A guerra contra os downloads ilegais

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

O melhor site continua a ser o warez-bb. Um host vai abaixo, eles metem os ficheiros no outro. Tenho estado a sacar uns dvd's do mediafire (tirei os links de la) e tem sido 5*. Saco ao máximo da ligação e sem restrições nenhumas. E não tenho conta premium!


Citar
Há coisas na vida que nunca mudam, a nobreza de carácter é uma delas, ou se tem, ou não. Por mais “riqueza” que ostentem, os pobres de espírito sempre o serão. O complexo de inferioridade demonstrado por todas estas atitudes é totalmente incompatível com um clube que para além de títulos quer ser grande, pois a grandeza é muito mais do que o vencer. A grandeza é vencer, é saber vencer, é saber perder, é saber estar, algo que não está ao alcance de todos.

O Sporting Clube de Portugal,
Lisboa, 28 de Outubro de 2013
Eu não concordo. os melhores sítios continuam a ser os trackers privados. é verdade que exigem alguma dedicação, mas vale bem a pena.
Também prefiro de longe os trackers privados. Principalmente os bons trackers, onde temos a garantia que tudo o que lá se encontra é de qualidade.
Viva o Sporting
Li agora uma crónica da Ana Bacalhau (a vocalista dos Deolinda) e ela deu uma ideia para o combate à pirataria que me pareceu engraçada.

Em vez de andarem a fechar os sites todos de partilha de música (que é uma guerra perdida visto que, por cada 1 que cai, 2 aparecem), deviam aceitar a partilha de música nesses sites. No entanto, para equilibrar a coisa, esses sites iriam ter que pagar uma % dos seus lucros para fins de direito de autor. O mesmo que se passa num bar/discoteca.

Eu gostei da ideia. Sites como Rapidshare/Megaupload/etc iriam continuar a fazer montes de dinheiro (quer através de publicidade, quer através da venda de contas premium) e o download de músicas deixava de ser ilegal nesses sites (visto que já estávamos a pagar direitos de autor). Que acham disto?


Citar
Há coisas na vida que nunca mudam, a nobreza de carácter é uma delas, ou se tem, ou não. Por mais “riqueza” que ostentem, os pobres de espírito sempre o serão. O complexo de inferioridade demonstrado por todas estas atitudes é totalmente incompatível com um clube que para além de títulos quer ser grande, pois a grandeza é muito mais do que o vencer. A grandeza é vencer, é saber vencer, é saber perder, é saber estar, algo que não está ao alcance de todos.

O Sporting Clube de Portugal,
Lisboa, 28 de Outubro de 2013
Li agora uma crónica da Ana Bacalhau (a vocalista dos Deolinda) e ela deu uma ideia para o combate à pirataria que me pareceu engraçada.

Em vez de andarem a fechar os sites todos de partilha de música (que é uma guerra perdida visto que, por cada 1 que cai, 2 aparecem), deviam aceitar a partilha de música nesses sites. No entanto, para equilibrar a coisa, esses sites iriam ter que pagar uma % dos seus lucros para fins de direito de autor. O mesmo que se passa num bar/discoteca.

Eu gostei da ideia. Sites como Rapidshare/Megaupload/etc iriam continuar a fazer montes de dinheiro (quer através de publicidade, quer através da venda de contas premium) e o download de músicas deixava de ser ilegal nesses sites (visto que já estávamos a pagar direitos de autor). Que acham disto?

O caminho é por aí. Não necessariamente dessa forma, mas é por aí.

Hoje em dia o mais comódo para quem quer ouvir músicas, é procurá-las na net e guardá-las no pc. Se forem os próprios artistas a fazê-lo obtendo receitas através de publicidade ficam todos a ganhar.
Claro que as distribuidoras não vao gostar já que se podem eliminar os intermediários entre artistas e público, e o seu negócio ficava reduzido aos clientes que querem uma cópia num formato tipo CD ou disco para colecção.
Esses gajos não querem saber dos artistas, querem é enriquecer à custa deles.
Temos pena, os gajos dos videoclubes também espernearam muito e agora puff! Já eram!
Tentem abrir o firstrow.. :inde:
Refereste aos streams de desporto ? o meu funciona sem problemas.
there's someone in my head but it's not me.
Os meus também, não uso o FR.

Mas abri a página para ver uma coisa, e está bloqueada pelas autoridades.
É só um dos domínios, há vários. O .eu funciona.


EU VI O ÉDER DAR-NOS O EURO 2016 !!!! NÃO SONHEI !!!!
Esse já consigo abrir, mas o outro está bloqueado.
ACTA. Parlamento Europeu não vai aprovar acordo

Joseph Daul, líder do Partido Popular Europeu (PPE), foi o primeiro a dizê-lo: “ACTA c’est fini.” (o ACTA está acabado). As palavras do eurodeputado surgiram depois de manifestações durante o fim-de-semana em 130 cidades de 30 dos 39 países envolvidos nas negociações do Acordo Comercial Anticontrafacção, protestando contra um tratado transnacional negociado “secretamente” e que, na prática, equivalia ao fim da privacidade online e da livre troca de informações.

Ontem, o PPE tomou uma posição oficial contra o ACTA, depois das palavras de Daul e de, na segunda-feira, Martin Schulz (actual presidente do Parlamento Europeu e líder dos socialistas europeus na primeira metade do seu mandato) ter também criticado o ACTA. “Não o acho bom na formulação actual”, disse, acrescentando que o equilíbrio entre os direitos individuais dos utilizadores e os direitos de autor estão “inadequadamente estabelecidos” no tratado.

As afirmações parecem apontar para o chumbo do ACTA no PE em Junho, altura em que o documento final será votado, isto depois de, a 26 de Janeiro, 22 dos 27 estados-membros (incluindo Portugal) terem assinado o documento em Tóquio. Para além da UE, outros 12 países estão envolvidos no acordo – que prevê ainda o fim de sementes de cultivo não patenteadas e de medicamentos genéricos. Entre eles contam-se EUA, Coreia do Sul, Canadá e Japão.

Fonte: http://www.ionline.pt/mundo/acta-parlamento-europeu-nao-vai-aprovar-acordo
Autor do artigo: Joana Azevedo Viana, publicado em ionline 16 Fev 2012
Com o Sporting e sempre pelo Sporting. Sempre !!
Ainda bem que essa barbaridade não foi para a frente. As manifestações sempre deram resultado  :clap:
AmO-tE SPORTING.

Bruno de Carvalho, o nosso Presidente!
Reprimir a liberdade na internet não é a solução para parar os downloads, esta é a verdadeira conclusão.

Depois do Rapidshare ter diminuído as velocidades, o Fileserve e o Wupload seguiram o exemplo do Filesonic e já não permitem a partilha de ficheiros. E pelos vistos o Mediafire também anda a apagar coisas à maluca.

Isto está cada vez pior :-X
Depois do Rapidshare ter diminuído as velocidades, o Fileserve e o Wupload seguiram o exemplo do Filesonic e já não permitem a partilha de ficheiros. E pelos vistos o Mediafire também anda a apagar coisas à maluca.

Isto está cada vez pior :-X

Bayfiles > Resto do Mundo
Eu comprei ontem um premium de NetLoad. Espero não me arrepender.

Desde que o Filesonic "fechou" que andava pelos torresmos, mas não é a mesma coisa.
there's someone in my head but it's not me.