Capoeira

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

A partida frente ao Vitória de Guimarães foi também o Jogo das Modalidades, em que o Sporting homenageou os milhares de atletas que todos os dias praticam desporto no Clube.



Capoeira. Foto: José Cruz

29-03-2015
Uma ginga bem orquestrada


A capoeira é uma das modalidades que mais influências culturais abrange, podendo ser utilizada como arte, dança, ginástica ou luta, num sistema de defesa-ataque com posturas distintas que têm como movimento básico a ginga, acompanhada pela música.

O Sporting criou oficialmente a modalidade em 2004 com o mestre Nélson Barros e ainda hoje tem um espaço bem apetrechado no Museu Mundo Sporting.

Leia no próximo dia 2 de Abril a surpresa que o Jornal Sporting está a preparar pelo 93.º aniversário.

http://www.sporting.pt/Noticias/Modalidades/OutrasModalidades/notoutrasmod_capoeira_290315_144214.asp

30-04-2015
A arte marcial em forma de dança


No quinto capítulo d’O Grande Livro das Modalidades foi dedicado à capoeira ‘leonina’. Nesta edição, dois jornalistas do Jornal Sporting participaram num treino com os capoeiristas ‘verde e brancos’, orientado pelo mestre Nélson Barros. Os dois jornalistas aprenderam a executar quatro sequências, incluindo golpes de ataque e defesa. No fim, foi tempo das aprendizagens serem postas à prova na tão conhecida roda de capoeira.

Para além dos ensinamentos, também a história da modalidade foi ouvida com atenção. O mestre explica a origem da capoeira e a sua evolução como arte marcial. O significado e a forma como a capoeira era praticada no Brasil e a necessidade de regular a arte marcial e formar quem a leciona.

Nelson Barros conta, também, como foi o processo de implementação da modalidade em Portugal e no Sporting e como, através do sucesso obtido pela modalidade no Clube de Alvalade, se formou uma Federação Portuguesa de Capoeira.

Leia a reportagem completa nesta edição do Jornal Sporting que já está nas bancas.

http://www.sporting.pt/Noticias/Clube/notclube_destaquecapoeira_300415_146725.asp

Mais um ótimo exemplo do nosso ecletismo.
Que continuem o bom trabalho!