Wiki Sporting, a enciclopédia do Sporting Clube de Portugal

Forum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal


Olá, Visitante. Por favor Entre ou Registe-se se ainda não for membro.
Outubro 24, 2014, 13:51

Entrar com nome de utilizador, password e duração da sessão

Anúncios:

Início Início  Ajuda Ajuda  Regras Regras  Pesquisa Pesquisa  Entrar Entrar  Registe-se Registe-se       Wiki Wiki  Links Links 
Fórum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal Área da Comunidade Arquivo Eleições Sporting 2009 Tópico:

[Eleições 2009] Rogério Alves

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.
Páginas: « anterior 1 2 [3] Ir para o fundo Imprimir
Autor Tópico: [Eleições 2009] Rogério Alves (Lida 7705 vezes)

Re: Rogério Alves , « Resposta #40 em: Maio 05, 2009, 23:31 »



*
Júnior

Mensagens: 1754
Localidade: Amadora
Masculino


Epá, não confundam as coisas. Os estatutos da SAD são uma coisa, os do Sporting outra.

Os do Sporting estão na Wiki, como o MRG já referiu:
http://www.forumscp.com/wiki/index.php?t..._Estatutos_do_Sporting_Clube_de_Portugal

Os da SAD estão no Site do Sporting:
http://www.sporting.pt/GrupoSCP/InvestorRelations/gruposcp_invrel_estatutos.asp

Já agora, os estatutos do clube também estão online no site do clube:
http://www.sporting.pt/GrupoSCP/Clube/clube_estatutos.asp

É evidente que se o clube perder a maioria do capital da SAD, pode perder a possibilidade de gerir desportiva e financeiramente (com algumas restrições) os destinos do futebol!

Como já foi demonstrado, e só não percebe quem não quer, as acções do tipo A colocam restrições em alguns casos mas não impedem a administração da SAD de as gerir CONTRA OS INTERESSES DO CLUBE!

A limitação de voto em AF da SAD de 10% é uma medida facilmente contornável. Basta que um accionista de referência disperse as suas acções por diversas empresas controladas por si, cada uma com 10% das acções e, por consequência, dos votos.

Aproveito para deixar uma questão que, para mim, é de uma enorme perplexidade: porque é que nos accionistas 'privados' da nossa SAD não estão os grandes vultos do projecto Roquette? J.Roquette, Dias da Cunha, Soares Franco, F Button etc etc
Não seria de esperar que estes notáveis da finança nacional tivessem, entre si, uma participação de relevo na SAD?

Em vez de a SAD dever favores ao Oliveirinha (como afirmou FSF), não seria mais confortável que esses favores fossem devidos a um bloco de notáveis sportinguistas? Foi mais ou menos esse o ideal que nos foi vendido na OPV!

Uma das primeiras razões que me fez acreditar que realmente o projecto roquette tinha desabado foi quando verifiquei que os homens do projecto já tinham despachado as suas acções . . .
Registado


Re: Rogério Alves , « Resposta #41 em: Maio 05, 2009, 23:50 »


No avatar!

*
Iniciado

Mensagens: 71
Localidade: Lisboa - Portugal
Masculino

WWW
Realmente estão lá no site.
Como será que eu não os consegui ver?!?!?
 Bater Cabeça Bater Cabeça Bater Cabeça
Registado

Frederico
------
A28 - F08 - L23
Cadeira verde clara!
VoudeBicicleta.eu
Re: Rogério Alves , « Resposta #42 em: Maio 06, 2009, 00:05 »


Quero um Pavilhão para as modalidades


*

Mensagens: 38857
Localidade: Galiza/lisboa


Epá, não confundam as coisas. Os estatutos da SAD são uma coisa, os do Sporting outra.

Os do Sporting estão na Wiki, como o MRG já referiu:
http://www.forumscp.com/wiki/index.php?t..._Estatutos_do_Sporting_Clube_de_Portugal

Os da SAD estão no Site do Sporting:
http://www.sporting.pt/GrupoSCP/InvestorRelations/gruposcp_invrel_estatutos.asp

Já agora, os estatutos do clube também estão online no site do clube:
http://www.sporting.pt/GrupoSCP/Clube/clube_estatutos.asp

É evidente que se o clube perder a maioria do capital da SAD, pode perder a possibilidade de gerir desportiva e financeiramente (com algumas restrições) os destinos do futebol!

Como já foi demonstrado, e só não percebe quem não quer, as acções do tipo A colocam restrições em alguns casos mas não impedem a administração da SAD de as gerir CONTRA OS INTERESSES DO CLUBE!

A limitação de voto em AF da SAD de 10% é uma medida facilmente contornável. Basta que um accionista de referência disperse as suas acções por diversas empresas controladas por si, cada uma com 10% das acções e, por consequência, dos votos.

Aproveito para deixar uma questão que, para mim, é de uma enorme perplexidade: porque é que nos accionistas 'privados' da nossa SAD não estão os grandes vultos do projecto Roquette? J.Roquette, Dias da Cunha, Soares Franco, F Button etc etc
Não seria de esperar que estes notáveis da finança nacional tivessem, entre si, uma participação de relevo na SAD?

Em vez de a SAD dever favores ao Oliveirinha (como afirmou FSF), não seria mais confortável que esses favores fossem devidos a um bloco de notáveis sportinguistas? Foi mais ou menos esse o ideal que nos foi vendido na OPV!

Uma das primeiras razões que me fez acreditar que realmente o projecto roquette tinha desabado foi quando verifiquei que os homens do projecto já tinham despachado as suas acções . . .


O "raquetes"o pai do projeto assim que se apanhou fora dos orgaos sociais tratou logo de despachar as suas acções  Vermelho

SL
Registado

Re: Rogério Alves , « Resposta #43 em: Maio 06, 2009, 08:47 »



*

Condecorações:Membro do Ano 2010


Mensagens: 29524
Idade: 33
Localidade: Stockholm
Masculino

WWW
Sobre Rogério Alves dito pelo suposto candidato da Continuidade:

Citação de: Record
Pedro Souto: «Rogério Alves não vai candidatar-se»
GESTOR LEMBRA QUE LÍDER DA AG JÁ O ASSUMIU PUBLICAMENTE
   
Pedro Souto não acredita que Rogério Alves seja o candidato da continuidade nas próximas eleições do Sporting. "Ele não vai candidatar-se, de certeza absoluta. Já assumiu isso publicamente várias vezes; portanto, essa hipótese não faz sentido. É especulação", considerou o gestor, de 46 anos, que remetia para declarações recentes do líder da mesa da assembleia geral, nomeadamente no programa "Prolongamento", da TVI, na noite de segunda-feira.

"É uma pessoa extraordinária. Tem feito um bom trabalho como presidente da AG e gostaria imenso que ele continuasse ligado ao Sporting", admitiu ainda o empresário, que ontem marcou presença no Estoril Open, no Jamor, acompanhado por Abrantes Mendes. O pretendente à sucessão de Soares Franco afastou igualmente um hipotético avanço de Miguel Ribeiro Teles. "Já disse variadíssimas vezes que não faz parte dos seus objetivos."

Autor: H.N. e V.A.G.
Data: Quarta-Feira, 6 Maio de 2009 - 7:38
« Última modificação: Maio 06, 2009, 08:51 por Paracelsus » Registado
Re: Rogério Alves , « Resposta #44 em: Maio 07, 2009, 17:52 »


PLVS VLTRA


*
Veterano

Mensagens: 15685
Idade: 29
Masculino

WWW
Já há novidades? Seria bom este ir a votos sem ser com Souto. Talvez houvesse divisão de votos na continuidade.
Registado

O Sporting é o Clube de Portugal.

Há os que exigem;
Há os que reclamam;
Há os que teclam;
E há os que dão: http://www.forumscp.com/index.php?topic=59703.40
Re: Rogério Alves , « Resposta #45 em: Maio 07, 2009, 18:49 »


Quero um Pavilhão para as modalidades


*

Mensagens: 38857
Localidade: Galiza/lisboa


Já há novidades? Seria bom este ir a votos sem ser com Souto. Talvez houvesse divisão de votos na continuidade.

O Record de hoje assegura que vai avançar e que inclusive o anunciará ainda hoje.
Vamos ver.....

SL
Registado

Re: Rogério Alves , « Resposta #46 em: Maio 07, 2009, 19:00 »

FLL

A última que tenho é que não vai ser candidato, mas já se sabe que nestas alturas são tantos os telefonemas e os mails que algum há-de estar enganado... Grin
Registado
Re: Rogério Alves , « Resposta #47 em: Maio 07, 2009, 22:49 »


Sete a Um, estive lá!


*

Condecorações:Revelação 2008


Mensagens: 12738
Idade: 190
Localidade: Southwest corner of Europe
Masculino


A última que tenho é que não vai ser candidato, mas já se sabe que nestas alturas são tantos os telefonemas e os mails que algum há-de estar enganado... Grin
Também ouvi dizer isso, esta noite.
Registado

L8tr,
 
106
 
 «Opiniões divergentes não significam ataques pessoais»    
Re: Rogério Alves , « Resposta #48 em: Maio 07, 2009, 22:50 »



*
Veterano

Mensagens: 16111
Idade: 28
Localidade: Lisboa
Masculino


A última que tenho é que não vai ser candidato, mas já se sabe que nestas alturas são tantos os telefonemas e os mails que algum há-de estar enganado... Grin

E era o que faria sentido, dadas as tais dificuldades que ele já disse publicamente ter devido à sua condição profissional actual.
Registado

"O Sporting é nosso outra vez!"
Re: Rogério Alves , « Resposta #49 em: Maio 08, 2009, 00:31 »



*
Júnior

Mensagens: 2821
Idade: 26
Localidade: Lisboa
Masculino


Vamos esperar mais uma semana.
Registado
Re: Rogério Alves , « Resposta #50 em: Maio 13, 2009, 23:18 »



*
Veterano

Mensagens: 8487
Localidade: Vale da Amoreira
Masculino


"Ainda faltam duas semanas para terminar o prazo de entrega de listas à presidência do Sporting. Rogério Alves, actual presidente da mesa da Assembleia Geral recusa, por agora, anunciar a sua decisão final.
Na corrida eleitoral do clube de Alvalade, pelo menos mais uma candidatura surgirá nos próximos dias, a da continuidade de Soares Franco que tentará implementar o processo de reestruturação financeira do clube.

Carlos Barbosa da Cruz não reúne consenso entre os actuais orgãos sociais. Dias Ferreira está perfilado, tal como Ernesto Ferreira da Silva, que até hoje não se pronunciou sobre o acto eleitoral.

O advogado e presidente da mesa da Assembleia Geral, Rogério Alves, continua também sem se pronunciar, adiando para breve a sua decisão."

RTP

Ainda vai ser este artista...
Registado
Re: Rogério Alves , « Resposta #51 em: Maio 14, 2009, 08:31 »


Sete a Um, estive lá!


*

Condecorações:Revelação 2008


Mensagens: 12738
Idade: 190
Localidade: Southwest corner of Europe
Masculino


Parece que se Bettencourt avançar, Alves fará parte dessa lista.
Registado

L8tr,
 
106
 
 «Opiniões divergentes não significam ataques pessoais»    
Re: Rogério Alves , « Resposta #52 em: Maio 17, 2009, 17:32 »



*
Sénior

Mensagens: 4071
Localidade: Loures


Entrevista de RA ao DN.

Citar
Quem é o seu candidato às eleições do Sporting?

O candidato que apoio entusiasticamente é José Eduardo Bettencourt. Acho que ele é a grande aquisição do Sporting, se for eleito.

E ele já formalizou o convite para continuar como presidente da Assembleia Geral?

Isso é pouco importante. Creio que poderá acontecer, mas não é uma condição. Fui uma das pessoas que mais incentivaram José Eduardo Bettencourt a abraçar este projecto.

E pode dizer-se que o Sporting vai ter finalmente um presidente que gerirá directamente o futebol e que sabe de futebol?

Indiscutivelmente. José Eduardo Bettencourt é também um grande gestor. Temos aqui uma fusão de qualidades extraordinária, a que se soma a sua grande capacidade para trabalhar em equipa, dirigir equipas, impor objectivos. Creio que é a grande aquisição do Sporting para as próximas quatro épocas.

Falou-se que podia avançar. Chegou a pensar seriamente?

Pensei. Mas optei por não alimentar muita especulação acerca do processo de escolha.

Porque não avançou?

Não avancei por uma questão básica: neste momento, para a minha vida profissional, era um desafio muito, muito difícil de assumir. Porque há uma incompatibilidade de facto, não é uma incompatibilidade jurídica, que nasça da lei, é uma incompatibilidade real. Não posso conciliar uma actividade muito intensa que tenho como advogado com a que teria se fosse presidente do Sporting, porque entendo que para ser presidente tem de ser a full-time... porque o Sporting absorve muita energia.

Pedro Souto chegou a ser uma hipótese também para si?

Uma lista não cai do céu. As pessoas mais preocupadas com o Sporting falam umas com as outras. E desses diálogos resultam cenários. Ponderamos os prós e os contras. E repare, no meu caso, também não tenho pejo nenhum em afirmar que teria de ter mais experiência em determinadas áreas da vida do clube para me abalançar. E uma coisa é ter carisma de liderança e um consenso grande à nossa volta, e eu, imodestamente o digo, creio que tenho esse carisma de liderança e teria muito apoio para ser presidente do Sporting. Porque sinto esse apoio com as pessoas com quem me cruzo na rua. Mas, ponderados os prós e contras, estimulei José Eduardo Bettencourt a aceitar este colossal desafio, mas também este desafio tão aliciante.

O que acha necessário mudar no clube: a gestão, a gestão desportiva, o futebol, as pessoas?

Há algumas coisas que têm de mudar. Esta direcção fez apostas estratégicas que merecem o meu acordo. Em primeiro lugar, a diminuição do passivo para evitar que o clube ficasse estrangulado pela dívida. Um clube que tem 280 milhões de euros de passivo, que tem de pagar o passivo e os juros relativos ao passivo, tem de gerar um cash flow que o Sporting não gera. E o Sporting não pode continuar submetido a um colete-de--forças. O próprio projecto de reestruturação financeira…

Que está para ser aprovado.

E que terá algumas alterações que José Eduardo Bettencourt anunciará em breve para o caso de vir a ser eleito. Não quer dizer que não sofra retoques, como creio que deverá sofrer. Depois, a aposta na formação. A aposta na formação é correcta e o Sporting tem motivos de orgulho na sua formação. Terá de criar condições financeiras para ter mais dinheiro para o futebol. Este projecto liberta mais dinheiro para o futebol. Para que ao lado dos jovens da formação possam ser comprados jogadores mais experientes e mais veteranos.

Tem-nos falado do que está bem. E o que é preciso mudar?

Temos de revitalizar a ligação dos sócios com o clube. O Sporting tem de ter um choque vitamínico a esse nível. Tem de fazer corresponder o número de sócios ao número de adeptos que tem no País.

Quantos sócios tem o Sporting hoje?

Tem cerca de 90 mil sócios.

Aqueles que pagam chegam a 30 mil?

Aqueles que estão em dia serão à volta dos 30 mil. Depois, há uns com ligeiros atrasos, que andarão até aos 50 mil. O Sporting aqui tem de ter um choque vitamínico.

Isso faz-se ganhando jogos.

As boas exibições atraem mais público, mais público valoriza a marca, melhor marca atrai mais patrocínios, mais patrocínios permitem comprar melhores jogadores, melhores jogadores geram melhores jogos de futebol… Acredito muito nesta dinâmica integrada.

E mais dinheiro também permite contratar um melhor treinador, ou Paulo Bento serve para esse projecto do Sporting?

Competirá à SAD e ao clube tomar essa decisão. Tenho muito apreço pelo Paulo Bento e acho que se continuar será um prémio. Creio que o Paulo Bento é um treinador com um enorme futuro à frente, não forçosamente um enorme futuro em termos de grande longevidade no Sporting, pois isso depende de muitos factores. Mas a verdade é que considero o Paulo Bento um treinador muito competente, muito capaz, muito honesto, carismático e que, apoiado devidamente e com condições de trabalho melhores do que aquelas que lhe têm sido dadas, pode ser um treinador para trazer muitos títulos ao Sporting. Aliás, já criou a nossa própria dinâmica de vitória, que ainda não se equipara à do FC Porto.

Mas isso não se viu nos jogos europeus, ou seja, o Sporting foi esmagado sempre que jogou para além de Badajoz.

Às vezes até para aquém.

Mas sobretudo fora. Como é que se ultrapassam essas limitações visíveis no futebol do Sporting? Quando olhamos para o FC Porto, percebemos que é a melhor equipa portuguesa e que também tem dimensão internacional. Olha-se para o Sporting, percebe-se que consegue estar perto do FC Porto na luta interna mas que não tem capacidade para lutar internacionalmente. Isso são só jogadores, não faz falta outro retoque?

Se me pergunta se acho necessário que o Paulo Bento saia, dir-lhe-ei que não. Acredito que fará muito melhor se ficar, como é desejo de muitos sportinguistas. Nos jogos que referiu, a equipa esteve mal - Bayern, Barcelona, Real Madrid. Mas foi um conjunto de circunstâncias que convergiram numa repetição de maus resultados que não volta- rá a acontecer nos anos mais próximos independentemente de quem seja o treinador. Veja o que aconteceu com o próprio Benfica na sua prestação na Taça UEFA. E com a Argentina, que perdeu com a Bolívia (1-6). Não tenho uma explicação. Com uma nova dinâmica essas situações não se repetirão.

A estrutura que se conhece do FC Porto enquanto empresa, no Sporting já existe, ou é preciso mudar a estrutura que rodeia o futebol? O problema é de facto a equipa de futebol?

É preciso dar tempo a que o trabalho que o Sporting tem vindo a fazer ganhe mais consistência e solidez. O FC Porto, hoje, é o produto de anos de trabalho, um trabalho que, no Sporting, se reiniciou após um ciclo doloroso. Não nos esquecemos de que a partir de 1982 estivemos 17 anos sem ganhar um título de campeão. O Sporting fez uma travessia no deserto, e isso faz cercear a dinâmica de vitória.

O FC Porto também esteve 19 anos, e a partir daí já está há vinte e tal sem parar…

E agora iremos, porventura, substituir o FC Porto! Se falamos em ciclos, espero que o próximo seja o do Sporting! E creio que o Sporting tem começado a criar a sua dinâmica de vitória. E, do meu ponto de vista, o que acontece é que o Sporting está a criar uma robustez assente em estabilidade que não pode dar frutos no imediato.

Que se ia perdendo porque o ainda presidente anunciou de surpresa que ia sair.

Naturalmente que isso poderá também ter causado alguma turbulência, quer ao nível directivo quer ao nível desportivo…

Um presidente remunerado no Sporting choca-o?

Não, pelo contrário! O que me choca é um presidente não remunerado. Nós temos de matar esses resquícios do passado e deixar de ter medo de sermos modernos. Aliás, há exemplos em Portugal que o demonstram claramente. Um presidente de um clube, se acumular, nomeadamente, com a presidência do Conselho de Administração da SAD, mas mesmo que o não faça - quero deixar isso claro -, mesmo que o não faça, um presidente de um clube deve ser remunerado. Porque hoje dirigir um clube como o Sporting é uma tarefa muito absorvente, que exige grande disponibilidade pessoal mas também grande competência, grande competência técnica!

E isso paga-se, portanto?

Claro! Sem a mais pequena margem para dúvidas. E espero que, de uma vez por todas, desapareçam do Sporting esses vestígios algo pré-históricos de trabalhar sem ser remunerado.

Pedro Santana Lopes também foi remunerado quando passou pela presidência do Sporting. Não de uma forma directa, mas particular. Essa comparação é boa ou é má, no seu entender, para José Eduardo Bettencourt?

Creio que o dr. Pedro Santana Lopes é passado, nem conheço sequer as circunstâncias concretas pelas quais foi definida uma eventual remuneração. Para mim, as coisas têm de ser claras, directas, e não gosto muito de utilizar a expressão "transparente", mas aqui até colhe. O presidente do Conselho Directivo do Sporting, o presidente da Administração da SAD do Sporting têm de ganhar dinheiro, têm de ganhar uma remuneração que é assumida…

E tem de ser transparente, está na Bolsa de Valores, tem de se saber o que se ganha e não se ganha.

Exactamente, tem de ser afirmada perante todos, conhecida de todos. Até porque, como diz e muito bem, se submete às regras das sociedades anónimas cotadas. Mas mesmo que o presidente do Conselho Directivo do Sporting não fosse também o presidente do Conselho de Administração da SAD, ainda assim, entenderia que deveria ser remunerado. E devidamente remunerado.

A reestruturação financeira de FSF voltará à baila com Bettencourt. Resta saber com que "retoques". Ah, e RA fala num passivo de 280 milhões de euros, portanto esqueçam o disparate dos 220 milhões que vinha na CS e que ainda por cima dava o passivo da SAD como sendo superior ao do clube.  Roll Eyes

http://dn.sapo.pt/inicio/opiniao/discursodirecto.aspx?content_id=1235152

http://dn.sapo.pt/inicio/opiniao/discursodirecto.aspx?content_id=1235151
Registado

FORÇA LEÕES!!
Re: Rogério Alves , « Resposta #53 em: Maio 17, 2009, 17:43 »


Ex-Rasputine


*

Mensagens: 1305
Idade: 44
Masculino


Eu só gostava de saber como é que o passivo no período entre eleições parece que está a diminuir...mas quando regressa a hora eleitoral... volta sempre a crescer exponencialmente!

Isto cheira claramente a esturro...
Registado

Maioritariamente...pelo verdadeiro Sporting!
Re: Rogério Alves , « Resposta #54 em: Maio 17, 2009, 19:45 »


Sete a Um, estive lá!


*

Condecorações:Revelação 2008


Mensagens: 12738
Idade: 190
Localidade: Southwest corner of Europe
Masculino


A reestruturação financeira de FSF voltará à baila com Bettencourt. Resta saber com que "retoques". Ah, e RA fala num passivo de 280 milhões de euros, portanto esqueçam o disparate dos 220 milhões que vinha na CS e que ainda por cima dava o passivo da SAD como sendo superior ao do clube.  Roll Eyes
Segundo me constou, a situação é verdadeiramente grave, e o mais alto desses valores até é capaz de ser abaixo do real.
Escusado será dizer que a culpa disso será de todos menos dos que lá estão agora... Gonçalves e Cintra serão os piores, seguidos de Cunha, os outros são uns santinhos.
No triste debate televisivo, Franco acusou Cunha de ter criado um buraco de 100; donde veio o resto, que parece andar algures pelo triplo?
Onde está a suposta competência dos famosos gestores?
Porque é que, sendo tão bons, não conseguem nem conter os custos, nem aumentar receitas?
Porque é que preferem investidores a sócios, e isso não resulta? Afugentam os sócios, e ninguém vê aparecerem investidores de vulto?
Vão passar o tempo a alienar património, à espera dum milagres?
Isso era no Médio Oriente, há vinte séculos (e essas histórias estão muito mal contadas), hoje me dia um almoço grátis já é um milagres, quanto mais conseguir diminuir tal passivo.

Registado

L8tr,
 
106
 
 «Opiniões divergentes não significam ataques pessoais»    
Re: Rogério Alves , « Resposta #55 em: Maio 17, 2009, 20:51 »



*
Veterano

Mensagens: 5612
Idade: 44


A reestruturação financeira de FSF voltará à baila com Bettencourt. Resta saber com que "retoques". Ah, e RA fala num passivo de 280 milhões de euros, portanto esqueçam o disparate dos 220 milhões que vinha na CS e que ainda por cima dava o passivo da SAD como sendo superior ao do clube.  Roll Eyes
Segundo me constou, a situação é verdadeiramente grave, e o mais alto desses valores até é capaz de ser abaixo do real.


Consta-te bem e na verdade o valor real está MUITO acima disso.
Registado
Re: Rogério Alves , « Resposta #56 em: Maio 17, 2009, 20:57 »



*
Sénior

Mensagens: 4071
Localidade: Loures


A reestruturação financeira de FSF voltará à baila com Bettencourt. Resta saber com que "retoques". Ah, e RA fala num passivo de 280 milhões de euros, portanto esqueçam o disparate dos 220 milhões que vinha na CS e que ainda por cima dava o passivo da SAD como sendo superior ao do clube.  Roll Eyes
Segundo me constou, a situação é verdadeiramente grave, e o mais alto desses valores até é capaz de ser abaixo do real.
Escusado será dizer que a culpa disso será de todos menos dos que lá estão agora... Gonçalves e Cintra serão os piores, seguidos de Cunha, os outros são uns santinhos.
No triste debate televisivo, Franco acusou Cunha de ter criado um buraco de 100; donde veio o resto, que parece andar algures pelo triplo?
Onde está a suposta competência dos famosos gestores?
Porque é que, sendo tão bons, não conseguem nem conter os custos, nem aumentar receitas?
Porque é que preferem investidores a sócios, e isso não resulta? Afugentam os sócios, e ninguém vê aparecerem investidores de vulto?
Vão passar o tempo a alienar património, à espera dum milagres?
Isso era no Médio Oriente, há vinte séculos (e essas histórias estão muito mal contadas), hoje me dia um almoço grátis já é um milagres, quanto mais conseguir diminuir tal passivo.



Sem dúvida que a situação é grave. O passivo não diminuiu o prometido, apesar das vendas do património não desportivo e do Nani. A quebra de receitas no futebol relacionadas com a bilhética e a quotização é inquestionável. Não tem havido proactividade na promoção da marca Sporting junto de sócios, adeptos e patrocinadores, porque os dirigentes só se mexem quando vêm o beifica a fazer melhores negócios. Há um rol de atitudes displicentes que nos estão a fazer perder DINHEIRO. Uma casa destas não pode ser bem governada por quem mostra fastio em cá estar, arranja sempre pretextos para não fazer nada, e só aparece com a corda toda a ir a núcleos e abrir modalidades à última da hora (que depois dão barraca na estrada...) quando é preciso ganhar Assembleias Gerais e eleições.

Não tenho dúvida que a "minoria de bloqueio", movimento de base que acabou por contribuir para dar origem à candidatura "Ser Sporting", foi fundamental para obrigar a oligarquia a ter mais respeito pelo Sporting, percebendo (finalmente  Roll Eyes) que é preciso dinamizar a relação com os sócios, que é preciso promover o Sporting, que a instituição precisa de dirigentes que lhe dediquem tempo e que para ele tenham ambição, etc. Portanto, vale sempre a pena ser exigente. Se não fosse a "minoria de bloqueio" estas eleições seriam completamente fastidiosas e, como vocês já disseram, eles não tinham de pôr a carne toda no assador, nem desemburrar ideias, como certamente farão. Isso já será melhor que nada para o Sporting.
Registado

FORÇA LEÕES!!
Gosta deste tópico? Partilhe-o:
Páginas: « anterior 1 2 [3] Ir para o topo Imprimir
Fórum SCP - A Comunidade do Sporting Clube de Portugal Área da Comunidade Arquivo Eleições Sporting 2009 Tópico:

[Eleições 2009] Rogério Alves

« tópico anterior seguinte »
Ir para:

Powered by SMF 1.1.20 | SMF © 2011, Simple Machines
Tema SMFone modificado por Avantix e Paracelsus.
Optimizado para o Mozilla Firefox na resolução 1024 x 768.
© 2004 - 2010 | Fórum SCP | Alguns Direitos Reservados
Fórum não-oficial do Sporting Clube de Portugal

Ajuda | | Sitemap | Política de Privacidade