Fórum SCP

Wilson Eduardo

0 Membros e 5 Visitantes estão a ver este tópico.

Não é rígida, porque significa 3 avançados que circulam entre linhas. Não joga o do centro desacompanhado, porque é suposto os dois das alas convergirem para o meio.

Continuo a duvidar que o Liedson tivesse reais dificuldades em jogar nesse sistema. A menos que estejamos a falar de um sistema que não tem 3 avançados, mas sim 3 médios, dois extremos encostados à linha e uma ilha isolada no meio dos centrais, sem se mexer e sem ter apoio dos médios centro, como Schaars ou Elias (este menos) fizeram em alguns jogos esta época ou sem apoio lateral, que esperemos que no Sporting aconteça mais quando o Jeffrén estiver em forma e que sucede, por vezes, com Carrillo.

Citar
Não deveria ser difícil colocar o tal 2º avançado nas alas, caso ele tenha mesmo qualidade. Um 2º avançado não faz diagonais? Um 2º avançado não dribla, provocando rupturas? Um 2º avançado não joga com apoios laterais? Um 2º avançado não joga em espaços abertos pela movimentação de outros? Não estamos a falar de colocar o tipo na linha, obrigá-lo a seguir essa linha, chegar ao final e cruzar. A menos que não seja o tal 433, mas sim outra coisa.

excelente post. aí tocas no cerne da questão. esse 4-3-3 falas é o que eu considero um 4-3-3, mas não é o 4-3-3 de Domingos. para mim o Domingos joga em 4-5-1, como dois extremos. aliás, em Portugal, muitos clubes pequenos gostam de falar em 4-3-3 para dar a ideia que não jogam com o autocarro, quando em verdade é 4-5-e mais um ali perdido no meio à espera de uma dádiva dos céus. claro que a dinâmica do Sporting é muito mais ofensiva, mas mesmo assim não deixo de ficar apreensivo ao dar conta das vezes que vejo o Van Wolfswinkel ali a correr sozinho pelo meio, os extremos bem encostados às alas e um buraco entre o ponta-de-lança e os médios.

é por isso que acho que nem Bojinov, nem Wilson Eduardo cabem nesta táctica. claro que o caso de Bojinov é diferente, mas esperemos que recupere (ou faça um pouco de dieta).

sobre o nº10, foi a única parte do post que não gostei. claro que têm lugar, dependendo da táctica, claro. obviamente que no 4-3-3 que falamos não existe espaço para um nº10 puro; mas na táctica que Domingos utiliza actualmente, até fazia jeito ter um nº10 ou 2º ponta de lança para ligar a zona central do meio-campo ao Wolfswinkel. vejo actualmente o SCP muito dependente dos extremos e a jogar de uma forma muito cautelosa (especialmente contra os fruteiros).
João Rocha versus 'Sistema': "A parte final do campeonato 79/80 leva-o a entrar em polémicas com o FC Porto. O Sporting desloca-se a Guimarães, na penúltima jornada e, graças a um auto-golo de Manaca, sagra-se campeão. Pinto da Costa lança suspeitas sobre o ex-defesa do clube leonino, que responde: "Não fui subornado pelo Sporting mas estava aliciado pelo FC Porto. Com a derrota do Vitória fiquei a perder 100 contos".
a questão é mais: o que é, hoje, um "10" típico? um Matías ou um Eriksen? ou então, não será que os Matías se estão cada vez mais a "transformar" em Eriksens?

da mesma forma que os Capels se estão a transformar em Jeffréns...

Pois, a questão é mesma essa, a transformação. E gostaria muito que o Matías se transformasse, com o receio que, se assim não for, o seu espaço no Sporting esteja perdido.

excelente post. aí tocas no cerne da questão. esse 4-3-3 falas é o que eu considero um 4-3-3, mas não é o 4-3-3 de Domingos. para mim o Domingos joga em 4-5-1, como dois extremos. aliás, em Portugal, muitos clubes pequenos gostam de falar em 4-3-3 para dar a ideia que não jogam com o autocarro, quando em verdade é 4-5-e mais um ali perdido no meio à espera de uma dádiva dos céus. claro que a dinâmica do Sporting é muito mais ofensiva, mas mesmo assim não deixo de ficar apreensivo ao dar conta das vezes que vejo o Van Wolfswinkel ali a correr sozinho pelo meio, os extremos bem encostados às alas e um buraco entre o ponta-de-lança e os médios.

Obrigado, mas é um post que resulta de muitos posts e contribuições de outros foristas. Não posso ficar com os créditos.  :lol: :great:

Eu acho que Domingos pretende, no mínimo, um híbrido, ou seja que pelo menos um dos extremos (que para mim são avançados) actue assim. Se Capel actua muito na linha, o que no Sporting nem foi um problema enquanto os médios centro subiam e apoiavam o ponta e Insúa entrava no espaço entre lateral e central adversários, do outro lado interessa confluir para o meio, para o apoio directo ao ponta. EU preferia que os dois fizessem isso, mas temos um problema: apenas Carrillo mostra capacidade para o fazer, Jeffrén está como está, Bozhinov não se adapta sequer ao nosso campeonato, Capel é extremo das antigas e poucas diagonais faz, de resto só adaptações forçadas (Pereirinha, Matías, Izmailov).

Se ele quisesse mesmo um 451 ou um 4231, então já teria procurado outras opções. E duvido que o Schaars tivesse, desde início, um posicionamento tão avançado. Mas nunca esquecer que as tácticas são compromissos e depois moldam-se às equipas e aos jogadores. Mas acho que a ideia era mesmo ter 2 ou 3 homens na frente em cada situação de ataque, nem que um viesse do meio.

é por isso que acho que nem Bojinov, nem Wilson Eduardo cabem nesta táctica. claro que o caso de Bojinov é diferente, mas esperemos que recupere (ou faça um pouco de dieta).

E é exactamente por isso que acredito que um jogador como o Wilson cabe neste compromisso. Não sei é se com Capel e Carrillo na esquerda cabe no plantel, mas isso já é com o treinador.


sobre o nº10, foi a única parte do post que não gostei. claro que têm lugar, dependendo da táctica, claro. obviamente que no 4-3-3 que falamos não existe espaço para um nº10 puro; mas na táctica que Domingos utiliza actualmente, até fazia jeito ter um nº10 ou 2º ponta de lança para ligar a zona central do meio-campo ao Wolfswinkel. vejo actualmente o SCP muito dependente dos extremos e a jogar de uma forma muito cautelosa (especialmente contra os fruteiros).

Não acho, mas lá está, tem muito a ver com percepções de cada um. Nós já o tentámos e o meio campo ainda recuou mais. Em vez do tal vai e vem de um dos médios do duplo pivot (como acontece na selecção alemã), ficaram os dois em linha e mais recuados. Mesmo contra o porto, quando Matías entrou, notou-se quebra do nosso meio-campo.

Eu concordo em absoluto com aquilo que o @carlos c. referiu anteriormente: existe uma necessária reformulação do apepl dos médios amis criativos.
Não tem de ser uma completa aniquilação dos jogadores, mas sim uma transformação. Ninguém está a dizer que o médio centro típico (o box to box inglês) não possa ser criativo ou fintar dois para criar rupturas. Pelo contrário, é bom que o faça. Tal como no passe e no transporte de bola.

Isto no futebol europeu (talvez deixe a Itália fora disto), embora se adivinhe o mesmo noutros campeonatos de outros continentes.
“A lot of football success is in the mind. You must believe you are the best and then make sure that you are.” - Bill Shankly
Não percebo porquê? Num "pequeno" aceito esse medo, no Sporting custa-me a entender sinceramente.

Porque no futebol de hoje não te podes dar ao luxo de teres um jogador a meio-campo que só ataca, a menos que tenhas atrás dele gente suficiente a defender. Senão o adversário toma conta do meio-campo e não tens equipa. É que os outros clubes ou têm lá 3 ou 4 jogadores, o que inviabiliza até a posse de bola, quanto mais a recuperação da mesma.

Pode-se dizer que ter uma dupla atrás não é mais defensivo. Certo, na selecção alemã não é, porque a atacar acabam por inverter o triângulo. Mas nos já tentámos uma coisa semelhante e a verdade é que não funcionou, pois defendemos mal e atacámos pior.

Não funcionou porque não temos um treinador e uma filosofia que implemente tal modelo. O Bielsa não joga num sistema todo "manhoso" e não funciona? Isso são tretas de filosofias de "Freitas Lobo".
Isso são tretas de filosofias de "Freitas Lobo".

Se não te importas, começo pelo fim.

Não era necessário partir para o insulto. Acho que não fiz, por natureza não o faço, não sei qual foi a necessidade. Bem sei que a noite foi de más emoções, mas...


Não funcionou porque não temos um treinador e uma filosofia que implemente tal modelo. O Bielsa não joga num sistema todo "manhoso" e não funciona?

Um treinador de que me agrada imenso. Melhor, as equipas dele sempre me agradaram na forma de jogar e de se mexer em campo.

Sabes-me dizer quem, numa equipa montada por ele, não defende? Uma posição onde tal não aconteça, ou um jogador em especifico que o tenha feito e continuado a ser convocado, tanto me faz. Só um exemplo. Com a vantagem de eu não andar a ver o A. Bilbao a jogar, portanto existe essa possibilidade.
“A lot of football success is in the mind. You must believe you are the best and then make sure that you are.” - Bill Shankly
Este homem é um veneno.
"O Mundo sabe que, pelo teu amor, eu sou doente..."
Este futuro reforço do FC Porco tem mais qualidade numa unha do pé, do que o Bojinov, Ribas, e Rubio nas duas pernas.
O único jogador do Sporting em campo!
Este futuro reforço do FC Porco tem mais qualidade numa unha do pé, do que o Bojinov, Ribas, e Rubio nas duas pernas.

Deves ter visto muitos jogos do Rubio e do Ribas para dizer isso  :wall:
O único jogador do Sporting em campo!

Mais respeito com o Mexer se faz favor  :mrgreen:

SL
Este futuro reforço do FC Porco tem mais qualidade numa unha do pé, do que o Bojinov, Ribas, e Rubio nas duas pernas.

Deves ter visto muitos jogos do Rubio e do Ribas para dizer isso  :wall:
Também não vi muitos mais do Wilson, mas há coisas que saltam à vista num simples toque de bola.


Foste amigo miudo

SL

Por acaso também fiquei com essa impressão. :mrgreen:
O único jogador do Sporting em campo!

Mais respeito com o Mexer se faz favor  :mrgreen:

SL

Alguns é que já se MEXIAM daqui para fora!
Faltou pouco para no balneário dizeres TOMA.

Ainda não acabou janeiro ainda ia buscar o Eduardo, o campeonato está perdido e está, resta lutar pelo 3º lugar e vindo o Eduardo já ganha experiência da mesma maneira que ganha no Olhanense e vão formando uma equipa nova e com base na formação certamente não farão pior.
www.atelier76.pt.vu

Sporting Sempre.
Este futuro reforço do FC Porco tem mais qualidade numa unha do pé, do que o Bojinov, Ribas, e Rubio nas duas pernas.
Por favor, não me digas uma coisa dessas, já bastou a derrota hoje.
Bela exibição do miudo (mais uma...) :clap:

Era pra ontem!
«Não é o Sporting que se orgulha do nosso valor. Nós é que nos devemos sentir honrados por ter esta camisola vestida.» - Francisco Stromp
Faltou pouco para no balneário dizeres TOMA.

Ainda não acabou janeiro ainda ia buscar o Eduardo, o campeonato está perdido e está, resta lutar pelo 3º lugar e vindo o Eduardo já ganha experiência da mesma maneira que ganha no Olhanense e vão formando uma equipa nova e com base na formação certamente não farão pior.
:arrow: :arrow: :arrow: :arrow:
Faltou pouco para no balneário dizeres TOMA.

Ainda não acabou janeiro ainda ia buscar o Eduardo, o campeonato está perdido e está, resta lutar pelo 3º lugar e vindo o Eduardo já ganha experiência da mesma maneira que ganha no Olhanense e vão formando uma equipa nova e com base na formação certamente não farão pior.

Para quê? Fazer companhia ao Rubio e ao Renato Neto, alternando entre o banco e a bancada e queimando o jogador, fazendo-o entrar em jogos cuja pressão exige a utilização de jogadores experientes e já ambientados à equipa?

É altura de aprendermos com os erros. O Sporting não está, neste momento, numa situação favorável para acolher jovens jogadores. Não há margem de erro, não há estabilidade, exigem-se resultados no imediato e paciência é coisa que não abunda!
O único jogador do Sporting em campo!

Mais respeito com o Mexer se faz favor  :mrgreen:

SL

Alguns é que já se MEXIAM daqui para fora!

 :think: :think:

SL
Hoje tinha sido titular.