Russia invade a Geórgia

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Citar
Rússia invade a Geórgia
Os tanques russos estão a atravessar a fronteira entre a Rússia e a Geórgia às centenas, ao mesmo tempo que a Força Aérea Russa se encontra a bombardear as cidades do país. O presidente georgiano afirma que o país se está a "auto-defender" da agressão de Moscovo.



Segundo afirmações do presidente georgiano Mikhail Saakashvili à estação de televisão norte-americana CNN, "durante todo o dia, eles [os russos] têm estado a bombardear a Geórgia com numerosos aviões e estão a alvejar deliberadamente a população civil. Temos dezenas de mortos e feridos civis em todo o país".

O chefe de Estado georgiano afirmou que a situação actual "é o pior pesadelo que alguém pode ter", tendo precisado que pelo menos 150 veículos blindados russos já passaram a fronteira e que as forças georgianas abateram dois aviões inimigos.

Questionado sobre se a Geórgia e a Rússia estão agora em guerra, Saakashvili afirmou que "o meu país está em auto-defesa contra a agressão russa. As tropas russas invadiram a Geórgia."

Em carta hoje enviada à população da Geórgia, o presidente do país anunciou a mobilização de dezenas de milhares de reservistas e adiantou que a mobilização do país vai continuar.

"Temos que estar unidos. Todos nós, centenas de milhares de Georgianos aqui e no estrangeiro, devemos aproximarmo-nos, unir-nos e combater para salvar a Geórgia. Somos um povo que ama a Liberdade, e se a nossa nação estiver unida, nenhum agressor irá ser capaz de lhe fazer dano", escreveu Saakashvili.

Do lado russo, o canal 1 da televisão estatal tem estado a mostrar imagens de grandes números de tanques pesados alegadamente a caminho da Geórgia, enquanto que o Ministério da Defesa da Rússia afirmou que enviou "reforços" militares para a província georgiana da Ossétia do Sul, alegadamente para ajudar os “soldados da paz” russos que se encontram na região, depois de um ataque georgiano a um quartel na Ossétia do Sul ter morto um número indeterminado de militares russos.

"Toda a situação é muito triste e alarmante", disse esta manhã o primeiro-ministro russo, Vladimir Putin, que acrescentou que "claro, haverá uma resposta".

Segundo o porta-voz de Putin, Dmitry Peskov, o chefe do Governo russo disse hoje em Pequim que "existem muitos voluntários a serem reunidos na região, e é muito difícil impedi-los de tomar parte. Uma guerra real está a ser travada."

Reacções internacionais

Estes acontecimentos surgem depois de uma reunião de emergência do Conselho de Segurança das Nações Unidas sobre a escalada da violência na Ossétia do Sul, que acabou hoje sem qualquer comunicado final.

Já a Organização para a Cooperação e Segurança na Europa (OCSE) anunciou um enviado seu será enviado "imediatamente" para a região.

O Secretário-geral da NATO, Jaap de Hoop Scheffer emitiu já um comunicado onde diz estar "seriamente preocupado" com os recentes acontecimentos na região, e apelou a todos os lados para que terminem os combates e começem negociações directas.
Os Estados Unidos e o Reino Unido apelaram por seu turno aos lados envolvidos no conflito para que terminem a violência.

http://diarioeconomico.sapo.pt/edicion/diarioeconomico/internacional/sociedade/pt/desarrollo/1154277.html


http://edition.cnn.com/2008/WORLD/europe/08/08/georgia.ossetia/index.html#cnnSTCVideo


lado russo

http://noticias.sapo.pt/lusa/artigo/d6424cf66ae2458f60df99.html

cronologia

http://diario.iol.pt/internacional/ossetia-do-sul-russia-guerra-ossetia-georgia/979789-4073.html

(mais de mil mortos...)
« Última modificação: Agosto 09, 2008, 02:46 am por Angel Lion »
 
Ajmo Hajduk , Ajmo Sporting! (anti-nn gays)
Uma pergunta ... O que levou ao despoletar desta situação lamentavel ?


Eminem é a disputa entre a Ossetia do Sul, a Ossetia quer a independência mas os Georgianos não aceitam e cercaram a ossetia acho que mataram não sei quantos Russos, ah os Russos tão lá porque não gostam dos Georgianos e então meteram o bedelho e querem ajudar os Ossetianos. Mas isto já vai de há uns 30 anos para cá :menos:
 
Ajmo Hajduk , Ajmo Sporting! (anti-nn gays)


Eminem é a disputa entre a Ossetia do Sul, a Ossetia quer a independência mas os Georgianos não aceitam e cercaram a ossetia acho que mataram não sei quantos Russos, ah os Russos tão lá porque não gostam dos Georgianos e então meteram o bedelho e querem ajudar os Ossetianos. Mas isto já vai de há uns 30 anos para cá :menos:

Há poix ... Thanks pelo esclarecimento . :great:
Nesta secção há uns íconezinhos que podem usar para os tópicos que criam, para que conste. :arrow:
Saudades do futuro.
Georgia que por acaso é quaaaase territorio americano, eles até têm ruas com nomes de presidentes americanos... vejamos se os EUA irão responder.


"I haven’t failed; I’ve had 10,000 ideas that didn’t work" Benjamin Franklin
Fico calmamente à espera que o Louça ou outro qualquer bloquista, ou um qualquer membro do PC apareça a insurgir-se contra esta gritante violação dos direitos de um estado soberano, ou só falam quando são os americanos???

A Georgia é um estado independente, e o que a Russia fez é uma invasão tão revoltante quanto a dos Americanos no Iraque ou dos Chineses no Tibet.
Vuk10Bala ©
Fico calmamente à espera que o Louça ou outro qualquer bloquista, ou um qualquer membro do PC apareça a insurgir-se contra esta gritante violação dos direitos de um estado soberano, ou só falam quando são os americanos???

A Georgia é um estado independente, e o que a Russia fez é uma invasão tão revoltante quanto a dos Americanos no Iraque ou dos Chineses no Tibet.


E eu fico calmamente à espera que os EUA, na paternalista defesa dos oprimidos, enviem as suas tropas para o Cáucaso para defrontar a Rússia e devolvam a Georgia à sua soberania, e que Portugal, à semelhança do que fez no Iraque, auxilie o Tio Sam nesta empreitada contra uma nação possuidora de armas de destruição maciça e cujas ambições imperialistas ameaçam a paz e estabilidade da região.
Quod scripsi, scripsi.:
Tudo pelo Sporting, nada contra o Sporting.
Banca, Academia, Paulo Bento.
Evolução na continuidade.
Orgulhosamente sós a bater palmas ao mau futebol. Para Alvalade, rapidamente e em força.
Bem podes esperar sentado...
 
Ajmo Hajduk , Ajmo Sporting! (anti-nn gays)
Bem podes esperar sentado...

Sentado? Acabei de comprar um chaise longue para esse efeito.  :D
Quod scripsi, scripsi.:
Tudo pelo Sporting, nada contra o Sporting.
Banca, Academia, Paulo Bento.
Evolução na continuidade.
Orgulhosamente sós a bater palmas ao mau futebol. Para Alvalade, rapidamente e em força.
Bem podes esperar sentado...

Sentado? Acabei de comprar um chaise longue para esse efeito.  :D

Acho que o termo é longue chaise   ;D
“no small number of these whaling seamen belong to the Azores, where the outward bound Nantucket whalers frequently touch to augment their crews from the hardy peasants of those rocky shores.”
Herman Melville - Moby Dick
Eu, por acaso, até esperava que todos os apologistas de um kosovo albanes independente e que prontamente definiram o fim da integridade territorial do estado soberano da Sérvia, façam agora o mesmo  :whistle:. Afinal de contas, alguns dos mesmos principios se aplicam, uma provincia separatista em que a esmagadora maioria da população é de etnia russa pretende juntar-se a sua Pátria-Mãe, travam uma luta armada desde o fim da URSS contra o exercito georgiano e a posição de força russa vem no seguimento de mais uma invasão georgiana da provincia, da qual ninguem fala.
A abkhazia (na mesma situacao da ossetia do sul) ja anunciou que vai regressar a luta armada contra a georgia.

A Russia e a Espanha alertaram os lacaios europeus dos EUA, de que o reconhecimento do kosovo como nação, iria ter efeitos colaterais por todo o mundo... ninguém passou cartão porque o que interessava era ter mais umas quantas bases americanas bem perto da fronteira russa. Agora podem remoer a vontade que nada mais podem fazer...

 >:(
Citar
Quando o desporto ignora a guerra
RUSSA E GEORGIANA DÃO BOM EXEMPLO NO PÓDIO


A russa Natalia Paderina e a georgiana Nino Salukvadze, respectivamente medalha de prata e bronze na prova de tiro de pistola a 10 metros, deram um excelente exemplo do verdadeiro espírito olímpico, ao abraçarem-se na cerimónia do pódio, apesar de os respectivos países estarem envolvidos num conflito bélico por causa da Ossétia do Sul.

Depois de escutarem o hino chinês (Guo Wenjun conquistou o ouro), Natalia e Nino abraçaram-se, posando para os fotógrafos e saudando o público.

http://www.record.pt/noticia.asp?id=798647&idCanal=2959


EU VI O ÉDER DAR-NOS O EURO 2016 !!!! NÃO SONHEI !!!!
De boas intenções está o inferno cheio.

Quanto a mim a Russia acabou de cometer um grande erro estratégico ao atacar a Geórgia , se se tivesse ficado pela Ossetia do Sul , acho que não havia grande problema.

A Russia assim só prova que não é um parceiro confiável , isto só vai fazer com que algumas barreiras sejam levantadas , os paises vizinhos da Russia certamente vão estar na primeira fila a exigir medidas , adivinha-se a adesão da Ucrania à Nato.

O Louçã está de férias? :o

Por onde anda o pessoal anti-guerra , oops , esqueci-me , só se mobilizam quando há ataques dos americanos , isto só prova que a intenção deles é só política e contra os americanos.  >:(
Capital Tbilisi já foi atacada hoje  :inde:
 
Ajmo Hajduk , Ajmo Sporting! (anti-nn gays)
Mais um foco de conflito que vai provocar muito sangue e que já provocou  ??? :(

O Louçã está de férias? :o

Por onde anda o pessoal anti-guerra , oops , esqueci-me , só se mobilizam quando há ataques dos americanos , isto só prova que a intenção deles é só política e contra os americanos.  >:(

É óbvio que nenhum deles se manifesta, estão todos no Boom fest.  :D


"I haven’t failed; I’ve had 10,000 ideas that didn’t work" Benjamin Franklin
Nem me fales no Boom..porra os sitios onde o pessoal gosta de abancar ca em Cb ta cheio de hippies lol >:( >:D

 :offtopic:
É evidente que por causa da independência do Kosovo, a Rússia incentivou a Ossétia do Sul e a Abkhazia a fazerem o mesmo em relação à Georgia. A Rússia sempre utilizou a sua diáspora nas antigas repúblicas soviéticas para desestabilizar os seus antigos satélites. É assim na Georgia, Moldávia, etc. Os EUA e a UE (melhor dizendo, o directório da UE) estão a pagar pela estupidez da independência do Kosovo.

A Geórgia tem a razão de fundo do seu lado, mas substimou o apoio dos EUA e da NATO à sua causa, porque o Ocidente não está em condições de endurecer mais a sua posição contra a Rússia. A indefinição política na América, a situação no Afeganistão e Iraque, não o permitem. Além disso, o alargamento da NATO deverá ser congelado nos próximos anos, porque a Aliança não quererá ver-se envolvida em disputas territoriais de ex-repúblicas soviéticas com a Rússia. Se a Geórgia já fosse membro da NATO, tinhamos um grande sarilho...  ^-^

Esta situação no Cáucaso vai beneficiar John McCain nas eleições americanas e vai de encontro ao que ele preconiza quanto à Rússia, nomeadamente o fim do apaziguamento em relação ao regime autoritário desse país, e a sua saída do G8. O panorama internacional vai aquecer e de certeza que as questões de defesa e segurança nacionais serão os principais tópicos quando a campanha nos EUA começar a sério, em Setembro. Prefiro de longe a vitória de John McCain. Aliás, se não pudesse ser McCain a ganhar, e tivesse que ser um candidato democrata, ao menos que fosse a Hillary Clinton. Agora Obama, um Jimmy Carter negro, não.  :naughty: Não é por acaso que Hillary não o apoia a 100%. Não é só recalcamento, é também algum temor pelo futuro dos EUA. Que nós devemos ter também porque, embora seja um país com interesses diferentes dos nossos, é o Estado mais forte do Ocidente, e a sua fraqueza tornaria a nossa situação ainda mais desesperada...
« Última modificação: Agosto 11, 2008, 14:18 pm por Lionheart »
FORÇA LEÕES!!
Não concordo contigo quanto ao congelamento do alargamento da Nato , pois segundo consta há uns meses atrás segundo ouvi hoje foi a França e a Alemanha que se opuseram à entrada imediata da Ucrania e da Georgia , depois desta situação , não haverá nenhum país europeu que tenha coragem de negar o acesso à Nato por parte desses paises para garantirem a sua segurança.

Podes apostar que a Ucrânia vai aderir muito brevemente , vai ser a resposta americana a esta aventura Russa na Geórgia.