Sul-Americano sub-20 de 2017

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Acabou ontem o Sul-Americano de sub-20 conquistado pelo Uruguai, e ia fazer no tópico das Sugestões uma análise aos jogadores que para mim mais se destacaram por lá, mas isto começou a ficar muito extenso, e nem todos os jogadores se enquadravam no que se pertende naquele tópico, portanto resolvi abrir este, e depois logo falo de uns quantos à parte por lá.

.Uruguai - Claramente a melhor equipa deste torneio, ainda não que talvez não tenha sido a mais regular. Começaram tremidos com dois empates, mas depois acabaram por carimbar a passagem à segunda fase, onde subiram bastante de forma. Ainda assim na 2ª fase mesmo só perdendo um jogo, acabou por ser com estrondo, uma inesperada derrota por 3-0 com a Venezuela. Acabou por ser um título merecido de uma equipa com vários jogadores interessantes para o futuro, o primeiro do Uruguai desde 1981.

- Nicolás De la Cruz, um dos jogadores que mais me convenceu neste torneio, jogou e fez jogar. Médio centro/ala, baixinho mas muito raçudo e lutador, tendo também boa qualidade técnica. Capitão e talvez o jogador mais influente deste Uruguai. Tem 19 anos e ainda joga no Uruguai, no Liverpool lá do sítio.

- Rodrigo Amaral, um dos goleadores do torneio e claramente dos melhores jogadores da competição, embora tenha descido um pouco de forma na 2ª fase. Mais um tipo muito raçudo nesta selecção uruguaia, disputa todas as bolas, corre por todo o lado, mostra bons pormenores mesmo sem ser um prodígio técnico. Tem também um bom remate. Tem 19 anos e joga no Nacional do Uruguai. Tem é um defeito, parece gostar muito de comer, está um bocado redondo, embora sendo justo isso estranhamente não pareça reflectir-se muito no seu jogo.  :mrgreen:

Também gostei do Marcelo Saracchi, mesmo sem ser sempre titular, e quando foi até jogou a meio-campo, embora pelo que andei à procura seja um lateral esquerdo que faz todo o corredor. Pareceu-me bastante superior tecnicamente a qualquer um dos laterais que andou a jogar a titular, Mathías Olivera na esquerda e José Rodríguez na direita. Ainda assim o Mathías Olivera também mostrou boas coisas, e sobe com qualidade apesar de não se aventurar muito. Marcou um bom golo à Argentina. Curiosamente na defesa um dos que acabou por jogar menos que o quarteto titular foi o Santiago Bueno que já no decorrer do torneio foi contratado pelo Barcelona.

Destaque também para o Santiago Mele (19 anos - Fénix), que foi dos melhores GRs do torneio, e só não foi mesmo o melhor porque na Venezuela há um rapazito baixinho que defende que se farta. O trinco Carlos Benavídez (18 anos - Defensor Sporting) também fez bons jogos, e o avançado Joaquín Ardaiz (18 anos feitos já no decorrer do torneio - Danubio), que só foi titular duas vezes mas ontem jogou de início no jogo do título e bisou.

Depois provavelmente já mais fora do alcance, o Rodrigo Bentancur que toda a gente já conhece, e que é um tipo claramente diferenciado, muito bom tecnicamente e na forma como vê o jogo. E o Nicolás Schiappacasse, que já está no Atletico Madrid, mas que também me parece ter muita qualidade, marcou menos golos que o Rodrigo Amaral, mas acho-o com mais potencial, e tem mais pinta de jogador. Fizeram uma grande dupla de ataque.



.Argentina - Mais uma selecção com bons valores, mas que acabou por ter muitos altos e baixos. Teve o ataque mais concretizador da 1ª fase, e com uma dupla de ataque bastante promissora, mas acabaram por fazer uma 2ª fase muito pobrezinha com derrotas por 3-0 contra Uruguai e Equador. Estiveram praticamente fora do Mundial de sub-20 (apuravam-se 4 em 6 na 2ª fase), mas lá conseguiram com um golo milagroso na penúltima jornada e depois uma conjugação de resultados ideais na última jornada, às custas do Brasil.

- Tomás Conechny dos melhores deste torneio, ponho-o talvez num top 3, embora tenha descido um pouco de forma na 2ª fase, à semelhança de quase todos os seus colegas de selecção. Avançado de 18 anos, que joga no San Lorenzo, excelente pé esquerdo e muito desenvolvido tecnicamente. Andei a ver uns vídeos dele pela selecção sub-17 da Argentina e jogava claramente como avançado, mas aqui com as boas soluções de ataque acabou por jogar mais recuado, quase como 10, e com qualidade. Acho que tem um perfil que se adequa mais a atacar vindo de trás, seja nas costas dos avançados ou vindo da ala.

- Marcelo Torres, o goleador da primeira fase. Mais um com grande capacidade de luta e entrega ao jogo, bastante forte fisicamente, um pequeno tanque de 1m80. Talvez não fosse o mais habilidoso do ataque desta Argentina, mas mostrou vários pormenores técnicos de qualidade. É claramente um homem golo, para ser o mais avançado da equipa, mas que também se movimenta bem por todo o campo. Tem 19 anos e joga nas camadas jovens do Boca Juniors.

- Lautaro Martínez, mais um avançado bastante móvel desta Argentina. Foi dos poucos desta selecção que fez um torneio claramente em crescendo e acabou por fazer uma 2ª fase melhor que a 1ª. Foi absolutamente decisivo no apuramento da Argentina para o Mundial de sub-20, com o golo do empate contra o Brasil aos 95 minutos na penúltima jornada e depois bisando na última jornada contra a Venezuela. É um jogador algo parecido com o Torres, mas que parece ter mais qualidade quando descai para as alas. Finaliza bem com os pés ou com a cabeça. Tem 19 anos e joga no Racing.

- Brian Mansilla, mais um do trio adaptável da frente de ataque da Argentina, e talvez o mais talentoso. Também ele um avançado mas que me parece brilhar mais na ala. Tem um perfil com algumas semelhanças com o Lautaro, mas este mais forte tecnicamente, e o Lautaro mais finalizador. Tem 19 anos e também joga no Racing.

Depois também gostei do Nahuel Molina, lateral direito do Boca Juniors, que foi dos laterais que mais se destacaram neste torneio, de alguns pormenores do Lucas Rodríguez, extremo de 19 anos do Estudiantes, e do já conhecido Ezequiel Barco (17 anos - Independiente), mesmo não sendo sempre titular. Tem muito potencial.



.Brasil - Uma desilusão este Brasil, acabaram por nem conseguir o apuramento para o Mundial de sub-20, ficando em 5º lugar na 2ª fase. Apesar de vários bons valores esta equipa jogava muito pouco, vivendo muito à base de rasgos individuais. Ainda assim talvez pudessem ter feito bem melhor se os guarda-redes não tivessem estado uma desgraça, não foi por acaso que acabaram por jogar todos, primeiro o Caique que se fartou de fazer asneiras, depois o Cleiton, que só fez um jogo mas também esteve bastante inseguro, e por fim lá deram o lugar ao Lucas Perri, que melhorou um bocado mas ainda assim fez um jogo de estreia em que teve culpas dos dois golos no jogo com a Uruguai. Na defesa o Lyanco já é algo conhecido e até não fez um mau torneio, mas não impressiona nada a sair a jogar.

- Richarlison, para mim foi o melhor do Brasil no torneio. Supostamente é um avançado, mas jogou como extremo aqui. Muito habilidoso e desequilibrador, foi decisivo em alguns jogos, marcando ou assistindo. Aparece muito bem em zonas de finalização, percebe-se que tem escola de avançado. Mas este já deve ser algo proibitivo para nós, tem 19 anos e já é opção regular no Fluminense.

O David Neres também dos melhores, fez jogos muito bons e é sem dúvida um jogador com grande potencial, ainda assim achei que se exibiu a um nível abaixo do Richarlison. O já nosso conhecido Guilherme Arana também fez um excelente torneio, bem a defender e também sempre muito bem a incorporar-se no ataque, e ainda marcou 2 ou 3 golos. Foi provavelmente o melhor lateral da competição, ficaríamos bem servidos por aqui. Por fim também destaque para o pessoal do Flamengo que também parece ter bastante potencial, o Matheus Sávio, Lucas Paquetá e na frente o Felipe Vizeu, embora este não me tenha impressionado muito nos primeiros jogos, apesar da fama.
.Colômbia - Boa primeira fase, mas depois uma fase final onde tudo correu mal. A ausência do avançado titular pode ter ajudado, mas não explica tudo. O último lugar na fase final acaba por ser justo.

Juan Camilo Hernandez, um craque, para mim o melhor jogador do torneio, embora tenha descido um pouco de produção na 2ª fase, mas era difícil fazer melhor porque a recta final do torneio da Colômbia foi mesmo muito fraca, acabaram por ficar em último. Só tem 17 anos, é avançado, e goleador, pelo menos no clube, já aqui jogava com a 10 e claramente mais recuado, nas costas dos avançados. Excelente tecnicamente e com grande qualidade de passe. Na época passada foi o melhor marcador da 2ª divisão colombiana com 21 golos (!), mas infelizmente já foi agarrado pelo Granada, sempre muito atento ao mercado Sul-Americano.

- Damir Céter, um ponta de lança que também esteve bem no início do torneio, mas depois lesionou-se e falhou o resto do torneio. Avançado muito possante e forte fisicamente, mostra bons pormenores mais ainda está um bocado verde na finalização. Faz lembrar um bocado um outro avançado que se destacou nas selecções jovens da Colômbia, o Jhon Córdoba, até fisicamente. Tem 19 anos e joga no Independiente de Santa Fé, por empréstimo do Quíndio, onde na época passada marcou 14 golos na 2ª divisão colombiana.

- Ever Valencia também esteve muito bem, a jogar no meio ou nas alas, não começou como titular mas acabou por ser decisivo no apuramento da Colômbia na 1ª fase, que chegou a estar complicado, e acabou por conquistar o lugar, embora tenha descido de produção na tal péssima fase final da Colômbia. Tem 19 anos e ainda joga na Colômbia, no Independiente de Medellin.



.Venezuela - Equipa muito coesa, difícil de bater e muito forte defensivamente, apesar de alguns problemas no ataque. Na 1º fase não ganharam qualquer jogo, mas também foram a única equipa que não perdeu, e sofreram apenas um golo, muito por culpa do seu GR.

- Yefferson Soteldo, um pequeno craque, o Podence lá do sítio. Um extremo/avançado que foi o craque desta Venezuela e um dos melhores jogadores do torneio. Muito rápido e endiabrado, boa técnica, e com pilhas para o jogo todo, apesar de ser um minorca de 1m60. Também mostrou qualidade nas bolas paradas, acho que não chegou a marcar de livre, mas acertou pelo menos dois no poste. Fez um grande jogo contra o Uruguai, com um golo de penalti, ainda outro penalti conquistado, e uma série de jogadas sempre a levar perigo à defesa adversária. Tem 19 anos e jogava no Zamora, da Venezuela, mas mudou-se já este ano para os chilenos do Huachipato.

- Wuilker Faríñez (18 anos - Caracas), sem dúvida o melhor GR do torneio, também por aí se explica que a Venezuela não tenha perdido qualquer jogo na 1ª fase, e tenha sido a melhor defesa do torneio. Fez excelentes defesas e mostrou-se bastante seguro, tem é o defeito de ser baixinho. Os dados variam mas parece ter menos de 1m80, o que para GR é algo preocupante. Com apenas 18 anos, já é o titularíssimo do Caracas, e também já se estreou como internacional A pela Venezuela.

- Yangel Herrera, médio de 18 anos, o patrão do meio-campo da Venezuela. Forte fisicamente, boa visão de jogo e dono de um forte remate. Era ele que coordenava as tropas por ali, jogador que parece bastante maduro para a idade. Joga (jogava ?) no Atlético Venezuela, mas parece que terá sido contratado pelo Manchester City já no decorrer do torneio, embora não encontre confirmação.

Outros dos melhores desta selecção foram o William Velásquez, central que também joga no Caracas, e o lateral direito Ronald Hernández, do Zamora.



.Equador - Equipa da casa, fez um excelente torneio e discutiu o título até à última jornada. Bons jogos e excelente atitude, com alguns excelentes e algo inesperados resultados pelo meio, como as goleadas por 3-0 a Argentina e Colombia. Mas acabaram por fazer um jogo desastroso na 2ª fase, contra a Venezuela, que provavelmente acabou por lhes custar o título, que seria o primeiro da sua história.

- Bryan Cabezas este já não é um desconhecido, depois da Libertadores fantástica que fez pelo Independiente del Valle, e que lhe valeu a ida para a Atalanta. Não começou o torneio da melhor maneira, mas rapidamente carburou e voltou a mostrar o potencial que lhe vi na Libertadores. Fez uma 2ª fase da competição de grande nível, com grandes jogos principalmente contra Argentina e Uruguai. Não percebo porque é que ainda não teve qualquer minuto na Atalanta, apesar de já ter sido convocado. Eu ficaria atento à sua situação, é um desequilibrador-nato.

Outros dos destaques deste Equador foram o lateral Pervis Estupiñán, mas que também é mais um que já foi apanhado pelo Granada, e o GR, José Cevallos, este já conhecido das selecçoes jovens do Equador noutros torneios. Este tem 18 anos e ainda joga no Equador, na LDU Quito.



Selecções que ficaram pelo caminho na 1ª fase:

.Chile - Gonzalo Collao (GR), mostrou boas coisas, dentro dos possíveis. Não foi por acaso que mesmo ficando em último no grupo o Chile teve uma das defesas menos batidas da 1ª fase, o problema esteve no ataque. Fez um grande jogo contra o Brasil e foi responsável pelo 0-0. Tem 19 anos, está na Universidade do Chile.

- Jeisson Vargas, mesmo sem grande espaço para brilhar, pareceu-me a espaços dos melhores deste Chile. Já se mudou para a Argentina, para o Estudiantes, onde já é opção na primeira equipa. Um extremo de 19 anos mas que também aparece bem em zonas centrais, habilidoso e era habitualmente o marcador de bolas paradas da equipa.

.Paraguai - Jesus Medina, extremo canhoto bastante rápido, bom tecnicamente e com um bom remate. Foi claramente o melhor do Paraguai, e dos melhores destas selecções que ficaram pelo caminho na primeira fase. Tem 19 anos e ainda joga no Paraguai, no Libertad. Também gostei de algumas coisas do Pedro Baez, avançado de 20 anos do Cerro Porteño, e depois do já bem conhecido Blas Riveros, lateral esquerdo do Basileia. Este não fez um torneio brilhante, mas vê-se que tem qualidade e potencial.



.Bolívia - Ramiro Vaca, puto de 17 anos que joga ainda num clubezeco da Bolívia (Quebracho ?), mas que me pareceu muito interessante, no meio daquela miséria da Bolivia. Um médio com boa visão de jogo e qualidade de passe. Marcou um bom golo de livre directo contra a Argentina, e ainda voltou a estar perto de marcar noutros jogos (contra a Venezuela por exemplo). No ataque, Bruno Miranda, da Universidade do Chile, tem bom toque de bola, mas tem de melhorar na finalização, ou pelo menos em algum facilitismo com que aborda os lances de golo.
É de pensar que o Sporting é muito grande, e que são estas coisas que valem muito para um clube. São estas coisas que trazem sportinguismo ao clube. Isto não é quantificável. Isto não são 6%, 7%... Isto é o Sporting! Isso traz coisas muito importantes ao Sporting. Fervor sportinguista, acima de tudo! - João Benedito, 20-06-2010
Grande análise!  :venia:

Tive pena de não ter acompanhado o torneio. Acho que saem sempre grandes jogadores dai.

Tendo em conta a tua análise, as evidentes necessidades do Sporting a nível de laterais e o pouco que conheço do jogador, penso que o Arana seria um jogador a arriscar a aquisição. Tem características muito interessantes. Se não fosse já para a equipa A penso que podia crescer uns meses na B.

Relativamente ao extremos que apresentaste-te, penso que o Sporting atualmente no seus quadros está bem servido. A contratar apenas um canhoto que jogue do lado esquerdo, não um Iuri Medeiros.
Pela tua análise, talvez o Tomás Conechny.

Abraço.
Nós somos da raça que nunca se vergará.
 :great:

@paraver e agora a seguir temos o de Sub-17 para ver. Desde que arranje streams, vou tentar seguir.  :mrgreen:

@Pasmatos8 sim na maior parte das posições que mencionei até estamos bem servidos, e de jovens com potencial. Estamos mais necessitados de gente para o sector defensivo, acima de tudo laterais, mas eu confesso que nestas idades a análise a jogadores de características defensivas não é o meu forte. E acho que também nos falta um tipo mais móvel com bola e forte tecnicamente, para segundo avançado. Nesse tipo de jogadores o torneio foi muito fértil, mas certamente que nem todos os que se destacaram lá vão chegar.

Tipos que possam jogar na ala e no caso também como avançados, canhotos, o Conechny foi sem dúvida o que mais se destacou. Embora ele aqui tenha jogado mais numa posição central. O Brian Mansilla também é canhoto, mas desse já vi notícias de valores a rondar os 7/8M, isto antes do torneio.

O Nicolás De la Cruz também tem um perfil muito interessante, faz-me lembrar o João Mário no toque e na condução de bola, e em alguns pormenores de classe, mas talvez mais rápido. Mas aí agora já temos o Geraldes como uma opção para o centro/ala sem ser um extremo puro, e que pode resolver esse problema e replicar um bocado o que o JM fazia na época passada.

No outro post também me esqueci de referir o Matías Viña, central do Nacional, do Uruguai, que também gostei de ver em alguns jogos. É canhoto, e pelo que andei a pesquisar até faz também de lateral esquerdo. É um gajo um bocado na linha do Marcos Rojo, mas acho que é mais baixo.

Também vou ver se sigo o Marcelo Saracchi, mais um canhoto, que acho que poderia ser interessante se ele jogar mesmo como lateral esquerdo, coisa que não chegou a fazer neste torneio apesar de ser (segundo o TM) a sua posição de base. Andou muito pelo centro/ala esquerda.
« Última modificação: Fevereiro 13, 2017, 15:16 pm por SCP Fan »
@SCP Fan sim, esqueci-me desse "pormenor".. Falta-nos claramente um opção mais móvel para segundo avançado e apresentaste boas opções!  :angel:

Relativamente ao Arana? É um jogador com um preço já muito elevado?

Já agora e uma vez que também és seguidor desses campeonatos, o que achas do Mexicano César Montes que em tempos foi associado ao Sporting e agora recentemente ao benfica? Do que já consegui ver gostei bastante.. Mas também não considero uma posição que estejamos carenciados.

Quando é que começa o de sub-17?
Nós somos da raça que nunca se vergará.
Estes torneios têm um senão: normalmente, os jogadores de outro nível já não estão disponíveis para o respectivo escalão etário.
"Players lose you games, not tactics. There's so much crap talked about tactics by people who barely know how to win at dominoes." - Brian Clough

"He is a perfect illustration of my constant theme about assembling a team of imperfect players who compliment each other perfectly. Unless he is surrounded by team mates who recognise his strenghts and cover for his weaknesses, his special goal scoring ability will go largely untapped. He needs to to be in the right place at the right time!" - Bob Paisley on John Wark
O Arana na altura em que se falou dele para o Sporting, tenho ideia de os valores serem à volta de 3M, não era algo muito puxado, não sei porque é que não se avançou. Mas ele naquela altura nem estava a jogar, e depois disso voltou à titularidade, portanto imagino que seja mais agora, uns 5M talvez (?). Mas o Corinthians também não anda a passar por uma boa fase financeiramente, aquilo não está famoso.

Sobre os campeonatos nacionais das "Américas", eu sinceramente não sigo muito, vejo umas coisas do Brasil (e Libertadores) e pouco mais, depois só uns vídeos aqui e ali. Há aqui pessoal muito mais atento a essas competições do que eu, principalmente o campeonato argentino. Por norma vejo-os é nestas competições de selecções e depois vou tentando seguir os que gostei, até porque muitos deles nem têm ainda muitos jogos como séniores.

Sobre o Montes não tenho grande opinião, eu segui os Jogos Olímpicos, mas sinceramente já não me lembro de muito, e também não o vejo no clube.

O de sub-17 começa a 23 de Fevereiro.
Acho que os eventuais 5 milhões não são um preço muito alto tendo em conta o potencial que demonstra.. Relembro que há cerca de 5/6 anos o Porto deu mais de 8 milhões pelo Alex Sandro e teve um rendimento desportivo e financeiro bastante considerável. Devia ser esse o tipo de negócio que o Sporting devia procurar. Novos e com margem de progressão! Como é o caso do César Montes e do Guilherme Arana.

Um pouco como eu, então. Sigo principalmente o campeonato Mexicano e o Brasileiro.. Penso que saem de lá jogadores muito interessantes!

Obrigado! :great:

SL.
Nós somos da raça que nunca se vergará.
@SCP Fan os streams q consigo é via frist row. se tiveres algo melhor, dm ;)
É de pensar que o Sporting é muito grande, e que são estas coisas que valem muito para um clube. São estas coisas que trazem sportinguismo ao clube. Isto não é quantificável. Isto não são 6%, 7%... Isto é o Sporting! Isso traz coisas muito importantes ao Sporting. Fervor sportinguista, acima de tudo! - João Benedito, 20-06-2010
@SCP Fan sim, esqueci-me desse "pormenor".. Falta-nos claramente um opção mais móvel para segundo avançado e apresentaste boas opções!  :angel:

Relativamente ao Arana? É um jogador com um preço já muito elevado?

Já agora e uma vez que também és seguidor desses campeonatos, o que achas do Mexicano César Montes que em tempos foi associado ao Sporting e agora recentemente ao benfica? Do que já consegui ver gostei bastante.. Mas também não considero uma posição que estejamos carenciados.

Quando é que começa o de sub-17?
Eu conheço minimamente. Muito potencial físico, mas não me agrada muito. Pouca qualidade técnica, muito impetuoso, muita tendência para tentar levar os lances para a disputa física. Dado o hype que tem pelo México, esperava muito melhor.
"If God had meant football to be played in the air, he would have put grass in the sky" - Brian Clough

“Quando treinava o Saragoça, um jogador veio ter comigo no início da época e disse-me, todo contente: ‘Mister, estou melhor do que nunca fisicamente.’ Olhei para ele e respondi-lhe: ‘Isso é a pior notícia que me podias dar. Agora vais estar em mais sítios errados mais vezes, c*****.’” - Juan Manuel Lillo
@SCP Fan sim, esqueci-me desse "pormenor".. Falta-nos claramente um opção mais móvel para segundo avançado e apresentaste boas opções!  :angel:

Relativamente ao Arana? É um jogador com um preço já muito elevado?

Já agora e uma vez que também és seguidor desses campeonatos, o que achas do Mexicano César Montes que em tempos foi associado ao Sporting e agora recentemente ao benfica? Do que já consegui ver gostei bastante.. Mas também não considero uma posição que estejamos carenciados.

Quando é que começa o de sub-17?
Eu conheço minimamente. Muito potencial físico, mas não me agrada muito. Pouca qualidade técnica, muito impetuoso, muita tendência para tentar levar os lances para a disputa física. Dado o hype que tem pelo México, esperava muito melhor.

Eu confesso que nos vídeos e nos 2/3 jogos que vi achei bastante interessante, muito também pela complexão física que apresenta. De qualquer forma, e dado ao hype que já parece ter no México, já não deve ter um valor tão baixo.
Nós somos da raça que nunca se vergará.