Lutas Amadoras

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Como antigo atleta da secção de luta (anos 80), é com alguma tristeza que vejo que nos últimos anos a modalidade tem sido deixada ao abandono. É a 5ª modalidade do SCP em termos de número de títulos ganhos. Nos anos 80 era um clube imbatível nos vários escalões. Se houver alguém por aqui com notícias da luta no SCP...
Ainda este ano, o Esparguete Assassino* ganhou um campeonato de júniores (se não me engano) pelo Sporting...
* Só me lembro da alcunha, mas acho que se chamava Pedro...  ::)
Sporting Clube de Portugal.
"Lutas Amadoras", modalidade também conhecida por "Lutas Olímpicas", trata-se de um dos desportos mais antigos, tradicionais e completos do mundo, fazendo parte do programa dos Jogos Olímpicos desde os primeiros Jogos da Grécia Antiga. É praticada em dois estilos: a Luta Livre Olímpica e a Luta Greco-Romana.

Nos anos de 1977/78, tinha eu 6/7 anos e o meu irmão Nuno (grande Sportinguista, entretanto falecido em 2005) 7/8 andávamos sempre a brigar um com o outro lá em casa, e eramos hiperactivos, então como o meu pai tinha um colega de trabalho que treinava lutas amadoras no Sporting, que na altura não tinha camadas jovens, este levou-nos para nos irmos entretendo os dois lá nos tapetes de luta, enquanto decorriam os treinos dos séniores (na altura eram treinadores os irmãos Grilo, os mestres Luís - que foi 3 vezes aos Jogos Olímpicos - e João). Deste tempo recordo-me dos atletas, já então séniores, Alberto Covas e do Ardisson, penso que o mais novo.

Não tenho a certeza, mas penso que no ano seguinte, 1979, é criada a equipa de infantis no Sporting, a qual integramos logo de início, sendo treinados pelo mestre Armando Fernandes (entretanto falecido). Posteriormente veio-nos treinar um outro mestre que era emigrante em Clermont-Ferrand, França, que apenas me recordo chamar-se Paulo, mas que nos treinou apenas uns meses, visto que o que ganhava lhe chegava apenas para a alimentação, segundo ele nos dizia, estando alojado no centro de estágio do Sporting. Com ele aprendemos algumas técnicas desconhecidas cá em Portugal, na altura, e que deixava os outros atletas surpreendidos, não dando assim hipóteses defesa. Nesta altura eramos sempre acompanhados do meu avô Joaquim que, num cantinho, assistia atentamente aos nossos treinos.

A primeira competição em que participei foi em Runa, considerada a "capital portuguesa da luta", onde o público enchia sempre os recintos, mas que, incompreensivelmente, não tem qualquer clube actualmente.

Nas competições eramos acompanhados sempre pelo roupeiro Sr. Gaspar, que nos levava os equipamentos.

Recordo-me perfeitamente que não havia nenhum clube que nos fizesse frente. Colectivamente eramos os "maiores". Assim de momento recordo-me dos companheiros de luta, além do meu irmão, Paulo Vieira, Paulo e Rui Ambrósio. Não havia um fim de semana em que não traziamos um troféu para a secção de luta (curiosamente, tive oportunidade de ver alguns desses troféus há pouco tempo no museu do Sporting), que ficava no interior da Porta 10-A. Pessoalmente, tinha um adversário que nunca consegui "bater", o Xana do Arroios, por isso normalmente subia de categoria de peso. Com o Paulo Ambrósio ele não tinha hipóteses...

Nos dias de jogo de futebol em Alvalade, quando chegávamos dos torneios, entravamos todos "inchados" pela Porta 10-A (eramos putos), equipados a rigor! A nossa sala de treino ficava por baixo da bancada central do antigo Estádio de Alvalade, entre a sala de taekondo e boxe. Recordo-me que normalmente íamos um pouco mais cedo para ficarmos a espreitar os treinos de boxe dados pelo mestre Ricardo Ferraz (grande Leão), ele a dar grandes "chapadas" com as luvas de treinos aos seus pupilos, e nós a rirmo-nos cá à porta.

Os nossos balneários eram também no interior da Porta 10-A, quando se entrava do lado direito. Era um espectáculo, porque não era raro o dia em que nos cruzassemos com os nossos ídolos, fossem jogadores do futebol, Jordão, Manuel Fernandes, etc., fosse com o Carlos Lopes ou Fernando Mamede.

Por vezes íamos também correr para a pista de tartan, e jogar futebol por trás do peão, num ringue que havia lá.

Eramos uns putos todos babados, porque eramos dos poucos que tinhamos equipamentos e botas de luta a rigor. Os equipamentos de luta (maillots) são vermelhos ou azuis e nós no Sporting tinhamos verdes e laranjas.

No que respeita a títulos, colectivamente ficavamos quase sempre em primeiro, individualmente fui uma vez campeão nacional, e o meu irmão 2 ou 3. Lembro-me de ganhar também algumas vezes a taça de Portugal. Ou não fosse eu o capitão da equipa (eu e o meu irmão eramos os mais antigos).

Fui também 2 vezes ao Torneio Internacional do Algarve (em Monte Gordo). Íamos numa carrinha ford transit ou bedford toda podre, mas pintada a rigor com as cores e emblema do Sporting, e nunca nos deixou a pé e ficávamos no Hotel Vasco da Gama (lembro-me perfeitamente).

Para que se saiba, a secção de Lutas Amadoras do Sporting é a 5ª do clube com mais troféus. No entanto, incompreensivelmente, neste momento não existe esta modalidade no clube!

Depois, saí da luta e fui para o rugby para o CDUL, onde permaneci por pouco tempo.

Mais tarde, em 2001, regressei à luta, tendo actualmente o curso de treinador nível II e de árbitro de luta.

Nessa altura fui convidado pelo Mestre Fernando Carreira para ir treinar no Conde 2, tendo estado cerca de 3 anos a apoiá-lo como treinador adjunto, onde obtivemos muitos bons resultados, entre vários títulos individuais e colectivos, tendo mesmo a nossa equipa técnica alcançado o prémio atribuído anualmente pela Federação de "Treinador Dedicação do Ano", em 2003. Foi dos melhores períodos que passei na luta pela forma de estar e método de trabalho do Mestre Carreira, orgulhando-me muito por ter participado na formação desportiva de vários jovens, destacando em especial a melhor lutadora feminina portuguesa (na minha opinião, é claro...) - a Liliana Santos.

Neste período fui também presidente do Conselho Jurisdicional da ALADS-Associação de Lutas Amadoras do Distrito de Setúbal, destacando a minha participação na elaboração dos estatutos e na sua constituição, em virtude da extinção da antiga ALAS-Associação de Lutas Amadoras de Setúbal.

Com a extinção da Luta no Conde 2, voltei a afastar-me da modalidade... o que aconteceu também por motivos profissionais.

Saudações Leoninas

Texto actual publicado no www.mundolutaolimpica.blogspot.com em 22/9/2010
Um boa notícia, publicada dia 18 de Junho, caso haja confirmação:

Citar
Regresso do Leão
Orlando Gonçalves, que já foi atleta Olímpico, Selecionador Nacional, Diretor Técnico Nacional, entre outros, apresentou ao Concelho Diretivo do Sporting Clube de Portugal um
Projecto/Proposta da abertura de uma Academia de Lutas.

Garante o Orlando Gonçalves que "a iniciativa foi pessoal no sentido de tentar relançar a modalidade neste clube" e frisa que "Todavia, não bastará um resposta positiva, pois para se alcançar a formação desta nova Academia de Luta do Sporting CP vai ser determinante um exaustivo trabalho no terreno".

Assim estão dados os primeiros passos para que mais um clube de renome nacional e internacional e com um vasto Palmáres nesta nobre modalidade, possa voltar às suas origens, depois do seu grande rival o Sport Lisboa e Benfica.

Os pontos a favor da modalidade vir a ser aceite novamente no clube é que o Presidente Bruno Carvalho já foi praticante como fizemos referência nesta notícia: Presidente do SCP já foi atleta de Luta Olímpica, a sua história e o seu Palmarés.

Relembramos que o Sporting CP dominou as Lutas Olímpicas durante 30 anos, com os vários Campeonatos Nacionais e Taças de Portugal conquistados e com uma história ímpar nesta nobre modalidade.

A história do Sporting Clube de Portugal:
A secção de Lutas Olímpicas foi fundada em Março de 1966 por Manuel Pedro dos Santos, auxiliado por Manuel Coimbra Costa, Manuel Luís Ribeiro, Alberto Ferreira e Rui Castro. O Clube rapidamente assumiu uma posição de destaque na modalidade, primeiro através das vitórias dos seus lutadores e mais tarde assumindo a hegemonia nos campeonatos colectivos, com destaque para os nove títulos consecutivos conquistados entre 1974 e 1982.

Os lutadores Luís Grilo, Leonel Duarte, Joaquim Vieira e David Maia foram atletas olímpicos, com o primeiro a conseguir um 9º lugar nos Jogos de Munique em 1972.

O Olímpico Hugo Passos, agora na Casa Pia AC, em 1999 representou os leões ao peito onde conquistou uma Medalha de Prata nos Campeonatos da Europa.

Muitos outros lutadores conhecidos defendiam as cores do clube, como o nosso Presidente da Federação Pedro Silva, o próprio Presidente do Sporting Bruno de Carvalho, o Presidente do Concelho Jurisdicional ALADS Pedro Hipólito, o atual Treinador do CM União Rui Soares, o ex-Treinador Alberto Covas que chegou mesmo a orientar a equipa, entre muitos outros conhecidos e desconhecidos.

Durante a sua atividade o SCP formou bastantes Campeões Nacionais tanto em Greco Romana como na Livre Olímpica, os últimos Campeões foram Daniel Salvado nos 54Kg e Ricardo Salvado nos 69Kg ambos na categoria dos Juniores e Pedro Bandeira nos 96Kg nos Seniores em 2002.

Encerraram a sua secção no ano de 2003, tendo agora vias de, passado 9 anos, reabrir a mesma.

Palmarés
15 Campeonatos Nacionais
1973/74, 1974/75, 1975/76, 1976/77, 1977/78, 1978/79, 1979/80, 1980/81, 1981/82, 1985/86, 1986/87, 1993/94, 1994/95, 1995/96 e 1998/99
9 Taças de Portugal
1978/79, 1980/81, 1981/82, 1982/83, 1983/84, 1986/87, 1991/92, 1993/94 e 1995/96
1 Campeonato Ibérico
1980/81

in http://mundolutaolimpica.blogspot.pt/2013/06/regresso-do-leao.html?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed:+MundoDaLutaOlmpica+(Mundo+da+Luta+Ol%C3%ADmpica)
João Rocha versus 'Sistema': "A parte final do campeonato 79/80 leva-o a entrar em polémicas com o FC Porto. O Sporting desloca-se a Guimarães, na penúltima jornada e, graças a um auto-golo de Manaca, sagra-se campeão. Pinto da Costa lança suspeitas sobre o ex-defesa do clube leonino, que responde: "Não fui subornado pelo Sporting mas estava aliciado pelo FC Porto. Com a derrota do Vitória fiquei a perder 100 contos".
E a maior palhaçada é as "Lutas Olímpicas" foram excluídas dos JO  :cartao:
E a maior palhaçada é as "Lutas Olímpicas" foram excluídas dos JO  :cartao:
ainda não é certo... vão competir por uma vaga juntamente com mais 2 modalidades.
João Rocha versus 'Sistema': "A parte final do campeonato 79/80 leva-o a entrar em polémicas com o FC Porto. O Sporting desloca-se a Guimarães, na penúltima jornada e, graças a um auto-golo de Manaca, sagra-se campeão. Pinto da Costa lança suspeitas sobre o ex-defesa do clube leonino, que responde: "Não fui subornado pelo Sporting mas estava aliciado pelo FC Porto. Com a derrota do Vitória fiquei a perder 100 contos".
E a maior palhaçada é as "Lutas Olímpicas" foram excluídas dos JO  :cartao:
ainda não é certo... vão competir por uma vaga juntamente com mais 2 modalidades.

Penso que isso seja para 2018 , mas não tenho a certeza.
Alguma novidade relativamente à possibilidade de reativação desta modalidade no nosso Sporting?
Um boa notícia, publicada dia 18 de Junho, caso haja confirmação:

Citar
Regresso do Leão
Orlando Gonçalves, que já foi atleta Olímpico, Selecionador Nacional, Diretor Técnico Nacional, entre outros, apresentou ao Concelho Diretivo do Sporting Clube de Portugal um
Projecto/Proposta da abertura de uma Academia de Lutas.

Garante o Orlando Gonçalves que "a iniciativa foi pessoal no sentido de tentar relançar a modalidade neste clube" e frisa que "Todavia, não bastará um resposta positiva, pois para se alcançar a formação desta nova Academia de Luta do Sporting CP vai ser determinante um exaustivo trabalho no terreno".

Assim estão dados os primeiros passos para que mais um clube de renome nacional e internacional e com um vasto Palmáres nesta nobre modalidade, possa voltar às suas origens, depois do seu grande rival o Sport Lisboa e Benfica.

Os pontos a favor da modalidade vir a ser aceite novamente no clube é que o Presidente Bruno Carvalho já foi praticante como fizemos referência nesta notícia: Presidente do SCP já foi atleta de Luta Olímpica, a sua história e o seu Palmarés.

Relembramos que o Sporting CP dominou as Lutas Olímpicas durante 30 anos, com os vários Campeonatos Nacionais e Taças de Portugal conquistados e com uma história ímpar nesta nobre modalidade.

A história do Sporting Clube de Portugal:
A secção de Lutas Olímpicas foi fundada em Março de 1966 por Manuel Pedro dos Santos, auxiliado por Manuel Coimbra Costa, Manuel Luís Ribeiro, Alberto Ferreira e Rui Castro. O Clube rapidamente assumiu uma posição de destaque na modalidade, primeiro através das vitórias dos seus lutadores e mais tarde assumindo a hegemonia nos campeonatos colectivos, com destaque para os nove títulos consecutivos conquistados entre 1974 e 1982.

Os lutadores Luís Grilo, Leonel Duarte, Joaquim Vieira e David Maia foram atletas olímpicos, com o primeiro a conseguir um 9º lugar nos Jogos de Munique em 1972.

O Olímpico Hugo Passos, agora na Casa Pia AC, em 1999 representou os leões ao peito onde conquistou uma Medalha de Prata nos Campeonatos da Europa.

Muitos outros lutadores conhecidos defendiam as cores do clube, como o nosso Presidente da Federação Pedro Silva, o próprio Presidente do Sporting Bruno de Carvalho, o Presidente do Concelho Jurisdicional ALADS Pedro Hipólito, o atual Treinador do CM União Rui Soares, o ex-Treinador Alberto Covas que chegou mesmo a orientar a equipa, entre muitos outros conhecidos e desconhecidos.

Durante a sua atividade o SCP formou bastantes Campeões Nacionais tanto em Greco Romana como na Livre Olímpica, os últimos Campeões foram Daniel Salvado nos 54Kg e Ricardo Salvado nos 69Kg ambos na categoria dos Juniores e Pedro Bandeira nos 96Kg nos Seniores em 2002.

Encerraram a sua secção no ano de 2003, tendo agora vias de, passado 9 anos, reabrir a mesma.

Palmarés
15 Campeonatos Nacionais
1973/74, 1974/75, 1975/76, 1976/77, 1977/78, 1978/79, 1979/80, 1980/81, 1981/82, 1985/86, 1986/87, 1993/94, 1994/95, 1995/96 e 1998/99
9 Taças de Portugal
1978/79, 1980/81, 1981/82, 1982/83, 1983/84, 1986/87, 1991/92, 1993/94 e 1995/96
1 Campeonato Ibérico
1980/81

in http://mundolutaolimpica.blogspot.pt/2013/06/regresso-do-leao.html?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed:+MundoDaLutaOlmpica+(Mundo+da+Luta+Ol%C3%ADmpica)

Pelo que sei a proposta apresentada pelo Mestre Orlando Gonçalves nem sequer mereceu resposta do ex-cérebro das modalidades... enfim
Um boa notícia, publicada dia 18 de Junho, caso haja confirmação:

Citar
Regresso do Leão
Orlando Gonçalves, que já foi atleta Olímpico, Selecionador Nacional, Diretor Técnico Nacional, entre outros, apresentou ao Concelho Diretivo do Sporting Clube de Portugal um
Projecto/Proposta da abertura de uma Academia de Lutas.

Garante o Orlando Gonçalves que "a iniciativa foi pessoal no sentido de tentar relançar a modalidade neste clube" e frisa que "Todavia, não bastará um resposta positiva, pois para se alcançar a formação desta nova Academia de Luta do Sporting CP vai ser determinante um exaustivo trabalho no terreno".

Assim estão dados os primeiros passos para que mais um clube de renome nacional e internacional e com um vasto Palmáres nesta nobre modalidade, possa voltar às suas origens, depois do seu grande rival o Sport Lisboa e Benfica.

Os pontos a favor da modalidade vir a ser aceite novamente no clube é que o Presidente Bruno Carvalho já foi praticante como fizemos referência nesta notícia: Presidente do SCP já foi atleta de Luta Olímpica, a sua história e o seu Palmarés.

Relembramos que o Sporting CP dominou as Lutas Olímpicas durante 30 anos, com os vários Campeonatos Nacionais e Taças de Portugal conquistados e com uma história ímpar nesta nobre modalidade.

A história do Sporting Clube de Portugal:
A secção de Lutas Olímpicas foi fundada em Março de 1966 por Manuel Pedro dos Santos, auxiliado por Manuel Coimbra Costa, Manuel Luís Ribeiro, Alberto Ferreira e Rui Castro. O Clube rapidamente assumiu uma posição de destaque na modalidade, primeiro através das vitórias dos seus lutadores e mais tarde assumindo a hegemonia nos campeonatos colectivos, com destaque para os nove títulos consecutivos conquistados entre 1974 e 1982.

Os lutadores Luís Grilo, Leonel Duarte, Joaquim Vieira e David Maia foram atletas olímpicos, com o primeiro a conseguir um 9º lugar nos Jogos de Munique em 1972.

O Olímpico Hugo Passos, agora na Casa Pia AC, em 1999 representou os leões ao peito onde conquistou uma Medalha de Prata nos Campeonatos da Europa.

Muitos outros lutadores conhecidos defendiam as cores do clube, como o nosso Presidente da Federação Pedro Silva, o próprio Presidente do Sporting Bruno de Carvalho, o Presidente do Concelho Jurisdicional ALADS Pedro Hipólito, o atual Treinador do CM União Rui Soares, o ex-Treinador Alberto Covas que chegou mesmo a orientar a equipa, entre muitos outros conhecidos e desconhecidos.

Durante a sua atividade o SCP formou bastantes Campeões Nacionais tanto em Greco Romana como na Livre Olímpica, os últimos Campeões foram Daniel Salvado nos 54Kg e Ricardo Salvado nos 69Kg ambos na categoria dos Juniores e Pedro Bandeira nos 96Kg nos Seniores em 2002.

Encerraram a sua secção no ano de 2003, tendo agora vias de, passado 9 anos, reabrir a mesma.

Palmarés
15 Campeonatos Nacionais
1973/74, 1974/75, 1975/76, 1976/77, 1977/78, 1978/79, 1979/80, 1980/81, 1981/82, 1985/86, 1986/87, 1993/94, 1994/95, 1995/96 e 1998/99
9 Taças de Portugal
1978/79, 1980/81, 1981/82, 1982/83, 1983/84, 1986/87, 1991/92, 1993/94 e 1995/96
1 Campeonato Ibérico
1980/81

in http://mundolutaolimpica.blogspot.pt/2013/06/regresso-do-leao.html?utm_source=feedburner&utm_medium=feed&utm_campaign=Feed:+MundoDaLutaOlmpica+(Mundo+da+Luta+Ol%C3%ADmpica)

Pelo que sei a proposta apresentada pelo Mestre Orlando Gonçalves nem sequer mereceu resposta do ex-cérebro das modalidades... enfim

Que o novo coordenador olhe de novo pra proposta..
SER SPORTINGUISTA E SER LEÃO, É TER GARRA E EMOÇÃO!
Não sei se alguém viu ontem o directo do Miguel D'almada, mas fizeram-lhe chegar um movimento de apoio ao Bruno Cesano, atleta do Sporting de Muay Thai. Estão a tentar juntar dinheiro para o conseguir ajudar nas despesas de transporte para a China, para lutar pelo título intercontinental no dia 29 deste mês.
"Queremos que o Sporting seja um grande Clube, tão grande como os maiores da Europa"
Não sei se alguém viu ontem o directo do Miguel D'almada, mas fizeram-lhe chegar um movimento de apoio ao Bruno Cesano, atleta do Sporting de Muay Thai. Estão a tentar juntar dinheiro para o conseguir ajudar nas despesas de transporte para a China, para lutar pelo título intercontinental no dia 29 deste mês.

Quem puder ajudar..
SER SPORTINGUISTA E SER LEÃO, É TER GARRA E EMOÇÃO!
Gostava que a luta greco-romana regressasse ao clube... Pena o desinteresse vigente. :(
Não sei se alguém viu ontem o directo do Miguel D'almada, mas fizeram-lhe chegar um movimento de apoio ao Bruno Cesano, atleta do Sporting de Muay Thai. Estão a tentar juntar dinheiro para o conseguir ajudar nas despesas de transporte para a China, para lutar pelo título intercontinental no dia 29 deste mês.

Isto é kickboxing e não lutas amadoras; em qualquer dos casos o Bruno Susano já não é atleta do Sporting há um ano.
@Pedrogustavo a partir de Lutas Amadoras 1980/81wiki e nas épocas seguintes começam a aparecer títulos dos manos Hipólito incluindo um Campeonato Nacional de Juvenis por equipas. Se houver alguma coisa em falta diga sff  :great:
Gostava que a luta greco-romana regressasse ao clube... Pena o desinteresse vigente. :(

E que tal voltarem a tentar entrar em contacto com o clube? O vicente moura já saiu. Pode ser que o substituto tenha mais paciencia para estudar o assunto. Ou entrar em contacto diretamente com o presidente  :great:
SER SPORTINGUISTA E SER LEÃO, É TER GARRA E EMOÇÃO!