Futebol Inglês - Parte II

Lizard, barbosa, ajtr1987, Guts, jz, Dark Lord (+ 1 Escondidos) e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Se há coisa que não falta ao Carvalhal é know-how técnico e táctico. Aliás, de todos os treinadores que passaram pelo Sporting desde que estou no forum (ainda era o Paulo Bento), os únicos que tinha realmente know-how para o Sporting foram Carlos Carvalhal, Leonardo Jardim e agora o Jorge Jesus. O Marco Silva e Jesualdo também, mas claramente (na minha opinião) atrás dos 3.

Podem é faltar outras coisas.
“A lot of football success is in the mind. You must believe you are the best and then make sure that you are.” - Bill Shankly
Discordo do que dizes. O Carvalhal não tem falta de conhecimento técnico, bem pelo contrário. Parece ser alguém que perceber MUITO do jogo. O problema do Carvalhal tem mais que ver com motivação e controlo de balneário, um pouco à imagem do Peseiro. São gajos muito bons, mas falta-lhes a capacidade para pegar o balneário pelo pulso. Aliás, o Carvalhal e o Peseiro são treinadores que não deveriam estar à frente de um clube. Deveriam estar por trás de outro gajo, da mesma maneira que o Vítor Pereira estava atrás do Villas-Boas. São gajos espetaculares para trabalhar na sombra de outro gajo que consiga transmitir aos jogadores (e às restantes pessoas que trabalham com o clube) as ideias que lhes passam pela cabeça. Eventualmente, serão treinadores que se adaptarão muito bem em equipas que tenham uma estrutura montada de tal maneira que o treinador consiga sair resguardado e não tenha de dar demasiado a cara.

 Então concordas comigo.  :mrgreen: Quando digo que falta qualidade, é uma análise como um todo. O Carlos Carvalhal teve duas épocas para subir à Premier League, nesta segunda época o investimento subiu e, mesmo assim, consegue fazer pior que na primeira época. O futebol que foi apresentando pecou um bocado pela falta de qualidade. Na Premier League o nível é bastante alto e faltar-lhe-à outras valências para que possa ter sucesso.

Concordo parcialmente. Na Premier League o nível é bastante elevado até certo ponto. Encontras ali no top 8 equipas muito bem servidas de treinadores, mas daí para baixo encontras clubes muito mal servidos de treinadores. O Carvalhal parece-me que caberia bem nessas equipas.
O Wednesday investiu muito mas investiu mal. Fartaram-se de gastar dinheiro em avançados e os alas que contrataram ofereciam muito pouco ao jogo. Só para se ter uma ideia, o onze que apresentaram ontem tinha 10 jogadores da época passada, o único reforço era o Steven Fletcher. E alguns desses 10 jogadores na época transacta nem eram titulares.

De qualquer maneira mesmo que subisse não iria ficar por lá. Tanto ele como a direcção há muito que davam a entender novos projectos.

Se tiver propostas do Watford, Swansea ou outra equipa da premier acredito que se mantenha por lá. Seria muito bom para ele e para Portugal. No Championship não me parece. Até porque a família está por cá.

Tenho um grande respeito por ele.
Marco Silva vai assinar pelo Watford
Se há coisa que não falta ao Carvalhal é know-how técnico e táctico. Aliás, de todos os treinadores que passaram pelo Sporting desde que estou no forum (ainda era o Paulo Bento), os únicos que tinha realmente know-how para o Sporting foram Carlos Carvalhal, Leonardo Jardim e agora o Jorge Jesus. O Marco Silva e Jesualdo também, mas claramente (na minha opinião) atrás dos 3.

Podem é faltar outras coisas.

 :arrow: :arrow:

Pena não ter conseguido a subida com o Sheffield...

Espero vê-lo num bom projecto na próxima época.



José Mourinho atingiu, esta quarta-feira, uma marca história, mas negativa, no Manchester United: o menor número de vitórias numa temporada dos red devils.

O português tem apenas 17 vitórias e só pode chegar às 18, caso vença o último jogo da temporada, contra o Crystal Palace.

David Moyes e Louis Van Gaal, predecessores do português nunca fizeram abaixo das 19 vitórias por temporada.

É só recordes... :shifty: ::)
“A lot of football success is in the mind. You must believe you are the best and then make sure that you are.” - Bill Shankly
O Wednesday investiu mal? Claro que a equipa de ontem era igual à do ano passado, essa equipa era suficientemente boa para subir, para quê mudar? No ataque era onde eles eram mais frágeis, ano passado fizeram boa parte do ano com o Lucas João a titular e este ano ele passou a dispensável (emprestado ao Blackburn) e ficou sem lugar no plantel.

O problema do Carvalhal não é técnico é sim a gestão do balneário. Até a forma como ele está sempre quase lá mas falha sempre no momento decisivo me lembra o Peseiro. Carvalhal é um Peseiro mais novo e, eventualmente, com maiores conhecimentos do jogo. Nunca na vida funcionaria na Premier League, o plantel comia o homem vivo, apesar de tudo ele é um sem nome no mundo do futebol

Também é preciso ver, como referi ontem, que ele no Sheffield teve todas as condições para ter sucesso e um grande apoio dos dirigentes e dono apoio esse que muitas boas equipas não têm. Espero que tenha sorte e pode ser que um Middlesbrough pegue nele ou talvez o Hull tenha ficado tão impressionado com o Marco Silva que aposte, novamente, noutro tuga. No Wednesday é que não acredito que fique
A minha cartilha é o Sporting
Há bué partilhei neste fórum um feedback que tinha tido sobre Carvalhal, por parte dum jogador estrangeiro, por ele treinado no Belenenses. Deve ter sido quando Carvalhal passou pelo Sporting.
Segundo essa informação, Carvalhal dirigia pessoalmente (mesmo tendo adjuntos para isso) a preparação física. E esta deixava imenso a desejar... Durante uns picos, a equipa estava no auge, mas fora deles (e no conjunto da época) era o descalabro.
«Opiniões divergentes não significam ataques pessoais»
Delicioso o gesto técnico do Delle Ali no segundo do golo do Tottenham. Trinta e seis jogos na Premier League esta época, falhou apenas um. Excelente regularidade.

Harry Kane com 23 golos. Por agora, empatado com o Alexis. Estão ambos a um golo do Lukaku.
“We have to be compact, close together tactically, and if you are close then you have options to play with. You don't always have to try the most risky ball if you are compact. You have to run, to fight, until the moment, and then ... bang, you take it.”

Jurgen Klopp
«Opiniões divergentes não significam ataques pessoais»
E pensar que este Leicester deu uma de Boavista circa 2001 transvestido e foi campeão...   :shifty:
 Harry Kane 26 golos. Um póquer no jogo contra o Leicester.  :clap:

 A equipa a cumprir o único grande objectivo, ajudar o Harry Kane a ser o melhor marcador.

 E lembrar que um dia o apelidaram de jogador do Championship.  :lol: Que vergonha. 
“We have to be compact, close together tactically, and if you are close then you have options to play with. You don't always have to try the most risky ball if you are compact. You have to run, to fight, until the moment, and then ... bang, you take it.”

Jurgen Klopp
Único golo da equipa da casa proveniente dum erro de Loris, diz bem o que se passou.
«Opiniões divergentes não significam ataques pessoais»
E lembrar que um dia o apelidaram de jogador do Championship. :lol: Que vergonha.

Arre oh @Chown, vais usar essa sempre que ele fizer um bom jogo? :lol:

Anyway, 1 - 6.. geez Leicester, have some fucking self respect.
 @Kaiser, nunca é demais recordar esta análise tão tosca ao Harry Kane.  :mrgreen:

 Esqueci-me de vos perguntar. Que tal é estar em 5º? Sabe bem?  :twisted:

 Abraço, vemo-nos às quintas, lá para Fevereiro de 2018.
“We have to be compact, close together tactically, and if you are close then you have options to play with. You don't always have to try the most risky ball if you are compact. You have to run, to fight, until the moment, and then ... bang, you take it.”

Jurgen Klopp
http://www.coachdanwright.com/blog/2017/5/17/video-analysis-agero-vs-wba

Sei que ele não marcou, mas só para dizer que foi a melhor exibição dele em anos (e a primeira vez que o City usou aquele que pode ser, de longe, o seu melhor trio de ataque, já agora). São estes jogos que espero que façam luz naquela cabeça, porque em termos técnicos e até cognitivos (de novo, se ele quiser), nenhum avançado do mundo ensina nada ao Aguero. É só ele interiorizar (ele deve saber, mas por vezes ignora) que o avançado é jogador como os outros, não está lá só para marcar golos. 2017, diz ali no calendário. Não 1982.
"If God had meant football to be played in the air, he would have put grass in the sky" - Brian Clough

“Quando treinava o Saragoça, um jogador veio ter comigo no início da época e disse-me, todo contente: ‘Mister, estou melhor do que nunca fisicamente.’ Olhei para ele e respondi-lhe: ‘Isso é a pior notícia que me podias dar. Agora vais estar em mais sítios errados mais vezes, c*****.’” - Juan Manuel Lillo
@Chown agora dá para sentir na pele o que os spuds passaram por 22 anos.. e praticamente quase toda a sua história.  :twisted: Continuo a não ter pena nenhuma.

E damn.. ainda nem sabes o grupo que vais apanhar, mas já os metes nos 16 avos da LE? :mrgreen: Não confias mesmo no Wembley.
 @Kaiser, cuidado que ainda se acostumam.  :lol:

 A próxima época é, para mim, uma incógnita. O Tottenham esta época abanou demasiado nos jogos fora de White Hart Lane, na próxima época são todos os jogos fora do seu espaço. Tenho reticências quanto a que mentalidade / capacidade vão demonstrar.
“We have to be compact, close together tactically, and if you are close then you have options to play with. You don't always have to try the most risky ball if you are compact. You have to run, to fight, until the moment, and then ... bang, you take it.”

Jurgen Klopp
Vitória natural da melhor equipa inglesa desta época. E da época passada.

O Kane marca por ele. Tirando o 1°, é Kane contra o mundo.  :lol:
“A lot of football success is in the mind. You must believe you are the best and then make sure that you are.” - Bill Shankly