Campeonato Iberico?... vantagens e desvantagens...

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

as receitas q se fizerem numa liga iberica serao nos jogos com os grandes espanhois.. o resto sera desperdicio de dinheiro.. nem nenhum adepto portugues se deslocará milhares de km pa ver um jogo com por exemplo o maiorca a nao ser q ja se esteja numa fase crucial do campeonato..

por isso digo q se mantenha a liga portuguesa e crie se a taça ibérica para ser disputada entre os 4 melhores de cada liga..

a questão das equipas utilizarem os principais jogadores e nao as reservas como o paulo duarte tao receia é facil:

trata-se de uma competição internacional, com o factor ainda de ser disputado apenas entre 2 paises com uma rivalidade desde a seculos; invariavelmente vao estar sempre presentes 7 das melhores equipas do mundo (Sporting, barça, real, fifica, fcporcos, atletico, valencia, vilarreal, ..), etc.

com estes factores facilmente se arranjam bons patrocinadores q permitam criar um competição com classe e premios de jogo muito generosos q acabariam por ir tornando a competição cada vez de maior prestigio..

as receitas televisivas serão practicamente as mesmas q as da hipotética liga ibérica (prq no final das contas só os jogos entre os grandes é q interessam).. a isto dps ainda se junta as receitas da nossa liga portuguesa..

os patrocinios seriam iguais.. o mercado q uma taça ou uma liga iberica atingiriam seria o mesmo..

com os jogos entre estas equipas os estádios estarão sempre cheios!!!


para acabar com a ideia de uma liga ibérica:

I ) como achas q a maioria do adepto portugues teria capacidade financeira e tempo de se deslocar regularmente a barcelona, valencia, bilbao, lerida, saragoça, málaga, .. completamente irreal!!

nos moldes de taça referidos apenas se deslocariam a espanha 4 vezes e seriam pa grandes noites de futebol..

II ) nao achas q no final da liga os ultimos classificados seriam equipas portuguesas? ou achas q as equipas medias/pequenas tem alguma possibilidade de competir com as medias/pequenas espanholas??

ao final de 2 ligas ibericas as unicas equipas portuguesas presentes na liga seriam os 3 grandes portugueses..

As empresas pagam mais em publicidade... e será que isso chega para ganhares a Liga Ibérica? Sem vencer a Liga Ibérica, o Sporting nunca ganharia projeccao, aliás, iria perdê-la, dado que passaria a ser um clube médio ao pé dos colossos espanhóis que têm uma história e capacidade acumulada que o SCP nao tem.

E depois ia querer ver onde é que essas receitas publicitárias e afins iriam crescer por aí além...
...

uma empresa que queira internacionalizar, ou pelo menos "iberizar" o seu negocio pode ter no patrocinio a clubes de uma liga iberica um bom veiculo de transmissao pagando por isso muito mais do que pela divulgaçao nacional...

e é diferente de uma champions... a champions nao é o dia-a-dia, é apenas um bonus... ainda para mais para equipas como o Sporting que têm pouca visibilidade na europa... para os grandes clubes é importante os patrocinios de publicidade por causa da champions... toda a europa quer saber os resultados e ver os jogos de equipas como o manchester ou o real madrid.. o mesmo ja nao acontece com equipas de 2º plano a nivel europeu...

nao sei se fui muito calro... se tiveres duvidas avisa.. é porque parece-me tao obvio...

Naaa... sou eu que sou burro mesmo e nao alcanco os beneficios.

Pego no ponto em que dizes que toda a europa quer saber dos resultados do man utd e do real madrid. Talvez, dou de barato que sim, continuo e sem perceber em que e o Sporting se compara a qualquer um deles. E muito menos percebo em que e que essa liga miraculosa is mudar isso. Queres a prova que nao ia? A Champions. O Sporting participa regularmente, diz-se aqui no forum a boca cheia que vem conseguindo os melhores resultados de sempre, e no entanto, qual e a projeccao internacional do Sporting ? Pois...

Os patrocinios nas camisolas iam aumentar ? Talvez. Mas isso vem com os resultados.

O que tu continuas a nao conseguir demonstrar e porque e que os Espanhois iam estar interessados nisso.

No meu mundo imaginário o Sporting contracta o ... blah, nao contracta ninguem porque de certeza um dos juniores da academia e melhor.
as receitas q se fizerem numa liga iberica serao nos jogos com os grandes espanhois.. o resto sera desperdicio de dinheiro.. nem nenhum adepto portugues se deslocará milhares de km pa ver um jogo com por exemplo o maiorca a nao ser q ja se esteja numa fase crucial do campeonato..

por isso digo q se mantenha a liga portuguesa e crie se a taça ibérica para ser disputada entre os 4 melhores de cada liga..

a questão das equipas utilizarem os principais jogadores e nao as reservas como o paulo duarte tao receia é facil:

trata-se de uma competição internacional, com o factor ainda de ser disputado apenas entre 2 paises com uma rivalidade desde a seculos; invariavelmente vao estar sempre presentes 7 das melhores equipas do mundo (Sporting, barça, real, fifica, fcporcos, atletico, valencia, vilarreal, ..), etc.

com estes factores facilmente se arranjam bons patrocinadores q permitam criar um competição com classe e premios de jogo muito generosos q acabariam por ir tornando a competição cada vez de maior prestigio..

as receitas televisivas serão practicamente as mesmas q as da hipotética liga ibérica (prq no final das contas só os jogos entre os grandes é q interessam).. a isto dps ainda se junta as receitas da nossa liga portuguesa..

os patrocinios seriam iguais.. o mercado q uma taça ou uma liga iberica atingiriam seria o mesmo..

com os jogos entre estas equipas os estádios estarão sempre cheios!!!


para acabar com a ideia de uma liga ibérica:

I ) como achas q a maioria do adepto portugues teria capacidade financeira e tempo de se deslocar regularmente a barcelona, valencia, bilbao, lerida, saragoça, málaga, .. completamente irreal!!

nos moldes de taça referidos apenas se deslocariam a espanha 4 vezes e seriam pa grandes noites de futebol..

II ) nao achas q no final da liga os ultimos classificados seriam equipas portuguesas? ou achas q as equipas medias/pequenas tem alguma possibilidade de competir com as medias/pequenas espanholas??

ao final de 2 ligas ibericas as unicas equipas portuguesas presentes na liga seriam os 3 grandes portugueses..



nós nao temos que encher os estadios dos outros clubes.. nós temos é que encher o nosso... ou quando é a liga dos campeoes tambem levamos milhares de adeptos atras?... ou em inglaterra quem é que enche os estadios?.. sao os adeptos visitantes?... e mesmo as deslocacoes, se Portugal fosse do tamanho da frança os adeptos nao se deslocavam?...

se a taça iberica nao tivesse interesse para as equipas espanholas e fosse vista como uma competicao menor nao traria os mesmos beneficios que traria uma liga iberica.. a liga iberica seria o principal objectivo de todas as equipas.. sendo essa a principal competiçao é essa que gera mais receitas...

o que interessa aos clubes portugueses é o mercado espanhol e este é potenciado ao maximo com uma liga iberica... quero dizer, nao é aos clubes directamente, o Sporting nao vai procurar adeptos em espanha, é as empresas que poderiam patrocinar os clubes...

por exemplo...imaginem que a tmn quer expandir o seu negocio na espanha... é obvio que o patrocinio é muito maior se o Sporting participar numa liga iberica do que numa taca iberica se nao houver grande interesse para esta taça em espanha... interessa á empresa que o Sporting tenha a maior visibilidade possivel e essa visibilidade é dada pela liga...


quanto ao fim de duas ligas ja só haver 3 clubes na liga principal.. é possivel.. mas acontece se houver má gestao.. clubes como o braga ou o guimaraes têm maior potencial que o getafe ou o huelva por exemplo..
mas a liga iberica nao é para beneficiar os clubes mais pequenos mas sim para potenciar ao maximo as capacidades de cada clube...
o certo é que em portugal só existem 3 clubes que geram receitas significativas e que têm adeptos ao nivel dos grandes clubes europeus... no entanto a principal competicao em que estao inseridos é composta por clubes muito menos significativos e sem espaço para onde crescerem.. alias o crescimento de algum desses clubes implicaria o decrescimento de um dos grandes (como aconteceu com o porto á custa do Sporting...)...

As empresas pagam mais em publicidade... e será que isso chega para ganhares a Liga Ibérica? Sem vencer a Liga Ibérica, o Sporting nunca ganharia projeccao, aliás, iria perdê-la, dado que passaria a ser um clube médio ao pé dos colossos espanhóis que têm uma história e capacidade acumulada que o SCP nao tem.

E depois ia querer ver onde é que essas receitas publicitárias e afins iriam crescer por aí além...

obviamente que pagariam mais pelo que ja expliquei em cima... por outro lado os grandes portgueses têm grande tradicao e implantacao em Portugal, por isso, mesmo nao lutem pelo titulo terao sempre mercado...
...

uma empresa que queira internacionalizar, ou pelo menos "iberizar" o seu negocio pode ter no patrocinio a clubes de uma liga iberica um bom veiculo de transmissao pagando por isso muito mais do que pela divulgaçao nacional...

e é diferente de uma champions... a champions nao é o dia-a-dia, é apenas um bonus... ainda para mais para equipas como o Sporting que têm pouca visibilidade na europa... para os grandes clubes é importante os patrocinios de publicidade por causa da champions... toda a europa quer saber os resultados e ver os jogos de equipas como o manchester ou o real madrid.. o mesmo ja nao acontece com equipas de 2º plano a nivel europeu...

nao sei se fui muito calro... se tiveres duvidas avisa.. é porque parece-me tao obvio...

Naaa... sou eu que sou burro mesmo e nao alcanco os beneficios.

Pego no ponto em que dizes que toda a europa quer saber dos resultados do man utd e do real madrid. Talvez, dou de barato que sim, continuo e sem perceber em que e o Sporting se compara a qualquer um deles. E muito menos percebo em que e que essa liga miraculosa is mudar isso. Queres a prova que nao ia? A Champions. O Sporting participa regularmente, diz-se aqui no forum a boca cheia que vem conseguindo os melhores resultados de sempre, e no entanto, qual e a projeccao internacional do Sporting ? Pois...

Os patrocinios nas camisolas iam aumentar ? Talvez. Mas isso vem com os resultados.

O que tu continuas a nao conseguir demonstrar e porque e que os Espanhois iam estar interessados nisso.



nao vem obrigatoriamente com os resultados mas sim com o publico alvo... as empresas que pagam a publicidade ao Sporting estando o Sporting na liga nacional têm como publico alvo 10 milhoes de pessoas numa liga iberica 50 e tal milhoes tirando a maior projeccao de uma liga iberica a nivel mundial...


eu nao tenho que demonstrar o porquê dos espanhois estarem interessados (apresentei alguns argumentos em posts anteriores)... nao compreendo é porque é que voces nao estao interessados...

vivó Sporting!!!
para acabar com a ideia de uma liga ibérica:

I ) como achas q a maioria do adepto portugues teria capacidade financeira e tempo de se deslocar regularmente a barcelona, valencia, bilbao, lerida, saragoça, málaga, .. completamente irreal!!

nos moldes de taça referidos apenas se deslocariam a espanha 4 vezes e seriam pa grandes noites de futebol..

II ) nao achas q no final da liga os ultimos classificados seriam equipas portuguesas? ou achas q as equipas medias/pequenas tem alguma possibilidade de competir com as medias/pequenas espanholas??

ao final de 2 ligas ibericas as unicas equipas portuguesas presentes na liga seriam os 3 grandes portugueses..

I) POr essa ordem de ideias, o campeonato francês é completamente irreal, já que é sensivelmente do tamanho  da península ibérica.

II) Não. Creio que haveria uma meia dúzia de clubes que se conseguiriam manter na 1ª liga. E os que não se mantivessem, é porque não teriam qualidade para se manter. O campeonato português vive acima das suas possibilidades. Uma Liga Ibérica que pusesse a má gestão à vista e que provasse que há clubes que não têm massa crítica para sobreviver, na minha opinião era o melhor que podia acontecer. Se um clube tem uma média de 1400 pessoas a ver os seus jogos (como foi o caso do E. Amadora esta época), e se a consequência disso é que a sua fraca qualidade o faça descer de divisão...então qual é o problema de descer?
Para mim o argumento "nós não temos qualidade e por isso não nos devemos misturar com quem tem qualidade" não faz parte da forma como penso. Acertar o nível pela mediocridade não é uma opção.

De resto, se as equipas tiverem as mesmas oportunidades (leia-se, receitas na mesma ordem de grandeza, carga fiscal igual), porque raio é que só sobram 3? Somos piores que os espanhóis? Proporcionalmente (em relação à população), numa liga entre 20 e 24 clubes, teríamos entre 4 e 5 equipas.
« Última modificação: Junho 06, 2008, 16:05 pm por wild_oscar »
Existem ainda vários modelos de Liga que não estão a ser explorados.

Na minha opinião, o futuro próximo passa pela criação de uma Taça Ibérica que corra em paralelo com os campeonatos nacionais.

Em relação às ligas ibéricas, há mais do que um modelo possível:

1) 24 equipas a duas voltas. Modelo tradicional de jogos nas ligas europeias

2) Divisões regionais e playoff final. O modelo dos principais desportos americanos. Por exemplo, a zona atlântica e a zona mediterrânica, 16 equipas em cada uma a 2 voltas. As 8 primeiras passam aos playoffs. Resolve a questão "poucos portugueses ao fim de uns anos" e "deslocações caras".



O que tu continuas a nao conseguir demonstrar e porque e que os Espanhois iam estar interessados nisso


Nem ninguém o conseguirá demonstrar neste debate virtual. Para responder a isso é necessário estudar a fundo o modelo actual do campeonato espanhol, descobrir as suas fraquezas e decidir se uma liga ibérica poderia colmatar essas fraquezas. Aqui poderemos apenas especular e opinar. E a opinião mais simples que se pode fazer, já foi feita: mercado potencial maior --> maior capacidade de atrair investimento --> aumento da capacidade para ombrear com os outros principais campeonatos.

Este ano as meias-finais da Liga dos Campeões tiveram 3 ingleses e a final teve 2 ingleses. O ano passado a história foi a mesma (com 1 inglês na final). Dá-lhe mais uns anos a acontecer isso, e logo vês a importância de alargar o mercado aumentar...
« Última modificação: Junho 06, 2008, 16:18 pm por wild_oscar »
obviamente que pagariam mais pelo que ja expliquei em cima... por outro lado os grandes portgueses têm grande tradicao e implantacao em Portugal, por isso, mesmo nao lutem pelo titulo terao sempre mercado...

Pronto, agora disseste tudo... essa possibilidade é péssima para o Sporting, que é um Clube que tem de ter SEMPRE condicoes para lutar pelo título. Tudo o que nao contemplar esta hipótese nao serve para o SCP.
Os maiores benefícios de uma Liga destas seriam as transmissões televisivas. Quem insiste no argumento dos maiorcas e zaragozas ignora propositadamente os reais, barças, valências...

Um Desportivo das Aves é uma equipa pequenina que não gera dinheiro nenhum. Contudo, há 3 jogos por ano em que a transmissão televisiva é seguida por quase todos os adeptos de futebol em Portugal: quando recebe os 3 grandes. Da mesma forma um jogo Braga-Real iria ser seguido por muitos milhões de adeptos. Iria ter transmissão televisiva em directo. Iria ter o estádio cheio de publicidade (espanhola). E isso iria render muito dinheiro.

Seria uma prova de enorme sucesso. Porque não experimentar?

Quando se fala em alternativas ao campeonato nacional, é importante saber as razões que estão na origem destas alternativas. Que são, como de resto tantas coisas na vida, questões  fundamentalmente económicas e relacionadas com a qualidade dos espectáculos.

Centrando-me no primeiro ponto, veio hoje n' A Bola a lista dos prémios da Liga dos campeões desta época 2007/2008, que passo a transcrever:

Citar
 

O FC Porto foi eliminado nos oitavos-de-final pelo Schalke 04, enquanto o Sporting e Benfica não foram além da fase de grupos.

Lista dos prémios:

1.º Manchester United (Ing), 42,879 milhões de euros.
2.º Chelsea (Ing), 36,375
3.º Roma (Ita), 28,949
4.º Barcelona (Esp), 27,5
5.º Lyon (Fra), 27,290
6.º PSV Eindhoven (Hol), 27,104
7.º Schalke 04 (Ale), 26,872
8.º Liverpool (Ing), 26,815
9.º Inter de Milão (Ita), 26,683
10.º AC Milan (Ita), 26,383
11.º Arsenal (Ing), 23,205
12.º Real Madrid (Esp), 21,092
13.º Marselha (Fra), 20,680
14.º Estugarda (Ale), 19,449
15.º Olympiakos (Gre), 19,092
16.º Fenerbahçe (Tur), 17,342
17.º Sevilha (Esp), 17,327
18.º Lazio (Ita), 16,469
19.º Werder Bremen (Ale), 15,397
20.º Celtic (Esc), 13,018
21.º Valência (Esp), 12,3
22.º FC Porto (Por), 11,581
23.º Rosenborg (Nor), 10,766
24.º Besiktas (Tur), 9,999
25.º Glasgow Rangers (Esc), 9,375
26.º Sporting (Por), 8,109
27.º Steaua Bucareste (Rom), 7,84
28.º Benfica (Por), 7,83
29.º Slávia Praga (Cze), 7,398
30.º CSKA Moscovo (Rus), 7,11
31.º Shakhtar Donetsk (Ukr), 7,08
32.º Dínamo Kiev (Ukr), 5,931
(http://www.abola.pt/nnh/ver.aspx?id=143362).

Repare-se então no Porto, que atingiu os quartos de final e recebeu 11 milhões de euros. E compare-se com o Estugarda, que ficou em último no seu grupo, e o PSV, que ficou em 3º e foi eliminado da competição. Receberam, respectivamente, 19.5 e 27 milhões de euros. Estamos a falar de valores que que são o dobro dos recebidos pelo nosso melhor participante, por prestações francamente inferiores.

É este o problema da Liga Portuguesa a nível económico. Não só não consegue gerar, a nível interno, receitas ao nível dos outros campeonatos, como o Market Pool que lhe cabe nas competições europeias acentua essa incapacidade, cavando um fosso ainda maior entre nós e os outros.
Quando se fala em alternativas ao campeonato nacional, é importante saber as razões que estão na origem destas alternativas. Que são, como de resto tantas coisas na vida, questões  fundamentalmente económicas e relacionadas com a qualidade dos espectáculos.

Centrando-me no primeiro ponto, veio hoje n' A Bola a lista dos prémios da Liga dos campeões desta época 2007/2008, que passo a transcrever:

Citar
 

O FC Porto foi eliminado nos oitavos-de-final pelo Schalke 04, enquanto o Sporting e Benfica não foram além da fase de grupos.

Lista dos prémios:

1.º Manchester United (Ing), 42,879 milhões de euros.
2.º Chelsea (Ing), 36,375
3.º Roma (Ita), 28,949
4.º Barcelona (Esp), 27,5
5.º Lyon (Fra), 27,290
6.º PSV Eindhoven (Hol), 27,104
7.º Schalke 04 (Ale), 26,872
8.º Liverpool (Ing), 26,815
9.º Inter de Milão (Ita), 26,683
10.º AC Milan (Ita), 26,383
11.º Arsenal (Ing), 23,205
12.º Real Madrid (Esp), 21,092
13.º Marselha (Fra), 20,680
14.º Estugarda (Ale), 19,449
15.º Olympiakos (Gre), 19,092
16.º Fenerbahçe (Tur), 17,342
17.º Sevilha (Esp), 17,327
18.º Lazio (Ita), 16,469
19.º Werder Bremen (Ale), 15,397
20.º Celtic (Esc), 13,018
21.º Valência (Esp), 12,3
22.º FC Porto (Por), 11,581
23.º Rosenborg (Nor), 10,766
24.º Besiktas (Tur), 9,999
25.º Glasgow Rangers (Esc), 9,375
26.º Sporting (Por), 8,109
27.º Steaua Bucareste (Rom), 7,84
28.º Benfica (Por), 7,83
29.º Slávia Praga (Cze), 7,398
30.º CSKA Moscovo (Rus), 7,11
31.º Shakhtar Donetsk (Ukr), 7,08
32.º Dínamo Kiev (Ukr), 5,931
(http://www.abola.pt/nnh/ver.aspx?id=143362).

Repare-se então no Porto, que atingiu os quartos de final e recebeu 11 milhões de euros. E compare-se com o Estugarda, que ficou em último no seu grupo, e o PSV, que ficou em 3º e foi eliminado da competição. Receberam, respectivamente, 19.5 e 27 milhões de euros. Estamos a falar de valores que que são o dobro dos recebidos pelo nosso melhor participante, por prestações francamente inferiores.

É este o problema da Liga Portuguesa a nível económico. Não só não consegue gerar, a nível interno, receitas ao nível dos outros campeonatos, como o Market Pool que lhe cabe nas competições europeias acentua essa incapacidade, cavando um fosso ainda maior entre nós e os outros.

Não consigo perceber essa lista... receberam o quê de quem? (concerteza não será da UEFA, pois não existe nenhum terceiro classificado no seu grupo que receba 27M€).
Receberam o dinheiro da UEFA.

Os prémios de participação na Liga dos Campeões têm em consideração não só o mérito desportivo (x por vitória, y por passagem à fase seguinte), como o market pool. O market pool é um valor que cada clube recebe, independentemente da sua classificação, e que tem em consideração o mercado potencial (para a UEFA) do seu país.

Cada  clube recebe  x/y, onde x é um valor fixo por país e y é o número de clubes daquele país que participaram na competição. Para teres uma ideia, o market pool foi, em 2004/2005 (valores que constam no anuário da Delloite):

Portugal - 1.89  M€
Holanda - 8.59 M€
Alemanha - 27.5 M€
Isso inclui os dinheiros vindos das transmissões televisivas e receitas várias da UEFA. Daí os portugueses receberem pouco dinheiro para além dos prémios provenientes da prestação desportiva a que têm direito. Obviamente que clubes portugueses não fazem a Uefa lucrar como o fazem os clubes ingleses por exemplo. Daí o desnível. Ainda assim, se juntarmos a esses prémios o dinheiro das bilheteiras dos jogos da Champions, veremos que a Liga dos Campeões é crucial para qualquer clube.
Bem, fui desenterrar este tópico por causa de uma notícia recente (Setembro de 2010) com a qual me deparei por acaso. Continua a ser um projecto quase impossível ou até descabido, mas não foi uma pessoa qualquer que o trouxe à baila:

Citar

Laporta propõe liga ibérica
Com equipas de Portugal, Espanha e Catalunha

O candidato da Solidariedade Catalã pela Independência (SCI) à presidência do Governo da Catalunha, Joan Laporta, sugeriu criar uma "liga ibérica", na qual participariam equipas de "Portugal, Espanha e Catalunha", assim se constitua um Estado catalão independente.

"Poderia perfeitamente disputar-se a liga catalã, a liga espanhola ou a liga ibérica, com Portugal, Espanha e Catalunha. Oxalá essa questão possa ser colocada num futuro próximo", disse o antigo presidente do Barcelona.

Laporta negou que a independência da Catalunha obrigasse o Barcelona numa hipotética liga catalã pouco competitiva e recordou, a propósito do exemplo do Mónaco, que "disputa a liga francesa".

www.record.xl.pt, de 17 de Setembro
«What's with these new bands? Everyone knows Rock attained perfection in 1974, it's a scientific fact!»

Sem ajudas de regimes nem cafés com leite... SPORTING, A MAIOR POTÊNCIA DESPORTIVA NACIONAL
Sou todo a favor de uma Taça Ibérica a substituir a Taça da Liga, mas um Campeonato Ibérico era completamente descabido e uma ideia atroz...
Radicalmente contra!

Sou Português, não ibérico.

 :arrow: :arrow:

Total de utilizadores ignorados: 44
Radicalmente contra!

Sou Português, não ibérico.

Simples  :arrow: :clap:
E depois? desde quando é que isto é uma questão de patriotismo?

Eu adorava! Sporting, Porto, Benfica, Barcelona, Real Madrid, Valência, Villareal, Atlético etc... passariamos a jogar na melhor liga mundial, isso implicava um acréscimo significativo de receitas, nomeadamente de transmissões televisivas, mais popularidade, melhores arbitragens etc...

Sou 200% a favor

Além do mais desde quando é que a liga portuguesa é portugusa? onde mais de 60% dos jogadores são brasileiros. onde a nossa selecção faz naturalizações... right... patriotismo :great:
Melhor liga mundial para quem? Clubes espanhois só se for.

E quem é que diz que nós concordamos com termos esse numero exorbitantes de brasileiros no campeonato português.
Misturar coisas que em nada tem a ver uma com a outra.