Política Nacional

Mayhem e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Falta aí o PCP. Não é que se perca alguma coisa.  :twisted:

 :rotfl: :rotfl: :rotfl:

Olha que ele também se esqueceu do Partido Monárquico.  :mrgreen:

Em matéria de política nacional dos últimos 20 anos, faço minhas as palavras de um grande sábio, que fala com a voz da experiência:

"A m**** é toda a mesma, o cu é que é diferente"
- Avô do Eddie Verdde

A prioridade deve ser não votar e convencer tanta gente quanto possível a não votar também. É inútil, não muda nada (porque muda tudo de 4 em 4 anos, passe o paradoxo) e ao fazê-lo estás a dar o teu aval a um sistema que está podre. Da maneira que as coisas estão, mais significativamente e eficazmente te realizas enquanto cidadão nos pequenos gestos do dia-a-dia em que interages com as pessoas e instituições que fazem parte da tua vida pessoal e profissional. Se sabes de alguém que anda a chular o estado na declaração dos impostos dá-lhe uma ensaboadela moral, se vês um sinal de trânsito mal colocado no teu bairro envia 387 cartas registadas ao Presidente da Junta de Freguesia, se tens uma ideia para dinamizar as actividades culturais da tua cidade pede uma reunião com o Presidente da Câmara e expõe-lhe as tuas ideias, etc. Assim é que isto lá vai, não é cá a meter papelinhos com uma cruz dentro de uma caixa e esperar que isso resolva os nossos problemas ou que assim sejamos melhor representados. Não com a matéria-prima que temos actualmente em matéria de política.
« Última modificação: Janeiro 20, 2009, 16:20 pm por Eddie Verdde »
Quod scripsi, scripsi.:
Tudo pelo Sporting, nada contra o Sporting.
Banca, Academia, Paulo Bento.
Evolução na continuidade.
Orgulhosamente sós a bater palmas ao mau futebol. Para Alvalade, rapidamente e em força.
Realmente, a prioridade é votares. É muito importante votares. Vou votar pela primeira vez. Eu não tenho uma ideologia muito vincada, mas fico entre o PSD e o PS. Sou Centro, tenho opiniões de direita e opiniões de esquerda. Concluindo, nunca irei dar o meu voto ao Bloco nem ao PCP. Com José Socrates, o primeiro-ministro mais falso da nossa história política, o PS não ganhará o meu voto. Gosto da Manuela Ferreira Leite, que acredito que poderá levar o país a bom rumo mas com diferentes políticas, principalmente, alivio fiscal para as empresas e para a classe média. Pelo que tenho visto, tenho gostado bastante do CDS, que tem sido o único partido activo na oposição e que tentou alguns projecto-lei interessantes. O problema é que é liderado pelo Paulo Portas que, muito simplesmente, simboliza o típico político português, ou seja, promiscuo e cheio de telhados de vidro. Acho que CDS tem dois deputados interessantes nas suas fileiras, Teresa Caeiro e Pedro Mota Soares. Bloco de Esquerda e PCP não merecem o meu respeito por sou contra partidos anti-democráticos e centralizadores (PCP) e contra Partidos que nascem por via de fusões de partidos revolucionários com ideias do início do secúlo XX (Trotskysmo e Maoísmo) (BE).

Pena que o povo português não tenha ainda percebido os potenciais do voto em branco. Deixo aqui uma ideia: a obrigação de votar. O direito ao voto, ou seja, à liberdade, foi conseguido com muito esforço e dedicação (à SPORTING).

Continuas com o teu "hate speech" , já no outro dia tivemos a discutir isso.

Dás o exemplo do CDS esse partido dos bons samaritanos , curiosamente tambem não considerado democrático por quem vê as coisas pela perspectiva que tu odeias , ainda bem que a maior parte das pessoas não é como tu se não restava a este país a não ser uma guerra civil.

Numa democracia há lugar a todas as perspectivas , e toda a gente deve ser representada , não deves passar dum puto mimado com tudo à mão dado de graça , se não gostas estás no teu direito , agora respeita quem se governa com o salário minimo , com reformas miseráveis , e sim não se sentem representados nos partidos do centro e sim votam num dos partidos que tu odeias que não são anti-democráticos , mas sim anti-sistema , porque acreditam e sempre acreditaram que esta sociedade pode ser mais justa.
Se fossem anti-democráticos como tu dizes já terias sentido a presença deles na certa.  :mrgreen:

Arranja um hobbie ou um desporto que te vai fazer bem , se deres no duro aposto que vais respeitar mais os outros , porque só dizes balelas que não têm valor nenhum.

A tua resposta é triste, realmente. Vou rebater as tuas opiniões, tristes e sem fundamento, com factos históricos e dados concretos.

Citar
Dás o exemplo do CDS esse partido dos bons samaritanos

Se souberes ler, o que eu duvido, poderás fazer um scroll e procurar a justificação da minha opinião do CDS.

Citar
e toda a gente deve ser representada

Não me parece que na sociedade actual e vanguardista, tenhamos de aceitar a representação de partidos que convidam as FARC para festas, rejeitam condenar regime genocidas, porque, em alguma medida, partilham raízes ideológicas.

Citar
não deves passar dum puto mimado com tudo à mão dado de graça , se não gostas estás no teu direito , agora respeita quem se governa com o salário minimo , com reformas miseráveis , e sim não se sentem representados nos partidos do centro e sim votam num dos partidos que tu odeias que não são anti-democráticos , mas sim anti-sistema , porque acreditam e sempre acreditaram que esta sociedade pode ser mais justa.

Puto mimado? Está caladinho, faz-te à vida e deixa de culpar "outros" pelo teu possível fracasso. Deixa de imputar culpas aos outros porque, no fundo, se tiveres ambição e capacidade, podes ser alguém na vida. Se fosses rico (que essa riqueza tenha sido criada legitimamente), se calhar, não sei, deixavas essa tua retóricazinha de m****, repleta de inveja e preconceitos.
Onde, mas onde é que leste que eu não apoiava os desfavorecidos, os reformados, os que ganham o salário mínimo? Porque é que não referes os milhares de preguiçosos que vivem à custa da Segurança Social e do subsídio de desemprego. Porque é que não falas do pessoal da função pública que, comparando com muitos do sector privado, não fazem nada e têm regalias especiais? Se houvesse justiça no funcionamento da Segurança Social, podes ter a certeza que havia muito mais pobreza (para aqueles que não fazem nada), porque ambição e vontade de trabalhar não são características comuns. Justiça é compensar os que têm mérito e os que fazem pela vida, não é juntar todos no mesmo saco. Devemos é compensar os que trabalham honestamente, os que, não tendo possibilidade para uma vida de regalias, o fazem com honra. Esses sim, merecem o nosso respeito e a nossa admiração.
Analisa bem, se conseguires, as representações camarárias do PCP e do BE e diz-me se estão a cumprir com o que dizes ser a postura "anti-sistema" e a luta por uma sociedade "que pode ser mais justa". Vê como está Setúbal e as câmaras do Alentejo, onde se continua a tentar impingir sistemas agrários do século passado.

Para concluir, se conseguires dar-me uma vantagem histórica do comunismo, do leninismo ou do Trotskysmo, agradecia. Ou de algum partido com ideologia semelhante à do PCP ou do BE. Fico à espera.

Essa tua do argumento do salário mínimo, e dos desfavorecidos é brilhante.

Se souberes como funciona o sistema político, hás-de saber que 60% do voto em PCP e BE é voto de protesto. No Bloco de Esquerda então, deve rondar os 90%. Lá vão denunciando umas m*****, mas quando chegam ao poder (Sá Fernandes em Lisboa) e o seu escravo político (Sá Fernandes) não faz o que o "comité central" manda, desertam-no. O mesmo acontece com a troca de deputados do PCP, old style, via-soviética. Vê como funciona, internamente, o PCP e depois passa a dica. Esse grande ícone nacional, Cunhal, que defendia regimes como o da Checoslováquia. No fundo, não passava de um Salazar, versão foice e martelo. Ou como condenam Israel e defendem o Hamas porque, do outro lado da barricada, está um país apoiado pelos EUA, esse "monstro imperialista". Esquecem-se que Israel não é só Mossad e Ehmud Olmert. Esquecem-se dos 7 milhões de Israelitas que apenas desejam paz e sossego. Esquecem-se das constantes ameaças de "limpeza" dos vizinhos de Israel que, a cada dia que passa, investem mais e mais em armamento e mísseis de longo alcance, enquanto que o povo vai vivendo em ditaduras. É esta a mentalidade de partidos como BE e o PCP.

Isto, entre muitas outras coisas, resume tudo:

Jornalista: É verdade que a direcção do PCP convidou elementos das FARC para a festa do Avante?
Jerónimo de Sousa: Não, não é verdade. Mas deixe-me salientar que o PCP está solidário com associações (excelente!!) que lutam pela liberdade e contra a opressão capitalista.

Sim, "lutam pela liberdade" com raptos e tráfico de droga. Nem uma palavra dizem em relação a Cuba ou Coreia do Norte. Lê a moção política do PCP do último congresso, onde estão os elogios da praxe para Cuba e, principalmente, China. Depois disto, vem rebater as minhas opiniões que, no fundo, são mais factos do que convicções.

Falem é de pessoas como Nelson Mandela, Papa João Paulo II, Martin Luther King, Madre Teresa de Calcutá e deixem o Ché, Lenin, Salazar, Stalin, Mao, Mussolini e outros monstros que nada fizeram pelos seus povos.

Devias ter lido o meu segundo post referente a este tópico antes de teres vindo para aqui com as tuas tiradas sobre o meu "hate speech" :boohoo:. Nem o meu cão cairia nessa tua retórica versão loja chinesa.


« Última modificação: Janeiro 20, 2009, 17:21 pm por danielw »
Sou de centro-direita, monárquico, votei a favor da despenalização do aborto, sou contra a legalização da eutanásia, sou contra a despenalização da prostituição. Acho que se devia penalizar os clientes e ser implacável contra os exploradores das mulheres. É chocante que quando se fazem rusgas, são sempre as mulheres a ir dentro.  >:D A exploração sexual das mulheres, uma autêntica escravatura moderna, é um flagelo dos nossos dias. E sou a favor da união civil entre pessoas do mesmo sexo.
FORÇA LEÕES!!
Sou de centro-direita, monárquico, votei a favor da despenalização do aborto, sou contra a legalização da eutanásia, sou contra a despenalização da prostituição. Acho que se devia penalizar os clientes e ser implacável contra os exploradores das mulheres. É chocante que quando se fazem rusgas, são sempre as mulheres a ir dentro.  >:D A exploração sexual das mulheres, uma autêntica escravatura moderna, é um flagelo dos nossos dias. E sou a favor da união civil entre pessoas do mesmo sexo.

E a situação da violência doméstica é outro cancro que devia corar de vergonha os nossos legisladores. Na mesma linha que tu, sou centro, a favor da despenalização do aborto, a favor da eutanásia e a favor do casamento entre homossexuais. Prostituição? Não sei, é falar com elas. As de luxo fazem bom dinheiro, duvido que conseguissem tirar-lhes daquela vida. E sou a favor da adopção por casais homosexuais, dado que, penso que uma pessoa nasce gay (sem qualquer intenção de ofender), portanto, não acredito na teoria do "entre pessoas gays, vai acabar por virar gay".
Tudo o que está para lá do PSD não presta e pode ser muito perigoso
Leão ao peito, o Sporting no coração, Vestido a preceito, ao jeito do Campeão,
A esperança é verde e não há quem lhe resista, Nunca se perde quando se é Sportinguista!
Agora todos a gritar a uma voz:
SPORTING, SPORTING, o SPORTING SOMOS NÓS!
Sou de centro-direita, monárquico, votei a favor da despenalização do aborto, sou contra a legalização da eutanásia, sou contra a despenalização da prostituição. Acho que se devia penalizar os clientes e ser implacável contra os exploradores das mulheres. É chocante que quando se fazem rusgas, são sempre as mulheres a ir dentro.  >:D A exploração sexual das mulheres, uma autêntica escravatura moderna, é um flagelo dos nossos dias. E sou a favor da união civil entre pessoas do mesmo sexo.

E a situação da violência doméstica é outro cancro que devia corar de vergonha os nossos legisladores. Na mesma linha que tu, sou centro, a favor da despenalização do aborto, a favor da eutanásia e a favor do casamento entre homossexuais. Prostituição? Não sei, é falar com elas. As de luxo fazem bom dinheiro, duvido que conseguissem tirar-lhes daquela vida. E sou a favor da adopção por casais homosexuais, dado que, penso que uma pessoa nasce gay (sem qualquer intenção de ofender), portanto, não acredito na teoria do "entre pessoas gays, vai acabar por virar gay".

Sempre vai haver prostituição, não é por acaso que é chamada a profissão mais velha do mundo, por isso mais vale ligalizar e obrigar a pagar impostos (já viram quanto dinheiro foge ao Fisco na situação actual?)! Alem de possibilitar a regulação em termo de saude, condições de trabalho, etc, favorecendo tanto elas como os clientes.
<a href="http://symphonyx.com/images/banners/symxPLwebsitebanner.png" rel="lightbox">[img alt=" width="468" height="60" border="0]http://symphonyx.com/images/banners/symxPLwebsitebanner.png[/img][/url]
Se souberes como funciona o sistema político, hás-de saber que 60% do voto em PCP e BE é voto de protesto. No Bloco de Esquerda então, deve rondar os 90%. Lá vão denunciando umas m*****, mas quando chegam ao poder (Sá Fernandes em Lisboa) e o seu escravo político (Sá Fernandes) não faz o que o "comité central" manda, desertam-no. O mesmo acontece com a troca de deputados do PCP, old style, via-soviética. Vê como funciona, internamente, o PCP e depois passa a dica. Esse grande ícone nacional, Cunhal, que defendia regimes como o da Checoslováquia. No fundo, não passava de um Salazar, versão foice e martelo. Ou como condenam Israel e defendem o Hamas porque, do outro lado da barricada, está um país apoiado pelos EUA, esse "monstro imperialista". Esquecem-se que Israel não é só Mossad e Ehmud Olmert. Esquecem-se dos 7 milhões de Israelitas que apenas desejam paz e sossego. Esquecem-se das constantes ameaças de "limpeza" dos vizinhos de Israel que, a cada dia que passa, investem mais e mais em armamento e mísseis de longo alcance, enquanto que o povo vai vivendo em ditaduras. É esta a mentalidade de partidos como BE e o PCP.

Isto, entre muitas outras coisas, resume tudo:

Jornalista: É verdade que a direcção do PCP convidou elementos das FARC para a festa do Avante?
Jerónimo de Sousa: Não, não é verdade. Mas deixe-me salientar que o PCP está solidário com associações (excelente!!) que lutam pela liberdade e contra a opressão capitalista.

Sim, "lutam pela liberdade" com raptos e tráfico de droga. Nem uma palavra dizem em relação a Cuba ou Coreia do Norte. Lê a moção política do PCP do último congresso, onde estão os elogios da praxe para Cuba e, principalmente, China. Depois disto, vem rebater as minhas opiniões que, no fundo, são mais factos do que convicções.

Falem é de pessoas como Nelson Mandela, Papa João Paulo II, Martin Luther King, Madre Teresa de Calcutá e deixem o Ché, Lenin, Salazar, Stalin, Mao, Mussolini e outros monstros que nada fizeram pelos seus povos.

Isso não os torna anti-democráticos, quando muito demagogos e oportunistas (e são-no em bom abono da verdade). A demagogia do CDS é exercida noutro plano, mas não deixa de ser a mesma m**** (usando as palavras do avô do Eddie Verdde ;D). O PCP e o BE são partidos que aceitam os resultados das eleições e o sistema partidário, legislativo e autárquico, pelo que não se podem considerar anti-democráticos. Logicamente que o PCP é um partido completamente ultrapassado e fez por isso ao exterminar (acho que é este o melhor termo) o movimento de renovadores. O BE é o típico puto de 5 anos que se acha muito engraçado, se mete nos bicos dos pés e diz umas quantas em voz alta do tipo "Aquele homem é careca!" para ver se obtém protagonismo.

Claro que PS e PSD são partidos mais moderados, quanto mais não seja por terem muitos mais membros e apoiantes de diversos quadrantes da sociedade, diversificando assim o 'naipe' de mentalidades e também de influências (o que faz com que 'a corda' possa esticar para vários sítios em simultâneo, redistribuindo assim 'o mal pelas aldeias').
Tudo o que está para lá do PSD não presta e pode ser muito perigoso

Para lá do PSD, mas olhando a partir da direita ou da esquerda?  :twisted:
E que tal veres uns telejornais ou uns debates de vez em quando? Ou, até mesmo, quem sabe, ler uns jornais (não tenhas medo que eles não mordem...)

 :arrow:
Saudades do futuro.
Realmente, a prioridade é votares. É muito importante votares. Vou votar pela primeira vez. Eu não tenho uma ideologia muito vincada, mas fico entre o PSD e o PS. Sou Centro, tenho opiniões de direita e opiniões de esquerda. Concluindo, nunca irei dar o meu voto ao Bloco nem ao PCP. Com José Socrates, o primeiro-ministro mais falso da nossa história política, o PS não ganhará o meu voto. Gosto da Manuela Ferreira Leite, que acredito que poderá levar o país a bom rumo mas com diferentes políticas, principalmente, alivio fiscal para as empresas e para a classe média. Pelo que tenho visto, tenho gostado bastante do CDS, que tem sido o único partido activo na oposição e que tentou alguns projecto-lei interessantes. O problema é que é liderado pelo Paulo Portas que, muito simplesmente, simboliza o típico político português, ou seja, promiscuo e cheio de telhados de vidro. Acho que CDS tem dois deputados interessantes nas suas fileiras, Teresa Caeiro e Pedro Mota Soares. Bloco de Esquerda e PCP não merecem o meu respeito por sou contra partidos anti-democráticos e centralizadores (PCP) e contra Partidos que nascem por via de fusões de partidos revolucionários com ideias do início do secúlo XX (Trotskysmo e Maoísmo) (BE).

Pena que o povo português não tenha ainda percebido os potenciais do voto em branco. Deixo aqui uma ideia: a obrigação de votar. O direito ao voto, ou seja, à liberdade, foi conseguido com muito esforço e dedicação (à SPORTING).

Continuas com o teu "hate speech" , já no outro dia tivemos a discutir isso.

Dás o exemplo do CDS esse partido dos bons samaritanos , curiosamente tambem não considerado democrático por quem vê as coisas pela perspectiva que tu odeias , ainda bem que a maior parte das pessoas não é como tu se não restava a este país a não ser uma guerra civil.

Numa democracia há lugar a todas as perspectivas , e toda a gente deve ser representada , não deves passar dum puto mimado com tudo à mão dado de graça , se não gostas estás no teu direito , agora respeita quem se governa com o salário minimo , com reformas miseráveis , e sim não se sentem representados nos partidos do centro e sim votam num dos partidos que tu odeias que não são anti-democráticos , mas sim anti-sistema , porque acreditam e sempre acreditaram que esta sociedade pode ser mais justa.
Se fossem anti-democráticos como tu dizes já terias sentido a presença deles na certa.  :mrgreen:

Arranja um hobbie ou um desporto que te vai fazer bem , se deres no duro aposto que vais respeitar mais os outros , porque só dizes balelas que não têm valor nenhum.

A tua resposta é triste, realmente. Vou rebater as tuas opiniões, tristes e sem fundamento, com factos históricos e dados concretos.

Citar
Dás o exemplo do CDS esse partido dos bons samaritanos

Se souberes ler, o que eu duvido, poderás fazer um scroll e procurar a justificação da minha opinião do CDS.

Citar
e toda a gente deve ser representada

Não me parece que na sociedade actual e vanguardista, tenhamos de aceitar a representação de partidos que convidam as FARC para festas, rejeitam condenar regime genocidas, porque, em alguma medida, partilham raízes ideológicas.

Citar
não deves passar dum puto mimado com tudo à mão dado de graça , se não gostas estás no teu direito , agora respeita quem se governa com o salário minimo , com reformas miseráveis , e sim não se sentem representados nos partidos do centro e sim votam num dos partidos que tu odeias que não são anti-democráticos , mas sim anti-sistema , porque acreditam e sempre acreditaram que esta sociedade pode ser mais justa.

Puto mimado? Está caladinho, faz-te à vida e deixa de culpar "outros" pelo teu possível fracasso. Deixa de imputar culpas aos outros porque, no fundo, se tiveres ambição e capacidade, podes ser alguém na vida. Se fosses rico (que essa riqueza tenha sido criada legitimamente), se calhar, não sei, deixavas essa tua retóricazinha de m****, repleta de inveja e preconceitos.
Onde, mas onde é que leste que eu não apoiava os desfavorecidos, os reformados, os que ganham o salário mínimo? Porque é que não referes os milhares de preguiçosos que vivem à custa da Segurança Social e do subsídio de desemprego. Porque é que não falas do pessoal da função pública que, comparando com muitos do sector privado, não fazem nada e têm regalias especiais? Se houvesse justiça no funcionamento da Segurança Social, podes ter a certeza que havia muito mais pobreza (para aqueles que não fazem nada), porque ambição e vontade de trabalhar não são características comuns. Justiça é compensar os que têm mérito e os que fazem pela vida, não é juntar todos no mesmo saco. Devemos é compensar os que trabalham honestamente, os que, não tendo possibilidade para uma vida de regalias, o fazem com honra. Esses sim, merecem o nosso respeito e a nossa admiração.
Analisa bem, se conseguires, as representações camarárias do PCP e do BE e diz-me se estão a cumprir com o que dizes ser a postura "anti-sistema" e a luta por uma sociedade "que pode ser mais justa". Vê como está Setúbal e as câmaras do Alentejo, onde se continua a tentar impingir sistemas agrários do século passado.

Para concluir, se conseguires dar-me uma vantagem histórica do comunismo, do leninismo ou do Trotskysmo, agradecia. Ou de algum partido com ideologia semelhante à do PCP ou do BE. Fico à espera.

Essa tua do argumento do salário mínimo, e dos desfavorecidos é brilhante.

Se souberes como funciona o sistema político, hás-de saber que 60% do voto em PCP e BE é voto de protesto. No Bloco de Esquerda então, deve rondar os 90%. Lá vão denunciando umas m*****, mas quando chegam ao poder (Sá Fernandes em Lisboa) e o seu escravo político (Sá Fernandes) não faz o que o "comité central" manda, desertam-no. O mesmo acontece com a troca de deputados do PCP, old style, via-soviética. Vê como funciona, internamente, o PCP e depois passa a dica. Esse grande ícone nacional, Cunhal, que defendia regimes como o da Checoslováquia. No fundo, não passava de um Salazar, versão foice e martelo. Ou como condenam Israel e defendem o Hamas porque, do outro lado da barricada, está um país apoiado pelos EUA, esse "monstro imperialista". Esquecem-se que Israel não é só Mossad e Ehmud Olmert. Esquecem-se dos 7 milhões de Israelitas que apenas desejam paz e sossego. Esquecem-se das constantes ameaças de "limpeza" dos vizinhos de Israel que, a cada dia que passa, investem mais e mais em armamento e mísseis de longo alcance, enquanto que o povo vai vivendo em ditaduras. É esta a mentalidade de partidos como BE e o PCP.

Isto, entre muitas outras coisas, resume tudo:

Jornalista: É verdade que a direcção do PCP convidou elementos das FARC para a festa do Avante?
Jerónimo de Sousa: Não, não é verdade. Mas deixe-me salientar que o PCP está solidário com associações (excelente!!) que lutam pela liberdade e contra a opressão capitalista.

Sim, "lutam pela liberdade" com raptos e tráfico de droga. Nem uma palavra dizem em relação a Cuba ou Coreia do Norte. Lê a moção política do PCP do último congresso, onde estão os elogios da praxe para Cuba e, principalmente, China. Depois disto, vem rebater as minhas opiniões que, no fundo, são mais factos do que convicções.

Falem é de pessoas como Nelson Mandela, Papa João Paulo II, Martin Luther King, Madre Teresa de Calcutá e deixem o Ché, Lenin, Salazar, Stalin, Mao, Mussolini e outros monstros que nada fizeram pelos seus povos.

Devias ter lido o meu segundo post referente a este tópico antes de teres vindo para aqui com as tuas tiradas sobre o meu "hate speech" :boohoo:. Nem o meu cão cairia nessa tua retórica versão loja chinesa.




Tu é que és triste , porque uma pessoa com ódios de estimação não pode ser uma pessoa alegre e descontraída , isto num puto de 20 anos ainda é mais preocupante.
Todo o pessoal de direita democrática aceita muito bem a existência desses partidos como o PCP e o BE , o mesmo se passa com destes partidos em relação ao PSD e CDS.
Vens com lengalengas de FARCS , o que é que isso tem a haver , por isso írias ilegalizar o Partido Comunista ?
É obvio que eles a receberem cá representantes deles , são obviamente condenados pela sociedade , eu não tenho procuração para defender esses partidos , apesar de achar mais coerente o PCP que o BE em termos de politica interna , o PCP foi ultrapassado pelos acontecimentos depois da queda do muro de Berlim , prova disso é terem recebido cá delegações da RP da China esse baluarte do Comunismo.

A esperança deles é com a situação actual de crise o partido reforçar-se , dizes que os votos no PCP são de protesto , muitos são , por isso disse que é um partido anti-sistema , outros são por convicção ideológica , essas pessoas fazem-te impressão paciência , a tua intolerância é completamente anti-democrática , basta ver pelos teus posts.

Não venhas para este forum fazer propaganda de ódio anti qualquer partido que seja porque , o "Hate Speech" não tem lugar neste fórum , respeita as diferenças e outras ideias , isso é que é viver em democracia , se tu não sabes o que é isso é preocupante porque já nascestes muito depois do 25 de Abril.

Puto mimado? Está caladinho, faz-te à vida e deixa de culpar "outros" pelo teu possível fracasso. Deixa de imputar culpas aos outros porque, no fundo, se tiveres ambição e capacidade, podes ser alguém na vida. Se fosses rico (que essa riqueza tenha sido criada legitimamente), se calhar, não sei, deixavas essa tua retóricazinha de m****, repleta de inveja e preconceitos.

Por este teu excerto dá para ver quem é o fracassado , até podes ter dinheiro , mas algo na tua vida vai mesmo mal , porque ninguem anda a arranjar ódios de estimação por nada quando a vida vai bem , o fracassado aqui se há algum és tu.

Que eu saiba defender a tolerancia e a boa convivência democrática não é nenhuma inveja , nem preconceito , és novo ainda mas com 20 anos já devias saber o que é dizer asneiras.

Tem juizo e vai mas é destilar o teu veneno para outros lados e não neste fórum , porque acho que o pessoal aqui dispensa bem esse teu preconceito em relação aos "camaradas portugueses" que nos merecem o mesmo respeito que todos os outros cidadãos deste país.

Arranja um hobbie de jeito , que com essa atitude negativa não vais longe.
« Última modificação: Janeiro 20, 2009, 21:44 pm por Green Lion 1906 »



Puto mimado? Está caladinho, faz-te à vida e deixa de culpar "outros" pelo teu possível fracasso. Deixa de imputar culpas aos outros porque, no fundo, se tiveres ambição e capacidade, podes ser alguém na vida. Se fosses rico (que essa riqueza tenha sido criada legitimamente), se calhar, não sei, deixavas essa tua retóricazinha de m****, repleta de inveja e preconceitos.
Onde, mas onde é que leste que eu não apoiava os desfavorecidos, os reformados, os que ganham o salário mínimo? Porque é que não referes os milhares de preguiçosos que vivem à custa da Segurança Social e do subsídio de desemprego. Porque é que não falas do pessoal da função pública que, comparando com muitos do sector privado, não fazem nada e têm regalias especiais? Se houvesse justiça no funcionamento da Segurança Social, podes ter a certeza que havia muito mais pobreza (para aqueles que não fazem nada), porque ambição e vontade de trabalhar não são características comuns. Justiça é compensar os que têm mérito e os que fazem pela vida, não é juntar todos no mesmo saco. Devemos é compensar os que trabalham honestamente, os que, não tendo possibilidade para uma vida de regalias, o fazem com honra. Esses sim, merecem o nosso respeito e a nossa admiração.
Analisa bem, se conseguires, as representações camarárias do PCP e do BE e diz-me se estão a cumprir com o que dizes ser a postura "anti-sistema" e a luta por uma sociedade "que pode ser mais justa". Vê como está Setúbal e as câmaras do Alentejo, onde se continua a tentar impingir sistemas agrários do século passado.


e uma dose de sorte monumental.. nem que seja a simples sorte de teres nascido mais inteligente que o teu vizinho, ou teres um talento brutal para qualquer coisa, ou teres um palminho de cara e mais de 1,80 e virar modelo, ou teres tido uns pais que te souberam educar, ou nao teres tido experiencias traumaticas que te marcassem... se quiseres dou-te centenas de exemplos de situaçoes cujo o sucesso ou insucesso de uma pessoa depende de factores nao controlados por essa mesma pessoa...

acho que os portugueses deviam ser mais controlados pelo estado nem que isso implicasse a perda de algumas liberdades... mesmo que alguns ficassem a perder acho que em termos médios o país estaria melhor e é para isso que devia servir o governo...

vivó Sporting!!!
Primeiro que tudo, acho que é justo dar os parabéns ao daniscp por ter tomado a iniciativa sendo ele alguém que irá votar pela primeira vez. E acho que devo dizer que sempre votei PS e PSD

Grosso modo, e para poupar muitas linhas ideologicamente os partidos dividem-se entre esquerda e direita sendo que à esquerda estão PCP e BE, ao centro esquerda o PS, centro direita PSD e à direita CDS.
Um partido de direita é, a maioria das vezes, um partido moralmente conservador, que em diversos aspectos defende menos Estado na Economia e na sociedade porque se defende que o óptimo social é alcançado, fora raras excepções, por uma actividade mais individualizada . Esta será uma visão muito CDS sendo que o PSD terá também estas bases mas também com uma abertura maior nomeadamente ao nível social.

A esquerda defende que o óptimo social é conseguido em grande parte através do Estado por exemplo o nosso sistema de segurança social é claramente de esquerda), moralmente são menos conservadores, defendem uma menor flexibilidade por exemplo no trabalho.
Sendo que o PS menos "radical" que BE e PCP e tem alguma abertura à direita ao liberalismo.


No entanto isto são conceitos estruturais de esquerda e direita, incompletos e ainda por cima que acontecem em muitas democracias.
EU tenho uma opinião acerca dos nossos partidos (todos) que é a seguinte: todos eles muitas vezes não sabem bem de onde vieram e não sabem para onde vão. Para além disso em muitos dos casos são formados por gente claramente desqualificada, e que falam sobre o que não sabem.

Nós Portugal, como em tudo, estamos atrasados na política. A ideologia é estrutural no entanto não estática, demora a mudar mas muda.
É óbvio que no BE não se defende à letra os ideais do Trotskysmoe digo-vos que o BE está um partido bastante consolidado democraticamente oq ue poderia não ser fácil, tendo em conta que na sua base tem partidos com ideologias muitas vezes de extrema esquerda. No PCP não se defende o marxismo puro nem se aprovam taxativamente regimes pouco abonatórios o que acontece é que politicamente é um assunto bastante inconveniente, e  alguém (não sei quem foi) poderá ter dito no alto da sua demagogia, à luz da crise que vivemos e por puro oportunismo, que comparativamente apoiavam esses regimes face ao capitalimo que vivemos (tendo como linha de fundo sempre aquilo que defendem ser a derrocada do capitalismo). Já agora quando se fala de Marx parece que se está a falar de um Papão, Marx foi um grande pensador social e económico, na área da Economia teve teorias bastante capazes para a data e é uma pena que nomeadamente nas Universidades não seja dado a conhecer mais a visão Marxista porque quer se concorde com ela ou não (eu pessoalmente do que conheço não concordo em grande parte mas reconheço mérito em muitos aspectos) ela é muito importante na história social e na história da economia.
O CDS, de igual forma, também não aprovará um liberlismo puro.

O problema é que em Portugal a classe política é fraca demais, percebem pouco do que falam e como tal muitas vezes ouvem--se pessoas ligadas ao CDS e parece que estamos a ouvir Adam Smith, olhamos para o PCP e parece que estamos a ouvir Marx...
Existem bastantes ideologias "novas" baseadas no liberalismo e também as existem no Marxismo que são pensadas para os dias de hoje, e os partidos têm que se modificar e têm que se adaptar, para que possam ser mais úteis a Portugal.

Os partidos de centro são menos agarrados aos valores mas estes têm um problema grande porque estão quase sobrepostos e infelizmente, mais do que por aquilo que é melhor para o país, as suas diferênças são mais ao nível de:
Se PS diz "branco" o PSD diz "preto" e vice-versa.

Assim e concluindo acho que os partidos têm naturalmente mudado ao longo dos tempo, acho que necessitam de mudar ainda mais não só ao nível do seu progresso ideológico como também ao nível das próprias pessoas, e acho que todos eles são úteis e serão muito mais úteis no dia em que decidirem para onde querem ir e fizerem o respectivo upgrade.

Já agora referir que nos últimos tempos, mesmo não gostando do estilo de PPortas nem me identificando particularmente com o partido,  o CDS tem sido(tirando os problemas internos) possivelmente o partido mais construtivo no debate político. O que também não é dificil com o nível de debate que temos tido.
« Última modificação: Janeiro 21, 2009, 00:07 am por romero »
Como moderador:

Caros danielw e Green Lion 1906:

Párem de fazer observações pessoais que não interessam ao tópico e violam a lei e o espírito das regras do fórum. Se prosseguem nessa via vou ser obrigado a apagar mensagens (não vou editar), com o risco de se perderem contribuições válidas para o tópico.
Saudades do futuro.
Só a Direita em Portugal pode dar um rumo , quer seja o PP o PSD ou o PNR o/
Elite Verde e Branca!
Só a Direita em Portugal pode dar um rumo , quer seja o PP o PSD ou o PNR o/
^-^
Querem acabar de vez com a nossa paixão!
Não vamos deixar... porque nunca desistimos de ti!
Como moderador:

Caros danielw e Green Lion 1906:

Párem de fazer observações pessoais que não interessam ao tópico e violam a lei e o espírito das regras do fórum. Se prosseguem nessa via vou ser obrigado a apagar mensagens (não vou editar), com o risco de se perderem contribuições válidas para o tópico.

Eu ia dizer algumas coisas acerca dos posts dos 2, pois de facto têm alguns pontos válidos, mas concordo plenamente com o Angel, calma com a linguagem, é a conversar que nos entendemos, e não é necessário tornar isto em confrontos pessoais.

A verdade pura e simples é que o comunismo não funciona. Quer queiram, quer não, vai sempre haver os gajos lá de cima a gozar a vida, e os coitados em baixo a bulir e a pagar por migalhas. Foi assim na URSS e nos países do Pacto de Varsóvia, é assim na Coreia do Norte, em Cuba e na China. Enquanto a motivação da raça humana for a acumulação de riqueza, seja para dar uma educação melhor aos filhos, ou ter comida na mesa, ou iates privados, NUNCA será aplicável um conceito de igualdade entre todos. É utópico. No entanto, defendo (neste momento) muito mais o voto em CDS, BE ou CDU porque já sabemos todos que, a ganhar o PS com maioria absoluta, vamos ter a mesma m**** durante mais 4 ou 5 anos. A ganhar o PSD vamos ter a mesma m****, mas com o choradinho do "pois, temos que fazer isto, porque o país está no estado que está por culpa do PS" durante os mesmos 4 ou 5 anos.

Estou FARTO desta conversa!!!

Já agora, e só um à parte, green lion, falas do 25 de Abril, mas também, com 34 anos, não se pode dizer que viveste antes dele. Nasceste em 74, logo também pouco sabes do que se passou antes, e se calhar, mesmo depois. O PREC diz-te alguma coisa? Ou o verão quente? Lembra-te também disso...


Só a Direita em Portugal pode dar um rumo , quer seja o PP o PSD ou o PNR o/

Desculpa...?
Tens a noção do que estás a sugerir?
Como moderador:

Caros danielw e Green Lion 1906:

Párem de fazer observações pessoais que não interessam ao tópico e violam a lei e o espírito das regras do fórum. Se prosseguem nessa via vou ser obrigado a apagar mensagens (não vou editar), com o risco de se perderem contribuições válidas para o tópico.

Eu ia dizer algumas coisas acerca dos posts dos 2, pois de facto têm alguns pontos válidos, mas concordo plenamente com o Angel, calma com a linguagem, é a conversar que nos entendemos, e não é necessário tornar isto em confrontos pessoais.

A verdade pura e simples é que o comunismo não funciona. Quer queiram, quer não, vai sempre haver os gajos lá de cima a gozar a vida, e os coitados em baixo a bulir e a pagar por migalhas. Foi assim na URSS e nos países do Pacto de Varsóvia, é assim na Coreia do Norte, em Cuba e na China. Enquanto a motivação da raça humana for a acumulação de riqueza, seja para dar uma educação melhor aos filhos, ou ter comida na mesa, ou iates privados, NUNCA será aplicável um conceito de igualdade entre todos. É utópico. No entanto, defendo (neste momento) muito mais o voto em CDS, BE ou CDU porque já sabemos todos que, a ganhar o PS com maioria absoluta, vamos ter a mesma m**** durante mais 4 ou 5 anos. A ganhar o PSD vamos ter a mesma m****, mas com o choradinho do "pois, temos que fazer isto, porque o país está no estado que está por culpa do PS" durante os mesmos 4 ou 5 anos.

Estou FARTO desta conversa!!!

Já agora, e só um à parte, green lion, falas do 25 de Abril, mas também, com 34 anos, não se pode dizer que viveste antes dele. Nasceste em 74, logo também pouco sabes do que se passou antes, e se calhar, mesmo depois. O PREC diz-te alguma coisa? Ou o verão quente? Lembra-te também disso...


Só a Direita em Portugal pode dar um rumo , quer seja o PP o PSD ou o PNR o/

Desculpa...?
Tens a noção do que estás a sugerir?

Eu vou acabar a minha intervenção neste tópico, sobre o tema comunismo, dizendo o seguinte: tive a oportunidade de ler vários livros, rever os factos históricos, falar com amigos meus que pertencem à Juventude Comunista e não vejo nada, mas mesmo nada, de jeito no Comunismo. O Comunismo não se renova e continua exactamente o mesmo, ou seja, pregam a mesma conversa da treta, da igualdade (forçada, diga-se), do fim do Capitalismo (que até agora, foi a melhor forma encontrada para o enriquecimento do cidadão comum) e da luta contra o imperialismo norte-americano. Não consigo perceber, desculpem lá.
E, entre outros factores, não consigo perceber como é que temos um partido que convida grupos terroristas e vangloria países onde a miséria é generalizada, a falta de liberdade uma constante e a evolução inexistente apenas porque partilham da mesma ideologia.

O PREC, o 25 de Novembro, as FP-25, são tudo resquícios de ideologias de extrema-esquerda.

Citar
Só a Direita em Portugal pode dar um rumo , quer seja o PP o PSD ou o PNR

O PNR? Isso é como colocar o PCP ou o BE no poder. Bando de nazis e fascistas camuflados.

Não é preciso estudar Ciência Política para saber que à esquerda do PS está a chamada Esquerda Não-Democrática. À direita do CDS, está um bando de xenófobos.

De resto, em jeito de conclusão, paz e amor. :great:
« Última modificação: Janeiro 29, 2009, 06:28 am por danielw »
Alfie , concordo contigo , o comunismo é uma utopia no estado actual da civilização e tenho dúvidas que alguma vez seja possível dada a psique humana.

Quanto ao Prec , o PCP pelo que ouço falar até foi dos que se comportou melhor , quem andou a incendiar o ambiente foi a extrema esquerda , daí ainda hoje o PC não digerir bem o bloco de esquerda que é um aglutinado desses partidos.
Curiosamente a maior parte dos intervenientes e radicais desses grupos hoje andam pelos partidos do centro.

É caso para perguntar se na altura a Operação Gládio se já estava em andamento? :think:

É que esses grupos fizeram um excelente trabalho a minar o PCP.

Esses comunistas era corre-los do nosso país , são pessoas que não querem trabalhar e aproveitar-se dos outros vejam bem na m**** que o 25 de Abril fez na altura do Dr. Salazar não havia cá crise financeira nem o desemprego que se encontra neste momento.

" Tudo pela Nação, Nada contra a Nação "
« Última modificação: Fevereiro 01, 2009, 22:54 pm por Angel Lion »
Elite Verde e Branca!
Esses comunistas era corre-los do nojo país , são pessoas que não querem trabalhar e aproveitar-se dos outros vejam bem na m**** que o 25 de Abril fez na altura do Dr. Salazar não havia cá crise financeira nem o desemprego que se encontra neste momento.

" Tudo pela Nação, Nada contra a Nação "

Mas olha que mesmo que houvesse também nunca o irias saber :twisted:... é uma característica dos regimes ditatoriais (extrema-esquerda / extrema-direita), a informação é controlada e filtrada para que tudo pareça um perfeito mar-de-rosas (caso contrário seria difícil perpetuar a ditadura) - nesses regimes, está sempre tudo bem e ai de quem diga o contrário. :lol: