A Formação do Sporting - Tópico Geral

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Têm de contratar mais "filhos" da Madonna... :twisted:
Parece que o Svilar está a fazer escola para aqueles lados... :twisted:
Sporting até morrer! Obrigada por me teres dado uma das maiores alegrias da minha vida, Campeão 1999/2000.
O drible do Isnaba Mané é qualquer coisa de ridículamente superior aos outro todos.
"Eu queria ser poeta mas poeta não posso ser, porque um poeta pensa muito e eu só penso na luz a arder."
Citar
de pequenino ruge o menino!*: «Notas soltas em semana de pouca acção»

A disputar apenas um particular frente a Espanha, marcado para hoje pelas 16h00, os sub19 de Hélio Sousa contam com a presença de Miguel Luís, Max, Thierry e Elves Baldé entre os convocados. Este jogo não é mais que um teste, com uma convocatória aproximada às habituais pelo seleccionador do escalão, em que se visa preparar a equipa para os desafios de futuro. Os sub19 venceram este ano já o Torneio Preparatório da UEFA.

Ao serviço dos sub20 estiveram Abdu Conté, Bruno Paz e Pedro Marques, de quem o seleccionador se recordou apenas depois do Mundial. O jogo programado foi jogado no dia 9 de Novembro e ditou um triunfo de Portugal sobre a Polónia. 

Já aqui discutimos vezes sem conta, com alguma surpresa, as escolhas que aparecem nestes dois escalões da nossa Federação Portuguesa de Futebol. O Porto venceu dois campeonatos de juniores com muitos destes miúdos, o Sporting venceu em todos os escalões de formação em Portugal com muitos dos convocáveis. Ainda assim, como tantas vezes apontamos, sabemos para onde recaem quase sempre as escolhas. E não importa quantas vezes escrevemos sobre este assunto, o caso parece não mudar.

O problema agora é que esta tendência parece ter contaminado o escalão sub21, que tem por hábito respeitar o percurso apresentado pelos jogadores ao longo das várias equipas e que precisa urgentemente de uma renovação depois de ser ver sem muitas das bases que compunham o lote. E é nesse sentido e perante a minha absoluta surpresa, Podence, um dos poucos jogadores do escalão com uma presença regular na Primeira Liga, é deixado de fora numa altura em que só importa vencer.

Certamente Daniel Podence terá de fazer como outros. Quando aparecer já será na selecção principal. Mas o facto de um jogador, apenas porque usa verde e branco e tem direito a menos capas desportivas do que três juniores que estão ao serviço do Benfica B, saber que tem de demonstrar o dobro apenas para jogar no escalão a que pertence, é algo absolutamente revoltante.

Aceitando até que Daniel Podence não é uma figura absoluta no onze titular do Sporting, a verdade é que tem aparecido na equipa inicial, tem contribuído com assistências e cada vez soma mais minutos. O resultado foi perder o seu lugar na selecção. Não será o critério mais importante o tempo de utilização de um jogador num dos maiores clubes portugueses? Mais uma questão que certamente ficará sem resposta.

Para fechar esta secção internacional, Eric Dier, jogador que cumpriu toda a sua formação em Alcochete foi capitão da selecção principal inglesa no jogo frente à Alemanha. Um grande feito da formação leonina e do jovem defesa que por aqui aprendeu tudo.

Em termos de jogos, muito pouca acção ao longo desta semana e apenas um destaque. Os Iniciados B, escalão sub14, venceram no Seixal por 3-1 apresentando nesta altura 6 vitórias em 6 jogos, 39 golos marcados e 3 golos sofridos. Uma equipa que muito promete e que na próxima temporada estará quase toda a disputar o título nacional.

Por fim, um pedido. Se os responsáveis pelo site do Sporting estão a ver a isto, actualizem por favor os resultados, convocados, plantéis, treinador, palmarés e internacionais pelos escalões jovens. É ridículo que outros clubes nos informem mais sobre quais os nossos próximos desafios e quando começam. Se a formação faz parte do ADN leonino, é absurdo que não se cuide um pouco mais da informação em torno da mesma. Não podemos criar lemas como #MadeInSCP e depois não actualizar um simples resultado dos sub19.


*às terças, a Maria Ribeiro revela os seus apontamentos sobre as novas gerações que evoluem na melhor Academia do mundo (à excepção do Dubai)

A Tasca do Cherba


22:35

Psicologia de alto rendimento, fica a dica do Patrício.
Parece que o Svilar está a fazer escola para aqueles lados... :twisted:

Todos querem agradar o Mourinho!  :twisted:
“A lot of football success is in the mind. You must believe you are the best and then make sure that you are.” - Bill Shankly
A FOOTescola de Rio Maior ganhou o Prémio Stromp 2017 na categoria "Dedicação".  :clap:
O Mourinho, tem sido é um GRANDE abono de familia, para os encornad..!!
Por cada clube que passa, "vê", sempre grandes jogadores nos encormad.. para levar para os clubes que treina, depois é o que se vê, muitas vezes...


Essa é realmente uma equipe muito impressionante, bem da imprensa estrangeira para tomar conhecimento!
O Mourinho, tem sido é um GRANDE abono de familia, para os encornad..!!
Por cada clube que passa, "vê", sempre grandes jogadores nos encormad.. para levar para os clubes que treina, depois é o que se vê, muitas vezes...

O que tem a haver o que escreveste com este tópico?
Citar
de pequenino ruge o menino!*: «Regressos para todos os gostos»

Na semana em que Juvenis e Iniciados regressaram à competição, os Juniores decidiram regressar às excelentes exibições, Rafael Leão regressou à cabeça de Jorge Jesus e Rafael Barbosa voltou a mostrar que está hoje mais perto de dar jogador. Eis os destaques de uma semana que tem tanto de positivo como negativo.

Comecemos pelo pior, para que este texto possa tornar-se mais agradável à medida que é lido. Os Juvenis iniciaram a segunda fase da competição em terrenos rivais, mais propriamente no Seixal, e saíram do jogo derrotados por 1-0 começando da pior maneira esta competição de acesso ao apuramento de campeão. Os nossos bicampeões estavam numa fase crescente, claramente, mas o Benfica marcou na primeira parte e soube controlar as tentativas frustradas dos jovens leões em tentar outro resultado.
A solução agora é vencer. Vencer todos os jogos, da forma mais categórica que conseguirmos, obter a qualificação e tentar depois o tricampeonato. Nada está perdido, claro que não, mas que fique claro que o Benfica será sempre o principal obstáculo rumo ao esperado título.

Os Iniciados também começaram este fim de semana a sua caminhada na segunda fase, com uma goleada sobre o Portimonense. Lucas Dias, cada vez a destacar-se mais, abriu o marcador, Joelson marcou por duas vezes e Tristan Hammond fechou as contas numa tarde inspirada da pequenada. Joelson foi mais uma vez o maior destaque, pela qualidade individual, técnica e raça e existe muita esperança que seja ele o comandante de um título que nos foge há demasiado tempo.
Sinto a equipa do Benfica um pouco mais fragilizada esta temporada, o ano passado estivemos muito perto de conseguir o feito e sabemos que tudo se deve resolver nos confrontos ente rivais. Para já, dar tudo pelo apuramento de campeão no primeiro lugar, uma vez que apenas o melhor segundo de todos os grupos se classifica.

Os Juniores seguraram o seu primeiro lugar mais uma semana, em igualdade pontual com o Benfica mas com vantagem no confronto directo, e golearam a equipa do Alcanenense por 5-0. Pedro Mendes (gp), Tomás Silva, Sphephelo, Nuno Moreira e Mitrovski foram os marcadores de um jogo sem muita história, de um sentido apenas, mas que se revela importante para que continuemos a melhorar e a assegurar o primeiro posto da fase sul.
Destaque para o fantástico campeonato que está a fazer o Estoril, a apenas 3 pontos de Sporting e Benfica e capaz de surpreender qualquer um dos dois a qualquer momento.

Nos restantes destaques da semana, Rafael Barbosa continua o seu fantástico processo de afirmação no clube e venceu o prémio de melhor jogador no mês de Outubro na Liga Ledman Pro. Um jogador que pessoalmente tinha descartado das contas futuras, mas que ganhou uma nova vida e um novo fôlego desde que regressou de empréstimo. Sem dúvida um box-to-box de enorme competência, que pode também actuar livre atrás do ponta-de-lança, com técnica, atitude e enorme noção táctica. Um homem para quem Jorge Jesus deve olhar com urgência.
E falando do “boçe”, é dele que vem a última novidade semanal. Rafael Leão, o menino que gosta de marcar golos, mereceu uma convocatória na equipa principal para a Liga, na deslocação a Paços de Ferreira. Infelizmente não o conseguimos ver em acção, o jogo também não estava para isso, mas esperemos que possa ter a merecida estreia já frente ao Belém.

*às terças, a Maria Ribeiro revela os seus apontamentos sobre as novas gerações que evoluem na melhor Academia do mundo (à excepção do Dubai)

A Tasca do Cherba


Essa é realmente uma equipe muito impressionante, bem da imprensa estrangeira para tomar conhecimento!

Com o Adrien no lugar do Moutinho. ainda é mais impressionante. Depois ainda temos Podence, Domingos Duarte, Bruma, Edgar Iê, Francisco Geraldes e outros que fariam um ótimo plantel.
SPORTING - O MELHOR DO MUNDO
Citar
de pequenino ruge o menino!*: «O sorteio europeu chegou com desaire»

Esta semana ficámos a conhecer o nosso destino europeu, que nos levará ao limite daquilo que podemos aceitar como parte do nosso continente, mas os juniores também descobriram a sua sorte na Youth League.

Tinha referido no passado texto que era importante evitar Ajax, Inter ou RB Salzburg, por serem nomes fortes na formação de jovens jogadores, mas que todos os outros adversários estariam perfeitamente ao nosso alcance para prosseguir em prova. Pois bem, a sorte ditou que para continuar a disputar as eliminatórias, o Sporting terá de derrotar o campeão em título Salzburg no play-off. E para isso, os nosso jovens leões terão de estar ao seu melhor nível, contando certamente com alguns reforços que fazem parte do plantel B (Rafa Leão, Pedro Ferreira, Max ou Miguel Luís). Sem medo de ninguém, pois sabemos a nossa força como símbolo de formação, mas reconhecendo que a tarefa acaba de se tornar muito mais complicada do que o esperado.

A semana nem começou da melhor maneira, depois de uma surpreendente derrota frente à Académica por 1-0, que nos arrasta para o segundo lugar a quatro pontos do Benfica (sendo que o rival tem mais um jogo que nós) e nos deixa numa posição incompreensível tendo em conta que já esta temporada vencemos o principal adversário na sua casa. A inconsistência gritante desta equipa não permite sequer que existam muitos destaques individuais ao longo das semanas e o futebol, antes imprevisível e potenciador de talento deu lugar a um jogo algo chato, que demora a encontrar espaços e que sofre pela ausência de um verdadeiro matador. A continuar esta espiral entre o bom e o péssimo, não vejo muitas possibilidade de renovar o título de campeões nacionais, ainda mais tendo em conta o enorme potencial das restantes equipas que disputarão connosco o apuramento de campeão. Tiago Fernandes, é hora de encontrar e identificar os problemas e atacá-los desde já. Porque os meses passam e o desenvolvimento destes jogadores também.

Já os Juvenis foram até Leiria vencer por 2-0 e somam a segunda vitória desta segunda fase. Bruno Tavares (que já aqui destacámos a passada semana) e Jorge Ferreira foram os marcadores num jogo que nos mantém no segundo lugar, atrás do Sacavenense, com quem vamos jogar já no dia 16 de Dezembro. Os rapazes têm nova oportunidade para passar para a frente da sua série, numa altura que se encontram claramente a subir de forma.

Por fim, os Iniciados sofreram um pouco frente a um Belenenses extremamente organizado e que conseguiu levar o jogo empatado para o intervalo. A estratégia dos pastéis condicionou muito o jogo leonino, mas no final a qualidade individual fez a diferença e os três pontos ficaram em Alcochete. Paulo Duarte e Joelson, por duas vezes, foram os marcadores numa tarde de muita luta e concentração. O próximo jogo é dia 17 de Dezembro frente ao Benfica, no Seixal, e aqui teremos o verdadeiro tira-teimas desta equipa. É tempo de vencer o nosso rival e ganhar a confiança necessária para conquistar o título que há mais tempo nos foge.

*às terças, a Maria Ribeiro revela os seus apontamentos sobre as novas gerações que evoluem na melhor Academia do mundo (à excepção do Dubai)


A Tasca do Cherba
É de pensar que o Sporting é muito grande, e que são estas coisas que valem muito para um clube. São estas coisas que trazem sportinguismo ao clube. Isto não é quantificável. Isto não são 6%, 7%... Isto é o Sporting! Isso traz coisas muito importantes ao Sporting. Fervor sportinguista, acima de tudo! - João Benedito, 20-06-2010

Porra, vamos sentir falta do ____ e do ____, a quem reconhecia grande futuro... Estamos feitos.
Citar

JANTAR DE NATAL NA ACADEMIA
Por Jornal Sporting
15 Dez, 2017
FUTEBOL FORMAÇÃO
Residentes viveram noite especial na fábrica de talentos de Alcochete, com entrega de presentes por sorteio...

Os 75 jogadores de futebol dos escalões de formação que trabalham e vivem na Academia, chamados residentes, tiveram nesta noite de quinta-feira um jantar especial de Natal. Representadas todas as equipas a operar na Academia Sporting, a noite de confraternização contou com a presença de Miguel Sampaio, director do departamento psico-pedagógico do Sporting CP, para além dos técnicos João Couto, Marco Santos, Pedro Coelho, João Vargas e José João, bem como os elementos ligados à preparação física inclusive Carlos Bruno.

Desta vez não houve lugar a DJ, mas houve um sorteio de três presentes muito especiais e que, certamente, qualquer um dos jogadores de formação os gostaria de receber. No entanto, calhou em sorte que fosse Samuel Lobato (sub-17) a receber as luvas de Rui Patrício; Joelson (sub-15) foi quem levou uma Listada assinada por todos os jogadores do plantel principal; e Rodrigo Silva (sub-14), que desembrulhou umas chuteiras do n.º1 da baliza principal leonina e da Selecção Nacional.

Com o final do primeiro período (lectivo) na escola, os jogadores vão partir, depois dos jogos deste fim-de-semana, no domingo para as merecidas férias natalícias, para que passem a quadra junto das famílias.

http://www.sporting.pt/pt/noticias/futebol/futebol-formacao/2017-12-15/jantar-de-natal-na-academia