Lojas Chinesas

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Sim, não há nenhuma cumunidade chinesa cá, creio que para além das ditas lojas, o máximo que se vê é um ou outro restaurante.

Passa ali na zona do Martim Moniz/Almirante Reis ás 18:30 e vais que que são bem mais do que os donos das lojas e dos restaurantes...

Uma coisa é certa, podem ser porcos e vender produtos sem qualidade, mas isso é lá com eles e com quem compra os produtos deles... nunca ouvi foi falar em chineses a assaltar e a roubar, portanto, por mim podem por cá ficar que não me chateiam nada e de vez em quando até aprecio um porcozinho doce. :)

Quando disse cá, queria dizer a cidade onde moro, Castelo Branco, por causa do que o Miguel escreveu  ;)





"I haven’t failed; I’ve had 10,000 ideas that didn’t work" Benjamin Franklin
Sim, não há nenhuma cumunidade chinesa cá, creio que para além das ditas lojas, o máximo que se vê é um ou outro restaurante.

Passa ali na zona do Martim Moniz/Almirante Reis ás 18:30 e vais que que são bem mais do que os donos das lojas e dos restaurantes...

Uma coisa é certa, podem ser porcos e vender produtos sem qualidade, mas isso é lá com eles e com quem compra os produtos deles... nunca ouvi foi falar em chineses a assaltar e a roubar, portanto, por mim podem por cá ficar que não me chateiam nada e de vez em quando até aprecio um porcozinho doce. :)

 :hand:

Fugir ao fisco é o quê?

Experimenta fazer a experiência de íres a uma loja deles e pedires uma factura para comprovar isto.

Fugir ao fisco é mais pernicioso para a sociedade nalguns casos como este que um simples roubo , como é uma prática que deve estar alargada a quase todos os chineses cá , vê lá bem o dinheiro que o Estado deixa de cobrar.

Alem disso , adulteração de rótulos , falta de comprovativos referentes às mercadorias , falta de higiene , entre outros , é o quê?

Lembro-me agora de um caso que eu vi , na Praia de Paço de Arcos , uns chineses a apanhar umas alforrecas nas rochas já mortas , será que era para fazer sopa?  :rotfl:

Não é preciso dizer que depois disso não entrei mais num restaurante chinês.

Não é por acaso que eles já passam de um Bilião , eles comem tudo , não há um bicho , planta que eles não comam.
Sim, não há nenhuma cumunidade chinesa cá, creio que para além das ditas lojas, o máximo que se vê é um ou outro restaurante.

Passa ali na zona do Martim Moniz/Almirante Reis ás 18:30 e vais que que são bem mais do que os donos das lojas e dos restaurantes...

Uma coisa é certa, podem ser porcos e vender produtos sem qualidade, mas isso é lá com eles e com quem compra os produtos deles... nunca ouvi foi falar em chineses a assaltar e a roubar, portanto, por mim podem por cá ficar que não me chateiam nada e de vez em quando até aprecio um porcozinho doce. :)

 :hand:

Fugir ao fisco é o quê?

Experimenta fazer a experiência de íres a uma loja deles e pedires uma factura para comprovar isto.

Fugir ao fisco é mais pernicioso para a sociedade nalguns casos como este que um simples roubo , como é uma prática que deve estar alargada a quase todos os chineses cá , vê lá bem o dinheiro que o Estado deixa de cobrar.

Alem disso , adulteração de rótulos , falta de comprovativos referentes às mercadorias , falta de higiene , entre outros , é o quê?

Lembro-me agora de um caso que eu vi , na Praia de Paço de Arcos , uns chineses a apanhar umas alforrecas nas rochas já mortas , será que era para fazer sopa?  :rotfl:

Não é preciso dizer que depois disso não entrei mais num restaurante chinês.

Não é por acaso que eles já passam de um Bilião , eles comem tudo , não há um bicho , planta que eles não comam.

Se fosse só isso...

Ao lado do restaurante da minha mãe abriu uma vez um restaurante chinês (felizmente já fechou) e só quem entrava naquela cozinha e que podia imaginar tal coisa. Acho que nunca vi uma coisa tão nojenta na minha vida (eles nem lavam o chão. vê la tu...). Felizmente nunca comi num restaurante chinês, e depois de ver aquilo acho que nunca vou comer em nenhum.
Save your breath. You'll need it to blow up your date.
Ainda ontem fui almoçar a um Chinês e até me serviram razoavelmente bem.

Desde já tinham um menu delicioso [Crepe+XauXau+Chop Suey de Porco] que nem sequer chegava a 4 euros [3,75] (!!). As bebidas eram praticamente todas a 1 euro, logo, nem 5 euros aquele almoço me custou. As condições do restaurante eram más [cadeiras desconfortáveis, pratos "meio-limpos"] mas o atendimento era bom. "Chutaram-nos" para uma zona do restaurante, para que a "família" pudesse estar no outro canto a ver tv e no pc (!!). A comida não era das melhores [Chinês do Restelo é muito melhor] mas o que me deixou enjoado foram a porcaria dos flocos de neve [rebuçados].

Em restaurantes é o menos, até porque não me sujeito a determinadas condições [só ontem]. Agora, em lojas aquilo arrepia-me. É verdade que todos roubamos nos Chineses mas aquela paranóia de ter 1 empregado literalmente parado à entrada do corredor a "verificar" se estamos a fazer alguma coisa que não devemos é ridícula. Muito raramente compro coisas nos chineses e tudo aquilo que comprei [sem excepção] já não funciona. Em Algés, num raio de 20 metros existem 5 chineses (!!). Eu nem vou falar das comichões com que eu saio daquele que é metido numa garagem.



Nunca + me vou esquecer de um episódio num chinês em Alvalade.

Uma miúda chinesa [14/15 anos] afirmava perante a policia que a senhora tinha roubado a mala. Eu não sei se dá para "trocar" no Chinês mas a pobre senhora estava convencida que sim e foi lá para isso mesmo. Acontece que acabou por não trocar nada e estava a ir-se embora quando lhe trancam as portas e telefonam à policia. A partir daí, foi uma barraca absolutamente inatingível. Eu presenciei tudo e testemunhei que de facto, a senhora não tinha saído da caixa registadora, o que invalidava qualquer teoria de roubo porque aquelas malas só se encontravam no fundo da loja.

Não foi preciso esperar muito até aparecerem os policias e os adjectivos "loucos", "parvos", "paranoicos", "psicopatas" caíram que nem golos do Liedson na luz. A policia interrogou as duas partes [miuda, senhora] e perguntou + que uma vez à pita se, de facto, tinha visto exactamente a senhora a roubar o produto e qual não é o meu espanto quando ela diz "Sí". A partir daí, foi uma choradeira de todo o tamanho [senhora] que até devolveu a m**** da mala. Enfim, povo miserável e já começam em pequenos. :arrow:
O meu ex cunhado é da ASAE. Eu penso que quando ele foi para lá aquilo teria outro nome, agora é que passou a ter mais visibilidade, no entanto os serviços de fiscalização foram desde sempre feitos. Sem tantos "media" pelo meio mas o controle sempre foi feito.
Eu lembro-me de uma conversa que tive com ele há cerca de 4 0u 5 anos, sobre restaurantes chineses,eu era fã, e ele contou-me histórias de tal maneira "nojentas" sobre cozinhas e restaurantes chineses, que eu depois disso andei ali uns tempos sem entrar em nenhum.
No entanto aqui ao lado do emprego existe um, e talvez por ter algum bom relacionamento com eles ( e ja que a Deco Proteste é mesmo ao lado... :) :) :)) de vez em quando lá vou eu.
Não penso muito nas pocarias que possam estar por detrás, e até agora ainda não morri envenenada.
Mas há uns tempos atrás um amigo dizia-me:
-Tu já viste que nunca se vê em lado nenhum anunciado que morreu um chinês???
E vês chineses às compras nos supermercados. Makro por exemplo ou mercados?
Cá para mim os gajos quando morrem são utilizados na alimentação....

Comecei a reparar e realmente nunca vejo nenhum!!!
LOL a mitica expressão "já alguma vez viste um funeral dum chinês?"  ;D

Esforço, Dedicação, Devoção e Glória. Eis o Sporting!!
Por acaso aqui na minha rua há uma loja chinesa que nada tem a ver com a maioria (há aqui mais umas 8 ). Os donos já adoptaram uma forma de vida mais 'ocidentalizada', falam bem português, os produtos têm qualidade, são mais baratos e a loja é arejada e bem iluminada, não estando tudo amontado e a cheirar a mofo como é normal noutras lojas. Compro lá pilhas, sacos para o lixo e por aí. O único aparelho eléctrico que lá comprei foi uma ventoinha pequena, que ainda funciona passado um ano e tal.

Contudo sei que a esmagadora maioria não é assim. O problema é que cada vez há mais lojas e ninguém tem mão nisto. Para o comerciante português já não bastavam os centros de grande superfície como agora ainda têm a concorrência dos chineses.  :-\
Símbolo antigo. Estádio antigo. Sem amarelo. Sem Taveirices.
E não é só internamente que os chinocas nos lixam a economia(e não só). É irritante, ver em todos os produtos, sejam eles de que tipo for(brninquedos, vestuário, aparelhos) o "made in china". O que mais me irrita, é que o governo deixa que isto entre tudo cá para dentro de ânimo leve... Depois queixam-se que há uma crise em Portugal. As texteis a falir, e eles a insistirem na China.  :wall:

Os preços deles são muito mais competitivos que os nossos, mas já chega! E que tal tentar ser mais auto-suficiente do que estar sempre a depender dos mercados externos?   ???
E não é só internamente que os chinocas nos lixam a economia(e não só). É irritante, ver em todos os produtos, sejam eles de que tipo for(brninquedos, vestuário, aparelhos) o "made in china". O que mais me irrita, é que o governo deixa que isto entre tudo cá para dentro de ânimo leve... Depois queixam-se que há uma crise em Portugal. As texteis a falir, e eles a insistirem na China.  :wall:

Os preços deles são muito mais competitivos que os nossos, mas já chega! E que tal tentar ser mais auto-suficiente do que estar sempre a depender dos mercados externos?   ???

Mas achas que somos só nós?
O mundo inteiro tá a ser lixado pelos chineses.
E não é só internamente que os chinocas nos lixam a economia(e não só). É irritante, ver em todos os produtos, sejam eles de que tipo for(brninquedos, vestuário, aparelhos) o "made in china". O que mais me irrita, é que o governo deixa que isto entre tudo cá para dentro de ânimo leve... Depois queixam-se que há uma crise em Portugal. As texteis a falir, e eles a insistirem na China.  :wall:

Os preços deles são muito mais competitivos que os nossos, mas já chega! E que tal tentar ser mais auto-suficiente do que estar sempre a depender dos mercados externos?   ???

Se o governo proíbe/ dificulta as importações chinesas, os produtos portugueses tambem não entram na China, e está-me a parecer que perdemos mais nós que os chineses. Se o problema fosse de tão fácil resolução...
E não é só internamente que os chinocas nos lixam a economia(e não só). É irritante, ver em todos os produtos, sejam eles de que tipo for(brninquedos, vestuário, aparelhos) o "made in china". O que mais me irrita, é que o governo deixa que isto entre tudo cá para dentro de ânimo leve... Depois queixam-se que há uma crise em Portugal. As texteis a falir, e eles a insistirem na China.  :wall:

Os preços deles são muito mais competitivos que os nossos, mas já chega! E que tal tentar ser mais auto-suficiente do que estar sempre a depender dos mercados externos?   ???

Se o governo proíbe/ dificulta as importações chinesas, os produtos portugueses também não entram na China, e está-me a parecer que perdemos mais nós que os chineses. Se o problema fosse de tão fácil resolução...

E achas que na China há alguns produtos portugueses? Ficariamos nós a ganhar, a médio-longo prazo, se cortássemos relações com a China. Nós, e o resto do planeta. O problema é que não há alguém com tomates que queira pôr um fim nisto.
E não é só internamente que os chinocas nos lixam a economia(e não só). É irritante, ver em todos os produtos, sejam eles de que tipo for(brninquedos, vestuário, aparelhos) o "made in china". O que mais me irrita, é que o governo deixa que isto entre tudo cá para dentro de ânimo leve... Depois queixam-se que há uma crise em Portugal. As texteis a falir, e eles a insistirem na China.  :wall:

Os preços deles são muito mais competitivos que os nossos, mas já chega! E que tal tentar ser mais auto-suficiente do que estar sempre a depender dos mercados externos?   ???

Se o governo proíbe/ dificulta as importações chinesas, os produtos portugueses também não entram na China, e está-me a parecer que perdemos mais nós que os chineses. Se o problema fosse de tão fácil resolução...

E achas que na China há alguns produtos portugueses? Ficariamos nós a ganhar, a médio-longo prazo, se cortássemos relações com a China. Nós, e o resto do planeta. O problema é que não há alguém com tomates que queira pôr um fim nisto.

Ainda há pouco tempo ouvi uma coisa que não fazia ideia acerca da China. Sabes que nos últimos anos a China tem vindo a comprar dívida dos EUA, e neste momento já detem uma percentagem muito importante da mesma, o que significa que a China tem os EUA na mão? Se isto se passa assim com o gigante que são os EUA imagina o papel de Portugal neste tipo de "negócios"... Portugal não tem voto na matéria, e neste momento é impossivel cortar relações comerciais com a China, a praticamente qualquer país do mundo.
sim, mas Portugal n é só Portugal, é a CE toda. e nós ainda não estamos tão entalados quanto os americanos, e dificilmente estaremos, mas de facto as coisas estão complicadas.
Sim, não há nenhuma cumunidade chinesa cá, creio que para além das ditas lojas, o máximo que se vê é um ou outro restaurante.

Passa ali na zona do Martim Moniz/Almirante Reis ás 18:30 e vais que que são bem mais do que os donos das lojas e dos restaurantes...

Uma coisa é certa, podem ser porcos e vender produtos sem qualidade, mas isso é lá com eles e com quem compra os produtos deles... nunca ouvi foi falar em chineses a assaltar e a roubar, portanto, por mim podem por cá ficar que não me chateiam nada e de vez em quando até aprecio um porcozinho doce. :)

 :hand:

Fugir ao fisco é o quê?

Experimenta fazer a experiência de íres a uma loja deles e pedires uma factura para comprovar isto.

Fugir ao fisco é mais pernicioso para a sociedade nalguns casos como este que um simples roubo , como é uma prática que deve estar alargada a quase todos os chineses cá , vê lá bem o dinheiro que o Estado deixa de cobrar.

Isso fazem eles e 99% dos negócios que tenham possibilidade de o fazer cá em Portugal (cafés, restaurantes, oficinas, lojas, tudo o que tenha a ver com obras domésticas, serviços pagos por recibo verde e por aí além), portanto se todos o fazem isso não pode ser um argumento para os diferenciar dos 'empresários' portugueses.

Alem disso , adulteração de rótulos , falta de comprovativos referentes às mercadorias , falta de higiene , entre outros , é o quê?

Só lá vai comprar produtos quem quer e à partida se alguém lá vai comprar um produto já sabe que não vai de certeza comprar filet mignon pelo preço de frango assado.

De qualquer forma e no caso da adulteração de rótulos, deve haver uma fiscalização rigorosa não só às lojas dos chineses como a todas as outras que vendam produtos alimentares, com multas bem pesadas.
A mim nunca me passaria pela cabeça comprar um produto alimentar numa loja do chinês, muito menos para um bebé ou uma criança precisamente porque se nota logo que ali o controlo de qualidade deve ser coisa nunca antes vista.

E não é só internamente que os chinocas nos lixam a economia(e não só). É irritante, ver em todos os produtos, sejam eles de que tipo for(brninquedos, vestuário, aparelhos) o "made in china". O que mais me irrita, é que o governo deixa que isto entre tudo cá para dentro de ânimo leve... Depois queixam-se que há uma crise em Portugal. As texteis a falir, e eles a insistirem na China.  :wall:

Os preços deles são muito mais competitivos que os nossos, mas já chega! E que tal tentar ser mais auto-suficiente do que estar sempre a depender dos mercados externos?   ???

O real problema não está nos preços deles serem mais competitivos, está na forma como eles conseguem os preços mais competitivos.

Se a China fosse obrigada a respeitar leis laborais e de direitos humanos como as que existem na Europa e mesmo assim conseguissem preços mais baratos, nada a dizer, era pura e simplesmente 'concorrência'
Agora quando uma empresa textil que tem que cumprir máximos de horas semanais, tem um ordenado mínimo, tem que dar condições de trabalho aos funcionários, tem que dar indemnizações nos despedimentos está a concorrer com empresas chinesas em que as regras são praticamente 'trabalhas 16 ou 18 horas e recebes uma tigela de arroz' não há concorrência possível em termos de preços.

Para mim enquanto a China não cumprisse determinados parâmetros os seus produtos não deveriam ser aceites na CE. Só que quem defende este 'embargo' também tem que estar preparado para pagar 25 Euros por uma T-Shirt da Zara em vez de pagar 10...

E achas que na China há alguns produtos portugueses? Ficariamos nós a ganhar, a médio-longo prazo, se cortássemos relações com a China. Nós, e o resto do planeta. O problema é que não há alguém com tomates que queira pôr um fim nisto.

O que é que tu consideras 'produtos portugueses'? Portugal produz muito mais coisas além das alheiras de Mirandela, vinho tinto e cortiça... :)
The future is now... and now... and now... and now... and now... and now... and now...
Sim, não há nenhuma cumunidade chinesa cá, creio que para além das ditas lojas, o máximo que se vê é um ou outro restaurante.

Passa ali na zona do Martim Moniz/Almirante Reis ás 18:30 e vais que que são bem mais do que os donos das lojas e dos restaurantes...

Uma coisa é certa, podem ser porcos e vender produtos sem qualidade, mas isso é lá com eles e com quem compra os produtos deles... nunca ouvi foi falar em chineses a assaltar e a roubar, portanto, por mim podem por cá ficar que não me chateiam nada e de vez em quando até aprecio um porcozinho doce. :)

 :hand:

Fugir ao fisco é o quê?

Experimenta fazer a experiência de íres a uma loja deles e pedires uma factura para comprovar isto.

Fugir ao fisco é mais pernicioso para a sociedade nalguns casos como este que um simples roubo , como é uma prática que deve estar alargada a quase todos os chineses cá , vê lá bem o dinheiro que o Estado deixa de cobrar.

Isso fazem eles e 99% dos negócios que tenham possibilidade de o fazer cá em Portugal (cafés, restaurantes, oficinas, lojas, tudo o que tenha a ver com obras domésticas, serviços pagos por recibo verde e por aí além), portanto se todos o fazem isso não pode ser um argumento para os diferenciar dos 'empresários' portugueses.

Tens razão nesse aspecto , mas enquanto podes pedir uma factura que os nacionais apresentam , os chineses nem devem saber o significado dessa palavra. :D

Alem das irregularidades que os produtos deles envolvem , produtos alimentares e outros contrafeitos , falta de comprovativos que acompanhem as mercadorias , etc...

Sim, não há nenhuma cumunidade chinesa cá, creio que para além das ditas lojas, o máximo que se vê é um ou outro restaurante.

Passa ali na zona do Martim Moniz/Almirante Reis ás 18:30 e vais que que são bem mais do que os donos das lojas e dos restaurantes...

Uma coisa é certa, podem ser porcos e vender produtos sem qualidade, mas isso é lá com eles e com quem compra os produtos deles... nunca ouvi foi falar em chineses a assaltar e a roubar, portanto, por mim podem por cá ficar que não me chateiam nada e de vez em quando até aprecio um porcozinho doce. :)

 :hand:

Fugir ao fisco é o quê?

Experimenta fazer a experiência de íres a uma loja deles e pedires uma factura para comprovar isto.

Fugir ao fisco é mais pernicioso para a sociedade nalguns casos como este que um simples roubo , como é uma prática que deve estar alargada a quase todos os chineses cá , vê lá bem o dinheiro que o Estado deixa de cobrar.

Isso fazem eles e 99% dos negócios que tenham possibilidade de o fazer cá em Portugal (cafés, restaurantes, oficinas, lojas, tudo o que tenha a ver com obras domésticas, serviços pagos por recibo verde e por aí além), portanto se todos o fazem isso não pode ser um argumento para os diferenciar dos 'empresários' portugueses.

Tens razão nesse aspecto , mas enquanto podes pedir uma factura que os nacionais apresentam , os chineses nem devem saber o significado dessa palavra. :D

Alem das irregularidades que os produtos deles envolvem , produtos alimentares e outros contrafeitos , falta de comprovativos que acompanhem as mercadorias , etc...



Aos chineses também podes.
Se se recusarem, livrinho de reclamações que têm logo a ASAE à perna... se não tiverem livro de reclamações, polícia.

Também passa um pouco por nós tentar rectificar estas situações porque as autoridades obviamente que não conseguem fiscalizar tudo.
The future is now... and now... and now... and now... and now... and now... and now...
E aquele rumor que causou o pânico em que diziam que havia pessoas que entravam nas lojas chinesas e não voltavam a sair?
E aquele rumor que causou o pânico em que diziam que havia pessoas que entravam nas lojas chinesas e não voltavam a sair?

Se não voltavam a sair, quem é que espalhou o rumor?  :mrgreen:
E aquele rumor que causou o pânico em que diziam que havia pessoas que entravam nas lojas chinesas e não voltavam a sair?

Se não voltavam a sair, quem é que espalhou o rumor?  :mrgreen:

Cá para mim ele foi dos que lá estiveram presos.  :lol:
E aquele rumor que causou o pânico em que diziam que havia pessoas que entravam nas lojas chinesas e não voltavam a sair?

Se não voltavam a sair, quem é que espalhou o rumor?  :mrgreen:

Loll. E as pessoas não têm familiares, amigos. "Olha, vou ali à loja do chinês". Até saiu no Correio da Manhã