir a recear da possibilidade do sucesso."
- SH - 20/04/89
****** Fevereiro 20, 2012, 19:44 pm


Vlase Opreawiki
O "General Bucareste" chegou a Portugal com 4 títulos de campeão Mundial e uma Taça dos Campeões europeus. Claro é que não se adaptou às mudanças, tendo o andebol passado a ser mais técnico enquanto no tempo dele era mais com base na força.


Gostava de ver uns treinos  desse senhor  :mrgreen:
My name is Ash and I am a slave. As far as I can tell, the year is 1300 A.D and I'm being dragged to my death. It wasn't always like this, I had a normal life, once.....
* Fevereiro 20, 2012, 19:57 pm
 :mrgreen:

Disse-me uma vez o Alberto Cabaçowiki:

"Nunca tinha feito um jogo com 3 pivots fixos"

A alcunha "General Bucareste" acho que foi colocada pelo Carlos Silvawiki e há um vídeo no Sporting Memória que demonstra bastante bem que o Carlos não tinha lá grande opinião sobre ele.
*** Fevereiro 21, 2012, 17:23 pm
Claro que não tinha grande opinião sobre o Romeno. Segundo consta acho que o homem metia a malta a correr que nem malucos.  :lol:
"It is absurd to divide people into good and bad. People are either charming or tedious." Oscar Wilde
****** Fevereiro 21, 2012, 17:59 pm
Eu não sei se era esse , mas uma vez falei com um antigo funcionário do Sporting que tinha muito contacto com diversas secções do clube e ele disse-me que o Sporting teve um treinador de andebol que chegou a colocar os atletas a cortar lenha . Não sei a época , nem quem era a pessoa , mas ao ler o teu artigo sobre ele lembrei-me da história  :mrgreen:
My name is Ash and I am a slave. As far as I can tell, the year is 1300 A.D and I'm being dragged to my death. It wasn't always like this, I had a normal life, once.....
Fevereiro 21, 2012, 18:03 pm
Muito bom método de treino  :lol:

Podem não ser consideradas metodologias de treino "adequadas" no desporto moderno, mas acho que não fazia mal nenhum a alguns atletas profissionais, passar por episódios desses.
* Fevereiro 21, 2012, 18:04 pm
Eu não sei se era esse , mas uma vez falei com um antigo funcionário do Sporting que tinha muito contacto com diversas secções do clube e ele disse-me que o Sporting teve um treinador de andebol que chegou a colocar os atletas a cortar lenha . Não sei a época , nem quem era a pessoa , mas ao ler o teu artigo sobre ele lembrei-me da história  :mrgreen:

Olha que isso pode ter sido o Djenev também... Os búlgaros eram campeões mundiais de halterofilismo
****** Fevereiro 23, 2012, 13:35 pm
Bem, ontem ao ver o Águas Santas vs porto senti uma tristeza... olhar para aquele pavilhão assim num jogo destes...

Já lá vão os tempos onde em qualquer jogo da equipa sénior o pavilhão se enchia, em que nestes jogos as pessoas das redondezas paravam para ir ao pavilhão assistir ao andebol que ficava a abarrotar e era um barulho ensurdecedor.
Ontem só se ouvia meia dúzia de adeptos do porto a apoiar, mas apoio ao Águas Santas era 0.

Bem sei que o saudoso Sr. da corneta que estava sempre na bancada por trás da baliza já deve ter falecido ou o seu estado de saúde não lhe permite ir ver os jogos e que a Som, a Srª do tambor, como já não é proprietária da Sede do clube (onde nos dias de jogos se juntavam em "massa" sócios e atletas) e neste momento não vive perto do pavilhão, não pode também assistir aos jogos tão frequentemente. Mas e o resto? E os atletas mais novos do clube? E os sócios? Já quase não existem?

Os habitantes daquela zona alhearam-se completamente da modalidade, modalidade essa que é a única praticada pelo clube.
Não há gente a ver os jogos quase, há menos sócios e isto faz com que o clube mal tenha dinheiro para sobreviver. Que esteja neste momento em 2º lugar com um onze bem composto mas com falhas claras em algumas das posições, e com um banco extremamente fraco.

Que diferença... meu querido Águas Santas...
* Fevereiro 23, 2012, 15:35 pm
Vladimir Jikharevwiki

Um lateral-direito russo que em seis meses em Alvalade, apontou para cima de centena e meia de golos pelo Sporting, ajudando a equipa a chegar à Final da Taça de Portugal.
*** Fevereiro 23, 2012, 16:16 pm
Bem, ontem ao ver o Águas Santas vs porto senti uma tristeza... olhar para aquele pavilhão assim num jogo destes...

Já lá vão os tempos onde em qualquer jogo da equipa sénior o pavilhão se enchia, em que nestes jogos as pessoas das redondezas paravam para ir ao pavilhão assistir ao andebol que ficava a abarrotar e era um barulho ensurdecedor.
Ontem só se ouvia meia dúzia de adeptos do porto a apoiar, mas apoio ao Águas Santas era 0.

Bem sei que o saudoso Sr. da corneta que estava sempre na bancada por trás da baliza já deve ter falecido ou o seu estado de saúde não lhe permite ir ver os jogos e que a Som, a Srª do tambor, como já não é proprietária da Sede do clube (onde nos dias de jogos se juntavam em "massa" sócios e atletas) e neste momento não vive perto do pavilhão, não pode também assistir aos jogos tão frequentemente. Mas e o resto? E os atletas mais novos do clube? E os sócios? Já quase não existem?

Os habitantes daquela zona alhearam-se completamente da modalidade, modalidade essa que é a única praticada pelo clube.
Não há gente a ver os jogos quase, há menos sócios e isto faz com que o clube mal tenha dinheiro para sobreviver. Que esteja neste momento em 2º lugar com um onze bem composto mas com falhas claras em algumas das posições, e com um banco extremamente fraco.

Que diferença... meu querido Águas Santas...

Essa é uma situação que se generalizou um pouco por todo o País com alguns clubes míticos a irem do 80 para o 8 nestes últimos 10 anos. Até mesmo quando o ABC joga em casa o cenário é deprimente comparado com os idos anos 90.
Não se pense que é só no Andebol, é transversal a quase totalidade das modalidades de pavilhão (excluir Futsal). Consequências da futebolização e polarização de forças nos 3 grandes.
Não querendo analisar mais profundamente o assunto basta apenas reparar que as Selecções Nacionais de Hóquei, Andebol, Basquetebol e Voleibol estão estagnadas e já há vários anos.
"It is absurd to divide people into good and bad. People are either charming or tedious." Oscar Wilde
****** Fevereiro 23, 2012, 18:11 pm
Bem, ontem ao ver o Águas Santas vs porto senti uma tristeza... olhar para aquele pavilhão assim num jogo destes...

Já lá vão os tempos onde em qualquer jogo da equipa sénior o pavilhão se enchia, em que nestes jogos as pessoas das redondezas paravam para ir ao pavilhão assistir ao andebol que ficava a abarrotar e era um barulho ensurdecedor.
Ontem só se ouvia meia dúzia de adeptos do porto a apoiar, mas apoio ao Águas Santas era 0.

Bem sei que o saudoso Sr. da corneta que estava sempre na bancada por trás da baliza já deve ter falecido ou o seu estado de saúde não lhe permite ir ver os jogos e que a Som, a Srª do tambor, como já não é proprietária da Sede do clube (onde nos dias de jogos se juntavam em "massa" sócios e atletas) e neste momento não vive perto do pavilhão, não pode também assistir aos jogos tão frequentemente. Mas e o resto? E os atletas mais novos do clube? E os sócios? Já quase não existem?

Os habitantes daquela zona alhearam-se completamente da modalidade, modalidade essa que é a única praticada pelo clube.
Não há gente a ver os jogos quase, há menos sócios e isto faz com que o clube mal tenha dinheiro para sobreviver. Que esteja neste momento em 2º lugar com um onze bem composto mas com falhas claras em algumas das posições, e com um banco extremamente fraco.

Que diferença... meu querido Águas Santas...

Essa é uma situação que se generalizou um pouco por todo o País com alguns clubes míticos a irem do 80 para o 8 nestes últimos 10 anos. Até mesmo quando o ABC joga em casa o cenário é deprimente comparado com os idos anos 90.
Não se pense que é só no Andebol, é transversal a quase totalidade das modalidades de pavilhão (excluir Futsal). Consequências da futebolização e polarização de forças nos 3 grandes.
Não querendo analisar mais profundamente o assunto basta apenas reparar que as Selecções Nacionais de Hóquei, Andebol, Basquetebol e Voleibol estão estagnadas e já há vários anos.

Bem verdade.

Referi o Águas Santas porque é uma realidade mais próxima de mim e que, por ter estado ligado ao clube, mais me choca. Mas no andebol o ABC é, tal como dizes, até o mais notório.
* Fevereiro 24, 2012, 11:36 am
Citar
Andorinho de volta
P.C.M.

As eleições que apuram o presidente da Federação de Andebol de Portugal, na sequência da demissão de Henrique Torrinha, estão à distância de um mês (31 de março). E, ontem, o candidato Ulisses Pereira divulgou um dos trunfos da sua lista: Ricardo Andorinho. Aos 36 anos, o antigo ponta-esquerda, que espalhou talento no Sporting e na Seleção Nacional, brilhando na Liga Asobal, em Espanha, pode estar de volta, mas para funções diretivas. "O que me levou a aceitar foi acreditar que posso ser útil no desenvolvimento da modalidade com a experiência que tive como atleta e com o conhecimento técnico na área da gestão", comentou Andorinho, que nos últimos cinco anos esteve afastado da modalidade, depois de quatro anos a representar o Portland San Antonio, pelo qual foi campeão de Espanha em 2005.

Ricardo Andorinho deu os primeiros passos no Évora AC, clube da cidade de origem, acabando por se transferir para o Sporting, clube do coração e pelo qual se sagrou campeão nacional em 2001, numa década de leão ao peito. Foi, sem querer, protagonista de um episódio ímpar no andebol português. Em fim de contrato com o Sporting, aceitou o convite do Portland San Antonio para jogar na Liga Asobal - a mais competitiva do mundo a par da Bundesliga -, vinculando-se, mas o clube leonino pediu ao clube espanhol para Andorinho se manter mais um ano em Alvalade. O clube de Pamplona aceitou em troco de 100 mil euros que o Sporting pagou por uma temporada de rescisão.

Pela seleção, Andorinho esteve em dois mundiais (Japão'97; França'01) e três europeus (Croácia'00; Suécia'02; Suíça'06). Marcou 592 golos e abandonou aos 31 anos. Formado em gestão, pode agora pôr os seus conhecimentos académicos ao serviço de uma federação com problemas financeiros e que deverá ter de poupar 150 a 200 mil euros, como já referiu Ulisses Pereira, o qual para a direção também convidou Augusto Silva, presidente da Associação de Braga.
****** Fevereiro 24, 2012, 11:39 am


Pode ser que ponha a Arbitragem na ordem......

SL