O Tópico de Todas as Perguntas

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Qual é o sentido da vida?

Como bom biólogo, de 5' para 3'  8)

Ui, que tópico tu foste abrir...:mrgreen: Nem sei por onde começar. Começando pelo futebol:

1) No futebol é permitido "agarrar" a bola com as pernas ou não? Tipo isto (não encontrei outra imagem):

[/

2) Num pontapé de canto um jogador pode pôr-se às cavalitas de um colega de equipa para poder cabecear a bola lá do alto?

A resposta é não a ambas. Essas até são fáceis... no curso (que nunca tirei, mas que já tive vários relatos) apanham-se umas bem caricatas como um suplente atirar uma bota a um jogador de campo e ele estiver dentro da área que falta é que é, um jogador suplente que vá entrar e corte junto à bandeirola de canto deve ser punido como.

Aqui há uns tempos, quando era adjunto tive uma formação com este tipo de situações. Há algumas que não lembram ao mais imaginativo.

E então pá, como é que isso é punido? Deixaste-me muito curioso  :lol:


Edit: pura distracção
« Última modificação: Maio 11, 2008, 23:28 pm por johnnycross »
"Alianças só na mão esquerda da minha mulher"
Já tenho visto quem ponha no lugar das pessoas incapacitadas mesmo havendo outros lugares, apenas porque esta mais perto de tal sitio. Isso sim, são pessoas deficientes, que deviam levar com uma paulada nos cornos.

Se eu fosse deficiente motor e apanhasse alguém num lugar desses, estacionava atrás, sem dar hipótese de fuga, e ia dar uma volta de 10 horas, deixando obviamente o dístico de deficiente bem visivelk. Gostava de ver o gajo do outro carro chamar o reboque  ;D


Pois o outro teria toda a legitimidade para chamar o reboque, sim. O facto dele cometer uma infracção, não justifica a tua. Provavelmente seriam os dois autuados e ainda verias a tua viatura rebocada se não estivesses no local para a retirar pelos teus próprio meios.

Há casos e casos. Pode acontecer a pessoa não se aperceber que se trata se um estacionamento reservado a deficientes. Já me aconteceu e só depois de sair do carro é que vi o raio da placa. E se não me tenho apercebido da placa? Passava a ser um abestalhado sem principios ? É por isso que no direito existe o dolo. O FLL explica ;)

Pode ainda acontecer eu estar a transportar um deficiente, estacionar ali por 6 ou 7 minutos para ir deixá-lo numa consulta, por exemplo, e depois voltar e ir estacionar a viatura noutro local. Isto pode acontecer e apesar de não ser legal, é compreensivel que alguém actue desta forma.

É por isso que chegar e tomar logo atitudes drásticas pode constituir um problema em sí.


Esse tipo de desculpas é normalmente o que um desses infractores usaria se fosse apanhado pela polícia. Ah e tal não vi, ah e tal tinha uma coisa muito urgente para fazer. Quem estaciona nesses lugares raramente o faz por distracção, e se o faz, a distracção não o iliba nem o desculpa, senão também podemos dizer, ah e tal não vi o sinal de transito proibido, não vi o sinal de velocidade máxima 50km/h, não vi o sinal de estacionamento proibido. Não podemos andar distraidos no transito.

Se eu fizesse aquilo que ali dizem, provavelmente também levaria multa, seria merecido na mesma, mas dar-me-ia um imenso gozo.



Esse tipo de desculpas é normalmente o que um desses infractores usaria se fosse apanhado pela polícia. Ah e tal não vi, ah e tal tinha uma coisa muito urgente para fazer. Quem estaciona nesses lugares raramente o faz por distracção, e se o faz, a distracção não o iliba nem o desculpa, senão também podemos dizer, ah e tal não vi o sinal de transito proibido, não vi o sinal de velocidade máxima 50km/h, não vi o sinal de estacionamento proibido. Não podemos andar distraidos no transito.

Se eu fizesse aquilo que ali dizem, provavelmente também levaria multa, seria merecido na mesma, mas dar-me-ia um imenso gozo.

De acordo. Temos de andar atentos e a desatenção não desculpa ninguém aos olhos da lei. Mas temos de diferenciar as pessoas bem formadas e que por norma respeitam os direitos dos outros e que poderão cometer um deslize por distracção, dos que por norma se estão borrifando para os deficientes, pois esses gajos até já são beneficiados no IRS e tal... ;) Por isso falei no dolo. A multa será igual mas o grau de censura será certamente diferente.

Quanto ao gozo que uma situação dessas te daria, eu jamais faria isso. Eu chamaria a policia. Pura e simplesmente. Agora atravessar a minha viatura? O gajo ainda me enfiava com algum paralelo no vidro para destravar e empurrar o carro dali para fora. Nááá... a policia que venha e actue em conformidade.

Um sitio onde vejo os lugares reservados às viaturas de deficientes sempre ocupados por viaturas, supostamente conduzidas por "não deficientes" é nos estacionamentos dos hipers. É sempre. Aí é que tenho um desprezo enorme pelos prevaricadores, pois não existe qualquer desculpa. É que nestes sitios é mesmo para não andarem mais 30 ou 40 metros.
Com o Sporting e sempre pelo Sporting. Sempre !!
Qual é o sentido da vida?

Como bom biólogo, de 5' para 3'  8)

Ui, que tópico tu foste abrir...:mrgreen: Nem sei por onde começar. Começando pelo futebol:

1) No futebol é permitido "agarrar" a bola com as pernas ou não? Tipo isto (não encontrei outra imagem):

[/

2) Num pontapé de canto um jogador pode pôr-se às cavalitas de um colega de equipa para poder cabecear a bola lá do alto?

A resposta é não a ambas. Essas até são fáceis... no curso (que nunca tirei, mas que já tive vários relatos) apanham-se umas bem caricatas como um suplente atirar uma bota a um jogador de campo e ele estiver dentro da área que falta é que é, um jogador suplente que vá entrar e corte junto à bandeirola de canto deve ser punido como.

Aqui há uns tempos, quando era adjunto tive uma formação com este tipo de situações. Há algumas que não lembram ao mais imaginativo.

E então pá, como é que isso é punido? Deixaste-me muito curioso  :lol:


Edit: pura distracção

Não me lembro...e isso chateia-me.
Certa vez vi uma fulana com o carro parado sobre uma passadeira.
Vinha um cego com a sua bengalinha a andar pelo passeio e, quando detecta o carro começa a reclamar e, conforme contornava a viatura espetava-lhe umas valentes bengaladas.  :lol:  :clap:
A mulher nem piou.  :mrgreen:

Sobre o estacionar no lugar dos deficientes... a minha namorada às vezes também o faz (nos shoppings).  :-[ Eu reclamo e farto-me de lhe mandar bocas.
É uma cena que detesto. O pessoal a não seguir as regras colocando à frente a sua comodidade.

Outra cena que odeio, é por exemplo numa via rápida o pessoal encosta-se à direita para sair e às tantas forma-se uma fila em marcha lenta ou mesmo parada. Aí vêm uns espertos na segunda faixa e quando se aproximam da saída enfiam-se à frente dos que já lá estavam à espera.
Nessas ocasiões vou sempre colado no carro da frente para tramar os espertos. Mas rezo com o dia em que irei ver um desses espertos a enfaixar-se num, como aquele da saída da CRIL para Miraflores.
Outra cena que odeio, é por exemplo numa via rápida o pessoal encosta-se à direita para sair e às tantas forma-se uma fila em marcha lenta ou mesmo parada. Aí vêm uns espertos na segunda faixa e quando se aproximam da saída enfiam-se à frente dos que já lá estavam à espera.
Nessas ocasiões vou sempre colado no carro da frente para tramar os espertos. Mas rezo com o dia em que irei ver um desses espertos a enfaixar-se num, como aquele da saída da CRIL para Miraflores.

Ou na saída da CREL para a A5... mas que grandessíssimos FDGP!

Qual é o sentido da vida?

Como bom biólogo, de 5' para 3'  8)

Ui, que tópico tu foste abrir...:mrgreen: Nem sei por onde começar. Começando pelo futebol:

1) No futebol é permitido "agarrar" a bola com as pernas ou não? Tipo isto (não encontrei outra imagem):

[/

2) Num pontapé de canto um jogador pode pôr-se às cavalitas de um colega de equipa para poder cabecear a bola lá do alto?

A resposta é não a ambas. Essas até são fáceis... no curso (que nunca tirei, mas que já tive vários relatos) apanham-se umas bem caricatas como um suplente atirar uma bota a um jogador de campo e ele estiver dentro da área que falta é que é, um jogador suplente que vá entrar e corte junto à bandeirola de canto deve ser punido como.

Aqui há uns tempos, quando era adjunto tive uma formação com este tipo de situações. Há algumas que não lembram ao mais imaginativo.

E então pá, como é que isso é punido? Deixaste-me muito curioso  :lol:


Edit: pura distracção

Por acaso ando há uns 2 ou 3 anos com a mania de tirar o curso de árbitro, então também andei a ver uns exames e encontrei essas perguntas e outras que também não lembram a ninguém como um jogador marcar um penalti e a bola rebentar antes de chegar à baliza...

Se bem me lembro, no caso de atirar a chuteira é vermelho para o jogador que atirou a bota (agressão) e penalti (livre directo no local da falta). Só não me lembro se a equipa fica a jogar com 10 (e como) ou se fica com 11.

Quanto ao cortar pela bandeirola de canto é amarelo para o jogador, porque a equipa fica momentaneamente com 12 jogadores (15 no caso do Porto  :lol:).
Isto se formos a falar de asneiras na estrada...uma pessoa a conduzir tem que estar atento,não só para evitar os nossos erros,como os dos outros,e o que me irrita é andar numa rua como uma gincana,em que só carros em 2ª fila e ter de "contorná-los".Já para não falar nas entradas nas vias rápidas,vai um gajo descansado...e alto,deixem passar suas excelências que vão entrar na via rápida e não podem esperar. ::)
2h9m21s
Pessoal, tópico das perguntas!
“Existem lendas que nos fazem imaginar, mas melhor é VIVER a realidade. O leão sempre foi e sempre será o REI... Esforço, Dedicação, Devoção e Glória!” — Marcelo Boeck
Porque razão os portugueses deixam sempre tudo para o fim??! :wall: :wall: :o
Sei que é "feio" um homem chorar, mas ontem chorei, de orgulho e de alegria por trazer no coração o amor ao Sporting Clube de Portugal! - AJG - 01JUN2015
Pessoal, tópico das perguntas!

Exacto,reformulando o meu post...porquê que as pessoas fazem aquilo que eu descrevi? :)
2h9m21s
Porque razão os portugueses deixam sempre tudo para o fim??! :wall: :wall: :o

Isso é algo que nao te sei responder, mas que a mim tambem me faz uma certa impressão.
Porque razão os portugueses deixam sempre tudo para o fim??! :wall: :wall: :o

Depois respondo.
Sei que é "feio" um homem chorar, mas ontem chorei, de orgulho e de alegria por trazer no coração o amor ao Sporting Clube de Portugal! - AJG - 01JUN2015
Porque razão os portugueses deixam sempre tudo para o fim??! :wall: :wall: :o

Porque os Portugueses são historicamente um povo romântico, não romântico no sentido da relação homem-mulher, mas no sentido da sua relação com o Mundo que os rodeia. Assim, gostam de contemplar e pensar nas coisas, aproveitar a vida, não têm pressa e não gostam da ideia de ver a sua vida e o seu dia-a-dia regidos por questões de natureza "obrigatória" pelo que acabam por ficar hipnotizados e perdem a noção do tempo, especialmente da quantidade de tempo que é necessária para fazer algo como deve ser. Como tal, precisam de um estímulo muito mas mesmo muito forte até que se decidam a fazer algo que seja "obrigatório".

Exemplo 1: entregar a declaração do IRS. O pessoal vai adiando e adiando a pensar que tem todo o tempo do Mundo e só se decide a fazê-lo quando olha para o calendário e entra em pânico pela perspectiva de não conseguir entregá-la a tempo e incorrer no pagamento da multa.

Exemplo 2: estudar para um exame. O pessoal vai adiando, adiando a pensar que tem todo o tempo do mundo, e só se decide a fazê-lo quando olha para o calendário e para a sebenta de 800 páginas e entra em pânico pela perspectiva de não conseguir estudar a matéria toda a tempo.

Exemplo 3: declarar-se à mulher mais linda do planeta e arredores. Um gajo vai adiando e adiando a pensar que tem todo o tempo do Mundo mas de repente, na perspectiva de não a voltar a ver durante 1 ano é capaz de lhe dizer tudo duma vez na véspera de se meter no avião.

No entanto, graças a esta característica de adiar tudo para o fim, o Homo lusitanicus desenvolveu uma inexcedível capacidade de trabalhar e fazer as coisas sob pressão o que também não deixa de ser admirável.

Agora é a minha vez de fazer uma pergunta:

Porque é que há endereços que levam "www" e outros não?
« Última modificação: Maio 13, 2008, 22:02 pm por Eddie Verdde »
Quod scripsi, scripsi.:
Tudo pelo Sporting, nada contra o Sporting.
Banca, Academia, Paulo Bento.
Evolução na continuidade.
Orgulhosamente sós a bater palmas ao mau futebol. Para Alvalade, rapidamente e em força.
(..)

Agora é a minha vez de fazer uma pergunta:

Porque é que há endereços que levam "www" e outros não?


Basicamente tem a ver com a configuração DNS dos alojamentos. Geralmente a entrada para um domínio é igual à entrada para o WWW. desse domínio alojado. Há excepções mas acontece praticamente sempre. Depois, se fizeres uma pesquisa sobre essa questão no Google verás que o assunto é vasto e que há muito por detrás do uso (lógico ou não) do WWW.
“Existem lendas que nos fazem imaginar, mas melhor é VIVER a realidade. O leão sempre foi e sempre será o REI... Esforço, Dedicação, Devoção e Glória!” — Marcelo Boeck
porque é que a nivel optico o ceu é azul e as nuvens brancas, mas as criancinhas desenham sempre o ceu branco e as nuvens azuis?? não digo sempre mas é bastante comum...  :wall: :wall: :wall:

isto é daquelas que não lembra ao diabo...
Sempre Sporting!
Porque é que as pessoas dizem "não é nada" quando querem dizer que algo não existe?Se não é nada,é porque é alguma coisa. :inde: :)
2h9m21s
Porque razão os portugueses deixam sempre tudo para o fim??! :wall: :wall: :o

Depois respondo.

 :lol: :lol: :lol:

Falando por mim, em termos de estudos trabalho melhor com a pressão, claro que as vezes da-se o caso de não conseguir entregar as coisas a tempo.  :-[

Porque é que as pessoas dizem "não é nada" quando querem dizer que algo não existe?Se não é nada,é porque é alguma coisa. :inde: :)

Questão pertinente, no entanto quando é uma mulher que diz isso, esse "nada" quer dizer tudo
« Última modificação: Maio 14, 2008, 00:07 am por RestlessOblivion »


"I haven’t failed; I’ve had 10,000 ideas that didn’t work" Benjamin Franklin
Alguém me sabe explicar porque raio é que as bicicletas para homem são assim:



e as bicicletas para mulher são assim:



 :question:

É por alguma razão prática (diferença de centro de gravidade entre homens e mulheres), ou simplesmente convencionou-se que fosse assim?
Quod scripsi, scripsi.:
Tudo pelo Sporting, nada contra o Sporting.
Banca, Academia, Paulo Bento.
Evolução na continuidade.
Orgulhosamente sós a bater palmas ao mau futebol. Para Alvalade, rapidamente e em força.
Agora é a minha vez de fazer uma pergunta:

Porque é que há endereços que levam "www" e outros não?


O www é um subdomínio do domínio principal que se convencionou ser utilizado para páginas de internet... quando registas um domínio, o domínio registado em si é só a parte após o ponto a seguir ao www (por exemplo, o domínio do fórum é 'forumscp.com').
Depois, a convenção é que o subdomínio 'www' aponte para uma página web, mas não é obrigatóriamente assim... por exemplo, se aqui o fórum tivesse um servidor de ftp, poderiamos registar uma entrada no servidor de DNS que apontasse para 'ftp.forumscp.com'. Mas se quiseres também podes apontar o 'www.forumscp.com' para um servidor de ftp e não para um servidor web, apesar de isso não ter muita lógica devido à tal convenção.


Ou imagina que se queria dividir o endereço do fórum entre modalidades e futebol... podia-se criar uma entrada de DNS para 'modalidade.forumscp.com' e outra para 'futebol.forumscp.com'. Para lhes aceder utilizavas 'http://modalidade.forumscp.com' ou 'http://futebol.forumscp.com'.

Por exemplo, no caso dos emails é também normal que o servidor de envio seja 'smtp.qualquercoisa' e o de recepção 'pop3.qualquercoisa' ou 'imap.qualquercoisa' dependendo do protocolo.

É basicamente uma questão de descrição... nada impedia que o endereço do Fórum fosse 'http://tiuieomaior.forumscp.com', desder que esta descrição apontasse para um determinado ip que tem um servidor web e que, caso acedas com um browser de internet, vai-te mostrar uma página web.
The future is now... and now... and now... and now... and now... and now... and now...