[UEFA Euro 2012] Final: Espanha vs Itália

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Um verdadeiro exemplo:
[youtube=650,535]http://www.youtube.com/watch?v=_KW4e-CGkE8&feature=player_embedded[/youtube]



Um Senhor este Iker Casillas
:clap: :clap: :clap:

Simplesmente fantástico sim senhor, obrigado Casillas.  :clap: :clap: :clap: :clap: :clap:

É por isso que adoro os Espanhois.  :clap: :clap: :clap:
23-03-2013 A noite mais feliz da minha vida como Sportinguista.
A partir de agora mandamos nós e o Sporting terá o seu caminho novamente, quero vos agradecer a todos e dizer claramente para que toda a gente oiça:
Viva o Sporting Clube de Portugal! É nosso outra vez!
Palavras do Presidente do Sporting Clube de Portugal, Bruno de Carvalho. Bem haja Presidente!
E o iniesta vai doar o prémio de campeao europeu , 300 mil euros , às vítimas dos incêndios em Velência . Cada vez mais gosto deste jogador  :clap: :clap: :clap:

Ele desmentiu essa noticia...
É espanhol e basta...
O que é que isso quer dizer? Ele é obrigado a doar o prémio? É pior pessoa por não o dar só porque alguém se havia lembrado de inventar que ele o ia dar?

Sinceramente acho que às vezes se embirra só por embirrar.
Por fim, tenho ideia também de já ter ouvido o PB a lançar críticas, exactamente sobre os "camiões" de sul-americanos e sobre a escassez de aposta no jogador português.

Lá está. Um seleccionador não critica, nem manda bocas. Isso somos nós aqui. Ou, num nível profissional, o caracóis.
Um seleccionador age. Como? demovendo, influenciando quem tem poder decisório e não se enredando nas teias dos comissionistas.

Uma coisa é responder aos críticos e isso até concordo contigo, que pode ser evitado. Agora não vejo o porquê da crítica não poder fazer parte da estratégia dum treinador/seleccionador. Tanto em relação a um jogador como qualquer outra situação. Certamente haverão vários métodos, e esse pode apenas ser um complemento de outros.



Um verdadeiro exemplo:
[youtube=650,535]http://www.youtube.com/watch?v=_KW4e-CGkE8&feature=player_embedded[/youtube]


Cheira-me a falsa modéstia e condescendência, mas pronto, não quero que pensem que digo isto por termos perdido com a Espanha. Simplesmente, alguém que tenha essa hombridade, não provoca o Balotelli como ele o fez. Pena as câmaras só terem focado a cara do outro, no seu temperamento habitual…



Rui Trindade

Quando levantas essas questões dos compadrios, por mais que tenhas argumentos para o sustentar relativamente a outras épocas, nem eu os quero rebater, o que para mim é injusto, é tentares extrapolar o que aconteceu no passado, para o que acontece agora. É verdade que existem muitos jogadores representados pelo Jorge Mendes, mas nem todos. O Eduardo e o Miguel Lopes não o são e foram questionados, por exemplo. Por outro lado, o Hugo Viana que o PB optou por deixar de fora inicialmente, é representado pelo Jorge Mendes. Essa teoria da cabala, é facilmente desmontada.
Relativamente ao João Tomás e Liedson, um veteraníssimo, o outro com uma época para esquecer no Brasil, em detrimento de NO, creio que os argumentos que anteriormente te dei, seriam perfeitamente legítimos para justificar a sua chamada, mas atenção, esses são os meus argumentos, nem sei se foi o mesmo que PB pensou. Sobre o Liedson, digo-te ainda, que se o PB não o quisesse colocar a jogar no Sporting, com a personalidade que tem, não tenho a mínima duvida que o fizesse. Fê-lo com Vukcevic e este era muito querido entre os Sportinguistas (nem sei porquê).
O Rolando, apesar de ter tido um final de campeonato negativo, tem um trajecto que fala por si. Foi inclusivamente escolhido pela UEFA para a equipa do ano, quando venceram a Liga Europa. Compará-lo a Tonel, parece-me algo exagerado e só posso atribuí-lo a algum Sportinguismo a falar mais alto.  :P

Sobre essa história do Moutinho não ir ao Mundial, aí tenho que confessar que também me passam umas teorias pela cabeça. O interesse em que ele não valorizasse é mais que óbvio. Sobre a selecção "de" Queiroz eu não ponho as mãos no fogo. Sim, sempre existiram e sempre existirão interesses na selecção. Mas depois há os que são permeáveis e os que não são. Acredito profundamente que Scolari e PB sejam dos impermeáveis (gore-tex)!  :mrgreen:
Sou da mesma opinião @portvgves, e nunca esquecer este enorme gesto que teve anteriormente:
[youtube=650,535]http://www.youtube.com/watch?v=EcRxVUM7Isc[/youtube]
Está à vista de todos! Obrigado por teres partilhado, não conhecia.

Rui Trindade

Quando levantas essas questões dos compadrios, por mais que tenhas argumentos para o sustentar relativamente a outras épocas, nem eu os quero rebater, o que para mim é injusto, é tentares extrapolar o que aconteceu no passado, para o que acontece agora. É verdade que existem muitos jogadores representados pelo Jorge Mendes, mas nem todos. O Eduardo e o Miguel Lopes não o são e foram questionados, por exemplo. Por outro lado, o Hugo Viana que o PB optou por deixar de fora inicialmente, é representado pelo Jorge Mendes. Essa teoria da cabala, é facilmente desmontada.
Relativamente ao João Tomás e Liedson, um veteraníssimo, o outro com uma época para esquecer no Brasil, em detrimento de NO, creio que os argumentos que anteriormente te dei, seriam perfeitamente legítimos para justificar a sua chamada, mas atenção, esses são os meus argumentos, nem sei se foi o mesmo que PB pensou. Sobre o Liedson, digo-te ainda, que se o PB não o quisesse colocar a jogar no Sporting, com a personalidade que tem, não tenho a mínima duvida que o fizesse. Fê-lo com Vukcevic e este era muito querido entre os Sportinguistas (nem sei porquê).
O Rolando, apesar de ter tido um final de campeonato negativo, tem um trajecto que fala por si. Foi inclusivamente escolhido pela UEFA para a equipa do ano, quando venceram a Liga Europa. Compará-lo a Tonel, parece-me algo exagerado e só posso atribuí-lo a algum Sportinguismo a falar mais alto.  :P

Sobre essa história do Moutinho não ir ao Mundial, aí tenho que confessar que também me passam umas teorias pela cabeça. O interesse em que ele não valorizasse é mais que óbvio. Sobre a selecção "de" Queiroz eu não ponho as mãos no fogo. Sim, sempre existiram e sempre existirão interesses na selecção. Mas depois há os que são permeáveis e os que não são. Acredito profundamente que Scolari e PB sejam dos impermeáveis (gore-tex)!  :mrgreen:

portvgves

A meu ver mudaram os tempos, mas os compadrios mantem-se basta ouvir a entrevista do António Oliveira para perceber que isto é tudo uma enorme treta, mas já sabes que respeito a tua opinião.

Jorge Mendes, Pinto da Costa andaram por lá pelas bancadas dos estádios acho que não estive distraído, mas não vi nem Godinho Lopes nem Filipe Vieira nessas andanças coincidências? Talvez as mesmas de há 30 anos…

Não se trata de teoria trata-se de conseguirem o que querem mais facilmente do que nós pensamos, mas tudo bem, continua a chamar-lhe teoria e a dizer que a desmontas facilmente os nossos líderes também pensam assim há 30 anos e depois ficam a vê-los passar como o exemplo que te dei de Moutinho.

Sobre João Tomas ser veterano agora até podes ter razão em relação á veterania, mas se fosse preciso marcaria mais golos do que os incompetentes que levamos e passaram muitos anos em que merecia ter sido chamado á selecção, mas nunca foi eu vejo isso como interesses pelos vistos tu não vês e como é óbvio não posso fazer nada.
Liedson nem tem conversa possível é tão superior a todos os que foram que nem necessito de argumentar seja o que for essa ideia de que no Brasil estava assim ou assado é treta vale mais parado que todos a mexer.


Vukcevic era querido sim senhor, por parte da massa adepta, mas não tem comparação possível existia quem gostava dele e quem não gostava de Liedson julgo que 99.9% gostavam logo Paulo Bento não tinha hipótese, não me acredito em personalidade capaz por parte de Paulo Bento e digo-te mais nem por parte da direcção Liedson era abono de família.


Sobre Rolando já vi que temos ideias sobre o mesmo completamente opostas Tonel era  jogador e um belíssimo central Rolando a  meu ver não vale uma sopa logo não vale pena opinarmos sobre este assusto já que como te disse acho o Rolando bastante fraco da defesa do porto só gosto de Otamendi e esse não faz parte da nossa selecção apenas escrevo isto para que compreendas e saibas o que penso sobre eles.

Por último dou-te razão de que o Sr. Scolari e o Paulo Bento tem personalidades mais fortes, mas mesmo assim não acredito que façam o que quer que seja na selecção sem ordens dos ditos cujos do costume, até porque ainda aqui há dias o Sr. Scolari se leste levantou um bocadinho do véu sobre Vítor Baia só por ai nós que estamos longe de saber o que se passa já podemos ver um bocadinho daquilo que penso ser uma podridão autêntica.

Para terminar, sou daqueles que já pouco ou nada vê no nosso pais de válido, se for podridão, falsidade, mentira, roubo, corrupção, lavagens de dinheiro e de tudo que seja sujo, ai somos campeões do Mundo ou andamos lá perto é o que sinto como Português que vê todos os dias os telejornais e facilmente chega à conclusão que estamos cada vez mais contaminados.

Um abraço.


23-03-2013 A noite mais feliz da minha vida como Sportinguista.
A partir de agora mandamos nós e o Sporting terá o seu caminho novamente, quero vos agradecer a todos e dizer claramente para que toda a gente oiça:
Viva o Sporting Clube de Portugal! É nosso outra vez!
Palavras do Presidente do Sporting Clube de Portugal, Bruno de Carvalho. Bem haja Presidente!
Amigo Rui Trindade, vou apenas comentar com mais cuidado uma parte da tua resposta, que segue no último parágrafo, pois não quero que se gere nenhum mal entendido com a expressão que usei. Relativamente aos restantes pontos que levantas, como referi anteriomente, não é minha intenção rebater a tese dos compadrios em anos anteriores. Apenas e só, com Scolari e PB, sinto que muita coisa mudou e o meu crédito pela selecção cresceu substancialmente. Sou uma pessoa por norma optimista, pelo que quando acredito na personalidade e no trabalho de pessoa X, só mudo de opinião quando tenho uma desilusão em relação a esta.

Sobre Liédson e Rolando, que fique claro que o primeiro é melhor que qualquer dos avançados que foi ao Euro, e o segundo para mim é um jogador vulgar. Só não coloco é o Tonel acima de Rolando, mais ainda quando não sei como foi a época que ele fez no Dinamo.

Relativamente ao que pode ter sido mal entendido, quando disse que "a teoria da cabala é facilmente desmontada", não o fiz presunçosamente como se os meus argumentos fossem melhores que os teus. Nada disso! Quis apenas dar destaque, nesse ponto em particular dos compadrios com empresários, nomeadamente Jorge Mendes, é algo que fica difícil de provar para quem os quiser acusar do que quer que seja, pois estes demontam-se por si só, se formos buscar alguns exemplos como os que dei, de jogadores por ele representados que não foram convocados, ou outros que não justificaram assim tanto a sua chamada e não são representados por JM.

 :beer:
Amigo Rui Trindade, vou apenas comentar com mais cuidado uma parte da tua resposta, que segue no último parágrafo, pois não quero que se gere nenhum mal entendido com a expressão que usei. Relativamente aos restantes pontos que levantas, como referi anteriomente, não é minha intenção rebater a tese dos compadrios em anos anteriores. Apenas e só, com Scolari e PB, sinto que muita coisa mudou e o meu crédito pela selecção cresceu substancialmente. Sou uma pessoa por norma optimista, pelo que quando acredito na personalidade e no trabalho de pessoa X, só mudo de opinião quando tenho uma desilusão em relação a esta.

Sobre Liédson e Rolando, que fique claro que o primeiro é melhor que qualquer dos avançados que foi ao Euro, e o segundo para mim é um jogador vulgar. Só não coloco é o Tonel acima de Rolando, mais ainda quando não sei como foi a época que ele fez no Dinamo.

Relativamente ao que pode ter sido mal entendido, quando disse que "a teoria da cabala é facilmente desmontada", não o fiz presunçosamente como se os meus argumentos fossem melhores que os teus. Nada disso! Quis apenas dar destaque, nesse ponto em particular dos compadrios com empresários, nomeadamente Jorge Mendes, é algo que fica difícil de provar para quem os quiser acusar do que quer que seja, pois estes demontam-se por si só, se formos buscar alguns exemplos como os que dei, de jogadores por ele representados que não foram convocados, ou outros que não justificaram assim tanto a sua chamada e não são representados por JM.

 :beer:

Amigo portvgves,

Sim, tens razão sobre os empresários fica difícil de provar, mas em Portugal tudo é difícil de provar até o que está mais que provado e que só não vê quem não quer ver ou escutar, mas tudo bem, por isso me refiro à podridão mais que instalada neste pais não só no futebol em tudo o resto é exactamente igual, se um ministro faz 35 cadeiras num ano está tudo dito.

A isto chama-se ou chamamos PORTUGAL, talvez dos pequeninos, mas tudo bem, até porque não posso fazer nada em contrário.

Sobre o presunçosamente está descansado, pois não vi nenhuma maldade nas tuas palavras e foi até com gosto que li o que escreveste.

Obrigado por esta amena cavaqueira mesmo que escrita.  :great: :beer:
23-03-2013 A noite mais feliz da minha vida como Sportinguista.
A partir de agora mandamos nós e o Sporting terá o seu caminho novamente, quero vos agradecer a todos e dizer claramente para que toda a gente oiça:
Viva o Sporting Clube de Portugal! É nosso outra vez!
Palavras do Presidente do Sporting Clube de Portugal, Bruno de Carvalho. Bem haja Presidente!
Amigo Rui Trindade, vou apenas comentar com mais cuidado uma parte da tua resposta, que segue no último parágrafo, pois não quero que se gere nenhum mal entendido com a expressão que usei. Relativamente aos restantes pontos que levantas, como referi anteriomente, não é minha intenção rebater a tese dos compadrios em anos anteriores. Apenas e só, com Scolari e PB, sinto que muita coisa mudou e o meu crédito pela selecção cresceu substancialmente. Sou uma pessoa por norma optimista, pelo que quando acredito na personalidade e no trabalho de pessoa X, só mudo de opinião quando tenho uma desilusão em relação a esta.

Sobre Liédson e Rolando, que fique claro que o primeiro é melhor que qualquer dos avançados que foi ao Euro, e o segundo para mim é um jogador vulgar. Só não coloco é o Tonel acima de Rolando, mais ainda quando não sei como foi a época que ele fez no Dinamo.

Relativamente ao que pode ter sido mal entendido, quando disse que "a teoria da cabala é facilmente desmontada", não o fiz presunçosamente como se os meus argumentos fossem melhores que os teus. Nada disso! Quis apenas dar destaque, nesse ponto em particular dos compadrios com empresários, nomeadamente Jorge Mendes, é algo que fica difícil de provar para quem os quiser acusar do que quer que seja, pois estes demontam-se por si só, se formos buscar alguns exemplos como os que dei, de jogadores por ele representados que não foram convocados, ou outros que não justificaram assim tanto a sua chamada e não são representados por JM.

 :beer:

Amigo portvgves,

Sim, tens razão sobre os empresários fica difícil de provar, mas em Portugal tudo é difícil de provar até o que está mais que provado e que só não vê quem não quer ver ou escutar, mas tudo bem, por isso me refiro à podridão mais que instalada neste pais não só no futebol em tudo o resto é exactamente igual, se um ministro faz 35 cadeiras num ano está tudo dito.

A isto chama-se ou chamamos PORTUGAL, talvez dos pequeninos, mas tudo bem, até porque não posso fazer nada em contrário.

Sobre o presunçosamente está descansado, pois não vi nenhuma maldade nas tuas palavras e foi até com gosto que li o que escreveste.

Obrigado por esta amena cavaqueira mesmo que escrita.  :great: :beer:


Esse podia era dar uma mãozinha na carpintaria da choldra mais próxima de si.  :lol:

 :great:
Amigo Rui Trindade, vou apenas comentar com mais cuidado uma parte da tua resposta, que segue no último parágrafo, pois não quero que se gere nenhum mal entendido com a expressão que usei. Relativamente aos restantes pontos que levantas, como referi anteriomente, não é minha intenção rebater a tese dos compadrios em anos anteriores. Apenas e só, com Scolari e PB, sinto que muita coisa mudou e o meu crédito pela selecção cresceu substancialmente. Sou uma pessoa por norma optimista, pelo que quando acredito na personalidade e no trabalho de pessoa X, só mudo de opinião quando tenho uma desilusão em relação a esta.

Sobre Liédson e Rolando, que fique claro que o primeiro é melhor que qualquer dos avançados que foi ao Euro, e o segundo para mim é um jogador vulgar. Só não coloco é o Tonel acima de Rolando, mais ainda quando não sei como foi a época que ele fez no Dinamo.

Relativamente ao que pode ter sido mal entendido, quando disse que "a teoria da cabala é facilmente desmontada", não o fiz presunçosamente como se os meus argumentos fossem melhores que os teus. Nada disso! Quis apenas dar destaque, nesse ponto em particular dos compadrios com empresários, nomeadamente Jorge Mendes, é algo que fica difícil de provar para quem os quiser acusar do que quer que seja, pois estes demontam-se por si só, se formos buscar alguns exemplos como os que dei, de jogadores por ele representados que não foram convocados, ou outros que não justificaram assim tanto a sua chamada e não são representados por JM.

 :beer:

Amigo portvgves,

Sim, tens razão sobre os empresários fica difícil de provar, mas em Portugal tudo é difícil de provar até o que está mais que provado e que só não vê quem não quer ver ou escutar, mas tudo bem, por isso me refiro à podridão mais que instalada neste pais não só no futebol em tudo o resto é exactamente igual, se um ministro faz 35 cadeiras num ano está tudo dito.

A isto chama-se ou chamamos PORTUGAL, talvez dos pequeninos, mas tudo bem, até porque não posso fazer nada em contrário.

Sobre o presunçosamente está descansado, pois não vi nenhuma maldade nas tuas palavras e foi até com gosto que li o que escreveste.

Obrigado por esta amena cavaqueira mesmo que escrita.  :great: :beer:


Esse podia era dar uma mãozinha na carpintaria da choldra mais próxima de si.  :lol:

 :great:

Estiveste bem em grande mesmo.  :great: :rotfl: :rotfl: :rotfl: :rotfl: :rotfl:

23-03-2013 A noite mais feliz da minha vida como Sportinguista.
A partir de agora mandamos nós e o Sporting terá o seu caminho novamente, quero vos agradecer a todos e dizer claramente para que toda a gente oiça:
Viva o Sporting Clube de Portugal! É nosso outra vez!
Palavras do Presidente do Sporting Clube de Portugal, Bruno de Carvalho. Bem haja Presidente!