[Eleições 2009] Entrevista com José Eduardo Bettencourt

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Alguns já os referi neste tópico, em posts anteriores, outros não o fiz por estarem relacionados com temas fora do contexto desta entrevista e, como tal, ficará para o tópico em questão.
Se me é permitido, asquerosa é a moda que alguns de vós põem em prática ao unirem-se num discurso insultuoso para pessoas que apenas divergem da vossa opinião. "Seja cortês. Respeite os outros. Argumente com a mensagem, não com quem a colocou". Muita falta de chá.

Não é discurso insultuoso nenhum contra pessoas que divergem na opinião. É apenas contra pessoas que não concretizam aquilo que afirmam.

É precisamente por argumentar com a mensagem (parca em conteúdo) que se chama à atenção. Este último dia tem sido fértil em registos que aparecem, escrevem meia dúzia de post(a)s e nada argumentam.

Fico então à espera dessas análises nos tópicos em questão.

You like potato and I like potahto, You like tomato and I like tomahto. Pois.

Tudo se resume a uma questão de vontade. Vontade em querer atingir, ou não, o que foi dito. Acusas-me de mensagem parca em conteúdo, mas isso é o que vejo no programa para o Futebol do PPC. Copo meio-cheio, copo meio-vazio? Novamente... pois.

É natural que esses registos desapareçam, apesar de lhes ser alheio. Isto é praticamente o ninho da candidatura Ser Sporting, se forem todos tão bem recebidos quanto eu, certamente que ninguém tem paciência para ficar por cá muito tempo. Pluralidade de opiniões? Pois. Como diria o Scolari "que se dane".

Quem te (vos) responde, tem pedido para concretizares o que dizes... Por que não o fazes?
Leão ao peito, SPORTING no coração!
Ecletismo: uma bandeira do Sporting Clube de Portugal!