Votação

Quem foi o MVP na sua opinião?

Rui Patrício
1 (0.6%)
Abel
0 (0%)
Grimi
6 (3.7%)
Polga
1 (0.6%)
Tonel
0 (0%)
Miguel Veloso
3 (1.8%)
Izmailov
4 (2.4%)
Pereirinha
1 (0.6%)
João Moutinho
72 (43.9%)
Vukcevic
64 (39%)
Rodrigo Tiuí
4 (2.4%)
Celsinho
1 (0.6%)
Purovic
5 (3%)
Voto em Branco
2 (1.2%)

Votos totais: 150

Votação encerrada: Março 12, 2008, 23:40 pm

[BwinLiga] Sporting 1 x 1 Galinhas

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Toda gente sabe que eu nao posso com o benfica nem um bocadinho, e sou assim desde que vim para os states, por lidar com tantos e benfiquistas nortenhos que so  lhes ensinaram a usar a palavra do clube!!

Por isso e que pago 81$ por mes para ver os jogos , e prefiro ficar em casa , no lugar de ir ao cafe!!

Tambem , so agora me apeteceu fazer uma pequena analize a este jogo, ate porque ja quase tudo foi dito em termos tacticos, e uma pessoa que gosta do sporting como eu , e ver o seu clube ser roubado constantemente contra o clube dos mafiosos, e claro que a vontade de falar e o descernimento para para dizer algo ainda e muito menos!!

A minha unica observacao  que tenho a fazer em termos tacticos  em relacao ao jogo e pelo facto de o sporting ter um jogador muito fraquinho, que tem as suas caracteristicas proprias, e na altura que ele entrou (Purovic) ainda pensei que a jogarmos contra 10 e com um jogador desta altura estou em querer que o sporting ira jogar um futebol mais directo, e tentar jogar para a sua cabeca, puro engano, o jogador entrou o futebol foi o mesmo ,a melhoria nao foi nenhuma , no lugar de passarmos a jogar com 11 passamos a jogar tambem com 10, conclusao sera que ninguem na equipa tecnica seja capaz de ver a forma mais facil de tirar o maximo de proveito deste jogador mesmo sendo fraco?

Quanto ao arbitro , ja ha muitos anos que isto de nos prejudicar vem a acontecer, nao e novidade, eu costumo dizer que nos lances polemicos a nosso favor eles dificilmente nos favorecem, e tudo a lupa,  ja quando e contra o nosso adversario o criterio ja e muito mais alargado!!

 EU sou da opiniao que com dirigentes destes dificilmente passamos disto, o sporting so deixara de ter razoes de queixa , ainda que pense que possa existir equivocos, quando tiver dirigentes e de uma forma unida e falar com o mesmo tom, o sporting so sera respeitado pelos arbitros quando de uma forma organizada se comecar a malhar neles forte e feio, desculpem dizer isto mas , nao ha outra solucao!!

EU era para abrir um topico com o titulo( O SPORTING E ARBITRAGEM), mas por outro lado comecando nos dirigentes anda tudo a ficar resignado, com arbitros e com o futebol praticado, por isso desisti!!

Mas mesmo assim acho que valeria a pena , porque ha efectivamente muita materia para analize das arbitragens nos ultimos 20 anos, onde nos escamoteraram campeonatos , tacas de portugal, supertacas, e sobretudo prestigio!!

O sporting precisa  de fazer algo, , o sporting deveria de falar sobre este jogo e esta arbitragem toda a semana, todos os dias!!
 
Eu não quero levantar ondas nem bater no ceguinho mas que m**** é esta de serem entrevistados num bar [aquilo era o Lux?] na noite do jogo contra o Benfica? Andam Sportinguistas e benfiquistas à porrada, nervosos e desapontados com um derby que levanta imensa emoção e estes palhaços que não jogaram nada, sentem-se no direito de ir descansar e ainda dão entrevistas nestes locais.

Só Liedson e Polga é que foram entrevistas, assim como o Nuno Gomes mas deviam estar lá mais. Que Palhaçada!
 PRINCIPAIS DESTAQUES JOGO SPORTING

 

- O Sporting somou o terceiro empate em casa (Setúbal, Leiria e Benfica), onde ainda não perdeu.

- O Sporting voltou a ficar a “zero” em jogos de campeonato (oitava vez), sendo que até aqui todas  dessas ocasiões haviam sucedido fora de Alvalade. Ou seja, em casa os leões tinham marcado sempre.

- Os leões sofreram mais um golo dentro da grande área, como 16 dos 18 sofridos até ao momento, que colocam a média de golos sofridos pelo Sporting nesta temporada no campeonato nos 0,9 por jogo (contra 0,5 na temporada passada).

- Especialmente grave é o facto de dos 18 golos concedidos, metade (9, dos quais 7 de cabeça) terem resultado de situação de bola parada, contra apenas 4 sofridos desta forma nos 30 jogos do campeonato da época passada. 

- Apesar da ligeira superioridade dos leões na posse de bola (52%, com 48% ao intervalo), este foi um jogo extremamente equilibrado, como fica patente na análise dos dados ofensivos das duas equipas: o Sporting conseguiu ligeira superioridade ao nível dos remates realizados (13-12),  e nos remates no alvo (6-5) e nos remates com perigo (6-5), assim como ao nível dos cruzamentos (20-15).

- Depois de uma primeira parte em que apesar de entrar bem no jogo não teve  muitas situações de golo (1 para além do golo), o Sporting melhorou na segunda etapa, fase em que teve mais remates no alvo (4 contra 2 na primeira parte) e com perigo (4, contra 2 na primeira etapa) e apenas concedeu 1 remate perigoso ao seu adversário.

 - Apesar disso, a equipa conseguiu um número aceitável de passes de ruptura em todo o jogo (até mais na primeira parte: 7+4), com destaque para a acção de Moutinho, que jogou mais avançado no centro do terreno (4 passes de ruptura).

- Os leões conseguiram um bom aproveitamento do jogo lateral, realizando total de 20 cruzamentos (9+11), alcançando uma boa proporção de cruzamentos a partir da linha ou do enfiamento da área (12), principalmente a partir do lado esquerdo e na primeira parte (7), fruto da exploração do isolamento de Nélson, pouco protegido pelo ala direito do Benfica. Aliás, ambas as equipas atacaram muito mais pela esquerda (na ordem dos 65% dos cruzamentos), merecendo destaque os 5 cruzamentos de Vukcevic e os 3 de Izmailov no Sporting.

- Os leões mantiveram uma relação positiva entre recuperações (47) e perdas de bola (44), sendo que a equipa continua bastante segura na circulação de bola no seu próprio meio campo (é o “grande” com melhor performance neste particular), com 5 perdas de bola deste tipo (média de 5,4 na presente temporada).

. Os sportinguistas estiveram muito bem ao nível nas recuperações em meio campo adversário (16 contra média de 12,5 na presente temporada e 13,3 na passada), superando um dos maiores problemas da equipa de Paulo Bento: a falta de agressividade defensiva. Realce para as 4 recuperações em meio campo adversário de Pereirinha, seguido de Izmailov, Moutinho e Tiuí (todos com 3 cada um).

- O Sporting realizou menos uma falta do que o Benfica (9-10), mas viu o dobro dos cartões amarelos (4-2), apesar dos encarnados terem visto um “vermelho”.

 

MELHOR EM CAMPO DO SPORTING:

João Moutinho

- 2 remates

- 4 passes ofensivos

- 4 perdas de bola

- 6 recuperações (3 em meio campo adversário)

- 2 cortes

- 4 cruzamentos

- nenhuma falta cometida

- 4 faltas sofridas

 

 

 PRINCIPAIS DESTAQUES JOGO SPORTING

 


- O Sporting voltou a ficar a “zero” em jogos de campeonato (oitava vez), sendo que até aqui todas  dessas ocasiões haviam sucedido fora de Alvalade. Ou seja, em casa os leões tinham marcado sempre.



Então o golo do Vukcevic não valeu?
 PRINCIPAIS DESTAQUES JOGO SPORTING

 


- O Sporting voltou a ficar a “zero” em jogos de campeonato (oitava vez), sendo que até aqui todas  dessas ocasiões haviam sucedido fora de Alvalade. Ou seja, em casa os leões tinham marcado sempre.



Então o golo do Vukcevic não valeu?


Bem visto  :great: