Liga2 2014/2015

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

* Maio 25, 2015, 23:51 pm
Como é que a Madeira tem 3 clubes e os Açores nem um? Tenho muita pena da forma como as equipas estão espalhadas. Alentejo, Trás dos Montes, Algarve, Beira interior deveriam ter representatividade.

Penso sempre nisso no inicio das épocas. A verdade é que espelha em grande medida a distribuição dos recursos. No Algarve ainda conseguem subir um clube de vez em quando. No Alentejo depois do Campomaiorense, suportado pela Delta, ter acabado não vejo condições de nenhuma equipa lá chegar. E nos Açores passa sempre pelo Santa Clara. Na Beira Baixa o Sporting da Covilhã desperdiçou uma grande oportunidade, não vejo ter nova oportunidade assim.
*** Maio 26, 2015, 10:08 am
O Covilhã foi uma pena para as Beiras, mas não esquecer que vamos ter um representante da Beira (Alta) na primeira. O Tondela. Podiam ter sido duas equipas da Beira Interior a subir... Muitos anos depois o Interior volta à primeira divisão. Espero que por muitos anos.
*** Maio 26, 2015, 10:21 am
Sobre os Açores o facto é que o Operario andou até à ultima jornada a lutar para subir à Liga2, perdeu com o Casa Pia e acaba por ser o Casa Pia a ir ao playoff de subida contra o Varzim.
* Maio 26, 2015, 12:26 pm
Relativamente à subida do União da Madeira, alguém mais viu e ouviu as declarações da Dona Dolores de Aveiro?

"Agora vou ter de apoiar os meus dois clubes do coração, o Sporting e o União"
***** Maio 26, 2015, 18:36 pm
O Covilhã foi uma pena para as Beiras, mas não esquecer que vamos ter um representante da Beira (Alta) na primeira. O Tondela. Podiam ter sido duas equipas da Beira Interior a subir... Muitos anos depois o Interior volta à primeira divisão. Espero que por muitos anos.
 

Enquanto estiver lá um doido a enterrar dinheiro, como em Arouca, o Tondela está aí.

Como é que a Madeira tem 3 clubes e os Açores nem um? Tenho muita pena da forma como as equipas estão espalhadas. Alentejo, Trás dos Montes, Algarve, Beira interior deveriam ter representatividade.

Penso sempre nisso no inicio das épocas. A verdade é que espelha em grande medida a distribuição dos recursos. No Algarve ainda conseguem subir um clube de vez em quando. No Alentejo depois do Campomaiorense, suportado pela Delta, ter acabado não vejo condições de nenhuma equipa lá chegar. E nos Açores passa sempre pelo Santa Clara. Na Beira Baixa o Sporting da Covilhã desperdiçou uma grande oportunidade, não vejo ter nova oportunidade assim.

Se houver um gajo com umas notas, até Os Pastilhas jogam na Champions.

No Norte existem muitos gajos que não tinham nada e de repente aparecem cheios de dinheiro.

No Sul há bons clubes, não há é gajos desses.

A Naval também era assim mas acabou o pilim ao cowboy da Figueira.