Votação

Quem foi para ti o melhor em campo?

Rui Patrício
0 (0%)
Cristiano Piccini
9 (3.8%)
Sebastián Coates
1 (0.4%)
Jérémy Mathieu
0 (0%)
Fábio Coentrão
0 (0%)
William Carvalho
2 (0.8%)
Bruno Fernandes
0 (0%)
Gelson Martins
0 (0%)
Marcos Acuña
8 (3.3%)
Daniel Podence
59 (24.7%)
Bas Dost
158 (66.1%)
Rodrigo Battaglia
0 (0%)
Seydou Doumbia
1 (0.4%)
Bruno César
1 (0.4%)

Votos totais: 239

Liga NOS 2017-18 [9ªJ] Sporting CP 5-1 Chaves [22/10 | 20:15]

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

Dost no banco, já é hora! Jonathan nem pintado: metam o Piccini, Ristovski ou Bruno César se for preciso

Enviado do meu SM-G935F através de Tapatalk

O lateral defende mal e a tua solução é por um que nem lateral é e ainda defende pior? Penso que em termos atacantes é obvio que o Jonathan é bastente melhor que o Bruno César...

No entanto, concordo na perspetiva que ele tem de maturar e o Coentrão tem de começar a fazer jogos completos.
Não sejas conflituoso uma vez que certamente percebeste o ponto de vista
 Foi um desabafo e não um post com qualquer rigor técnico ou táctico

Enviado do meu SM-G935F através de Tapatalk

Compreendo e concordei parcialmente  :great:. O Jonathan agora só devia jogar contra autocarros e jogos pequenos, para se aproveitar o seu caudal ofensivo e não se sofrer muito com a sua inaptidão defensiva. Os jogadores estão frescos da paragem que tiveram e por isso é para repetir o onze do jogo da Juventus.
 :arrow: :great:
Pergunta: Cor?
Joaquim Agostinho: Verde. Porque representa a natureza e eu sou um homem da terra. E branco. Porque é a cor da pureza, da simplicidade. E também porque são as cores do Sporting.
Pergunta: Uma conclusão para a vida...
Joaquim Agostinho: Que a vida é curta, que se nasce, que se vive e que se morre depressa e por isso é aproveitar todos os minutos para amar o nosso semelhante como a nós mesmos e partir tranquilamente, sem queixas, orgulhoso de ter amado e de ter sido amado.
Citar
Desp. Chaves com quatro baixas para o Sporting
Domingos Duarte e Matheus Pereira de fora por empréstimo, William e Nuno André Coelho por problemas físicos

O treinador do Desportivo de Chaves, Luís Castro, tem quatro baixas certas para o embate do próximo domingo com o Sporting: William, Nuno André Coelho, Domingos Duarte e Matheus Pereira não vão a jogo por diferentes razões.

No treino desta sexta-feira, Nuno André Coelho realizou corrida, mas ainda recupera de problemas físicos e não fará parte dos eleitos. Já o avançado brasileiro William, melhor marcador da equipa na liga, com quatro golos, continuou tratamento a uma lesão muscular e também não será opção.

O central Domingos Duarte e o extremo Matheus Pereira também não contam para Luís Castro, mas por estarem emprestados pelos «leões».

Na antevéspera da deslocação a Alvalade, os laterais Djavan e Furlan já treinaram sem limitações, assim como o médio Tiago Galvão. O trio está à disposição do treinador para o embate com o Sporting.

O Desp. Chaves volta a treinar este sábado, às 10h30, à porta fechada, antes da antevisão de Luís Castro ao encontro, marcada para as 12h15. A comitiva transmontana viaja para Lisboa após almoço.

Mais Futebol
Se ganharmos por "meio a zero" já fico contente, mas o que precisávamos neste momento era uma daquelas exibições categóricas, com goleada, para animar a malta e os jogadores depois dos resultados menos positivos dos últimos tempos.
Vencer e ter o Bas Dost a voltar aos golos seria o cenário ideal.
156959
Vencer e ter o Bas Dost a voltar aos golos seria o cenário ideal.
Bas Dost e golos não tem combinado.. Não sei até que ponto não merece ser dada a oportunidade ao Doumbia. Isto na minha opinião, claro

Enviado do meu SM-G935F através de Tapatalk

Pergunta: Cor?
Joaquim Agostinho: Verde. Porque representa a natureza e eu sou um homem da terra. E branco. Porque é a cor da pureza, da simplicidade. E também porque são as cores do Sporting.
Pergunta: Uma conclusão para a vida...
Joaquim Agostinho: Que a vida é curta, que se nasce, que se vive e que se morre depressa e por isso é aproveitar todos os minutos para amar o nosso semelhante como a nós mesmos e partir tranquilamente, sem queixas, orgulhoso de ter amado e de ter sido amado.
Para este jogo espero que se mantenha o chip Champions e que se mantenha até ao fim da época. Bora lá ganhar isto.
Doumbia na frente cheio de ganas para marcar e ganhar independentemente de jogar bem ou mal.


Enviado do meu iPhone usando o Tapatalk
Só quero é que o Coentrão jogue.
Hoje revi um 5-0 de 1999, Figo, Capucho, Balakov, Cherbakov, Valcks, entre outros.
«O importante é ganhar. Quer se goste mais de umas coisas e menos de outras, quer se tenha uma opinião mais para a esquerda ou mais para a direita, o que realmente importa é que cada um de nós ponha sempre os interesses do Sporting Clube de Portugal acima de qualquer gosto particular, de qualquer ataque dos nossos adversários, e tão alto que nada nem ninguém nos impeça de sermos cada vez mais fortes, ganhadores e campeões».
O Dost está a precisar urgentemente de golos... Mas enquanto continuar com "medo" de chutar à baliza não vai ser fácil...
Rui Patricio

Ristosvki
Coates
Mathieu
Coentrão

William
Battaglia
Gelson
Podence

Bruno Fernandes
Bas Dost

3 pontos  :arrow:
O que queria ver e seria ideal ver:

RP

Ristovski
Coates
Mathieu
Coentrão

William
Bruno Fernandes

Acuña
Dost
Doumbia
Podence

Banco: Salin, Piccini, Palhinha, Bruno César, Gelson, Iuri e Dala

O que já sei que vou ver:

RP

Piccini
Coates
Mathieu
Coentrão

William
Battaglia
Bruno Fernandes

Gelson
Dost
Acuña

Banco: Salin, Jonathan, AP, Palhinha/Petro, Bruno César, Podence e Doumbia

Resultado: Espero ganhar mas não estou confiante. Este plantel não me dá confiança para nada. Nem para um simples jogo em casa contra o Chaves. Muito menos para os objectivos globais da época. Prevejo um 2-1 ou 1-0, resultado apertado, joguinho de m**** habitual. Sem dinâmica, sem velocidade, sem rasgo, sem talento. Ganharemos mais confortavelmente se chover algum penalty e/ou expulsão, livres directos e/ou bombas de fora da área do Bruno. De resto...um jogo com poucas oportunidades, poucos golos e pouca qualidade. Reitero a aposta num 2-1, 1-0 ou no máximo dos máximos um 2-0 com o Chaves a apertar durante algum tempo e a ameaçar marcar.
Citar
Sporting-Desp. Chaves (antevisão): xiiiiuuu, é fundamental ganhar
É verdade que defrontou o Barcelona, a Juventus e o FC Porto, mas também é verdade que o Sporting só venceu um jogo dos últimos seis. Por isso impõem-se um triunfo que evite o barulho desnecessário.

MOMENTO

Sporting:

Pode parecer que não, mas nos últimos seis jogos o Sporting só venceu um: em Oleiros, para a Taça de Portugal. É verdade que defrontou o Barcelona e a Juventus, para a Liga dos Campeões, mais o FC Porto, para o campeonato, mas também jogou com Moreirense e Marítimo. Os números estão aí, portanto, e impõem um regresso rápido aos triunfos na Liga. Até para não se criar muito barulho.

Desp. Chaves:


O Desp. Chaves apresenta-se em contraciclo com o Sporting. Entrou mal no campeonato, com um empate e cinco derrotas nos primeiros seis jogos, mas desde então não voltou a perder: há mais de mês e meio. Venceu três jogos, incluindo para a Taça em Fátima, empatou um, somou sete pontos e deu um salto na classificação, que lhe permite agora entrar em campo com mais tranquilidade.

AUSÊNCIAS

Sporting:

Alan Ruiz e Tobias Figueiredo, lesionados

Desp. Chaves:

William e Nuno André Coelho, lesionados, Matheus Pereira e Domingos Duarte, emprestados pelo Sporting

DISCURSO DIRETO

Jorge Jesus:

«As equipas do Luís Castro disputam os jogos palmo a palmo e para o fazer é preciso ter-se qualidade de trabalho. Luís Castro trabalha com qualidade. Está a tentar implementar as ideias dele: que a equipa jogue bem e que tenha qualidade posse. Nós estamos preparados para isso. O nome dos adversários pode condicionar em termos de estratégia, mas não altera a nossa essência.»

Luís Castro:

«Partimos para Alvalade com o foco em fazer um resultado positivo. Gostaria muito que a nossa equipa chegasse lá e conseguisse jogar no campo todo, produzindo um jogo de qualidade e conseguindo chegar aos pontos. Esse é o nosso objetivo. Mas Jesus é fantástico, as equipas dele tem grande dinâmica ofensiva e equilíbrio defensivo, pelo que vai ser uma dificuldade enorme.»

HISTÓRICO DE CONFRONTOS

Apesar do Desp. Chaves ter uma história na primeira divisão, não pode dizer-se que este seja um jogo de tradições. O Sporting defrontou apenas em 31 ocasiões a formação transmontana, quinze das quais em Alvalade: venceu 12 e empatou em três ocasiões. A última vez que o Desp. Chaves roubou pontos em Alvalade, aliás, foi já há mais de 26 anos: em 1991. O que diz tudo, no fundo.


Mais Futebol

Tou com a sensação que vamos ser gamados. Temos de ser bem superiores amanhã, siga!

Enviado do meu SM-G935F através de Tapatalk

Pergunta: Cor?
Joaquim Agostinho: Verde. Porque representa a natureza e eu sou um homem da terra. E branco. Porque é a cor da pureza, da simplicidade. E também porque são as cores do Sporting.
Pergunta: Uma conclusão para a vida...
Joaquim Agostinho: Que a vida é curta, que se nasce, que se vive e que se morre depressa e por isso é aproveitar todos os minutos para amar o nosso semelhante como a nós mesmos e partir tranquilamente, sem queixas, orgulhoso de ter amado e de ter sido amado.
Ganhar. Se possível Golear e Jogar Bem.
Alvalade Merece a equipa necessita.

Enviado do meu SM-G350 através de Tapatalk

ESFORÇO, DEDICAÇÃO, DEVOÇÃO E GLÓRIA
https://socionumminuto.pt/
3 pontos e siga para bingo, os melhores lá para dentro e futebol espectáculo se for possível.

Era bom o Dost voltar aos golos :great:
 
O SCP É O NOSSO GRANDE AMOR................Força SCP

90 + 2 = Melão , olha a cabeça, olha a cabeça, olha a cabeça do lampião continua a inchar continua a inchar

EM FRENTE, BRAVOS LEÕES! RUMO À VITÓRIA!
COM TODOS A CANTAR, GRANDE SPORTING VAIS GANHAR!
 Repetir o mesmo XI, de Turim, será em princípio um erro. Temos alguns atletas cansados, de rendimento baixo, o meio-campo com William, Battaglia e Bruno Fernandes, num jogo que temos que assumir responsabilidades, é de pouca dinâmica. Mas, mudando algumas dinâmicas, o futebol pode bem resultar com este XI.

 Preferia apostar no Podence ao invés do Gelson. Numa mudança mais drástica, lançava o Iuri no corredor central e retirava o Battaglia da equipa, mas aqui o risco era certamente demasiado. Ristovski no lugar do Piccini.

 Seja qual for o XI, ganhar. Temos matéria suficiente para dominar o Chaves.
“We have to be compact, close together tactically, and if you are close then you have options to play with. You don't always have to try the most risky ball if you are compact. You have to run, to fight, until the moment, and then ... bang, you take it.”

Jurgen Klopp
Quem e o "padre" de servico logo a noite?