Política Nacional

0 Membros e 2 Visitantes estão a ver este tópico.

http://sicnoticias.sapo.pt/economia/2017-11-08-Salario-minimo-nao-e-suficiente-para-trabalhadores-viverem

Os fortes dirão que é mentira. Ainda gostava de saber como é que alguém vive numa cidade, ou perto, sozinha com o SMN.
Só mesmo em Portugal é que o salário mínimo é para pessoas que querem viver sozinhas numa cidade ou perto.
Na maioria do 1º mundo é para jovens que ainda estão em casa e trabalham para ganhar dinheiro enquanto estudam.
Chat shit get banged.
Os fortes dirão que é mentira. Ainda gostava de saber como é que alguém vive numa cidade, ou perto, sozinha com o SMN.

 Nunca ninguém defendeu que era suficiente. Nem faz qualquer sentido que o façam. A ideia por trás da remuneração mínima é que em termos sociais se considera que é o mínimo mais razoável possível para que haja alguma dignidade. Agora, é demasiado baixo e a pessoa sobrevive muito à rasca com uma remuneração destas, mas há imensa ajuda do Estado para quem ganha um salário mínimo. Pior são os que nada têm direito em termos de ajuda do Estado e continuam a ter contas por pagar.

 Infelizmente, existindo alguns casos à parte, a nossa economia ainda produz pouco para que possamos almejar melhores salários, seja o mínimo, seja o médio. Estamos a recuperar, apenas isso. Nada de novo criámos, nada de valor está a ser lançado, de forma a termos uma economia mais robusta e socialmente equilibrada. Há anos que nenhum político em Portugal tem uma visão estratégica para Portugal.
“We have to be compact, close together tactically, and if you are close then you have options to play with. You don't always have to try the most risky ball if you are compact. You have to run, to fight, until the moment, and then ... bang, you take it.”

Jurgen Klopp
o SMN tem de ser analisado tendo por base o contexto do País e não de forma individualizada. Numa cidade pequena, o SMN é suficiente para se fazer uma vida "digna" no sentido em que permite arrendar uma casa e pagar a alimentação (os requisitos "básicos"). Numa cidade como Lisboa, por exemplo, só vivendo num quarto muito mau em termos de condições. Daí que a preocupação politica deveria ser em ajustar este SMN às assimetrias regionais do País ou pelo menos tornar a economia competitiva o suficiente para que o SMN "regional" definido pelo mercado esteja mais condizente com o custo de vida.

O que não se pode pensar é que a solução seja subir ordenados por decreto, como se tem feito ultimamente, o que acaba por ter a longo prazo consequências perversas no emprego das regiões que sofrem mais com a competitividade pelo custo.
http://sicnoticias.sapo.pt/economia/2017-11-08-Salario-minimo-nao-e-suficiente-para-trabalhadores-viverem

Os fortes dirão que é mentira. Ainda gostava de saber como é que alguém vive numa cidade, ou perto, sozinha com o SMN.
Só mesmo em Portugal é que o salário mínimo é para pessoas que querem viver sozinhas numa cidade ou perto.
Na maioria do 1º mundo é para jovens que ainda estão em casa e trabalham para ganhar dinheiro enquanto estudam.
A ideia de salário mínimo é dar-te o mínimo necessário para poderes subsistir sozinho. Só tu é que achas que o SMN é para malta que nunca saiu de casa. Talvez por isso é que em países como a Irlanda o salário mínimo está dependente, nao so mas também, da idade.
http://sicnoticias.sapo.pt/economia/2017-11-08-Salario-minimo-nao-e-suficiente-para-trabalhadores-viverem

Os fortes dirão que é mentira. Ainda gostava de saber como é que alguém vive numa cidade, ou perto, sozinha com o SMN.
Só mesmo em Portugal é que o salário mínimo é para pessoas que querem viver sozinhas numa cidade ou perto.
Na maioria do 1º mundo é para jovens que ainda estão em casa e trabalham para ganhar dinheiro enquanto estudam.
A ideia de salário mínimo é dar-te o mínimo necessário para poderes subsistir sozinho. Só tu é que achas que o SMN é para malta que nunca saiu de casa. Talvez por isso é que em países como a Irlanda o salário mínimo está dependente, nao so mas também, da idade.

 :arrow: :arrow:
PCP contra as sanções impostas pela UE à venezuela..
Um partido que lutou contra um regime que oprimiu o povo e condenou muitos a morte ora na guerra colonial, ora em condenações pro tarrafal ou atirados borda fora em alto mar e ver agora apoiar a Venezuela, até dá a volta ao estômago.. Ah pois é, lá e esquerda.. Cá não era..
SER SPORTINGUISTA E SER LEÃO, É TER GARRA E EMOÇÃO!
PCP contra as sanções impostas pela UE à venezuela..
Um partido que lutou contra um regime que oprimiu o povo e condenou muitos a morte ora na guerra colonial, ora em condenações pro tarrafal ou atirados borda fora em alto mar e ver agora apoiar a Venezuela, até dá a volta ao estômago.. Ah pois é, lá e esquerda.. Cá não era..

Se até a Coreia do Norte esses tem dificuldade em condenar... Atitudes vergonhosas dum partido completamente parado no tempo.
PCP contra as sanções impostas pela UE à venezuela..
Um partido que lutou contra um regime que oprimiu o povo e condenou muitos a morte ora na guerra colonial, ora em condenações pro tarrafal ou atirados borda fora em alto mar e ver agora apoiar a Venezuela, até dá a volta ao estômago.. Ah pois é, lá e esquerda.. Cá não era..

Se até a Coreia do Norte esses tem dificuldade em condenar... Atitudes vergonhosas dum partido completamente parado no tempo.

O PCP tem princípios que aprecio, entre os quais a luta contra exploração de um homem por outro homem  (teórico porque depois mete o Estado a explorar o homem).

Outro é a proibição de ligações dos seus membros a fraternidades de cariz maçónico. Isso incluí e bem banir as praxes académicas, que nada mais que são a preparação para quando mais tarde forem convidados.
O PCP e qualquer partido que finja que está tudo bem na Venezuela nem devia ter espaço parlamentar, um voto que seja. Nem sei como ainda existe o PCP no parlamento português.
Estatutos: Artigo 3º 1 - O SPORTING CLUBE DE PORTUGAL É UMA UNIDADE INDIVISÍVEL CONSTÍTUIDA PELA TOTALIDADE DOS SEUS ASSOCIADOS.
____________________________________________
Os 10 Mandamentos do Sportinguista por Salazar  Carreira
http://www.forumscp.com/wiki/index.php?title=%22Os_dez_mandamentos_do_Sportinguista%22
O PCP e qualquer partido que finja que está tudo bem na Venezuela nem devia ter espaço parlamentar, um voto que seja. Nem sei como ainda existe o PCP no parlamento português.

O PCP têm a implantação que tem no nosso país em parte à custa da sua atividade clandestina de luta contra o estado novo. Se não fosse isso duvido tivesse a representaçao atual.. Se tivessem 2 dedos de testa e se lembrassem no que se passou no PREC, os governos do vasco gonçalves.. Por pouco não fomos invadidos pelos EUA para evitar a propagação do comunismo na europa.. Agradeçam ao ramalho eanes ter colocado portugal no rumo certo..
« Última modificação: Novembro 14, 2017, 23:24 pm por bravo leão »
SER SPORTINGUISTA E SER LEÃO, É TER GARRA E EMOÇÃO!
do em que permite arrendar uma casa e pagar a alimentação (os requisitos "básicos"). Numa cidade como Lisboa, por exemplo, só vivendo num quarto muito mau em termos de condições. Daí que a

Hoje em dia, nem isso deve dar. O salário mínimo + subsidio de refeição deve dar uns 600€.
Um quarto, 300€ + 50€ de despesas + 35€ de passe... Sobra o quê?! Roupa, alimentação, como é?

Lisboa está estupidamente cara e está a caminhar a passos largos para se tornar na nova Luanda.

PCP a ser PCP.... A minha maior estupefacção é os Verdes associar-se a eles, um partido que poderia ser de futuro a juntar-se a um partido do passado, acabado...
Socio n° 119 842-0
PCP a ser PCP.... A minha maior estupefacção é os Verdes associar-se a eles, um partido que poderia ser de futuro a juntar-se a um partido do passado, acabado...

O partido os Verdes não existe. É o PCP mas com outro nome para tentarem angariar votos de uma camada de votantes "esquecida" pelos outros partidos. Algo que mudou recentemente com a entrada do PAN a conseguir ir buscar esses votantes.
A mafia do Porto anda a trabalhar bem.  >:(

Decisão mais caciqueira parola para satisfazer a elite portista, desde aquela algures no reinado Sócrates em que a primeira linha de TGV em Portugal seria, imagine-se Porto-Vigo.

Na altura até me admirei porque é foi uma linha de TGV Porto-Vigo e não uma linha de Maglev Antas-Valongo. Ou um cosmódromo no Senhor de Matosinhos.

As instalações do Infarmed foram completamente renovadas em 2000. Agora esquece lá isso e mudam-se empregados e suas famílias num total de 400 pessoas para o Porto.

A falta de noção.

Isto é para se calarem com os e_mails?
Decisão mais caciqueira parola para satisfazer a elite portista, desde aquela algures no reinado Sócrates em que a primeira linha de TGV em Portugal seria, imagine-se Porto-Vigo.

Na altura até me admirei porque é foi uma linha de TGV Porto-Vigo e não uma linha de Maglev Antas-Valongo. Ou um cosmódromo no Senhor de Matosinhos.

As instalações do Infarmed foram completamente renovadas em 2000. Agora esquece lá isso e mudam-se empregados e suas famílias num total de 400 pessoas para o Porto.

A falta de noção.

Isto é para se calarem com os e_mails?

Isto é para se calarem com o assunto da Agência Europeia do Medicamento, imagino que deva ter existido um investimento qualquer para publicitar a candidatura junto das instâncias europeias subscrito por algo/alguém a troco de uma garantia de obtenção de um "honroso segundo lugar" com a mudança da sede do Infarmed em caso de falhanço do objectivo principal.
Política parola ao nível Sócrates-Relvas.
 O porto estava a fazer imenso ruído e assim se calou o Rui Moreira, até ver.

 A centralização continua a ser um problema. Portugal é bem mais que Lisboa.
“We have to be compact, close together tactically, and if you are close then you have options to play with. You don't always have to try the most risky ball if you are compact. You have to run, to fight, until the moment, and then ... bang, you take it.”

Jurgen Klopp
Todos os países têm que ter capitais. A capital foi escolhida há 761 anos por alguma coisa.
Todos os países têm que ter capitais. A capital foi escolhida há 761 anos por alguma coisa.

 De acordo, mas podemos transferir alguns serviços para outros sítios. Caso contrário, teremos uma região rica, a capital, com o restante País pobre e com poucas condições de vida. É que concentrar tudo na capital, leva a que haja um desconhecimento do restante território.
“We have to be compact, close together tactically, and if you are close then you have options to play with. You don't always have to try the most risky ball if you are compact. You have to run, to fight, until the moment, and then ... bang, you take it.”

Jurgen Klopp