Wiki Sporting, a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal

Forum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal


Olá, Visitante. Por favor Entre ou Registe-se se ainda não for membro.
Novembro 23, 2014, 18:42

Entrar com nome de utilizador, password e duração da sessão

Anúncios:

Início Início  Ajuda Ajuda  Regras Regras  Pesquisa Pesquisa  Entrar Entrar  Registe-se Registe-se       Wiki Wiki  Links Links 
Fórum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal Área da Comunidade Arquivo Eleições Sporting 2009 Tópico:

[Eleições 2009] Entrevista com Paulo Pereira Cristóvão

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
Páginas: « anterior 1 2 [3] Ir para o fundo Imprimir
Autor Tópico: [Eleições 2009] Entrevista com Paulo Pereira Cristóvão (Lida 8395 vezes)

Re: Entrevista com Paulo Pereira Cristóvão , « Resposta #40 em: Maio 23, 2009, 19:41 »


Sporting CP Forever


*

Mensagens: 6443
Idade: 26
Masculino


Seja como for, o forista StepAhead colocou 2 ou 3 questões interessantes:

- Estando o Sporting "falido" como tanto apregoa, que sentido faz tapar um fosso por uma questão estética, quando o investimento deveria ser cirurgico? Isto aumentará ainda os lugares de um estádio, já por si sempre deserto e que nunca conseguiu estar lotado.

Foi dito na sessão que o projecto ainda não estava desenvolvido (é apenas uma projecção) e que o orçamento seria apresentado aos sócios. Além disso, li que a venda daqueles lugares (relembro que são os mais caros) pagava a obra - não posso confirmar até porque não sei o orçamento.

- Sabendo que o investimento para a equipa de futebol é extremamente reduzido, como pensa voltar a chamar os tais 20 mil sócios que diz que o Sporting perdeu nos últimos 3 anos? De onde virá o dinheiro para investir na equipa fantástica que promete?

Primeiro, os 20 mil não é dito para o ar. São números conhecidos e também afirmados pelo actual CD.
O actual orçamento base é de 17M€. O Ser Sporting quer aumentar o orçamento para 20M€ enquanto li que o JEB quer aumentar para os 25M€. Onde vai JEB buscar esse dinheiro? O Ser Sporting vai buscar ao aumento das receitas e redução dos custos, o JEB não sei. E onde está escrito que o Ser Sporting prometeu uma equipa fantástica?

- Concretize como vai tirar o Sporting da falência. Com o projecto que tem em mente, parece óbvio que o passivo irá disparar. Esclareça claramente este ponto.

Isto sim é atirar para o ar. Quais são as medidas propostas que vão fazer disparar o passivo? "Esclareça claramente este ponto", para lhe poder responder.
Registado

· · · ·


Re: Entrevista com Paulo Pereira Cristóvão , « Resposta #41 em: Maio 23, 2009, 19:52 »

a32772

- Estando o Sporting "falido" como tanto apregoa, que sentido faz tapar um fosso por uma questão estética, quando o investimento deveria ser cirurgico? Isto aumentará ainda os lugares de um estádio, já por si sempre deserto e que nunca conseguiu estar lotado.

- Sabendo que o investimento para a equipa de futebol é extremamente reduzido, como pensa voltar a chamar os tais 20 mil sócios que diz que o Sporting perdeu nos últimos 3 anos? De onde virá o dinheiro para investir na equipa fantástica que promete?

- Na lista que apresenta, a juventude e falta de experiência impera. Não seria sensato apostar também em gente com experiência na área e no clube? A ideia que passa é que apareceram meia dúzia de aventureiros que querem "brincar ao Sporting".

- Qualquer clube tem no seu seio notáveis. Eles existem para o bem e para o mal. Porque não tem uma figura forte no seu projecto? Não acha que retira grande credibilidade ao mesmo?

- Não acha que entrou por maus caminhos, quando numa campanha para a presidência do Sporting, onde todos sentem o mesmo pelo clube, atira com frases como "Ter Bettencourt como presidente seria uma aberração". A falta de respeito será uma boa via?

- Concretize como vai tirar o Sporting da falência. Com o projecto que tem em mente, parece óbvio que o passivo irá disparar. Esclareça claramente este ponto.

Onde é que ele prometeu essa equipa fantastica que falas?
A lista sempre disse que só falava de futebol quando terminasse a temporada.
Falta de respeito é colocar na boca das pessoas palavras que nunca disseram.

SL

reilagarto, ele ainda está focado nas promessas de Soares Franco. Mas não te preocupes, porque se daqui a uns tempos Bettencourt começar a dizer a dizer que tal acto de Soares Franco não foi bem feito, o stepahead será o primeiro a vir aqui dizer que Bettencourt está certo ainda que na altura tenha sido o primeiro a defender acefalamente os actos de Soares Franco. É tudo uma questão de apoiar o senhor de fato e gravata que estiver no poleiro naquele momento...
Registado
Re: Entrevista com Paulo Pereira Cristóvão , « Resposta #42 em: Maio 23, 2009, 21:25 »



*
Sénior

Mensagens: 4772
Idade: 31
Localidade: UK
Masculino


Não nos desviemos do assunto.

A mim preocupa a aparente falta de preocupação com o curto prazo do clube. Não aceito que se recomece novamente a falar de médio e longo prazo no Sporting porque aparentemente esse médio e longo prazo nunca mais chegam.

Que têm JEB e PPC a dizer sobre o futebol do Sporting na época 2009-2010?
Podemos esperar uma equipa capaz de lutar pelo título?
Registado
Re: Entrevista com Paulo Pereira Cristóvão , « Resposta #43 em: Maio 23, 2009, 22:03 »



*
Júnior

Mensagens: 1754
Localidade: Amadora
Masculino


Seja como for, o forista StepAhead colocou 2 ou 3 questões interessantes:

- Estando o Sporting "falido" como tanto apregoa, que sentido faz tapar um fosso por uma questão estética, quando o investimento deveria ser cirurgico? Isto aumentará ainda os lugares de um estádio, já por si sempre deserto e que nunca conseguiu estar lotado.

- Sabendo que o investimento para a equipa de futebol é extremamente reduzido, como pensa voltar a chamar os tais 20 mil sócios que diz que o Sporting perdeu nos últimos 3 anos? De onde virá o dinheiro para investir na equipa fantástica que promete?

- Concretize como vai tirar o Sporting da falência. Com o projecto que tem em mente, parece óbvio que o passivo irá disparar. Esclareça claramente este ponto.

No primeiro caso, parece que a lista do PPC tem forma de não trazer prejuízo ao clube com essa obra. Se assim for, parece-me uma boa ideia. Aproximar os adeptos do relvado trará mais apoio à equipa e mais pressão aos adversários (arbitragem incluída).

A última questão também é interessante. É verdade que o PPB efectivamente ainda não explicou como vai tirar o Sporting da falência. Recuperar 20 mil sócios em 4 anos não chegará para estar perto disso sequer. Que medidas pretende pôr em prática para reduzir o passivo em 30 milhões em 4 anos. Venda de jogadores? E essa descida do valor do passivo não deveria ser mais marcada?

Finalmente, a segunda questão é a mais pertinente. Existem vários factores a ter em conta, sem dúvida, mas o mais importante deles na recuperação dos sócios é o sucesso desportivo da equipa de futebol. Como pretende PPC aumentar a competitividade da equipa de futebol se, aparentemente, não há dinheiro para investir? Por muita qualidade que possa ter a prospecção, não podemos esperar grande melhoria com 3 ou 4 milhões de euros para investir quando os nossos rivais têm investido mais de 20 milhões por ano,


Quanto à questão do fosso, José Pedro Rodrigues admitiu que, embora nas primeiras análises pareça viável tecnicamente, será ainda necessário um estudo técnico e económico para avaliar a possibilidade da realização desta obra.
É claro que, uma vez verificada a viabilidade técnica, terá que ser estudado um modelo económico para que a obra seja realizada sem onerar o clube. Se existissem custos significativos para o clube, para mim esta obra deveria ser adiada. Creio que também é esta a posição do SerSporting.

Segunda questão: Mais do que a prestação da equipa de futebol, a verdadeira razão para a saída massiva de sócios tem a ver com o comportamento da direcção. O SerSporting propõe-se recuperar durante 4 anos parte dos sócios que abandonaram durante os últimos 4 anos. Não me parece irrealista.
Quanto à prestação da equipa de futebol, teremos que esperar pela próxima semana para ver o que PPC propõe, sendo certo que a 'equipa fantástica' que o Stepahead insinua nunca foi proposta!

Quanto aos 30 milhões: O SerSporting propõe-se reduzir o passivo em 30 milhões, para além das amortizações de capital previstas no serviço da dívida.
Segundo julgo ter percebido, os 30 milhões terão origem na dívida a pagar pela CML, ao que acrescerão mais-valias da venda de jogadores de 2,5M€ por época. Parece-me realista e realizável.
Já agora, o SerSporting propõe-se receber os vinte e poucos milhões da CML em imobiliário (em vez de ser em dinheiro) a seleccionar do inventário de imobiliário para alienação da CML. Como estamos actualmente num ciclo de baixa dos bens imobiliários, esta troca poderá ser vantajosa para o Sporting, que poderá alienar (por concurso público com um juri independente) essas propriedades por um valor superior ao longo do mandato.

Acrescento ainda que o SerSporting pretende aproveitar o facto de o SCP ser credor da CML para pressionar na negociação do licenciamento do pavilhão.


Acho que concordarão que estas medidas são pensadas e realistas. O SerScp não promete milagres nem soluções instantâneas.
Registado
Re: Entrevista com Paulo Pereira Cristóvão , « Resposta #44 em: Maio 23, 2009, 22:35 »



*
Sénior

Mensagens: 4772
Idade: 31
Localidade: UK
Masculino



Quanto aos 30 milhões: O SerSporting propõe-se reduzir o passivo em 30 milhões, para além das amortizações de capital previstas no serviço da dívida.
Segundo julgo ter percebido, os 30 milhões terão origem na dívida a pagar pela CML, ao que acrescerão mais-valias da venda de jogadores de 2,5M€ por época. Parece-me realista e realizável.


Segundo percebi, o passivo será então diminuído mais 30 milhões de euros PARA ALÉM do que já estaria previsto diminuir? Portanto, no fundo seria diminuído mais do que 30 milhões.

Mais valias de 2,5 M de euros por época da venda de jogadores serão utilizados nesse processo, segundo dizem. Quer dizer que o remanescente será usado para investimento no plantel e/ou manutenção dos principais jogadores? Espero que o PPC se pronuncie acerca disso quando começar a falar do futebol propriamente dito.


Quanto à questão dos sócios... por muito interessantes que possam ser as propostas e a campanha da futura direcção, eles não vão regressar ao clube se este continuar afastado dos títulos mais importantes (aka campeonatos). É evidente que se podem recuperar alguns sócios, mas outros vão-se perdendo pelo caminho se o clube não for vencendo. No final, duvido que alcancem o número proposto (20 mil) se o Sporting não for campeão pelo menos uma vez durante o mandato.

E aqui saliento também a importância de ganhar outras competições. Por pouca importância que possa ter a Supertaça e a Taça da Liga, são sempre competições oficiais e que atraem muita atenção por muito que alguns tentem menosprezar essas competições. Os mais novos também se impressionam com conquistas como a da Taça de Portugal do ano passado.
Registado
Re: Entrevista com Paulo Pereira Cristóvão , « Resposta #45 em: Maio 23, 2009, 22:59 »



*
Júnior

Mensagens: 1754
Localidade: Amadora
Masculino


Segundo percebi, o passivo será então diminuído mais 30 milhões de euros PARA ALÉM do que já estaria previsto diminuir? Portanto, no fundo seria diminuído mais do que 30 milhões.
Sim. Aliás, fui ver de novo o programa (para confirmar) e está lá:
Citar
Ao nível do Passivo e Financiamento:
a. Redução do passivo em 30 milhões de euros em 4 anos, sobre as
normais amortizações de capital, sem recurso à venda do património
existente e assegurando a maioria do Sporting Clube de Portugal no
capital da SAD.

Mais valias de 2,5 M de euros por época da venda de jogadores serão utilizados nesse processo, segundo dizem. Quer dizer que o remanescente será usado para investimento no plantel e/ou manutenção dos principais jogadores? Espero que o PPC se pronuncie acerca disso quando começar a falar do futebol propriamente dito.
O remanescente será utilizado no orçamento do futebol.

Quanto à questão dos sócios... por muito interessantes que possam ser as propostas e a campanha da futura direcção, eles não vão regressar ao clube se este continuar afastado dos títulos mais importantes (aka campeonatos). É evidente que se podem recuperar alguns sócios, mas outros vão-se perdendo pelo caminho se o clube não for vencendo. No final, duvido que alcancem o número proposto (20 mil) se o Sporting não for campeão pelo menos uma vez durante o mandato.

E aqui saliento também a importância de ganhar outras competições. Por pouca importância que possa ter a Supertaça e a Taça da Liga, são sempre competições oficiais e que atraem muita atenção por muito que alguns tentem menosprezar essas competições. Os mais novos também se impressionam com conquistas como a da Taça de Portugal do ano passado.
Concordo inteiramente. Positivo!
Registado
Re: Entrevista com Paulo Pereira Cristóvão , « Resposta #46 em: Maio 25, 2009, 22:46 »



*
Iniciado

Mensagens: 170


Está a falar bem, o PPC.
Registado
Re: Entrevista com Paulo Pereira Cristóvão , « Resposta #47 em: Maio 27, 2009, 08:05 »



*

Condecorações:Membro do Ano 2010


Mensagens: 29658
Idade: 33
Localidade: Stockholm
Masculino

WWW
Tópico bloqueado.
Registado
Gosta deste tópico? Partilhe-o:
Páginas: « anterior 1 2 [3] Ir para o topo Imprimir
Fórum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal Área da Comunidade Arquivo Eleições Sporting 2009 Tópico:

[Eleições 2009] Entrevista com Paulo Pereira Cristóvão

« tópico anterior seguinte »
Ir para:

Powered by SMF 1.1.20 | SMF © 2011, Simple Machines
Tema SMFone modificado por Avantix e Paracelsus.
Optimizado para o Mozilla Firefox na resolução 1024 x 768.
© 2004 - 2010 | Fórum SCP | Alguns Direitos Reservados
Fórum não-oficial do Sporting Clube de Portugal

Ajuda | | Sitemap | Política de Privacidade