[Eleições 2009] Cobertura do Fosso de Alvalade

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

** Junho 01, 2009, 12:07 pm
O que acham desta proposta da lista Ser Sporting?

É uma ideia para ir para a frente quer ganhe uma lista quer outra, não? apesar de ter quase a certeza se a canditatura JEB ganhar isto não avance, por não querer "plagiar" , mesmo assim acho que era uma iniciativa importante para nos aproximar dos nossos queridos jogadores, sem eles terem que ir pelas mini-pontes.
O fosso está lá para a entrada de camiões para os ditos concertos .. mas poucos já foram vistos, e em 1º lugar está o Futebol, e depois é que vem os tais eventos  :)
Pelo menos haveriam mais lugares no estádio, no caso do nº de sócios e gamebox's aumentarem, e estaríamos mais perto da emoção como nos estádios dos grandes europeus



SL
« Última modificação: Junho 12, 2009, 13:32 pm por Paracelsus »
Esforço, Dedicação, Devoção e Glória... eis o nosso SPORTING
https://socionumminuto.pt
https://missaopavilhao.pt
Junho 01, 2009, 12:10 pm
Acho-a complicada a menos que o relvado seja rebaixado. Obviamente é uma coisa para fazer ao longo do mandato e não para a semana.

Uma coisa é certa: com JEB o mais seguro é ficar-mos sem estádio.
****** Junho 01, 2009, 12:13 pm
Tenho ideias perfeitamente definidas, que já apresentei à candidatura Ser Sporting.

Até às eleições não vou dizer nada que possa por em causa a solução apresentada.

No entanto posso dizer que esta, no sentido estritamente técnico é possível.
Eu sou responsável pelo que escrevo, não pelo que os outros entendem!

Nunca discutas com um idiota. Ele arrasta-te até ao nível dele, e depois vence-te em experiência.
* Junho 01, 2009, 12:14 pm
O que acham desta proposta da lista Ser Sporting?

É uma ideia para ir para a frente quer ganhe uma lista quer outra, não? apesar de ter quase a certeza se a canditatura JEB ganhar isto não avance, por não querer "plagiar" , mesmo assim acho que era uma iniciativa importante para nos aproximar dos nossos queridos jogadores, sem eles terem que ir pelas mini-pontes.
O fosso está lá para a entrada de camiões para os ditos concertos .. mas poucos já foram vistos, e em 1º lugar está o Futebol, e depois é que vem os tais eventos  :)

SL

Sinceramente, acho que é algo que não vai ser equacionado nos próximos 1-2 anos. Parece-me mais um processo de intencão, uma reflexão sobre o património actual do SCP e como o rentabilizar ou tornar mais valioso para o clube. Para uns, este tipo de processo não tem qualquer significado, mas eu acho que é muito importante, porque baliza a accão de quem gere o património do Sporting, dá-lhe um objectivo a atingir, um sentido a seguir, e demonstra que se pensa o clube na sua generalidade (e não apenas "no dinheiro que tem de entrar" >:D).
* Junho 01, 2009, 12:17 pm
Acho-a complicada a menos que o relvado seja rebaixado. Obviamente é uma coisa para fazer ao longo do mandato e não para a semana.

Uma coisa é certa: com JEB o mais seguro é ficar-mos sem estádio.
Era isso que gostava de saber. Como é que eles vão aproximar as bancadas? É que a última fila está mais ou menos ao nível do relvado... Se alguém me pudesse esclarecer, agradecia.
* Junho 01, 2009, 12:27 pm
Acho genericamente uma boa idéia acabar com o fosso, e folgo em saber que é tecnicamente possível.

O que me parece francamente mais discutível, como já li, não sei se de declarações do próprio candidato ou de integrantes da sua lista ou de apoiantes seus , é dizer que os lugares adicionais criados irão ajudar a pagar a obra. Está quanto a mim demonstrado que o Estádio com cerca de 50 mil lugares está sobredimensionado, e parece-me que isso continuará a ocorrer mesmo que haja o tal "Regresso dos Sócios" que é o mote desta campanha.

Para além da dimensão da massa adepta, há que ter em conta que o futebol é um desporto caro, e que hoje há alternativas que há 20 anos não existiam para ver jogos (nomeadamente a Sport TV). E não são "vales e picos" conjunturais ligados à situação económica ou à performance desportiva que irão alterar significativamente este cenário.

Provavelmente com o aumento da lotação nas filas inferiores dever-se-ia fazer um estudo para saber se a reconversão de outros sectores do Estádio em lugares mais caros - estilo camarotes VIP - poderia fazer entrar mais dinheiro, mesmo que isso implicasse uma diminuição global da lotação.
Saudades do futuro.
****** Junho 01, 2009, 12:30 pm
Acho genericamente uma boa idéia acabar com o fosso, e folgo em saber que é tecnicamente possível.

Tecnicamente, (quase) tudo é possível!  8)
Eu sou responsável pelo que escrevo, não pelo que os outros entendem!

Nunca discutas com um idiota. Ele arrasta-te até ao nível dele, e depois vence-te em experiência.
**** Junho 01, 2009, 12:36 pm
Acho genericamente uma boa idéia acabar com o fosso, e folgo em saber que é tecnicamente possível.

Tecnicamente, (quase) tudo é possível!  8)

o problema não é a técnica mas sim os custos...

nao tendo os dados não consigo analisar o problema... para isso necessitava de, pelo menos, 4 valores: cota do relvado, cota actual da primeira fila, distância  (actual) entre a primeira fila e o relvado, e largura do fosso...
vivó Sporting!!!
** Junho 01, 2009, 12:52 pm
O PPC disse que os próprios lugares iriam pagar a obra, mas com meio estádio duvido que lá vá.
terá que ser desembolsado algum dinheirinho ..

Outra situação era pintar as bancadas pra ver se nos livrávamos daquelas cores deprimentes  :pray:
Esforço, Dedicação, Devoção e Glória... eis o nosso SPORTING
https://socionumminuto.pt
https://missaopavilhao.pt
****** Junho 01, 2009, 12:57 pm
Acho genericamente uma boa idéia acabar com o fosso, e folgo em saber que é tecnicamente possível.

Tecnicamente, (quase) tudo é possível!  8)

o problema não é a técnica mas sim os custos...

nao tendo os dados não consigo analisar o problema... para isso necessitava de, pelo menos, 4 valores: cota do relvado, cota actual da primeira fila, distância  (actual) entre a primeira fila e o relvado, e largura do fosso...

Tenho todas essas cotas (excepção à cota da 1ª fila que consigo calcular com alguma precisão) e fazem parte do estudo que entreguei à candidatura (alguns foristas já o viram).

Por agora reservo-me o direito (e dever) de não avançar muito mais.
Eu sou responsável pelo que escrevo, não pelo que os outros entendem!

Nunca discutas com um idiota. Ele arrasta-te até ao nível dele, e depois vence-te em experiência.
**** Junho 01, 2009, 13:26 pm
Não é uma prioridade. Foi um erro avançar com essa proposta sem ter todos os dados na mão, porque senão não passa de um "bitaite". Implica rebaixar o relvado, logo há remoção de terras, e o Sporting estaria meses sem jogar em casa, com o prejuízo que isso traria em termos de receitas de bilheteira. Acho que só se pode avançar para isso, SE for o caso, depois de haver obras de fundo no Estádio Nacional, onde o Sporting teria de jogar enquanto Alvalade estivesse em obras. A Luz está fora de questão, o Restelo é demasiado pequeno. Portanto, enquanto o Estádio Nacional estiver a cair de podre (não esquecer as exigências da UEFA relativamente aos recintos...) o Sporting não pode rebaixar o relvado.
FORÇA LEÕES!!
*** Junho 01, 2009, 13:31 pm
Acho genericamente uma boa idéia acabar com o fosso, e folgo em saber que é tecnicamente possível.

O que me parece francamente mais discutível, como já li, não sei se de declarações do próprio candidato ou de integrantes da sua lista ou de apoiantes seus , é dizer que os lugares adicionais criados irão ajudar a pagar a obra. Está quanto a mim demonstrado que o Estádio com cerca de 50 mil lugares está sobredimensionado, e parece-me que isso continuará a ocorrer mesmo que haja o tal "Regresso dos Sócios" que é o mote desta campanha.

Para além da dimensão da massa adepta, há que ter em conta que o futebol é um desporto caro, e que hoje há alternativas que há 20 anos não existiam para ver jogos (nomeadamente a Sport TV). E não são "vales e picos" conjunturais ligados à situação económica ou à performance desportiva que irão alterar significativamente este cenário.

Provavelmente com o aumento da lotação nas filas inferiores dever-se-ia fazer um estudo para saber se a reconversão de outros sectores do Estádio em lugares mais caros - estilo camarotes VIP - poderia fazer entrar mais dinheiro, mesmo que isso implicasse uma diminuição global da lotação.

O estádio não está sobredimensionado, o clube é que está sub-aproveitado, estando grande parte dos sócios afastados do clube por não se identificarem com o que ele tem sido nos ultimos anos.
****** Junho 01, 2009, 13:34 pm
Não é uma prioridade. Foi um erro avançar com essa proposta sem ter todos os dados na mão, porque senão não passa de um "bitaite". Implica rebaixar o relvado, logo há remoção de terras, e o Sporting estaria meses sem jogar em casa, com o prejuízo que isso traria em termos de receitas de bilheteira. Acho que só se pode avançar para isso, SE for o caso, depois de haver obras de fundo no Estádio Nacional, onde o Sporting teria de jogar enquanto Alvalade estivesse em obras. A Luz está fora de questão, o Restelo é demasiado pequeno. Portanto, enquanto o Estádio Nacional estiver a cair de podre (não esquecer as exigências da UEFA relativamente aos recintos...) o Sporting não pode rebaixar o relvado.

É uma relativa prioridade. Trata-se da eliminação do símbolo da separação entre adeptos e clube.

A opção(como qualquer escolha) até pode ser discutível, mas a proposta foi elaborada com os dados necessários.

Não implica forçosamente baixar o relvado. Isso até seria um erro.

O Sporting não estaria meses a jogar fora de casa.
Eu sou responsável pelo que escrevo, não pelo que os outros entendem!

Nunca discutas com um idiota. Ele arrasta-te até ao nível dele, e depois vence-te em experiência.
**** Junho 01, 2009, 13:41 pm
Não é uma prioridade. Foi um erro avançar com essa proposta sem ter todos os dados na mão, porque senão não passa de um "bitaite". Implica rebaixar o relvado, logo há remoção de terras, e o Sporting estaria meses sem jogar em casa, com o prejuízo que isso traria em termos de receitas de bilheteira. Acho que só se pode avançar para isso, SE for o caso, depois de haver obras de fundo no Estádio Nacional, onde o Sporting teria de jogar enquanto Alvalade estivesse em obras. A Luz está fora de questão, o Restelo é demasiado pequeno. Portanto, enquanto o Estádio Nacional estiver a cair de podre (não esquecer as exigências da UEFA relativamente aos recintos...) o Sporting não pode rebaixar o relvado.

É uma relativa prioridade. Trata-se da eliminação do símbolo da separação entre adeptos e clube.

A opção(como qualquer escolha) até pode ser discutível, mas a proposta foi elaborada com os dados necessários.

Não implica forçosamente baixar o relvado. Isso até seria um erro.

O Sporting não estaria meses a jogar fora de casa.

OK, então tanto melhor. E nesse caso era útil que isso fosse explicado porque a ideia geral, inclusivé de engenheiros com que falei, é que o rebaixamento do relvado seria sempre necessário. Não deviam ficar dúvidas sobre isto.
FORÇA LEÕES!!
***** Junho 01, 2009, 13:45 pm
não sendo uma prioridade, é algo que todos gostaríamos de ver desaparecer. isso e as cadeiras arco-íris.  :-\
****** Junho 01, 2009, 13:49 pm
Não é uma prioridade. Foi um erro avançar com essa proposta sem ter todos os dados na mão, porque senão não passa de um "bitaite". Implica rebaixar o relvado, logo há remoção de terras, e o Sporting estaria meses sem jogar em casa, com o prejuízo que isso traria em termos de receitas de bilheteira. Acho que só se pode avançar para isso, SE for o caso, depois de haver obras de fundo no Estádio Nacional, onde o Sporting teria de jogar enquanto Alvalade estivesse em obras. A Luz está fora de questão, o Restelo é demasiado pequeno. Portanto, enquanto o Estádio Nacional estiver a cair de podre (não esquecer as exigências da UEFA relativamente aos recintos...) o Sporting não pode rebaixar o relvado.

É uma relativa prioridade. Trata-se da eliminação do símbolo da separação entre adeptos e clube.

A opção(como qualquer escolha) até pode ser discutível, mas a proposta foi elaborada com os dados necessários.

Não implica forçosamente baixar o relvado. Isso até seria um erro.

O Sporting não estaria meses a jogar fora de casa.

OK, então tanto melhor. E nesse caso era útil que isso fosse explicado porque a ideia geral, inclusivé de engenheiros com que falei, é que o rebaixamento do relvado seria sempre necessário. Não deviam ficar dúvidas sobre isto.

Sem mandato do Ser Sporting, posso-te dizer que a cota do primeiro degrau de bancada está (claramente) acima da cota da plataforma de jogo.

O rebaixamento seria prejudicial, fundamentalmente para toda a bancada B. Bem sei que chegou a ser aventado como hipótese (30cm) mas seguramente com o projecto propriamente dito (projecto de arquitectura, engenharia, etc.) chegar-se-ia rapidamente à conclusão que tal não faria sentido. Alias, as imagens que circulam são intenções e partem sempre da manutenção das cotas relativas ente bancadas e relvado.

Se perguntaste a engenheiros, devias ter perguntado a arquitectos (não leves esta parte a sério, faz parte da luta de classes  :mrgreen: )
Eu sou responsável pelo que escrevo, não pelo que os outros entendem!

Nunca discutas com um idiota. Ele arrasta-te até ao nível dele, e depois vence-te em experiência.
**** Junho 01, 2009, 14:00 pm
Se perguntaste a engenheiros, devias ter perguntado a arquitectos (não leves esta parte a sério, faz parte da luta de classes  :mrgreen: )

 :lol: Realmente, com os "engenheiros" que para aí andam, é melhor escolher bem.  :twisted:

E em termos de custos e financiamento, têm alguma ideia, ou depende de como evoluir a situação financeira do Sporting? Certamente que a segunda hipótese pesará sempre, porque esta obra será sempre uma despesa, grande ou "pequena".
FORÇA LEÕES!!
****** Junho 01, 2009, 14:03 pm
O fosso realmente é uma anedota e folgo em saber que existe uma ideia para acabar com ele.  :)
*** Junho 01, 2009, 14:15 pm
Também gosto mais de ver o estádio sem fosso.

Mas quanto custa, como vai ser financiado, quais as receitas adicionais geradas, quanto tempo demora?

E já agora quais as implicações em termos de acessos, visibilidade dos outros lugares se mudarem cotas, implicações estruturais?

E para se saber se é possivel, é preciso um engenheiro não um arquitecto pois ele não percebe pevas de estruturas...
« Última modificação: Junho 01, 2009, 14:18 pm por F_J_P »
* Junho 01, 2009, 14:19 pm
acabar com o fosso e por cadeiras verdes ( em vez do actual colorido ) é uma coisa que mais tarde ou mais cedo terá de ser feita, principalmente as cadeiras. É uma questão de identidade!